Corinthians: Preto no Branco


Ser corinthiano é diferente…
setembro 11, 2008, 2:21 am
Filed under: Uncategorized

Disse o ex-jogador do Corinthians, Sócrates, na entrevista que concedeu ao Benja essa semana.

Ídolo eterno da torcida corinthiana, um dos maiores, Magrão conversou sobre o nosso futebol, a inesquecível Democracia Corinthiana e o desejo de ver Wladimir na presidência do Timão. Eis o assunto que há muito tempo me parece apenas um sonho bom e distante. Ter um presidente como o ex-jogador Wladimir, um dos líderes da Democracia Corinthiana, politizado, íntegro e corinthiano.

Sempre que ocorre esse assunto, testemunho torcedores argumentarem que o grande problema em se ter ídolos, ex-jogadores na presidência do clube é o fato deles terem pouco conhecimento em gestão administrativa. Não é bem esse o caso de Wladimir, que já foi presidente do Sindicato dos Atletas, administrador do Pacaembu, secretário de esportes de Cotia, de Carapicuíba e também secretário de Esportes de Diadema. E que, acima de tudo, tem caráter e preza pelo clube. Afinal, de nada adianta ser empresário bem sucedido, como são muitos dos nossos dirigentes, quando a vocação é para bandido.

Até o momento, nunca realizei ou endossei campanha por nenhum candidato à presidência do Timão, por considerar que não mereciam, por não crer na maioria e pior, por não valer de nada. Vivíamos uma espécie de ditadura dentro do clube. Mas o momento parece ser outro, agora os associados têm direito a voto e serão eles que, aparentemente, decidirão o futuro do Corinthians. Então, caso o Wladimir vença a próxima eleição para conselheiro, o ex-jogador já estaria apto, de acordo com o estatuto alvinegro que requer que os candidatos sejam conselheiros vitalícios ou tenham vencido duas eleições para o quadro do conselho, a concorrer à presidência do clube. E neste caso, Wladimir não só teria meu apoio integral na candidatura, como também, campanha pela sua eleição. Merece.

É disso que o Corinthians precisa: renovação de fato! Gente que conheça e se importe com o clube e não apenas com seus próprios interesses. Pessoas que fizeram parte e história em nossa instituição.

Ser corinthiano é diferente, sempre foi. E agora, mais do que nunca, é preciso fazer a diferença. Resgatar o nosso grande, altaneiro e democrático Sport Club Corinthians Paulista.

*Confira na íntegra a belíssima entrevista do Magrão no Papo com o Benja: http://www.lancenet.com.br/multimidia/?t=V|l=mms://dmedia.lancenet.com.br/OnDemand/tvl_090908_papocombenja.wmv|d=S%F3crates%20para%20Benja:%20Ser%20corintiano%20%E9%20diferente!|c=



7 Comentários so far
Deixe um comentário

Nem sempre o jogador que foi gênio em campo é também uma mente privilegiada fora dos gramados.

O Sócrates está no seleto hall daqueles que valem a pena a gente ouvir falando, além de ver jogando (infelizmente agora só por VT, já que ele atuou no tempo em que futebol era futebol de verdade).

Larissa: Concordo.

Comentário por Shadow

Aliás, sonho um dia em ter os ídolos do Passado gerindo o futebol.
Wladimir, Presidente.
Basilio, Vice de Futebol
Rivellino, Gerente
Tentaram colocar o Riva de Gerente em época recente, mas não deram nenhuma estrutura e pela 2a vez na história , foi fritado.
Acho que com uma boa estrutura e retaguarda, daria certo.

Larissa: Claro que nem todos os nossos ídolos poderiam ocupar cargos no clube, mas com certeza, muitos estão disponíveis e são capacitados. É melhor do que os palmeirenses, santistas que uns e outros têm colocado por lá mesmo depois de ter prometido que a prioridade seria dos corinthianos.

Comentário por Randal

Mas, é claro que é diferente. Afinal é o único time grande na Segundona. Isso é a diferença.

Larissa: É bom mesmo que você admita a grandeza do Poderoso Timão! =)
Agüente firme! Estamos voltando…

Comentário por DONIZETE

ola larissa….

sempre vejo seus comentários no blog do paulinho.

mas vc não me parece uma pessoa que argumenta, discute… apenas acata os acontecimentos e tenta fazer piada dos mesmos.

enfim… vc tem certeza que o Wladimir é uma pessoa honesta a esse ponto que vc frisa? não se esqueça que esse ano ele concorre a cargo politico em sp, ou seja, vai estar no meio dos lixos que imundam nosso pais a mais de 500 anos.

quando alguém que nós julgamos acima do bem e do mal se presta a esse tipo de safadeza, acho que é o momento de rever conceitos, de separar o homem do jogador…

só pra deixar bem claro… eu sou santista, nada tenho a ver com o corinthians, estou falando do homem vladimir, se é que se pode dar tal alcunha a uma pessoa que entra no meio sórdido, sombrio e repugnante da politica.

um beijo e se puder, visite meu blog.

Blog do Celso Ricardo
http://celsoricardo.wordpress.com
de tudo um pouco, desde sexo até politica.

Larissa: Nossa! As pessoas realmente constroem imagens deturpadas sobre as outras! Depois, você só tem de saber separar locais próprios de locais impróprios para discussões, reflexões e debates sérios.
Sobre o Wladimir…Sim. Estou confiando nele e o fato de entrar para política não me causa nenhum espanto, pois ele sempre foi, desde a Democracia Corinthiana, um cara consciente e politizado. Gostaria que todos os que adentram a política em nosso país fossem assim. E não acho que seja justo julgar uma pessoa por ela entrar num meio em que deveriam estar as pessoas que cuidam do país, embora não seja dessa forma que ocorram as coisas no Brasil, sempre há alguém que vale à pena. Generalizar é uma tendência, mas suspeito que não muito inteligente.
Mas a julgar pela imagem que você fez de mim e considerar o quanto as pessoas se enganam, bom, posso estar errada também.
Obs: Eu não manteria um blog (com resposta a todos os comentários, aliás) se não gostasse de discussões.

Comentário por celso ricardo

Sócrates é uma espécie em extinção. Indicar Wladimir para a presidência é uma crítica a todo o sistema existente no clube, mas é um sonho interessante. Ele caiu um pouco na minha avaliação ao permitir o filho jogando no timinho do Morumbi. Parece que a moda pegou, filhos de ex-craques corinthianos devem nascer vestidos de uma lista vermelha junto ao preto e branco.
A idéia (do Wladimir presidente) é boa, se vingar apoiarei, também. Para o Andres ele não serve nem para dirigir o terrão de Itaquera.

Larissa: Com certeza foi uma crítica. Se você assistir a entrevista completa verá que ele fala isso com todas as letras. Sobre o Wladimir, acho que ele é tão corinthiano que não deixou o filho dele jogar aqui. Isso que é amor ao clube, se é que você me entende, não nutro a menor simpatia pelo tal do Gabriel. =)

Comentário por loumello

Larissa veja o que disse Olivettto:

Pergunta:Caro Washington Olivetto, minha pergunta seria: Porque um clube como o Corinthians, recentemente, uma pesquisa apontou o Corinthians como a marca mais lembrada. Porque uma marca tão forte, um clube com atualmente 25 milhões de consumidores em todo o mundo, que tem o maior índice de Ibope no futebol brasileiro, está praticamente falido???
E o que poderia ser feito para reverter esse quadro?

Washington Olivetto: O amadorismo e a irresponsabilidade dos diretores geram os problemas. A profissionalização da diretoria e a mudança dos quadros trariam a solução. E em muito pouco tempo: a marca Corinthians é extremamente forte e fácil de ser bem trabalhada e bem-sucedida.

Pergunta:Gostaria também de sua opinião sobre os conselheiros Roque Citadini, Rubens Aprobatto e Andrés Sanchez, que são as atuais grandes forças políticas corintianas e devem, pelo menos dois deles, se enfrentar em eventual eleição.

Washington Olivetto: Acho particularmente o Roque Citadini inteligente e bem-humorado. Mas, neste momento, o Corinthians não precisa das forças políticas já existentes, como ele, o Rubens e o Andrés. O Corinthians precisa é de uma renovação total.

Pergunta:Qual seria um planejamento ideal para o clube se reorganizar? Quanto tempo duraria isso?

Washington Olivetto: Com gente séria e competente, em menos de 2 anos dá para colocar o Corinthians em ordem. Mas é fundamental a existência de um planejamento de longo prazo, para que o trabalho desenvolvido por alguns depois não seja destruído por outros.

Acho que concordo integralmente.

(retirado de entrevista ao site vaicorinthians.net)

Larissa: Concordo integralmente também. Sempre lamentei um corinthiano como W.O. nunca ter participado do marketing do clube, por exemplo. Mas pelo menos nós podemos supor os motivos.

Comentário por Jarbas

Só não gosto de algumas coisas de certas pessoas. Quando lançam livros sobre o Corinthians, e não pagam royaltes ao clube.

O que tem de gente que vive do Corinthians, na midia, nas livrarias, alguns até ilustres. São como cola, ou mariposas “dando vorta em vorta das lampidas” como dizia Adoniran.

Os livros do Olivetto, e do Juca por exemplo, venderam bem.?

Não venderam? Faturaram com os fiéis?

Porque nunca ninguem do Corinthians cobrou?

Experimente lançar um livro sobre o Roberto Carlos por exemplo, e veja se ele deixa?

Será que pode escrever livro sobre o Corinthians e faturar a vontade?

Eu se fosse Presidente (rsrsrs) essa gente iria pular miudinho. Ah! se ia.

Primeiro decreto: “A partir de hoje, o Corinthians não é mais a Geny”.

Larissa: É justo. Mas o Corinthians é o time do povo Jarbas! rs …uma pena que seja somente nestas ocasiões.

Comentário por Jarbas




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: