Corinthians: Preto no Branco


Quase Corinthians?
março 31, 2008, 4:13 am
Filed under: Uncategorized

Por Ândi

Hoje o Corinthians quase deixou de ser Corinthians. Quase!

Quase vimos o Alvi-Negro do povo borrado em um, pela TV, quase azul. Quase, porque era roxo mesmo, a mesma cor em que quase vimos os torcedores mais passionais, tradicionais e saudosos. Roxos de raiva. E quase fiquei feliz ao ver que mudaram de idéia, distribuindo as roxas para a torcida, e indo a campo com o branco e preto que nos caracteriza desde as primeiras lavagens dos primeiros uniformes beges do time do Bom Retiro. Talvez minha alegria não tivesse que ficar no quase, se essa quase-boa-intenção não fosse fruto de uma diretoria demagoga e covarde.

Quase comemorei um quase gol do quase-gol, Herrera. E quase fiquei surpreso com a anulação absurda do árbitro. Mas quem ainda acredita numa arbitragem que quase nunca acerta, sobretudo com o Todo Poderoso? Mas Herrera, dessa vez, não ficou no quase, e numa bola quase perdida, balançou as redes.

Quase me animei, não fosse pelos dois gols quase dados ao Adriano, do São Paulo, pela quase nula defesa do Bragantino. Alguém me diga: eles são ruins daquele tanto ou fazem parte do esquemão do Paulistão?

Quase tive um treco pela inoperância do nosso ataque, e quando vi Diogo Rincón sendo expulso, e o Marília empatando, em um vacilo do quase infalível Felipe, quase perdi as esperanças.

Até que o quase craque André Santos tirou-nos da quase eliminação.

Foi por pouco, mas o Corinthians que quase jogou de roxo, e quase perdeu suas chances de classificação para um time quase rebaixado, finalmente, foi Corinthians. Aquele Corinthians quase centenário, que quase sempre quase mata o torcedor do coração. Mas que, no fim, faz a alegria da Fiel, e deixa a nós, torcedores, quase animados com a classificação.

Quase!

Mano, meu mano, no final de semana que vem, deixe desse quas-quas-quase. Porque eu quase acredito que o Santos não vai entregar para a Ponte, e não estamos nem um pouco a fim de ficar no quase.

*Postado originalmente em http://panelax.blogspot.com/


6 Comentários so far
Deixe um comentário

O uniforme ficou legal e deve ser usado…
Se é roxa, amarela, rosa, verde.. não importa…
Barcelona e Real Madrid, dois dos maiores clubes do mundo já vestiram camisas totalmente diferentes das tradicionais e nem por isso os torcedores desses clubes pixaram muros ou ameaçaram outros torcedores que aderiram à idéia. Ou deixaremos de ser Corinthianos por causa disso?

Larissa: Protestar sim, é direito do povo. Depredar patrimônios não, aí concordo.
E Real Madrid e Barcelona não podem ser comparados nem de longe ao Corinthians. Acredito que não seja preciso listar todos os motivos aqui, mas só para elucidar: times europeus = balcão de negócios, ou seja, vale tudo por dinheiro mesmo! Até camisa roxa e laranja com listras douradas.
Corinthians = clube do povo, tradição, ideologia, torcida.

Comentário por Blefe

Esplêndido texto Larissa!

Saudações Corinthianas

Abração.

Larissa: Saudações!!!

Comentário por Junior

Ândi,

“foi Corinthians. Aquele Corinthians quase centenário, que quase sempre quase mata o torcedor do coração. Mas que, no fim, faz a alegria da Fiel, e deixa a nós, torcedores, quase animados com a classificação.”

Me desculpe, mas o futebol ontem apresentado não foi nem de longe o que o Corinthians historicamente tem, aliás, não é desde 2005 com o dinheiro dos russos em Tevez e cia.

Corinthians é o time de Marcelinho Carioca, Rincón, Neto, Ronaldo, Rivelino, Socrates e não de Marcel, Diogo, Lulinha, Alessandro, Bóvio…

Foi sofrido, foi com a garra típica, mas esse time está longe de dar alegrias como deu ao longo dos seus quase 100 anos de história…

E vai ser muito mais confortavel para você dizer que o Santos entregou do que pensar que a Ponte pode ter vencido o Santos. A ponte preta que abriu o Placar em cima do que, vocês julgam, time do ‘esquema traffic’ Palmeiras. A ponte que tem o melhor ataque do campeonato. A ponte que está no G4…

E vai ser muito fácil dizer que existe um esquema traffic para tirar o Palmeiras da fila do que admitir que existem times (enquanto elenco e comissão técnica) BONS e times RUINS.

Abraços

Larissa: Pelo contrário, é muito mais difícil. Dói o coração de quem ama o futebol.

Comentário por Rodollfo SppyX

Vai indo na do Paulinho, vai …
Tenha opinião própria, vc concorda com tudo que ele diz … seja autentica.

Larissa: Vai ser difícil vc encontrar alguém mais autêntica. O Paulinho n acredita em campeonato vendido, mesmo eu já tendo apontado os fatos para ele. Não acredita no rebaixamento arranjado, mesmo eu tendo feito o mesmo. E é favorável a camisa roxa, coisa q eu repudio. Só pra citar 3 …vá se informar antes de falar besteira.
Agora o que é verdade, é verdade. Não dá pra negar.

Comentário por Mecenas

Quase deixei de ler o post inteiro. De quase irritado que fiquei com os quases poucos quases que li. Chato, né?

Larissa: De fato! =)

Comentário por Renato

Respeito a sua opinião Larissa…
mas justamente a carência da visão “empresarial” que torna o futebol brasileiro tão “amador”. Somente quando os dirigentes encararem o futebol brasileiro com seriedade (isso inclui a exploração direta da imagem do clube como o corinthians está fazendo), teremos boas arenas, melhoria no tratamento ao torcedor, diminuição da violência e campeonatos bem organizados. Na boa Larissa… sou Corinthiano mas tenho conciência de que tradição, paixão e ideologias não enchem os cofres do clube. O Corinthians está em recuperação financeira e deve sim apelar para jogadas de marketing que estimulem os torcedores. Uma enquete realizada no site do Corinthians apontou que, apenas 16% dos torcedores que acessaram a página, desaprovam a utilização das novas camisetas. A mudança da cor do terceiro uniforme não irá depredar o conteúdo tradicional do clube. Irá, como eu disse anteriormente, estimular os torcedores. Pense comigo: apesar de você não ter gostado da modificação… não surgiu a intenção de comprar por ser uma camiseta “especial” ou ainda de quantidade limitada? Aposto que sim… e você provavelmente não tem a mesma atitute quando o nosso time muda apenas de patrocinador..

Enfim, alguns gostaram e outros não gostaram. É a democracia voltando ao Corinthians. Quem quiser, compre a camisa oficial do primeiro uniforme. Mas a gaviões que não queira impedir os torcedores que gostaram da idéia, de comprar a camiseta oficial do terceiro uniforme do time. Isso é falta de bom senso e excesso de egoísmo. Fora tudo isso, a modificação da cor foi uma bela jogada de marketing em um momento crucial.

Larissa: Respeito, mas discordo pelos mais diversos motivos. No entanto, concordo com a parte da Gaviões. Protestos sim, é de direito do torcedor e acredito que o povo deveria usar da pressão social mais vezes no nosso país, mas depredação do patrimônio e ameaças é demais. O nosso limite acaba onde começa o do outro e não se pode interferir, ou não deveria poder.

Comentário por Blefe




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: