Corinthians: Preto no Branco


Diretoria Brilhante
junho 28, 2008, 6:22 am
Filed under: Uncategorized

Fonte: UOL

Jô rende 1,6 milhão de reais

A venda de Jô do CSKA para o Manchester City acertada nesta sexta-feira não irá render mais de R$ 2 milhões ao Corinthians. Na verdade, o clube alvinegro espera receber R$ 1,650 milhão referente ao mecanismo de solidariedade por ter formado o atacante. Os 10% dos direitos do jogador que pertenciam ao Corinthians já foram vendidos há cerca de três meses.

A legislação internacional garante 5% da segunda transferência do jogador profissional ao clube que o formou dos 12 aos 23 anos. No entanto, como Jô deixou o Corinthians aos 18 anos, a equipe brasileira terá direito a 3% dos cerca de R$ 55 milhões pagos pelo Manchester City.

“Estou trabalhando com esse valor de 22 milhões de euros que foi noticiado na Inglaterra. Com os 3% garantidos ao formador, já que o Jô não ficou até os 23 anos no clube, o Corinthians deverá receber R$ 1,650 milhão”, disse Ivandro Sanchez, advogado responsável por conduzir todas as transferências internacionais alvinegras.

Já os 10% dos direitos que pertenciam ao Corinthians quando Jô foi para a Rússia foram negociados há cerca de três meses para uma empresa. “O Corinthians atualmente só tem direito ao mecanismo de solidariedade em relação ao Jô. Os 10% já foram vendidos”, confirmou Sérgio Alvarenga, vice-presidente jurídico do clube.

Na verdade, o Corinthians decidiu negociar seus 10% no primeiro semestre porque precisava de dinheiro para saldar algumas dívidas importantes. “Na época ninguém sabia se ele seria vendido ou não e o Corinthians estava extremamente apertado financeiramente, então fez essa opção mais segura de vender para essa empresa investidora”, comentou Ivandro Sanchez.

Os dois advogados, porém, disseram não saber o valor ou a empresa responsável pela negociação, conduzida pelo presidente Andres Sanchez. O fato é que o Corinthians não esperava a venda de Jô imediatamente e decidiu aproveitar a oportunidade de “fazer” dinheiro.

“A verdade é que a venda do Jô foi uma surpresa, pois em março ele acertou a renovação de contrato com o CSKA”, disse Ivandro Sanchez, que também trabalha para Marcelo Djian, empresário de Jô.

Entre as dívidas do Corinthians, que totalizavam R$ 101 milhões, a que mais preocupa é a referente ao atacante Nilmar. O clube brasileiro foi obrigado a pagar 6,5 milhões de euros para o Lyon e outros 2 milhões de euros para o Internacional.

“Para o Lyon já foram pagos 4,5 milhões de euros e falta uma parcela de 2 milhões de euros que vence no dia 30 de dezembro. Para o Inter já foram pagas seis das doze parcelas mensais”, completou Ivandro Sanchez.

***

Nota do blog: Por quanto venderam os 10% a que o clube tinha direito e porque isso nunca foi divulgado? Venderam não sabem quando e nem para quem? Cadê a transparência que tanto bradam?

Um detalhe importante: O advogado aí dá a entender que a renovação do Jô era sinal de que ele não iria se transferir, sendo que isso aconteceu logo após uma suposta sondagem do Milan no mesmo mês:

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Campeonatos/0,,MUL353823-1306,00-MILAN+DE+OLHO+EM+EXCORINTIANO.html

Não é impressionante?

Salvem o Corinthians!


1 Comentário so far
Deixe um comentário




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: