Corinthians: Preto no Branco


A arbitragem… Sempre ela
dezembro 6, 2008, 7:24 pm
Filed under: Uncategorized

Wagner Tardelli é o assunto. Não se fala em outra coisa na mídia esportiva.

Até a blogueira, que não costuma postar notícias que não sejam relacionadas ao Corinthians, dessa vez, abrirá uma exceção por motivos de justiça. Há anos que venho batendo nessa tecla: arbitragem.

Dias atrás, fiz um post pelo bem do futebol e, por sinal, ainda bastante pertinente abordando a questão.

De acordo com o site do Globo Esporte, Wagner Tardelli não apitará o jogo deste domingo entre Goiás e São Paulo pela última rodada do Campeonato Brasileiro. A Confederação Brasileira de Futebol recebeu uma denúncia de que estava sendo planejada uma tentativa de manipulação do resultado e preferiu preservar o árbitro, segundo a entidade.

Eis aí um belo tema para contribuir com as teorias da conspiração… E as possibilidades são muitas:

O clube paulista teria enviado o envelope ao árbitro para ser favorecido?

O clube gaúcho teria enviado o envelope ao árbitro para ser beneficiado com o resultado negativo do concorrente?

A notícia foi plantada para escalarem um árbitro desconhecido para a partida e afastar quaisquer suspeitas já que, dessa forma, com o principal suspeito “afastado” qualquer ato da arbitragem passará por mero “erro de interpretação” (justificativa que utilizam há anos, por sinal)?

A notícia foi plantada para agir conforme o Internacional em 2005 e alguém, já se dando por vencido, tornar-se o “campeão moral” mesmo que, tal qual o mesmo Internacional, não seja moral nem de longe?

A diretoria do clube paulista que havia afirmado não estar satisfeita com a escalação de Tardelli para a partida foi reclamar na CBF que se utilizou deste, então, factóide para justificar o afastamento do árbitro?

O desfecho deste caso ainda não se sabe porque, infelizmente, pessoas que têm as informações se recusam a dizer a verdade para os torcedores de todo o Brasil, fato, talvez, ainda mais agravante do que a própria denúncia. No entanto, a certeza que se pode ter é de que se, por acaso, a denúncia envolvesse o Corinthians não haveria análise dos fatos, nem julgamento, tampouco prova, mas a condenação seria imediata e, mesmo que provada a inocência posteriormente, o fato seria repetido à exaustão pela mídia até o século XXXI, assim como foi e é repetido o pênalti no Tinga em 2005, mas ninguém se lembra do pênalti no Jô, no primeiro turno, contra o mesmo adversário. Além de outros, pelo menos, nove erros contabilizados e gravados a favor da equipe, merecidamente, vice-campeã daquele ano.

Enfim… Voltando para 2008, dentre as muitas questões que pairam pelas mentes dos torcedores brasileiros no momento, a pergunta é:

Deixarão que a rodada ocorra normalmente e mesmo assim? Então, quer dizer que o suspeito (seja do clube que for) poderá entrar em campo mesmo com a prova apreendida e nada será feito para assegurar que o Campeonato Brasileiro não seja manipulado?

Se as respostas forem afirmativas, então, será um disparate ainda maior do que o próprio fato de um clube subornar um árbitro numa final de campeonato.

Será um despautério que só prova o quanto estamos à mercê de Federações, CBF, barões do futebol e afins. Uma vergonha que justifica exatamente o que foi questionado no post “Pelo bem do futebol”, que indagava o porquê da não utilização dos recursos eletrônicos. Só resta pensar que, de fato, não se tem interesse em manter a idoneidade da competição.

Adentrando o campo das teorias da conspiração, pensava eu, que fariam de tudo para salvar o Vasco da Gama da degola, no entanto, começo a crer que agora, principalmente na ausência do fortíssimo nos bastidores Eurico Miranda, terminem por rebaixa-lo em nome da “moralidade” do campeonato. No final das contas é só dizer que outro time grande foi rebaixado, não houve virada de mesa, o campeonato é legítimo. É. Esse filme eu já vi… Ou talvez nem seja necessário chegar a tanto, afinal, a queda do Corinthians ainda está repercutindo e assegurando a moralidade da competição mais estranha dos últimos tempos, onde pregam a justiça soberana dos pontos-corridos mas dia a dia só se vê corrupção, seja pela arbitragem, seja pelas malas coloridas que, independente da cor, tratam-se de corrupção da mesma forma.

Deve ser hora de rever conceitos, muitos conceitos.

Anúncios

5 Comentários so far
Deixe um comentário

Para mim, a rodada deveria ser cancelada até tudo ser esclarecido.

CBF, abre o jogo, vai!

Larissa: Para ti e para todo o ser que preza por justiça. Masss…Ricardo Teixeira não é um destes seres, ao que tudo indica. Abraços alvinegros.

Comentário por Ribamar Xavier

Pois é, se fosse o Corinthians…

Chego à conclusão que não é o Futebol o problema, o problema é o Brasil. É a mentalidade.

É o querer ganhar a qualquer preço.
Mesmo que o preço seja a mentira, que a vitória seja comprada e não conquistada.

A verdade…

Será que a conheceremos?

Duvido muito.

Abraços,

Freeman.

Larissa: Com certeza o nosso futebol é a cara do Brasil, mas, como mudar o Brasil é um processo e tanto, tentemos o futebol que pode resultar em alguma coisa, quem sabe até dar exemplo à nação. Abraços alvinegros.

Comentário por José Freeman Junior

Resta alguma duvida????????

Larissa: Pois é. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Se o São Paulo fosse um time tão limpinho como prega a mídia, não entraria em campo até tudo ser esclarecido. Se ele é inocente, o que tem a temer? Se é inocente, por que arriscar manchar um título? Se as 17:00 o time adentrar o gramado o gramado, estará compactuando com toda a sujeira da CBF, estará simplesmente aceitando ser um dos culpados pela corrupção no futebol, ainda que não tenha nada a ver com esse caso, mas demonstrará rabo preso e que também não se interessa pela moralização do futebol. Aguardarei, qual será a resposta, embora não tenha nenhuma duvida.
Obs.: Tudo isso também vale para o Grêmio.

Larissa: A resposta foi a óbvia e corriqueira: inventou a desculpa de que é praxe presentear autoridades do futebol, o que torna a coisa ainda pior, posou de vítima e saiu com o troféu. Depois eles não entendem como não os invejamos, como somos mais Corinthians a cada dia, mas que corinthiano vai querer troféu comprado, estádio roubado e torcida de …? 🙂
Abraços alvinegros.

Comentário por David Emmanuel

Muitas são as suspeitas e é natural que elas sejam direcionadas pro lado do time que vai jogar em campo neutro por interferencia da CBF, que levou a partida decisiva pra criar um circo pra políticos que dificilmente irão ao jogo em peso se sentirem o risco que podem se passar por pé frios.

Em todo caso, a única certeza nessa história toda é que se algo assim acontece numa decisão envolvendo o Corinthians, já sabemos por antecedencia que se ficássemos com o título a imprensa diria eternamente que ia se tratar de uma conquista manchada.

Larissa: Esses leitores me orgulham tanto! Dá vontade de fazer um post com cada comentário que leio de vocês, como já mencionei em outro post: os frequentadores deste blog revelam alto grau de conhecimento, consciência e discernimento. Abraços alvinegros.

Comentário por Paulo (Shadow)




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: