Corinthians: Preto no Branco


Sport Club Corinthians Paulista desde 1910
abril 6, 2008, 7:55 am
Filed under: Uncategorized

*Adaptado do texto de Giulio Calabria

O Corinthians é o clube que tem suas raízes no que é popular, de todos os povos, o que não exclui ninguém. Pelo contrário, inclui quem se dispuser a pensar solidariamente.

É por isso que os operários do Bom Retiro ganharam apoio dos carroceiros, barbeiros, alfaiates, mas também dos alunos da Escola Politécnica, das enfermeirinhas da Santa Casa e do grande escritor Alcântara Machado.

O Corinthians desde os primórdios, incluía o negro, alforriado apenas 21 anos antes. Incluía o italianinho da fábrica, o espanhol do curtume, o árabe da 25 de Março e o português da padaria. Mas também incluiu nessa estrutura solidária, e revolucionária, os advogados da Praça da Sé, os escrivães da Praça João Mendes e os engenheiros da antiga Light. E é assim em sua história espalhada por todo o gigante Brasil.

Só num clube com essa história seria possível acender-se tanta paixão.
Nosso clube é do Brasil o mais brasileiro.

E é porque sempre esteve presente no que foi do Brasil que nossa torcida botou a primeira faixa por Anistia, em 1979.

E nossos craques fizeram o maior e mais bonito movimento de integração futebol-sociedade: a Democracia Corinthiana.

Nosso carisma foi aos comícios das Diretas Já!, com Sócrates, Wladimir e Casão. E havia dezenas de bandeiras corinthianas lá.

Antes da guerra do Iraque, havia bandeiras nossas no ato contra-Bush, na Avenida Paulista… E como isso foi bonito!

O verdadeiro Corinthians está integrado a todas as lutas do povo. Lógico, que somos muito Elisa, a negra lutadora e simples que nos acompanhou a vida toda. Mas também somos o Washington Olivetto e o Antonio Ermírio de Moraes. Que mal há nisso?

Somos o coração de ouro de Dom Paulo e a voz rouca do Gualixo, o torcedor mais antigo.

Se somos assim, misturados, somos mais Corinthians.

Aqui, em Paris ou na Zâmbia, carregamos sempre uma camisa alvinegra na mala.

Porque o Corinthians está eternamente dentro dos nossos corações, e porque ele é, do Brasil, o clube mais brasileiro.

Ser Corinthians é ser mais Adoniran Barbosa, o homem das malocas e do trem das onze.

Ser Corinthians é ser mais Rita Lee, mutante.

Ser Corinthians é ser mais Ayrton Senna, veloz.

Ser Corinthians é ser mais amigo e mais sofredor. É ser maloqueiro sem precisar morar na maloca.

Ser Corinthians é acreditar no gol aos 46 do segundo tempo, num bicão de zagueiro. Porque essa é nossa cara, é nosso jeito de ser.

Sou Brasileiro, e não desisto nunca.
Sou Corinthiano, e não desisto nunca.

E é por isso que somos mais Corinthians hoje!

Em busca da classificação com a inabalável fé corinthiana nos resultados positivos;

Com a mais fiel dentre as torcidas empurrando o time rumo à vitória;

Com as bençãos de São Jorge, olhando e intercedendo por nós;

Se Deus quiser, Timão, e ele há de querer, pois somos o povo.

Salve o Corinthians!


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Lindíssimo! Nada mais a acrescentar. É ler e abraçar. Obrigado.

Larissa: Obrigada Lou. Me sinto assim em seu blog também!

Comentário por Lou Mello

Excelente.

Agora só está faltando mais união à nossa torcida.

Torcedores comuns + organizadas = timão vencedor

Larissa: Enquanto algumas organizadas insistirem em assaltar os comuns que vestem roxo vai ficar difícil. Mas união é fundamental, em todos os âmbitos do Corinthians.

Comentário por william




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: