Corinthians: Preto no Branco


Encontros e despedidas
dezembro 20, 2008, 11:05 am
Filed under: Uncategorized

Enquanto negocia com os reforços que ainda faltam para completar o elenco de 2009, o Timão também anuncia a sua lista de dispensas: Bebeto, Perdigão, Marcel, Alves e Rafinha. Muito bem, realmente nenhum destes servia sequer pra jogar preliminar com o manto alvinegro, no entanto, a blogueira ainda se pergunta: e quanto a Denis, Careca, Bruno Octávio, Eduardo Ramos, Nilton, Cássio, Diego e cia (que devem ter sido esquecidos, tamanha a insignificância)? Bom… Todos estes têm contrato e o clube, se romper, pagará multa. No entanto, nada justifica continuar pagando salário e perdendo receita com jogador encostado e que jamais será utilizado por um elenco que deseja brigar por títulos, portanto, sugestão pertinente: emprestar todos.

Dispensados uns e contratados outros (Jean, Jorge Henrique, Túlio e Ronaldo), o Timão continua na busca por um atacante e conversa com alguns atletas, dentre eles, o indeciso Kléber que dias atrás, disse: “a chance de eu trocar o Palmeiras pelo Corinthians é nula” e ontem afirmou: “se o Corinthians fizer uma proposta melhor que outro clube, fico no Corinthians.”. Se não é possível confiar em Kléber fora de campo, ao menos dentro das quatro linhas o palmeirense resolve, ao contrário do outro possível reforço (???) Souza, mas melhor e mais definida está a negociação com Brandão, atualmente no Shaktar Donetsk, que deseja retornar ao Brasil e aceita, inclusive, receber menos do que lhe paga o clube ucraniano.

Quem também se despede do alvinegro, como já era de conhecimento geral, é a patrocinadora Medial Saúde. O contrato já atinge o limite de prazo e empresa já comunicou oficialmente o seu desligamento, mas antes disso Rosemberg dizia que os nomes de possíveis patrocinadores não seriam divulgados em respeito ao contrato ainda vigente com a empresa de saúde, portanto, neste momento, com o término dos compromissos, é chegada a hora de conhecer os nomes de empresas que possivelmente virão a patrocinar o Timão.

Muito se falou em empresas multinacionais como alternativa à crise financeira mundial, no entanto, notícias veiculadas afirmam que o clube já teria elaborado uma minuta de contrato e que a mesma fora preparada em português e sem pedido de tradução juramentada que, em casos de contratos binacionais, é obrigatória. Indícios como esses dão pistas de que a empresa patrocinadora possa ser nacional, no entanto, o clube não perderia com isso, afinal, especula-se também que o valor seja maior do que pagava a antiga patrocinadora (R$ 16,5 milhões) e esteja próximo ou superior ao custo do Fenômeno.

Anúncios

11 Comentários so far
Deixe um comentário

Oi, Larissa. É a primeira vez que visito o blog. Via muito seus comentários no blog do Paulinho e é sobre ele que gostaria de falar: vc não acha que ele “perdeu a mão” buscando apenas críticas a tudo o que se faz no Corinthians??? Que a turma do Andres não é flor que se cheire, OK, mas quem envolvido na política alvinegra é santinho??
Além do mais, acho que o Paullinho está muito chato com esse negócio de jornalismo investigativo. Parece que tá se achando.
No mais, parabéns pelo blog, ganhaste um leitor. Muito mais arejado e gostoso de ler para um corinthiano. abraços.

Larissa: Difícil julgar. O que eu posso te dizer é que todos têm suas próprias razões… Obrigada pelo carinho, seja bem-vindo! Abraços alvinegros.

Comentário por Carlos

Acho que os Bambis tambem não fecharam patrocinio, e devem estar esperando o Timao divulgar o nosso. Elas nao querem ficar por baixo de jeito nenhum, e vao mentir ou enrolar nos valores como sempre fazem. Transparencia zero.
Vem com esse papinho de que contrataram o Washington a custo zero. Nao ficam nem vermelhos quando mentem?
Outra coisa, viram que os boleiros dos porcos estao debandando? Dizem que eh por causa de ofensas de blogs de torcedores que tem deixado todos aborrecidos por la.
Daqui a pouco eles vao sentir la o que nos sentimos aqui com jogador rejeitando por conta da pressao.
Acho que deveria servir de exemplo, porque o que Corinthiano parece que gosta de imitar os porcos, ate caindo para a segunda fizemos igual.
Uma pergunta, sera que a manga da camisa continua com o mesmo?

Larissa: Diziam que a Medial continuaria na manga, mas agora que o espaço será vendido pelo Ronaldo, imagino que não. O fato é que essa situação já está deixando todos ansiosos. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Como sempre seus comentários estão muito sensatos. Só não concordo quanto ao Nilton. Acho que ele jogou pouco(devido a lesões) e teve altos e baixos. Na minha opinião merece mais uma chance. Quanto aos outros citados: tchau!

Larissa, você que é uma corinthiana bem informada, poderia fazer um post falando sobre esse CT que será construído(?) a partir de Janeiro de 2009. Será um CT realmente moderno? Se você souber sobre o assunto por favor nos informe Larissa. Obrigado!

Larissa: Assim que tiver todas as informações necessárias, ´pode deixar que farei um post sim. Abraços alvinegros.

Comentário por Júnior

Larissa, concordo com vc que alguns devem ser emprestados, seria o mais lógico a se fazer.

Aos que saem, o nosso muito obrigado por fazerem parte do elenco vencedor de 2008, mas mudanças são necessárias para o bem maior do clube.

Quanto ao Kléber, essas declarações infelizes dos últimos dias, não menosprezam o seu bom futebol e sua “cara de Corinthians”, por ser um guerreiro dentro de campo. Porém precisa ser melhor acessorado ao lidar com palavras, parece não ser seu forte, e Corinthians não é palmeiras, ele precisa saber disso.

Vamos aguardar o novo patrocínio, até agora só especulações e nada de concreto. Se a empresa for nacional mesmo, como ficará a questão da alta do dólar, qual delas teriam condições de bancar o que o Corinthians pretende?.

Comentário por Caverão do Timão

Esse falta de anuncio dos patrocinadores realmente me deixam aguniado.

Comentário por Felippe

Larissa,

Com esses jogadores que você citou, o problema não é só a multa. A questão é que o Corinthians tem parte neles.

Claro que cada caso deve ser colocado no papel, mas às vezes pode valer a pena pagar salários para um jogador, mesmo que parado, até que ele seja vendido.

Mas acho que o Corinthians pode aproveitar, para compor elenco, o Bruno Octávio e o Nilton.

Quanto ao Careca, há de se ver que o cara veio de uma pequena equipe do MS, onde a realidade do futebol é completamente diferente, para o sub-20 do Corinthians. E o Mano colocou ele no profissional pouco tempo depois para não ser aproveitado. Acho que a culpa é mais do Mano do que do Careca.

Deve-se lembrar também que ele quase nem jogou. O Mano sempre insistia no tal do Bebeto (argh).

Acho ele muito novo ainda e pode render sim, desde que seja aproveitado, é claro.

Com relação ao patrocínio, acho que já está quase tudo acertado e deverá ser anunciado oportunamente.

Acho que com a crise econômica, qualquer clube que conseguir um patrocínio de camisa melhor do que o Corinthians tinha com a Medial fará um bom negócio.

Sobre o Paulinho:

O cara surtou com esse negócio do Ronaldo.

Em uma semana o cara divulgou mentiras com relação à contratação do Martinez, com relação ao suposto pedido de quebra de sigilo telefônico dum órgão que não possui essa prerrogativa, o STJD, e sobre a dívida do Corinthians. Isso só para citar algumas.

Ele deletou três ou quatro mensagens minhas nesse período fazendo menção a essas mentiras. Isso porque ele postou mensagens condenando a ditadura e o autoritarismo. Como pode ser tão incoerente?

Alguém do Corinthians está passando a ele (de propósito ou não) notícias inverídicas e ele as está publicando sem fazer uma mínima checagem.

Isso é jornalismo investigativo?

Sem contar a revelação de mensagens eletrônicas que ele, vez por outra, ele coloca no blog para comprovar supostos crimes cometidos pelos os atuais dirigentes.

Todo mundo sabe que, tanto quanto os supostos atos praticados pelos atuais dirigentes do Corinthians, a violação de dados também é crime.

Então as pessoas que municiam o Paulinho com essas informações são também criminosas.

É nessas pessoas que ele quer que a gente vote?

p.s.,

Não tenho a pretensão de apoiar ou de desapoiar nenhum aspirante ao cargo de presidente do Corinthians. Isso é só uma observação que estou fazendo.

O que é melhor para o Corinthians é melhor pra mim também.

Comentário por Luís Carlos

Carta aberta ao jornalista Mauro Chaves:

Sr. jornalista,

A respeito do artigo publicado neste 20/12/2008, no Estadão (escrito não com a alma ou com o coração, mas com o fígado, claramente), faz-se mister pontificar que:

1 – O Corinthians não precisa do Pacaembu. O estádio é pequeno para a torcida corinthiana. Com capacidade atual para apenas trinta e cinco mil pessoas (e pensar que o recorde é de setenta mil, em um Corinthians x Ponte Preta de 1977…), não serve para sediar os clássicos e as grandes partidas do alvinegro. A maior e mais apaixonada torcida do país precisa de um estádio muito maior.

2 – O Corinthians não deve ficar com o Pacaembu. Por muitos anos, as pretensões do Corinthians adquirir o estádio foram objeto de reações de militantes anticorinthianos e de moradores da vizinhança do estádio (que utilizam as suas dependências como se fossem as de sua academia particular), e de negativas da prefeitura. Agora, “surpreendentemente”, o poder público municipal oferece não a aquisição, mas o arrendamento – a preço extorsivo – do Pacaembu para o Corinthians. O objetivo é claro: afastar a possibilidade de que um novo estádio (que poderia ser o corinthiano) seja construído na cidade com vistas à realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, o que sepultaria a irracional (para não dizer “idéia de jerico”) candidatura do anacrônico Morumbi como sede paulista. Como se sabe, o prefeito Kassab e o secretário Feldman são sãopaulinos fervorosos; além disso, há ocupantes de cargos da atual administração diretamente vinculados ao clube proprietário do Morumbi – o que facilita sobremaneira o lobby sãopaulino no âmbito da prefeitura paulistana.

3 – Falando no estádio que é propriedade exclusiva do São Paulo FC, tiveram participação determinante na construção do Morumbi as figuras públicas de Adhemar de Barros e de Laudo Natel. Todo o povo paulistano e paulista também foi partícipe do esforço de angariação de fundos para a construção do estádio, através de doações, aquisição de carnês, bem como de cadeiras cativas. Nos anos 80, Corinthians, Palmeiras e Santos contribuíram (mediante “solicitação” do então presidente da FPF, Eduardo Farah) para a compra dos famosos “amortecedores”, cuja instalação salvou o Morumbi da interdição definitiva. Afinal, o que é o Morumbi? Fruto do esforço de militantes de todos os matizes clubísticos em prol do patrimônio do São Paulo FC? Uma pioneira PPP? Ou, como dizem os seus mais radicais críticos, uma monumental obra de safadeza pura?

4 – Já vai longe o tempo em que o Morumbi poderia ser chamado de “maior estádio particular do mundo”, com o registro de um público de mais de 146 mil pessoas, em um Corinthians x Ponte Preta de 1977 (coincidentemente com o recorde do Pacaembu). Hoje, o estádio sãopaulino está liberado para pouco mais de setenta mil pessoas. Trata-se de um estádio ultrapassado, inseguro, desconfortável e de dificílimo acesso. A sua candidatura para sediar os jogos da Copa de 2014 na cidade de São Paulo é indefensável à luz de qualquer critério que se adote (ou, de modo mais chão, é “idéia de jerico”).

5 – A cidade de São Paulo precisa de um novo estádio. A maior e mais pujante cidade brasileira, 4ª maior metrópole global, centro futebolístico mais avançado do Brasil, merece um novo estádio à sua altura. Ainda mais, tendo em vista a realização da Copa do Mundo de 2014 em nosso país.

6 – O Corinthians tem estádio há mais de oitenta anos: o Parque São Jorge. Note-se que o estádio corinthiano é mais antigo que o São Paulo FC. A popular “Fazendinha” foi palco de decisões de campeonato, o Corinthians se sagrou campeão ali algumas vezes, e o seu recorde de público superou a marca de trinta mil pessoas. Tornou-se, é natural, um anacronismo, com o decorrer da história. Que o Corinthians tenha a viabilização da construção de seu novo estádio determinada pela realização da Copa do Mundo no Brasil é sinal de predestinação. Como predestinado estava esse clube, quando fundado há quase cem anos, por um grupo de trabalhadores humildes, reunidos sob a luz de um lampião, a se tornar o mais importante do Brasil.

7- Apesar de clube mais glorioso do país (1° Campeão Mundial, 6 títulos brasileiros, 5 Rio-São Paulo, 25 paulistas), a grandeza do Corinthians prescinde de glórias, ou mesmo de patrimônio. O Corinthians é grande porque é “O Time do Povo”. O time da Fiel.

8 – O Coringão voltou. Para delírio da Fiel, e desgosto dos anticorinthianos.

Julio

Um corinthiano – graças a Deus!

Comentário por Julio

O Diego não tá encostado…

Larissa: Será? Não vejo (e nem quero) ele jogando. É do nível ou pior que o Fábio Ferreira. 🙂

Comentário por Caio Cruz

Larissa, desculpe o assunto off. Apesar de não ouvir mais a rádio jp am, um amigo me chamou a atenção para o programa esporte em discussão de 18/12 no link http://jovempan.uol.com.br/jp/index.php?view=147722&categoria=125. Neste programa parte da equipe de esportes deles discutem se Ronaldo deve receber o título de Cidadão Paulistano.

O mais impressionante é a forma como eles marginalizaram o Fenômeno e por tabela direta (se é que isso é possível) o Corinthians, em um determinado momento um deles sugere que Hererra e Perdigão deveriam dar nomes a buracos de São Paulo. Outro diz que Ronaldo não conhece nem três ruas da cidade, e a única que ele deve conhecer é a Augusta, num tom de absoluto deboche. Obviamente ninguém estava satisfeito do Rogério Ceni não ser o lembrado.

Também acho que no atual momento isso é oportunismo, mas essa gente que se diz jornalista, ignora (ou quer) que o nome da cidade percorreu o mundo graças a ele e ao Corinthians, ignora que Ronaldo possui imóveis em São Paulo e principalmente, ignora que o filho dele mora em São Paulo. Ronaldo pode não ser expert na cidade, mas não é um alien.

A conclusão é simples, se Pelé for contratado pra fazer marketing para o Corinthians, na mesma hora a imprensa rosa começa a dizer que Maradona foi “infinitas vezes superior ao Rei.”

Em tempo, não consegui ouvir o programa inteiro, chega uma hora que a hipocrisia humana atinge um ponto que não há acido citríco que de jeito.

Larissa: Embora não tenha acompanhado o programa, partilho da mesma opinião, David. Isto porque não é de hoje que essa mídia tem a idéia fixa de que tudo que é ruim tem gênese no Corinthians, toda conquista do clube deve ser questionada, há uma enorme dificuldade em investigar escândalos dos esquemões, exceto se há uma ponta de “Corinthians” na denúncia e assim sucessivamente… Trata-se de uma estratégia (lamentável) de ideologizar o futebol e criminalizar suas facetas populares (representadas pelo Corinthians do povo). Este é o pensamento da imprensa rosa do nosso Brasil varonil: ‘O Corinthians, referência da ralé invasora, tem um share de mercado absurdo. Isso nos incomoda. Temos que demolir aos poucos esse brand. Botar na cabeça da molecada que aquele é o time dos bandidos.Temos de fincar pé na história do mito do “Apito Amigo”. Afinal, temos que pulverizar essa hegemonia da marca corinthiana e predar nossas tiras do rico mercado do futebol.’ Penso eu, que isso ocorre porque o Corinthians é o time outsider, invasor, de quem não devia estar na festa. Não por acaso, tivemos intervenção federal na década de 30. E, pior para eles, é o clube que foi capaz de ganhar a simpatia popular em todos os estratos, contaminando a pirâmide. Estamos aí, digam o que disserem, lutando contra a inveja desde 1910!

Comentário por David Emmanuel

Não tem nada a ver com o assunto. O Manchester foi campeão mundial hoje e no próprio site afirma ser seu primeiro título mundial. Será que eles estão desinformados que já “ganharam” outro, em 1999?

Ou será que a falta de informação é de outra parte…

Comentário por Claudio

Só espero que com os novos patrocinadores o lay-out da camisa melhore.
Claudio, hoje de manhã, na rádio Eldorado, estavam considerando o de ontem como o 2º título mundial do Manchester.

Comentário por Heloisa




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: