Corinthians: Preto no Branco


Palavras do ídolo
setembro 24, 2008, 4:40 pm
Filed under: Uncategorized

Sócrates sobre os atuais acontecimentos no Corinthians,

Caso delicado

Algum de nós já se imaginou emprestando dinheiro a um banco de varejo em dificuldades financeiras, fruto de má gestão ou outras formas de administração nem sempre lícitas ou éticas? É claro que não, pois uma situação como essa, de tal forma absurda, é inimaginável para mentes minimamente inteligentes. No mínimo, pelo alto risco da operação.

Temos visto, porém, no futebol brasileiro, de algum tempo a esta parte, uma série de operações deflagradas pelas estreitas relações entre agentes ou empresários de jogadores ou treinadores e clubes representados por seus gestores de plantão. Como no caso do empréstimo tomado pelo Corinthians, uma enorme soma de recursos do agente do treinador do clube, com o objetivo de contratar jogadores que estarão sob o comando do mesmo e que normalmente são por ele indicados, já que por aqui quem faz a política de contratações dos clubes é o técnico. Ou, por uma extrema coincidência, vermos a substituição de um atleta previamente convocado para a seleção brasileira por outro que trabalha com o mesmo empresário. Ou empresas criadas exclusivamente para viver das transações envolvendo jogadores possuírem atletas espalhados por vários clubes com interesses conflitantes, disputando a mesma competição e lutando pelos mesmos objetivos. São situações, no mínimo, inusitadas e delicadas. Só existentes em segmentos sem a transparência como norma de conduta.

Cadê o gênio?

O mesmo Corinthians segue célere na estrada da volta à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Muito por culpa da fragilidade de seus adversários e da enorme diferença de orçamento, a despeito da imensa dívida e das dificuldades de respeitar seus atuais compromissos. O que o Timão gasta é uma enormidade, aparentemente sem muita lógica. Diz-se que o clube se prepara para as competições do próximo ano e, por isso, está investindo. É lógico que planejar é uma ação auspiciosa e extremamente rara por estas bandas, mas não estou conseguindo detectar quais benefícios a instituição terá com a atual política. Até porque não contrataram nem um grande gênio que provocasse uma revolução técnica na equipe. Agora, se o objetivo é outro e está distante do nosso limitado entendimento, trataremos de esperar suas ramificações para detectarmos o que é e a quem presenteará.

Nota do Blog: Falar o quê? Assino embaixo de cada palavra do Magrão Eterno!


4 Comentários so far
Deixe um comentário

Perfeito nos dois temas!

No primeiro caso, não dá pra isentar ninguém.

Vemos torcedores buscando uma boa vontade, para mim incompreensível, com a atual diretoria, vemos torcedores tendo boa vontade com o treinador (nesse caso até se entende pela ansia de querer o time dando certo), mas a real é que toda essa situação envolvendo o empresário Carlos Leite é condenável, não dá pra ver de forma diferente.

Sobre a segunda parte, outra grande verdade, uma folha maior que cerca de 80% dos times da série A para um time que tem “passeado” em termos de tabela, mas não tem dado show pra cima de adversários fracos na maioria dos jogos.

O Corinthians joga o maior torneio de preparação da história pra uma temporada seguinte, mas o que vemos é um time ainda tentando se achar.

Larissa: Perfeito. Cirúrgico e sutil.

Comentário por Paulo (Shadow)

Sócrates só peca numa análise. Tivesse o Corinthians seguido o conselho dele, talvez não estivessemos nem entre os 4 melhores.

Mas, acho que Sócrates deveria na proxima administração ser chamado ao cargo de Gerente do Futebol Profissional do Corinthians.

Certamente montaria um time mais equilibrado, com custos bem menores. Tem bons relacionamentos. E certamente, não se envolveria com empresários, lógico.

Quanto a esse time, para a série A, hoje não pagará nem placê.

Só de salários, comparando o São Paulo, tem uma folha de mais de 6 milhões de reais, e o Corinthians hoje é por volta de 3 milhões, incluindo a comissão técnica.

Ceni, recebe mais de 200 mil, o Dagoberto, (que marca menos gols que o Herrera) 200, o mesmo salário, tem Jorge Wagner, Murici e sua comissão, recebe mais de 600 mil, isso para citar alguns.

O ano que vem vai ser uma barra. Acho que precisaremos mais do que o Sócrates, mas também do Ronaldo, para resolver esse pepinão.

Senão, série B, de novo em 2010, ano do centenário.

A nova administração vai precisar de muito apoio, senão, afunda.

Comentário por Jarbas

O Doutor Socrates continua muito lucido. Como pode um time que se encontra em sérias dificuldades financeiras, e disputando uma série B, com equipes muito alem de fracas, contrata um técnico por 350 mil e mais de 20 jogadores, que só passearam e levaram sálarios do clube.
Quanto o clube gastou este ano, com o departamento de futebol ? Será que pelo nivel do campeonato, precisava gastar tudo isso. Não seria melhor estar montando agora no final do ano, um time e um técnico de nível ? São perguntas que precisam serem respondidas. Em nome da transparencia.

Comentário por Donizete

Além da referência, ao Corinthians, que foi o que atraiu o interesse da blogueira em publicar esse artigo, Sócrates foi realmente cirúrgico e sutil em outro detalhe.

Quanto ao Corinthians, o que disse, não foi nem cirurgico, nem sutil cara Larissa, ele foi direto, acho que porque é Corinthiano, e com direito a falar do time que ama. É como se dissesse, “eu posso falar mal do meu time, tenho direito”.

E é mais absoluta verdade.

Talvez, tenha passado despercebido a “sutileza” da critica contida nesse texto, uma vez que normalmente, abrimos apenas um de nossos ouvidos para ouvir, e fechamos o outro, por comodismo, ou desinteresse.

Sutil e cirurgico, foi no trecho que destaco:

“Ou, por uma extrema coincidência, vermos a substituição de um atleta previamente convocado para a seleção brasileira por outro que trabalha com o mesmo empresário.”

Acho que dá para abrir o outro ouvido né?

No Corinthians convocado para a seleção, que me lembre o ultimo foram Vampeta e Ricardinho, não é?

Agora, vendidos ao exterior por fábulas, convocados, com os substitutos idem, não preciso nem falar a quem ele se referiu.

Também não vou dizer, se ele não disse, é porque imagina que todos saibam.

Socrátes, obrigado. Não tenha medo cara, você tem toda a moral para ser explicito.

Comentário por Jarbas




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: