Corinthians: Preto no Branco


Confirmações
setembro 17, 2008, 4:45 pm
Filed under: Uncategorized

Da Gazeta Esportiva

Carlos Leite, empresário do técnico Mano Menezes, emprestou R$ 600 mil para o Corinthians contratar o lateral-esquerdo Wellington Saci e meio-campista Eduardo Ramos, segundo a Folha de S. Paulo. Sem juros. Ele agencia a carreira dos dois jogadores, como também ajudou o clube na negociação com o meio-campista Elias.

“O clube estava sem dinheiro na época, e eu ofereci. Qual é o problema disso?”, questionou Carlos Leite. O presidente Andrés Sanchez também minimizou a notícia. “Não vejo problema nenhum. Não temos nada a esconder.” No balancete mensal divulgado pela diretoria do Corinthians, o nome do empresário não consta na lista de credores do clube. [grifo meu]
A relação de Carlos Leite com Mano Menezes é motivo para polêmica no Parque São Jorge. O centroavante Finazzi foi o primeiro a levantar suspeitas sobre o assunto, ao trocar o Corinthians pelo São Caetano. Na ocasião, disse à TV Gazeta que perdeu espaço na equipe porque o técnico poderia favorecer atletas de determinado empresário.

Mano, Carlos Leite e a diretoria do Corinthians se irritam com o tema. Na semana passada, o vice-presidente de futebol Mário Gobbi fez um discurso emocionado em defesa do treinador. “Só porque tem um empresário amigo do técnico ficam falando em esquema. É de emputecer. Não existe absolutamente nada”, desabafou.

Carlos Leite também é procurador do lateral-direito Denis. “Infelizmente, acaba sobrando para mim e para o Mano. Tenho 40 jogadores espalhados pelo Brasil inteiro e fora do país”, argumentou o empresário. O clube pretende pagá-lo ainda nesta semana, com a ajuda do empréstimo de R$ 12 milhões que recebeu do banco BMG.

Nota do Blog: Eis a notícia, confirmando o post da semana passada sobre o destempero de Mario Gobbi. E teve gente que duvidou…

Sobre os jogadores, só mesmo emprestando dinheiro para alguém pensar em contratar Eduardo Ramos, Denis e Cia. Ltda. E olha que nem assim eu os teria contratado.

Já Andres Sanchez, como diria o Neto, está de brincadeira! Se não têm nada a esconder, por que é que não divulgaram o nome do empresário credor no balancete oficial do clube?


14 Comentários so far
Deixe um comentário

O Gobbi parece ter dado um tiro no proprio pé após aquele destempero na semana passada para defender o Mano dessas insinuações.

De lá pra cá, o que eram rumores, virou confirmação, todos os jornais foram atrás e a verdade veio à tona.

A desculpa da diretoria? “O que tem demais”… Ora, ora, tem tudo demais!

Estamos nos acostumando a ver pilantragens serem tratadas como a coisa mais normal do mundo no discurso da diretoria.

Não só é uma situação anti-ética, como, se os nossos nobres cartolas não se lembram, até a semana passada o Gobbi estava desesperado para tentar disfarçar isso, ou seja, primeiro eles tentam esconder, depois que a coisa estoura vem com o papo de que não tem nada demais?

Pára né!

Larissa: O que chama a atenção é o fato de não conseguirem sequer esconder as coisas, às vésperas de eleição, por sinal.

Comentário por Shadow Hunter

Ninguém reparou, mas o Finazzi falou algo sobre isso há uns meses atrás.
Triste se o Mano Menezes se sujeita a essas coisas.

Larissa: Eu fiz questão de publicar as palavras de Finazzi aqui na época.

Comentário por Thomaz Silva

Sai diretoria entra diretoria e continua tudo mesma coisa né?
Isso é brincar com a paixão do torcedor,é usar o amor que temos pelo nosso time para seu bem,quando isso vai acabar?
Vc estava bem certa sobre notícia que disse do gobbi ,quero ver quem duvidou de vc vir agora se retratar

Larissa: Acaba quando o brasileiro souber reivindicar os seus direitos e postura dos seus dirigentes. Quando soubermos votar, cobrar e, acima de tudo, pensar. O nosso futebol é a cara do Brasil.

Comentário por Roger

Continuo achando perseguição a Mano, com distorções de informações.

Para mim, caráter de Mano, nunca esteve em dúvida.

Até que me provem o contrário, continuo achando ótima pessoa, correta, e bom treinador.

E me desculpem os que discordam, acho desprezivel julgamento de valor de pessoas, sem o minimo conhecimento pessoal.

Acho que a perseguição ao Mano, decorre, de estar realizando um bom trabalho, e isso escora o atual Presidente, que não tem a minha preferência.

Acho que essa perseguição é porisso, e me convenço, que qualquer que fosse o treinador, o comportamento de alguns seria o mesmo.

Acharia muito mais honesto confessar ser esse o motivo.

Isso não tem nada a ver com politica, pois aconteceu o mesmo, com o atual Presidente, em relação a Leão, que por livrar o time do rebaixamento, era a escora de Dualib.

Portanto para mim, nada é novidade, e se fosse o Felipão nosso treinador, as criticas seriam as mesmas.

O resto é sofisma.

Se o time estivesse mal, (o que pode até acontecer porque o campeonato ainda não acabou) endossaria qualquer critica ao treinador.

Mesmo por motivos politicos, não consigo, por ser Corinthiano doente, torcer contra jogador ou técnico.

Não tenho essa capacidade.

Larissa: Jarbas, de minha parte, as críticas ao treinador Mano, você já cansou de acompanhar nas análises posteriores aos jogos. São críticas táticas. Detesto a maneira como ele “organiza” o time. E não existe a possibilidade do time estar mal neste campeonato, lembrando que disputamos somente a várzea. Em campeonatos que podem ser usados como parâmetro, o currículo dele é péssimo. Para citar apenas Corinthians: quinto lugar no Paulista, um campeonato com 3,5 times grandes?! (San7os não conta como time inteiro) ficar em quinto, atrás da Ponte Preta e Guaratinguetá? Sem contar a postura bizarra assumida na final da Copa do Brasil, onde, pelo menos 50% da culpa atribuo treinador.
Já as críticas ao “co-empresário” Mano, às relacionadas com moral e ética, podem ser arroladas às amizades escusas com favorecimento indevido de pseudo-jogadores e à diretoria. Mas sempre deixei bem clara a minha posição. No início do ano, quando não conhecia esse lado empresarial do treinador, eu criticava apenas a sua função enquanto técnico, que desde sempre, teve a minha desaprovação. Agora, a culpa não é minha se ele segue alimentando o rol de desconfianças sobre a sua pessoa.

Comentário por Jarbas

Calma, rosa de Camboriú… Não fique roxa de raiva…

baci verdi,

Daniel

Larissa: É difícil. Contudo, minha raiva ainda é preta e branca.

Comentário por Daniel

Que golaço da Academia no Vasco, enquanto eu estava escrevendo aqui! Você nos deu sorte, obrigado…

Mais beijos,

Daniel

Larissa: Sai zica!!!
Mas estava secando aqui e realmente, tenho de admitir, lindo voleio.

Comentário por Daniel

Seca mais!!!

Como diria Gonçalves Dias, “Minha terra tem Larissa, onde canta o periquito”…

Comentário por Daniel

Nasceu Campeão
Por Jota Christianini

Noite fria, céu escuro, muito escuro, nenhuma estrela, sombrio, como sombria eram as notícias que chegavam. Eram os homens que entravam, eram as esperanças que pareciam morrer.

Tomasino berrava:

– Por que essa perseguição? Nós somos tão brasileiros quanto eles!

Adalberto lamenta:

– Logo hoje que o Adami não está, nem o Pelegrini, temos que tomar essa decisão, mas o Leonardo taí e vai assumir a Presidência, a reunião vai começar.

O frio era muito intenso, os homens chegavam, alguns poucos de automóvel, a maioria de bonde, desciam na Avenida Água Branca, cruzavam os portões, com a fisionomia preocupada. Era tudo muito difícil, tudo muito injusto.

Paschoal secretariando a reunião avisa:

– Não tem mais tolerância, podemos ter o nosso estádio confiscado e perdermos todos os pontos do campeonato. Querem usar o decreto de março que diz que os bens dos estrangeiros seriam tomados.

Tomasino, fora da sala, escuta e berra :

– E por que ninguém reclamou na Revolução de 32, quando, os atletas do Palestra, fizeram o batalhão de esportistas e foram lutar pela democracia?

Pediam calma, mas Tomasino insistia:

– Quando transformamos o estádio em hospital, epidemia de gripe, não apareceu ninguém para dizer que não eramos brasileiros?

O presidente em exercício, Leonardo tenta falar com a autoridade que exige a mudança de nome ou tomará as medidas drásticas contra o o clube.

Não tem êxito! Passa o telefone ao Capitão Adalberto que argumenta com a lógica: Palestra é um nome grego e que desde março já não somos Itália, portanto o decreto contra nomes estrangeiros não nos atinge.

Não tem êxito também. Não adianta usar os argumentos do presidente do Conselho Nacional de Desportos, João Lyra Filho que escreveu que não ha propósito exigir a troca de nome e que se isso fosse levado a ferro e fogo ele mesmo teria que trocar seu nome, ja que Lyra é o nome da moeda italiana.

Tomasino reune os sócios e começam a encher barricas de gasolina e colocá-las ao redor do estádio:

– Se vierem tomar, nós preferimos tocar fogo do que entregar o que é nosso, compramos com nosso dinheiro. O Palestra não usou dinheiro do governo para comprar o estádio.

Prossegue a reunião. CHEGA UM TELEGRAMA, VINDO DO CORINTHIANS, HIPOTECANDO SOLIDARIEDADE AO PALESTRA. ASSINA VICENTE, UM JOVEM CONSELHEIRO, TAMBÉM IMIGRANTE. [destaque meu, para você]

O doutor Mario pede a palavra e diz que não nos querem Palestra, mas que seremos fortes para prosseguir, pois nascemos para vencer e nada nos destruirá, ainda mais que sabemos muito bem quem está por trás de tudo isso, atrás do nosso estádio e atrás do nosso campeonato.

Vincenzo, fundador do Palestra, dramaturgo, jornalista, astrônomo e ator usa um pouco de cada uma das ocupações para ordenar o recinto.

Não adianta, o sangue palestrino ferve.

Três conselheiros saem apressados e cortando a noite pelas ruas escuras vão a casa do Sr. Olival.

Todos esperam, Tomasino e seus amigos, nervosos, circulam pelo estádio de olho nos portões.

Hora depois o carro volta, olhares tristes dos amigos do Tomasino confrontam com os ocupantes do carro, parecem esperançosos.

Olival não só autorizou como fez questão de vir junto, avisa Adalberto.

Reiniciam a reunião. Dr. Mario, completa a frase

– “NÃO NOS QUEREM PALESTRA, POIS SEREMOS PALMEIRAS E NASCEMOS PARA SER CAMPEÕES”.

Enrico diz que o Palestra continua no Palmeiras e Oberdan vai jogar para sempre de azul para lembrar a Itália.

Os gritos de alegria e os abraços contagiam.

O Palestra muda para Palmeiras para continuar sendo Palestra.

Lá fora Tomasino avisa

– Domingo, dia 20 de setembro, vamos dar de relho neles, para mostrar que agora aqui é Palmeiras!

Todos saem abraçados, mais uma etapa estava vencida, a madrugada antes fria parece bem mais agradável, vão todos para a cantina 1060 no Brás. Dizem que faltou vinho naquela noite.

Vincenzo o astrônomo olha para o céu, agora bem mais claro. Olhos fixos:

– Nasceu uma nova estrela, e de primeira grandeza!

NOMINATA

Adami – Italo Adami presidente licenciado do Palestra em 42;
Pelegrini – Hygino Pelegrini, presidente em exercício que não pode presidir a reunião;
Leonardo – Leonardo Lotufo, presidente interino na célebre reunião de 42;
Adalberto – Capitão Adalberto Mendes, capitão do exército que entraria na frente do time no domingo seguinte, dia 20, quando ganhamos do SPFC por 3×1 e na iminência da marcação do quarto gol, eles fugiram do campo;
Paschoal – Paschoal Walter Byron Giulian, secretariou a reunião; depois tornou-se um dos maiores presidentes do Palmeiras;
Enrico – Enrico Di Martino, disse: “O Palestra continua no Palmeiras”; foi presidente do clube, um dos melhores;
Vicente – Vicente Matheus, conselheiro corintiano que solidarizou-se com o Palestra;
Doutor Mario – Mario Minervino, advogado, autor da frase, “Não nos querem Palestra, seremos Palmeiras e nascemos para ser campeões”;
Olival – Olival Costa, presidente da A.A. Palmeiras, sempre grande amigo do Palestra, foi chamado à reunião para autorizar o uso do nome Palmeiras;
Vincenzo – Vincenzo Ragognetti, fundador do Palestra e primeiro diretor de futebol;
Tomasino – TODOS NÓS!

Comentário por Daniel

CAUSO DO JOTA BATE RECORDE E RIVAL COM RESPEITO

O causo do Jota de ontem – Nasceu Campeão – trouxe 35% visitantes únicos a mais na média das terças-feiras dos últimos 2 meses. E deve ter tido o recorde de comentários, dentre um público que gosta de ler mais do que interagir.

Até o Presidente da ONG Corinthians Grande ligou pro Jota cumprimentado-o pelo causo e pela referência elogiosa a Vicente Matheus.

Na hora da brincadeira e da sacanagem saudável, a gente brinca. Mas adversários com esse nível devem ser respeitados.

Rivais de respeito: bem diferente de outros…

http://terceiraviaverdao.blogspot.com/

Comentário por Daniel

CAUSO DO JOTA BATE RECORDE E RIVAL COM RESPEITO

O causo do Jota de ontem – Nasceu Campeão – trouxe 35% visitantes únicos a mais na média das terças-feiras dos últimos 2 meses. E deve ter tido o recorde de comentários, dentre um público que gosta de ler mais do que interagir.

Até o Presidente da ONG Corinthians Grande ligou pro Jota cumprimentado-o pelo causo e pela referência elogiosa a Vicente Matheus.

Na hora da brincadeira e da sacanagem saudável, a gente brinca. Mas adversários com esse nível devem ser respeitados.

Rivais de respeito: bem diferente de outros…

blog Terceira Via Verdão, primeira página

Comentário por Daniel

Apesar de suas justificativas, descarto as criticas quanto ao aspecto ética e moralidade do Mano, não existem provas nem de longe disso, nada mais do que fofocas, e falácias, em que você, ao que parece, crê piamente.

Essa então de, ficar ao lado de Finazzi, nesse caso, é pior do que aqueles que até hoje endeusam Marcelinho e nem se lembram das doutora Gislaine, e do prejuizo gigantesco imposto ao Timão.

As criticas técnicas, são questão de opinião.

Quanto a final da copa do Brasil, o time venceu aqui por 3×1, e o time do Sport, é tão bem armado, que está provando isso no brasileiro desse ano, dando um chocolate no Luxemburgo em pleno parque antartica.

Essa tentativa de demonizar Mano, por aquela derrota, não me parece nem ética, nem moral.

Perdeu, como poderia ter ganho, apenas isso.

Desse modo, não considero que perdemos a copa do Brasil para qualquer um.

Perdemos um jogo.

Quanto ao Paulista, na minha modesta opinião, não fomos a final, pelo assalto a mão armada, na partida contra o Santos.

Um detalhe, de um time NOVO, desmanchado do ano ano passado e em formação. Fato que desconsideram os criticos de pronto. Acham que montar um time na sexta, vai jogar bem domingo.(metáforicamente)

Mas mesmo assim, continuo achando que as criticas à Mano, são exclusivamente por estar limpando a barra, digamos assim da atual Diretoria.

Não fique preocupada, essa atitude sua é instintiva.

As criticas ao Mano, vão aumentar, na medida em que chegar mais proximo da subida à primeira divisão.

Só espero, que não o prejudiquem tanto com mentiras, e que o reflexo derrube esse time, que para mim, está se arrebentando em campo, pelo treinador em que confiam, e pela torcida, que está sendo exemplar, carregando no colo o time, literalmente, com a presença maciça nos estádios.

No entanto em nome de alguma tese., até a Gaviões vem sendo demonizada, acusada de aliada, com dividas perdoadas, e interferência na administração, apenas porque tem apoiado o time.

Não gostaria de ver uma Diretoria trocada, como você diz: 6 por 1/2 duzia.

Ou seja, inconsequentes, por inconsequentes.

Há criticas, e há criticas. As que valem realmente, devem ser as melhores.

E para se fazer as melhores criticas, é preciso em primeiro lugar, mais sabedoria, e menos açodamento.

Quanto ao resto, seu blog é ótimo.

Larissa: Já cansei de esclarecer as coisas. Mas se você prefere vê-las assim, é a sua opinião, não posso fazer nada, nem devo querer fazer. Gosto de pessoas que tenham as suas próprias opiniões.

Comentário por Jarbas

Carlos Leite(Agente de Mano) ex funcionario de Jorge Mendes,se desentenderam.Carlos Leite quase apanhou a alguns anos atras dentro da MSI,o Empresário Roberto Tibúrcio,braço direito e fiel escudeiro de kia joorabchian,por muito pouco não agrediu a Carlos Leite.Quem me disse isso foi Leonel Drumond(Empresário Ramon)que jogou no Corinthians e esta no CSKA da Russia.Leonel disse:Tiburcio expulsou Carlos Leite de dentro da MSI em tom agressivo,segundo Leonel,Carlos Leite pipocou feio. A cuica roncou

Larissa: Se for procedente, que bela máfia nós temos dentro do clube.

Comentário por Daniel Pedrosa

Esse problema de empresário no futebol não é esclusividade do corinthians, todos os times sejam eles pequenos ou grandes mantem esse tipo de relação, efeitos colaterais da lei pelé, a pratica é imoral mas infelizmente isso não configura crime, pobre futebol que agoniza ao longo dos anos, o tempo passa e para nós resta isso que aqui fica, o que a europa não quer e descarta fica aqui para fazer parte desse quadro de jogares mediocres que praticam um futebol pra lá de feio e sem brilho, antigamente somente craques eram negociados, mesmo assim a preço de banana, hoje até o Doni e o Jô já foram relacionados para jogar na seleção, concordo com vc, mas isso é algo que não vai ser combatido tão rapidamente qto queremos e sonhamos, assim que Marcos e RC pararem de jogar a figura do ídolo de torcida sumirá de vez dos campos brasileiros. bjs

Larissa: De fato Toel …
Quanto à “normalidade” da situação, isso não a deixa menos imoral. No entanto, a crítica nem é somente à relação com os empresários, mas o favorecimento indevido de atletas ruins, mas apadrinhados em detrimento de bons atletas que acabam descartados.

Comentário por Toel

Parabéns por ter publicado..
mais não questionei isso…na verdade só quis dizer (lembrar) que esse assunto que esta em pauta, ja vem rolando…e no final das contas o Finazzi tinha razão.

Obs: Seria uma medida interessante se o Corinthians, partindo do slogan “Renovação e Transparência”, disponibiliza-se no site do clube quem é o Empresário de cada jogador profissional do Corinthians, e quantos % do passe pertencem ao clube. O que acha da idéia?

Um abraço,
Saudações Corinthianas

Larissa: Se publicassem somente verdades, sua idéia seria interessante. No entanto, acreditar num site oficial do clube, feito por pessoas do clube, onde as informações são colocadas na internet que aceita qualquer coisa? Isso não nos garantiria fidedignidade nas informações.
Abraços alvinegros!

Comentário por Thomaz Silva




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: