Corinthians: Preto no Branco


Rapidinhas do Timão
setembro 2, 2008, 10:02 pm
Filed under: Uncategorized

Rafael Sóbis:

A transferência do atacante Rafael Sóbis, do Betis (ESP) para o Al-Jazeera (EAU), pode render aos cofres corinthianos aproximadamente 130 mil reais, isso porque o jogador pertenceu ao Timão entre 2000 e 2001 (entre 15 e 16 anos). Pelo mecanismo de solidariedade que garante 5% do montante pago a título de indenização, onde se consideram formadores do atleta todos os clubes aos quais ele tenha pertencido, na condição de atleta profissional ou amador, entre os 12 e os 23 anos, caso o valor da transferência (10 milhões de euros ou 25 milhões de reais) seja confirmado, o Alvinegro terá direito a receber por volta de 54 mil euros.

Enfim, uma boa notícia sobre Rafael Sóbis.

Mais um volante:

O Corinthians está perto de acertar com o volante do Flamengo, Cristian. A negociação depende apenas da liberação do clube detentor dos outros 50% dos direitos federativos do jogador, o Atlético Paranaense.

“Com o Flamengo, já está tudo certo. Sabemos do interesse do Corinthians, e nossa relação com eles é a melhor possível. Com Flamengo e Corinthians, nunca há problema nenhum”, afirmou Kléber Leite, vice-presidente de futebol do Rubro-negro.

Dívida:

A diretoria do Corinthians divulgou nesta terça-feira pela manhã, em entrevista coletiva no Parque São Jorge, o balanço financeiro do mês de julho. Nos cálculos, o clube apresentou queda de R$ 4,1 milhões na dívida total e lucro de R$ 12,3 milhões nos sete primeiros meses de 2008.

No entanto, o vice-presidente financeiro do Timão, Raul Corrêa da Silva, afirmou: – “Não podemos imaginar que teremos uma redução drástica do endividamento até o final do ano. O clube é como uma empresa, também precisa fazer investimentos, como contratar jogadores e outras coisas.”

Algumas considerações:

1 – Eu realmente não acreditava que às vésperas de eleição haveria notícia diferente disso aí. Enfim, Dualib também levou um tempo para se folgar e ferrar com tudo, e este que aí está, vem da mesmíssima escola;

2 – Não tenho condições de checar a fundo os números, sou como qualquer corinthiano comum, obrigada a aceitar o que divulgam, no entanto, não aceito. As coisas não me parecem tão simples. O lucro de R$ 14,7 milhões obtido é no Departamento de Futebol, assim, excetuando o rombo de sempre dos desvios no clube social né? E o departamento amador, criminoso e exaustivamente abordado, continua na mesma: dando prejuízo. Por que será que não mexem lá?

3 – Alguém notou que nos cálculos, o clube apresentou queda de R$ 4,1 milhões na dívida total e que esse valor é referente ao NILMAR? Alguém lembra de quanto o clube precisava pagar? E da porcentagem do montante das dívidas do clube que o valor do acordo mais bizarro da história do futebol representava?

4 – Estamos falando em “melhora significativa” em comparação ao pior período de administração do clube, dirigido por Dualib? Se estamos. Então, a melhora foi realmente significativa (só faltava não ser mesmo).

5 – Por fim, parece que para aumentar as receitas, o Corinthians contou com a contribuição do bom desempenho da equipe na Série B. Somente com a venda de ingressos, o clube totaliza uma renda bruta de R$ 10,7 milhões, que com certeza, não atribuo a boa campanha da Série B, mas à fidelidade dessa torcida, parece que não poderia ser diferente mesmo. O maior dos méritos, é da torcida do Corinthians.

Boca Juniors:

Clube argentino move processo na Fifa contra o Timão pela transferência de Tevez ao West Ham (ING) em 2006.

A herança maldita de Dualib continua atrapalhando os planos de contenção de gastos do Corinthians. Os argentinos alegam que, pelo contrato assinado em dezembro de 2004, o clube brasileiro seria obrigado a repassar 20% do valor arrecadado com a futura venda – os US$ 5 milhões foram baseados em cálculos de auditorias, por meio de estimativas.

O vice-presidente jurídico do Corinthians, Sérgio Alvarenga, garante: – Se o Boca tiver algum valor para receber dos ingleses, aí é um problema deles. Da nossa parte, nada foi recebido e não temos de repassar nada por isso.

Público:

Mesmo disputando a Série B do Campeonato Brasileiro, o Timão apresenta a maior média de público nos jogos, inclusive, em comparação aos seus rivais que disputam a primeira divisão. O Corinthians atrai, em média, 22.354 torcedores para suas partidas. Coisa que o Palmeiras na vice-liderança da Série A, não consegue. Contando apenas com público de 14.377, contra 11.901 do São Paulo. Já a péssima campanha do San7os se reflete nas arquibancadas, onde 8.624 pessoas costumam acompanhar o descenso da equipe.

O bizarro “Caso Nilmar”:

De acordo com o Lance!, segunda-feira foi o último dia da janela de transferências internacionais. E se não fosse a má condução do caso Nilmar por parte de Alberto Dualib, Kia Joorabchian & Cia., poderia ter sido um momento histórico para o Corinthians, com a venda do atacante para o Palermo (ITA), por R$ 36 milhões.

O problema é que, atualmente, o jogador veste a camisa do Internacional que, de maneira surpreendente, recusou a oferta milionária do clube italiano.
Uma perda de tantos milhões causa revolta na torcida. E também declarações irônicas de quem viveu o imbróglio. É o caso do empresário Orlando da Hora. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, ele brincou com o dinheiro que deixou de entrar nos cofres do Timão.
– Eles deixaram de pagar apenas US$ 300 mil (R$ 480 mil) e perderam 15 milhões de euros (R$ 36 milhões) – ironizou o agente do atacante.

Com os R$ 36 milhões que o Corinthians poderia arrecadar com a oferta do Palermo, a soma de prejuízo do caso Nilmar ultrapassa os R$ 62 milhões. Os outros credores são Lyon, da França, Internacional e o próprio jogador, que aceitou acordo na Justiça do Trabalho.

Anúncios

6 Comentários so far
Deixe um comentário

A média de público maior é natural, todos os times tradicionais aumentam sua média na 2ª divisão, a torcida apóia mais… O Palmeiras enchia o Palestra a cada jogo… Quanto à venda do Tevez ao West Ham, time que tem nome de presunto, apesar de palmeirense achei curiosa a resposta do Alvarenga, o mesmo que garantiu na TV que o clube não cairia… Como o Corinthians não recebeu nada pelo cara? Foi só a MSI? Pelo que sei, a obrigação de repassar os 20% ao Boca é do clube, já que a empresa não pode ter vínculo contratual com o atleta… Nessa parte eu passo a bola pra vc…

bjs alviverdes,

Daniel

Daniel: De acordo com o que foi divulgado pelo Corinthians na época, o Tevez não rendeu dinheiro ao clube. A liberação ocorreu por meio de troca de favores. Para assinar a rescisão do argentino, liberando-o para o West Ham, Dualib teria obrigado a MSI a reforçar o Timão com outros jogadores. Situação “resolvida” com: de Magrão, Amoroso e César, que juntando, não dão meio Tevez. Como o Corinthians não recebeu nada, também não teria nada a passar ao Boca, segundo o Alvarenga.

Comentário por Daniel

Após o caso Nilmar, onde o Corinthians comprou , mas não levou, agora quem sabe não é a vez de passar ao Boca um valor de 20% sobre um suposto valor, já que na prática o clube não recebeu um tostão furado?

O departamento jurídico do Corinthians está de dar pena.

Larissa: Resta ver o que farão com isso. Chega a dar medo quando entra nessa questão de justiça, não sei por que o Corinthians costuma perder sempre né?

Comentário por Shadow

Não sabia, mas se eu fosse dirigente do Boca diria que o contrato foi quebrado por não ter havido o recebimento de numerário, o que lesou o clube argentino. Mas teria de saber o que dispõe o contrato de venda do Tevez.

Comentário por Daniel

Segundo comentários divulgados via imprensa na época, o Boca só teria direito a 20% caso o Tevez deixasse o Corinthians por um valor acima de 30 milhões de dólares.

Larissa: É tudo o que sei também.

Comentário por Shadow

Só se nossos advogados estiverem levando algum por fora, para concordarem com esse pagamento ao Boca, ou forem incompetntes.

Caso o Timão seja acionado, (salvo estiver errado), acho que se pedirem ao Boca, para apresentarem comprovantes, a forma, e de quem receberam o dinheiro pela venda de Tevez, ficarão de saia justa.

Comentário por Jarbas

Se foi isso que foi divulgado, eu não sabia ou não lembrava… Se é isso é isso… Como dizia o Otacílio Gonçalves, “escore é escore”, não há o que fazer… Boca e Corinthians morreram abraçados e o Tevez e outros embolsaram… Pena que não sou advogado nem empresário de jogador…

Comentário por Daniel




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: