Corinthians: Preto no Branco


O Protesto do Ídolo
setembro 19, 2008, 10:58 pm
Filed under: Uncategorized | Tags:

Depois de ser notícia nos principais meios de comunicação esportivos, o empréstimo que o clube fez com o empresário Carlos Leite, procurador do técnico Mano Menezes, foi motivo de protestos por parte do ex-goleiro e ídolo da nação alvinegra, Ronaldo, que esteve no Parque São Jorge para manifestar sua insatisfação.

Ronaldo teria dito, exaltado: “Sou sócio do Corinthians e tenho o direito de reclamar. Vim aqui só para isso.” O ex-craque também criticou o vice-presidente do clube: “Esse Mário Gobbi veio de onde para cair no futebol? Estou vendo muita gente caindo de pára-quedas no meu Corinthians e fico envergonhado. O clube não pode ser refém de empresário. Cadê a renovação e a transparência?”

Mano Menezes se explicou dizendo não ver nada demais na sua relação com Carlos Leite, já Mario Gobbi justificou o empréstimo adquirido com o empresário com o tesão que Leite teria por contribuir com o clube. Faz-me rir, Gobbi.

Com certeza não estamos tratando de uma situação ilegal aqui, mas do meu ponto de vista, de algo imoral, de uma relação promíscua entre o Corinthians e empresários de jogadores, que fica ainda pior quando os dirigentes asseguram que não há o que esconder, no entanto, o nome do credor não consta nos balancetes do clube.

Enfim, há quem duvide dos motivos de Ronaldo para ter proferido suas palavras de repúdio, todavia, além de concordar com cada sentença pronunciada pelo nosso eterno camisa 1, ainda endosso seu questionamento na busca de uma resposta digna: Cadê a renovação e a transparência?


17 Comentários so far
Deixe um comentário

O Ronaldo bateu firme, como poucas vezes nós vemos figuras públicas fazendo.

Quem dera outros ídolos do clube seguissem o exemplo e começassem a botar a boca no mundo contra as mazelas do Corinthians.

Larissa: Pelo menos um está tentando se expressar. Deve ser difícil, pois eles se calam sobre tantas outras coisas não é?

Comentário por Paulo (Shadow)

Larissa. Sinceramente vou lhe dizer uma coisa, que não queria.

Transformaram em “cancerosos” quatro jogadores sem a menor cerimonia. Não desejaria isso nem ao pior inimigo. Resumo da ópera, não podem nem ser escalados, para responderem em campo, como por sorte vem fazendo Elias.

Isso em um elenco de 40 companheiros.

Elegeram 04 judas, e tratados como lixo, imprestáveis e inserviveis.

Afinal, estão “contaminados”, pelo pecado de serem empresariados pelo agente do treinador.

Fico a me imaginar na pele desses garotos, ao lerem as noticias inconsequentes, e comentarem com seus filhos e esposas, de que dizem sobre eles, que estão no CORINTHIANS, por caridade, ou por ilicitudes.

E perante seus companheiros então?

Se tudo isso, for mentira, a lei do retorno cobrará.

Disso não tenho duvidas.

Vendo esse quadro hoje, me arrependo de ter me fiado na oposição. Nunca esperava essa baixaria. Não que porisso deva me entusiasmar pela situação, mas Deus que me perdoe, se estiver errado em minha percepção, mas concordo integralmente com quem definiu tudo isso. NOJENTO.

Quem tem certeza de tudo, que durma tranquilo se puder.

Larissa: Não creio que a situação colocada seja esta. O questionamento foi feito, corretamente diga-se de passagem, sobre a relação promíscua entre empresários e clubes. Ainda não se chegou ao nível dos jogadores, mesmo por que, uns não são dignos de estarem no Corinthians, mas pelo menos, outros têm correspondido, é o caso de Saci e Elias.

Comentário por Jarbas

Realmente tem os dois lados da moeda como dizia vicente mathes faca de dois legumes
Deve ser dificil estar na pele desses agenciados pelo leite,as vezes eles não tem culpa de nada e estão sendo bombardeados por todos lados
Mas tb as vezes é errado e pelo menos antiético a presença desses mesmo no nosso elenco
Quem será que estará certo?Será que estamos cometendo injustiças?
Tomara que não

Larissa: Acredito que a raiz do problema ainda esteja na relação imoral entre clubes, treinadores e empresários. E creio que estejamos, por enquanto, combatendo isto. Então, não acho que tenha injustiça na questão. Abraços!

Comentário por Roger

Quero ver o Ronaldo ir protestar por colocarem o sobrinho dele em campo, o Bruno Octavio.
Quero ver o Ronaldo criticar o sobrinho dele que ‘e ruim, que nao tem futebol pra defender a camisa do Timao.
Ele ficou junto do Andres ate a eleicao, o que aconteceu depois da eleicao pra criticar?
Nao foi chamado pra ser diretor no lugar do Antonio Carlos?

Larissa: Poderia lhe responder da forma politicamente correta, afinal, suas colocações até são pertinentes. Mas vou optar por lhe responder de forma bem pessoal e opinativa: Bruno Octávio é apadrinhado pelo Ronaldo? Não. O empresário dele é o famoso, o de sempre, o que dizem até ser testa-de-ferro do presidente: Marcelo Dijean e essa situação é justamente a que vem sendo criticada há muito tempo;

Comentário por Rafael

Injustiça nunca ninguem comete conscientemente.

Pelo menos todos pensam assim.

O Neto nunca achou que estava sendo injusto, apadrinhando Dinelson, nem Ronaldo acha. Embora ambos sempre (isso é mais do que sabido) ambicionaram determinado cargo no Timão.

Uma pena, porque acho que os dois deveriam ser Gerentes, afinal são pessoas equilibradas e sensatas, e se tivessem sido, já teriamos conhecimento de suas capacidades de julgamento e de comando.

Eu acho que quem critica, deve pegar o bastão, e fazer melhor.

Assim, como Elias, respondeu dentro de campo, e agora também até já recomendam chance para Saci poder responder, quem sabe o mesmo não aconteça com os outros dois renegados, e o novo que chegou e ainda nem jogou. Não é?

Larissa: Andrés convidou o Ronaldo em cadeia nacional e o Ronaldo recusou, não sem antes apontar diversos nomes que fizeram história no Corinthians e seriam capacitados para ocupar tais cargos.

Comentário por Jarbas

Quem não deve ter ficado nada contente, foram os jogadores dispensados para dar lugar a esses pangarés do Mano/Leite (Finazzi, Dinelson, Marcelo, etc). O Wagner Dinheiro deve estar feliz por ter sido esquecido, um pouco, pelo menos.

Larissa: Deve estar…Abraços Lou!

Comentário por Lou Mello

Larissa, obrigado por responder meu comentario.

Mas vc nao falou do Ronaldo. Alguem sabe como o Bruno Octavio entrou no clube? Entrou pq tinha qualidades ou foi ficando pq tinha um tio importante?
Se o Andres ‘e o que aparece nos jornais e blogs, o Ronaldo nao sabia antes da eleicao? Ou o Andres virou o que os jornais e blogs dizem apenas apos as eleicoes?
O que aconteceu para as criticas dos ex aliado Ronado?
Muito estranho essa situcao…

Larissa: Tio importante ou empresário importante?
Obs: Ao que me consta, Ronaldo é primo do Bruno Octávio e não tio.

Comentário por Rafael

Exatamente. Não ficaram contentes aqueles responsáveis pelo rebaixamento.

Larissa: ?!

Comentário por Jarbas

Só lembrando que antes do Andrés ser eleito o Ronaldo fazia campanha para ele.
E agora vem com essa, faça-me o favor.
É tudo farinha do mesmo saco.
Ainda se fosse o Reclamante, o Sócrates, Casagrande vá lá, mas o Ronaldo?!?!?!?

Larissa: Sócrates também tem reclamado e desconfiado, pelo menos, é o que se pode inferir ao ler os seus textos e ouvir suas entrevistas.

Comentário por Edgar

Larissa,
Fiquei admirado com sua ponderação e equílibrio perante os comentários aqui postados, visívelmente manipuladores.
Acabo de adicionar seu blog, a minha caixa de favoritos, e a partir de agora, passo a acompanha-la diariamente.

Larissa: Este blog é um espaço de troca de informações e idéias que nunca teve o intuito de ser unilateral, por isso, independente do teor dos comentários, todos são respondidos com atenção. Obrigada e seja bem-vindo a participar dos nossos debates.

Comentário por Roberto (CD)

Também acho manipulação quando se dá crédito às criticas do “rebaixado” Finazzi, e não se informa, como honesto seria, que ele foi a pessoa que indicou e trouxe Lima para o Corinthians.

O treinador que ele critica, atendeu ao pedido dele e confiou em sua indicação.

No entanto isso é maldosamente omitido, e o Lima virou “Mano do Mano”. Não seria “Mano do Finazzi”?

Tem manipulações demais para meu gosto nas informações sobre o que acontece no Corinthians.

De acordo com cada interesse. Isso é a mais absoluta verdade, e concordo com quem disse isso.

Dinelson foi desaprovado por pelo menos 8 treinadores que passaram pelo Corinthians, no entanto a manipulação é: “substituido por pangarés do Mano/Leite (Finazzi, Dinelson, Marcelo, etc”

Não ficam nem vermelhos em publicarem mentiras?

Larissa: Digamos que as coisas tenham ocorrido dessa forma, é profissional trazer um jogador por indicação assim, sem conhecer suas qualidades? Ainda assim, acho que o Lima foi muito mal aproveitado. Jogou bem no Atlético Paranaense e em time que cabe Bebeto e Careca, cabe Lima, com folgas. Quanto ao resto, não vejo como críticas ao meu blog, já que não é esse tipo de coisa que ocorre aqui, então, está apenas registrado.

Comentário por Jarbas

Jarbas os meninos citados como pangarés são muito ruins. Desculpe, mas eles não têm futebol para vestir uma camisa de tanta tradição. Isso só está acontecendo devido aos interesses comerciais dos dirigentes (Mano incluso) evidentes. Você e seu colega podem morrer de tentar, mas não convencerá pessoas com um mínimo de bom senso que esses caras são honestos e desinteressados corinthianos.

Larissa: Ninguém precisa convencer ninguém não é Lou? Acredito que tenhamos perspicácia o suficiente para formar os nossos próprios conceitos com base nos acontecimentos concretos, apesar das notícias. Abraços!

Comentário por Lou Mello

Lou Mello. Você tem provas que Mano é desonesto, porque não formaliza isso?

Acha honesto lançar aos ventos sua opinião por “ouvir dizer”?

Você pode morrer de escrever “achismos”, que não convencerá, ninguem, pelo menos eu, que não me considero inconsequente.

Se eu tivesse a mesma certeza que tu, pode ter convicão que não estaria te respondendo.

Manipulador de notas em blogs, sem comprovação, são para mim, meros reprodutores de “ouvir dizer”.

No dia em que um desses se apresentar documentado em um inquerito policial, eu peço desculpas aqui e no teu blog, que só olhei uma vez e não gostei.

Para ler “opiniões” sem comprovação, embonecadas com ironias, para aparentar falsa inteligência e dar credibilidade ao que diz, douradas por falso senso de homor, fico com as minhas. E para ler reproduções de outros blogs, leio os originais. Só frequento dois. Este e o do Juca Kfouri.

E esse tal colega ou amigo, que você se refere, nem sem quem é, nem de quem se trata.

Então você fique, já que é tem tanto “bom senso”, com as declarações de seu “amigo” FINAZZI”, que eu fico com o insuspeito, (nenhuma prova) MANO MENEZES.

Se for para lidar com “achismos”, poderia simplesmente achar que você recebe de algum empresário para detonar alguns pangarés, para beneficiar algumas indicações de alguns “provaveis” empresários que o remunerem.

Não o farei, porque não sou leviano, e nem te conheço, ou tenho provas.

Se quer manter um blog, e formar opiniões, deve ser pelo menos HONESTO nos comentários.

E comentar aquilo que tenha conhecimento.

Se você tem conhecimento dos desvios de MANO, como Corinthiano que é, deveria formalizar por escrito sua denuncia.

Enquanto não fizer isso, e comentar de uma cadeira, nem me lixo com o que você escreve.

Não gosto de Sanchez, acho que não é a melhor pessoa para representar o Corinthians, isso é um comentário honesto e de bom senso.

Chamar de ladrões, e desonestos sem provas, qualquer pessoa, é para mim, próprio de pessoas desprovidas de um minimo de bom senso.

Não passam de fofoqueiros. Alguns se acham inteligentes até.

Dispenso suas observações sobre os meus comentários. Discuta com os frequentadores do seu, se é que lá há discussão.

Prefiro dialogar com a dona do blog, muito mais direta, e menos dissimuladora, embora discorde dela em muitos aspectos.

Larissa: Ainda bem que existem as divergências de opinião, com elas, por incrível que pareça, todos aprendemos algo e nem é necessário desfazer a opinião de outro para sustentar a nossa própria, a menos que não tenhamos argumentos coerentes para certificar nossos conceitos.

Comentário por Jarbas

O torcedor não tem poder de polícia, não manda prender, não manda soltar.

Seu papel é defender o clube e se acha que tem coisa errada, deve chiar mesmo, chia primeiro e se desculpa depois, se for o caso, mas futebol é paixão e de forma apaixonada o torcedor deve agir quando desconfia de alguma coisa.

Esse papo de provas é relativo…

Quando a opinião pública condenou a MSI, ninguém esperou um veredicto, que, aliás, não saiu até hoje e pelo visto nunca vai sair.

No caso do Mano, o torcedor não tem que ser ponderado mesmo não, o procurador do cara já trouxe 7 jogadores pro clube e no Gremio já tinha levado 10.

Não quer desconfiança em cima, evite esse tipo de coisa, evite ficar escalando Lulinha de titular etc…

Larissa: Faço das suas as minhas palavras.

Comentário por Paulo (Shadow)

O que o Shadow acha como irregular, eu já vejo como positivo, para ver como são as coisas.

O empresário que Mano escolheu como parceiro, já conseguiu sucesso no Grêmio, subindo a equipe, e chegando no ano seguinte a vice da Libertadores e hoje lidera as duas séries.

Ponto para a dupla. Bem melhor que o W.Dinheiro.

Se bem que estão dimensionando para 7, no Timão, daqui a pouco vão descobrir que são 8, na outra semana 9, e depois os 11 titulares.

Se você me apontar um técnico de sua prefêrencia (o que você com certeza se esquivará), eu apontarei aqui, todas essas parcerias, que você considera imoral.

Eu só compro carne, no açougue do meu amigo, porque o que vou comer me fará bem.

Acho simplesmente ridiculo, achar que um treinador, traga para seu elenco, jogadores ruins, ou perebas como chamam, para prejudicarem o seu trabalho.

E tem mais, se a algum “sábio” aqui, (entendem mais de futebol do que todos os técnicos), fosse dado o poder de contratar jogadores a seu bel critério, fariam com certeza as maiores aberrações possiveis.

Pensando bem, acho que, não aceitariam, correriam o risco de borrar as calças pela responsabilidade.

É muito mais fácil, narrar jogos, e comentar do que jogar, resumindo para ser didático, fui Gerente, e revi todos os meus conceitos que tinha de meu superior quando era subordinado.

Quando tive que decidir, compreendi, o que é decidir. Ter a responsabilidade.

Portanto entendo a posição dos dois lados, e compreendo, esse açodamento, próprio dos ainda não formados completamente.

É muito melhor dizer: “Como esse grosso perdeu esse gol.?” – “Técnico burro”.

É claro.

De seu comentário, aprovo, a citação da MSI, realmente uma decepção a não comprovação de nada.

Estou com você, acho que a opinião publica condenou a MSI açodada por alguns.

Porisso, mais ainda, não quero errar novamente.

Quando muitos falam, sem provas, não entro, mais, desconfio, que é obra de anti-corinthiano.

Estou como cachorro mordido de cobra, que tem medo até de linguiça.

Eu li o relatorio da MSI, e lá estava citado que até o Bin Laden era financiado.

É mole? Você engoliria? Que um pessoal que financiava extremistas islâmicos, viriam ao Corinthians, com um contrato merreca de 20 milhões de dolares, para se expor no clube com maior visibilidade do planeta?

Eram picaretas? Provem isso, que tudo bem, estariamos satisfeitos. Vem com essa conversa? e quer que a gente engula?

Quando li isso, me caiu o queixo. Mas, fazer o que, tem quem acredita.

Comentário por Jarbas

Realmente essas parcerias promíscuas existem com muitos treinadores, em muitas equipes, mas cabe a mim, como torcedor do Corinthians, reclamar da imoralidade que ocorre aqui.

Esse lance de parceria que dá certo não pode colar, porque a situação é imoral.

De fato pode ser benéfico para um clube quando a parceria entre técnicos, ou cartolas,com empresários, rende a vinda de bons jogadores, porém, não podemos nos esquecer que depois vem a contrapartida, quando o empresário empurra um meia-boca junto, pra compensar, como forma de favor, aquele bom jogador que ele ajudou a trazer em outra oportunidade.

Ninguém pode ter rabo preso, porque isso sempre complica mais a frente e quem paga, tanto o bom jogador, quanto os perebas, é sempre o clube, e não o técnico que deu aval pra trazer por “amizade”, ou o cartola que estava devendo um favor ao empresário..

Comentário por Paulo (Shadow)

Shadow. Concordo com você, então vamos fazer um abaixo assinado para ser extinta a figura do “empresário”, criada a partir dessa nova legislação.

Com o que está estabelecido aí, não querer nenhum empresário envolvido, é uma utopia.

Todos tem, até garotos de 13 anos já tem contrato assinado pelos pais, a troco de uma geladeira.

No Corinthians, no São Paulo, no Santos, no Inter, no Palmeiras, em todos os times, todos os jogadores e treinadores, cada um deles tem um representante, empresário, procurador, escolha o nome que quiser. T O D O S.

Agora, para o Corinthians não pode. Tá certo, vamos fazer o seguinte, vamos fechar o Departamento de futebol, e disputar o campeonato amador.

Ai com certeza, ninguem da midia se preocupará mais com o que acontece no nosso querido clube.

Estão nos ,matando aos poucos, com essa mania de que tudo que é nosso não presta.

Por exemplo, você sabe porque o Timão é a equipe que mais corre em campo, durante os 90 minutos, tanto na serie A, como na série B?

Não sabe? , é claro, ninguem se interessa em saber porque.

É bom que não saibam mesmo, porque daqui a pouco, vão chamar o responsável por isso de ladrão.

Temos algumas “porcarias” ou “perebas” nessa área também, apenas FLAVIO TREVIZAN, o melhor preparador físico do pais.

Isso não interessa exaltar, vamos exibir o esgoto, dá mais status e Ibope para os exibicionistas, da palavra.

Comentário por Jarbas




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: