Corinthians: Preto no Branco


Tinga, Acosta e Os Otários
junho 12, 2008, 3:30 am
Filed under: Uncategorized

Por Giulio Calabria

No célebre jogo contra o Internacional, em 2005, o mundo e até
os seres minerais ecoaram a imprensa anti-corinthiana,
a chorar o tal pênalti de Fábio Costa em Tinga.

Hoje, no crepúsculo de jogo um pênalti ainda mais
cristalino que aquele, cometido por Magrão em Acosta,
não ganhou qualquer ibope.

Não houve narrador ou comentarista que se indignasse.
Necas de bronca nacional nem carpideiras de velorio.

Assim como não houve Juca Kfouri ou outro ícone da
imprensa que tenha assinalado o óbvio: o atleta
Carlinhos Bala apitou a partida.

O árbitro o consultava a cada lance. Carlinhos Bala
Pena Jr. ou Alício Bala bloquearam inúmeros ataques
do Corinthians, no modo mais sutil de roubar. Sem
contar que tiraram dois dos atletas
mosqueteiros.

O Alício aliciado também validou a marcação de um
impedimento inexistente do ataque do Corinthians.

São os detalhes que determinariam o campeão. E
mais uma vez, na dúvida, as marcações foram contra
o Corinthians.

Ao que parece, pagamos uma dívida sem fim contraída
em 2005 e na gestão das gangues de Dualib. Foi
Héber em 2007, Sálvio no Paulistão e Alício (mais uma
vez) a garantir o título para o Sport.

O “erro” sobre Tinga não merece perdão. O rapa sobre
Acosta, ao contrário, virou mero detalhe de jogo,
sobre o qual ninguém se exaspera.

O Alício aliciado certamente sairá ileso, até mesmo
pela cegueira dos que consentem no estupro, como
diz nosso amigo Pedro. E isso inclui os torcedores
céticos, que adoram se auto-enganar e apostar na
lisura dos torneio de futebol no Brasil.

Seria ótimo se Alício tivesse sido justo e honesto. Aí,
teríamos ânimo para discutir a estratégia frouxa e
suicida do mago do XV de Campo Bom.

E teríamos fôlego para deixar de lado idolatrias
estúpidas e cobrar o capenga Felipe de 2008, pois
não cabe numa final o péssimo posicionamento no
primeiro tento e bizarra ginástica galinácea no
segundo.

Tivesse Alício decência e o papo seria outro.

Nós, os otários, teríamos outro assunto.

Nota da Larissa: Após as colocações perfeitas do meu amigo Giulio, vem a pergunta direta para a diretoria alvinegra: Até quando vamos pagar por isso? E tenho até medo de saber a resposta. Afinal, esperar o que de quem não tem nenhuma força nos bastidores e vive em meio a total desorganização? Se não conseguiram nem fazer com que a lei fosse cumprida na
distribuição dos ingressos, é melhor nem imaginar o resto…
.
E há, como sempre, quem vá falar em chororô, que é coisa de bambi, ah! Claro, contra o Corinthians pode espernear, nós não podemos. Não podemos uma vírgula! Foi roubado, foi lesado? Tem mais é que reclamar, protestar e apontar os bandidos, clamar por justiça! Ou alguém aí paga multa que não lhe cabe ou se conforma se seu veículo é roubado? “Consentir no estupro, levar tunda e não reclamar, isso sim, é coisa de “viado”. E de viado sem escrúpulos.”
.
Enfim, “teorias da conspiração” à parte, não é à toa que o tal Firulinha Bala já dava o jogo como ganho, afirmando inclusive que “Deus havia dito que o Sport seria campeão.” Deus? É, sei…

10 Comentários so far
Deixe um comentário

Pagamos até hoje pela falta de gente comprometida com o clube em sua cupula, gente preocupada com os proprios bolsos e com o poder, que faltaram na hora de defender a instituição das calúnias de 3 anos atrás.

Saímos como os vilões pela mídia, em um campeonato onde o Inter havia ganho do Brasiliense com um gol impedido 3 dias antes do tão famoso lance do Tinga (gol impedido do Inter: http://www.youtube.com/watch?v=JJskJAZQ058 ).

Pelo visto, até hoje os rabos presos continuam impedindo que alguém do clube nos defenda dessa campanha ridicula do rótulo de “Campeão do Apito Amigo” que nos atribuiram.

Larissa: Assino embaixo! Beijos e força querido para mais uma vez, levantar, sacodir a poeira e dar a volta por cima!

Comentário por Shadow

Enfim, só resta uma pergunta: Até quando vamos pagar por aquele campeonato?

Larissa: Pergunte para o presidente…

Comentário por italocarneiro

Aqui fala um flamenguista. E, como tal, tenho um certo carinho pelo Timão que é o segundo titã do futebol brasileiro. Sei da dor da torcida corintiana. Sei da angústia. Por isso, escrevi em meu blog um texto sobre a final da Copa do Brasil. Espero que você aprecie! Outros dias virão e o Timão é grande demais para ficar chorando pelos cantos. Bola pra frente!

http://franc1968.wordpress.com/2008/06/12/sport-campeao-chora-corinthians/

Larissa: Obrigada…bom blog!

Comentário por franc1968

“o capenga Felipe de 2008, pois
não cabe numa final o péssimo posicionamento no
primeiro tento e bizarra ginástica galinácea no
segundo” – essa é a imagem que vai ficar…

Larissa: Infelzimente.

Comentário por Heloisa

Concordo, com tudo que vocês disseram. Realmente a arbitragem foi nefasta.
Agora, que os jogadores não se portaram em uma decisão, não foram homens como deveriam. Onde está o Fabinho que já foi diversas vezes campeões com o Corinthians? Onde estava o cherife William? Onde estava o polivalente Alessandro? Relamente, tem horas que o time tem que ser homem. Tem que pegar a bola, colocar debaixo do braço e chamar o time (e o jogo) pra si.

Abracos!

Larissa: Ninguém jogou.

Comentário por Guilherme

Deus? isso foi o que mais ri antes do jogo. como se deus tivesse time de futebol. mas, quis não olhar para tais provocações da bala perdida, e igenuamente, acreditei que nossos jogares não respondia a tal balinha por respeito ao “gatinho”, mas o jogo como foi mostrou o que pode ter acontecido. Na Itália isso é comum e foi descoberto, compra de resultdos e campeões de última hora. Que coisa, não? Será? Mas, os jogadores sabiam? que loucura bate na cabeça, é tanta coisa, mas o certo é que não fomos para o jogo. e ao final da partida me recusei a aceitar, tanto que desliguei a TV, e depois liguei para ter certeza do que eu tinha visto, pensei eu sinceramente, “será um pesaelo?” , mas é uma realidade. que chato. 😦

estou triste, mas somos corinthianos, temos que cobrar, mas temos que apoiar, contraditório? não, não. pois aqui tem um louco por ti corinthians.

Lara, curti muito seu blog. Parabéns, moça. Acho que a nação precisa montar uma tv da fiel, e você seria nossa comentárista. eu, claro, o apresentador do programa da noite. hehe

grande abraço, pretendo voltar aqui muitas vezes. mil beijosss..

Fábio Lelis
Corinthiano Roxo
http://www.fabiolelis.blogspot.com

Larissa: É isso aí. Obrigada!

Comentário por Fábio Lelis

Observação: Juca Kfouri reviu o lance do suposto penalti no Acosta, e refez a sua impressão dizendo que NÃO HOUVE penalti nenhum, afora lances favoráveis ao Sport não marcados pelo árbitro…veja em seu blog.

Larissa: É assim que funciona a mídia. Claro que vão dizer que não foi. É a favor do Corinthians. Eu vi e tenho o vídeo em mãos. O goleiro pega as duas pernas do Acosta.

Comentário por Alviverde/SP

Mesmo jogando mal, é evidente que o Timão foi minado, (não só no penalti…ahh se tivesse sido na área do Corinhians a favor do Sport..o que viria de pau) mas em lances ridiculos, o Aliciado não permitiu nada ao Corinthians.
Larissa, essa dívida é impagável infelizmente, teoria da conspiração?
No ano passado, antes dos jogos finais, levantaram suspeitas ridiculas, nos jogos contra o Goiás, contra o Sport, contra o Nautico e até na final contra o Grêmio, e o que vimos foi o Timão ser derrotado em todos esses jogos, com lances absurdos como o penalti do Ailton inventado no Recife.
A ideia é simples, lanço a suspeita antes, e o resultado é inverso.
Desta vez, criaram o clima de guerra, sugerindo até o Romerito como novo Ruy Rei. Acho que nosso maior problema (ou inimigos) vem dai.
É preciso achar um meio de neutralizar essa campanha sistemática, antes de jogos importantes. O Milton Neves por exemplo, é mestre em fazer isso.
Blinda o Santos e desestabiliza o Corinthians.
Vamos ver até onde essa gente vai.

Larissa: Eu, sinceramente, não gostaria de ver.

Comentário por Jarbas

Não é simplesmente pelo penalty no Tinga, mas pelo reagendamento dos jogos de 2005 que nós colorados, assim como o restante das torcidas brasileiras, não perdoamos e torcemos pelo sofrimento dos corinthianos. Isso tudo é só o começo de tudo que vai acontecer com esse time que fingiu não ver a maior roubalheira de todos os tempos.

Larissa: Quem foi roubado fomos nós…Justa a remarcação das partidas.
Mas concordo contigo, não é simplesmente pelo penalti no Tinga. É pela inveja, por isso foram vices (e sempre serão) e não ganharam nem do rebaixado Coritiba, porque se preocupam apenas com o time alheio.

Comentário por Pyw

e para a heloisa, o menguinho tambem só ganhoualguma coisa de relevante em toda a sua historia decadas depois de sua criação em 2 dosmaiores roubos do futebol brasileiro novamente contra o galo. o juiz da libertadores hj trabalha na globo e é tabu falar sobre aquele jogo ou falar mal da sua atuação e venho aqui ver vcs chorarem sobre midia anti isso e aquilo, cresce minha filha, é muito mais facil a globo ter um rebanho com 2 times do que diversidade, ou nao se lembra quando so tentaram transmitir jogo dos 2 ‘titas da roubalheira’ pra tv aberta.

Comentário por ita




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: