Corinthians: Preto no Branco


Manifesto em Defesa da Nação Corinthiana
fevereiro 16, 2009, 11:33 pm
Filed under: Uncategorized

bando-de-louco

Senhores jornalistas,

Nós, membros da Corinthians – O Poderoso Timão, maior comunidade mundial da Fiel, com 1,03 milhão de integrantes, expressamos perplexidade e indignação com vossa cobertura dos eventos relativos ao clássico de Domingo.

A maior parte das matérias tem sido tendenciosa e parcial.

Nossos irmãos, covardemente feridos após o jogo, são todos apresentados como marginais. Veicula-se a versão do SPFC sobre os fatos.

Cabe, no entanto, saber:

– O SPFC criou a polêmica dos ingressos, falseando a verdade, pois o artigo que restringe os ingressos adversários a 10% jamais existiu no Estatuto do Torcedor.

Também não existe no regulamento da FPF.

Baseia-se no artigo 60 do regulamento de competições organizadas pela CBF, que trata de ingressos a serem distribuídos por “associação visitante”.

E mesmo ali não há qualquer restrição à compra irrestrita de ingressos pelos torcedores visitantes, em bilheteria.

– O clima de animosidade foi criado pelo irresponsável J. Juvêncio e seu mini-lugar-tenente, Marco Aurélio Cunha, que parece fazer uso do salário que ganha da municipalidade para agir no interesse privado de seu clube.

– O SPFC dificultou até a entrega dos 10% dos ingressos reservados ao visitante;

– Como mandante, deveria responsabilizar-se pelos incidentes, posto que artefato explosivo foi atirado de seu estacionamento privativo contra cidadãos indefesos. Além disso, submeteu os visitantes a risco, em área de obras na saída do estádio.

Somado a isso o despreparo de parte da PM, estivemos à beira da tragédia, resultado da ganância, negligência e incompetência da associação mandante da partida e, também, da imprensa que vergonhosamente a afaga e acoberta.
.

*O manifesto acima está correndo as caixas de emails dos blogs, redações e jornalistas esportivos. Aos que estiverem de acordo com o apelo, peço que auxiliem na divulgação.

.

Esclarecimento sobre os 10% destinados à torcida adversária

Nada consta nos autos do Estatuto do Torcedor ou do regulamento da FPF.

O dispositivo que trata disso está no “regulamento das competições organizadas pela CBF”. O que chama de “lei”, na verdade, é dispositivo de regulamento. Seria como chamar de “lei” o regulamento da confederação dos jogadores de peteca.

Ainda que se adote isso como norma, o que é polêmico entre os juristas, há outros senões.

– o dispositivo trata de 10% mínimos à “associação visitante”. E faculta a oferta de mais ingressos, conforme interesse dos clubes.

– o dispositivo não limita “torcida”, como são-paulinos e jornalistas disseram por aí. Qualquer torcedor, de A ou B, pode adquirir ingresso para o jogo, seja em bilheteria ou qualquer outro meio público de venda.

Anúncios

41 Comentários so far
Deixe um comentário

Larissa, já tem promotor (que logicamente não vale a pena citar o nome) querendo dizer que foi a própria torcida do Timão que jogou a bomba, estopim de toda a confusão. Ora, pouco importa de quem tenha partido tal bomba se da PM, Gaviões ou certamente da ingaypendente, o fato que a responsabilidade pela segurança dos presentes, isso sim de acordo com o estatuto do torcedor, era única e exclusivamente do time mandante.

Se eu estivesse nesse tumulto, já estaria acionando advogados contra a instituição São Paulo Futebol Clube, repito, única responsável pelo que lá aconteceu, lá como eles afirmaram durante toda a semana é a casa deles, é quintal deles, é soberania deles, então cabia somente a eles a segurança do local.

Tão logo eu fiquei sabendo dos incidentes ontem, comentei no Blog do Ribamar, que a imprensa rosa iria fazer de tudo pra botar a culpa desses acontecimentos no Timão, aliás essa imprensa não está sendo apenas rosa, está sendo covarde, está tirando a responsabilidade de quem é de direito.

Corinthiano, se você esteve lá no domingo, acione essa porcaria de time, que não pode nem ao menos garantir uma mínima segurança, para uma minoria assistir ao jogo. Você sofreu dentro da casa daqueles que se gabam tanto de ser europeus, mas agem como seres unicelulares.

Larissa: Nessa eu concordo, David. Abraços alvinegros.

Comentário por David Emmanuel

como sempre a imprensa marrom fica do lado de quem?
qual a dúvida?

Larissa: Nenhuma. É mais do mesmo… Abraços alvinegros.

Comentário por Roger

Está sendo criada uma baita tempestada em copo d´água.
Como já disse nesse espaço, o SP poderia ter sido mais diplomático, avisando a respeito de sua decisão em alguma data bem antes do clássico, para não parecer represália. Não o fez por arrogância, que deve ser respondida em campo, montando-se um time bom, e não mediante bravatas e xingamentos.
O que ocorreu deve-se às estripulias de nossa diretoria foguetória e incompetente, que atiçou de forma errada a torcida. Há tempos, o populismo é estratégia de quem não tem propostas, e, também há tempos, a massa burra e manipulável não questiona a roda da vida.
Não questiono tanto, neste caso, os meios de comunicação. Entre a polícia e a torcida organizada, o cidadão comum consciente não escolhe nenhum dos dois. No entanto, a escolha dos meios de comunicação é clara e acertada; a polícia. Espero por uma investigação séria, que sei que não virá, mas também é necessário um exercício de auto-reflexão.
Também fiquei com vergonha do que assisti, e por isso devemos mudar.

Larissa: Tem tudo isso também… Abraços alvinegros.

Comentário por jeff

O torcedor, depois de a bambizada toda sair, recebe autorização da PM para sair também. Tem um longo caminho a percorrer, ficando exposto ao risco, porque foi colocado do lado do clube. Alguém detona uma bomba caseira do estacionamento PRIVATIVO dos sócios do spfw. A PM solta duas ou três bombas de efeito imoral (nesse caso) pensando tratar-se de algum tumulto. O torcedor que estava na frente recua com medo e atropela os que estavam atrás. São muitos os feridos e o atendimento médico é demorado porque a diretoria do spfw dispensara as ambulâncias.

O que sai nas manchetes? Corinthianos quebram tudo no panetone.

Mais de quarenta feridos, mulheres, crianças, pais, mães … Alguns estão até hoje internados. Não houve brigas inter ou intra-torcidas nem confronto com a PM. Os feridos foram pisoteados.

Mas a preocupação é com algumas cadeiras quebradas. Esses marginais dilapidaram o patrimônio do nosso clube, dizem os dirigentes do spfw. É o que sai nas manchetes.

Um promotor de injustiça pretende limitar o número de ingressos para os visitantes em 5%. A diretoria do spfw não teve culpa; a PM, tampouco. Culpados são os pouco mais de 4.000 marginais que desgraçadamente lá estavam. A imprensa esportiva dá trela ao promotor. Ele fica famoso. Talvez ele até seja convidado a posar nu.

Isso é um verdadeiro atestado de incompetência. Quatro mil torcedores e a promotoria acha que deveria ser reduzido à metade porque a PM não dá conta de tantos torcedores.

QUATRO MIL TORCEDORES E MAIS DE 40 FERIDOS, OU SEJA, UM POR CENTO DELES! A manchete deveria ser essa.

Larissa: Quanto vale a vida?! Abraços alvinegros.

Comentário por Luís Carlos

Vc devia ter vergonha de publicar isso.
Lamentável!!! Apoiar esse bando de loucos e marginais. Se com 10% vc´s quase destruiram o Estádio imagina meio a meio. Não nos esquecemos que vc´s botaram fogo na arquibancada amarela num outro jogo…

Larissa: 1- Não generalize, conheço muitas pessoas que lá estavam e não se encaixam nos termos, aliás, quem se encaixa bem pode ser um sócio de cadeira cativa, pois foi do estacionamento destes que a bomba em direção à torcida corinthiana partiu; 2- A responsabilidade pela segurança do estádio é do mandante. Se nem o SPFW, nem a PM conseguem agir de maneira correta, a culpa certamente não é dos corinthianos. Algumas dicas interessantes:

“Na Argentina e alguns países da Europa, a primeira torcida a sair é a visitante.

Há vários motivos.

1) A torcida local não depreda o próprio estádio.
2) Como a torcida visitante é menor, a torcida local tem que esperar menos.
3) A torcida visitante quando deixa o estádio se afasta dele rapidamente. A torcida local fica em volta.
4) Como a torcida visitante é menor, a chance de emboscar a local é menor do que no sentido inverso.”

Comentário por SPFC

Retirado do Blog do Paulinho:

Irresponsabilidade e violência
Fevereiro 17, 2009 by Paulinho

“O presidente do Corinthians é um SALAFRÁRIO !”

“Não tem vergonha na cara !”

JOSÉ TRAJANO indignou-se, como todas as pessoas de bem o fizeram, com as atitudes de Andres Sanches no episódio que culminou com a barbárie do Morumbi.

Muitos foram os culpados.

A Polícia, mal preparada, não pode ser isentada.

Embora também tenha sido vítima.

Diferente dos BANDIDOS organizados.

Eles que receberam ingressos do presidente corinthiano e, desde o início da semana, falavam em realizar os atos de que foram protagonistas.

Os torcedores do Tricolor também não são santos.

Foram parte atuante desse episódio trágico.

Mas nada foi pior do que a atuação dos dirigentes e de alguns jornalistas.

O São Paulo tinha o DIREITO de fornecer apenas 10 % de ingressos para o torcedor visitante.

Diferente do que apregoou o irresponsável delegado Mario Gobbi, em programa da BAND, não foi um ato a fim de penalizar o Corinthians.

Vale para TODOS os visitantes.

O Tricolor tem sua parcela de culpa por ser o mandante e, por consequência, co-responsável pela segurança do público.

Enquanto isso, o presidente do Corinthians despejava bravatas populistas na imprensa, com a finalidade de posar de defensor da honra alvinegra.

Queria ser bem visto pelos vagabundos organizados que sustenta com o dinheiro do clube.

Disse que o Corinthians não jogará mais no Morumbi.

Evidente que não vai cumprir.

Após a barbárie soltou uma nota oficial digna de um delinqüente, que provocou a justa reação de Trajano, apoiada pelo blog.

Chamar MARGINAIS organizados de mártires é de causar asco e vergonha entre as pessoas mais esclarecidas.

Populismo barato e irresponsável.

No final, ao incitar ainda mais a violência, Sanches diz que o Corinthians vem sendo tratado como inimigo.

Não é verdade.

Seu vice-presidente de Marketing, Luis Paulo Rosenberg, teceu grandiosos elogios á Juvenal Juvêncio por suposto auxílio na questão do Pacaembu.

Pior ainda foi ler o e-mail que o vice-presidente de Esportes Terrestres, Dr. Felipe Ezabella, que envergonha a cada dia a Faculdade do Largo São Francisco, enviou para o grupo clandestino “Corinthianos Obsessivos”.

Com teor que sugere homofobia e colabora ainda mais para acirrar os ânimos, já tão exaltados.

“Como todos, sempre odiei o Morumbi, não só por ser a casa delas, como também por ser um estádio muito ruim pra chegar, sair e, principalmente, assistir aos jogos.”, disse Ezabella, em clara demonstração de preconceito e despreparo para o cargo que ocupa.

“A decisão do Andrés de não mais atuarmos no Morumbi é a que qualquer um gostaria de tomar.”, com essa declaração, Ezabella tenta justificar o ato irresponsável de Andres Sanches.

“O soco então, foi patético, nem merece mais comentários porque foi um soco que não machuca ninguém, não resolve nada e é prato cheio para TVs e Tribunais”, segundo o Dr. Ezabella, um soco que “não machuca ninguém”, é uma boa desculpa para justificar a expulsão de Túlio.

Não foram apenas os incompetentes e irresponsáveis dirigentes citados acima que merecem um enorme puxão de orelha.

Temos também a declaração infeliz de Kalil Rocha Abdala, vice-jurídico do São Paulo, que chama os corinthianos de “galinha”, na Folha de São Paulo de hoje.

Mostrando claramente que caráter nada tem a ver com posição social.

Há também os jornalistas que se prezam ao papel de palhaços da imprensa.

Incentivadores da desgraça, visando apenas um pouco a mais de audiência.

Gente como o Dr. MENTIRA, que definha sua carreira na BAND.

Quero finalizar dizendo que assino embaixo o discurso de José Trajano no programa Linha de Passe da ESPN.

E que estou muito orgulhoso dele, por tê-lo feito.

Há vida inteligente e honesta no jornalismo brasileiro.

Larissa: Sempre discordei do Paulinho quando o assunto é a torcida corinthiana.

Comentário por SPFC

Vc é sensacionalista! Está com eles mesmo estando errados.

Larissa: Estou com eles porque são a minha nação e estamos sendo injustiçados.

Comentário por SPFC

Larissa, a culpa é da imprensa, então? Você realmente concorda com isso?

Quando o Palmeiras recebe seus visitantes, destina menos de 10% dos ingressos para a torcida adversária. O Santos faz o mesmo. Para falar em grandes clássicos. O Grêmio e o Internacional, quando recebem o rival em casa (Olímpico e Beira-Rio, respectivamente), destinam apenas 10% dos ingressos ao clube visitante. Quando o Atlético Paranaense recebe seus rivais destina 10% dos ingressos para os visitantes. Porque só o SPFC não pode fazer o mesmo quando joga contra o Corinthians?
Essa destinação dos 10% dos ingressos para o visitante já é prática comum no Brasil e a diretoria corinthiana, assim como seus torcedores mais iludidos, ainda não percebeu isso.
O SPFC não está aplicando essa política apenas para corinthianos, mas para TODOS os adversários que jogarem no Morumbi de agora em diante.
Os torcedores do Corinthians acusam a imprensa de ser tendenciosa e parcial, mas em momento algum duvidaram das declarações de seus diretores. Alguns torcedores corinthianos sabem que pessoas como Andrés Sanches e Mario Gobbi não são compromissadas com a verdade. Mesmo assim preferem acreditar nos que são reconhecidamente mentirosos do que na imprensa.
Quem tem, reconhecidamente (leia o blog do paulinho) o péssimo habito de falsear a verdade? A imprensa? ou o senhor Andrés Sanches?
Você mesmo, Larissa, já concordou comigo, que o clima de animosidade não foi criado apenas pelos dirigentes do SPFC, essa tensão latente foi criada pelos diretores dos dois clubes.
O SPFC tem o direito, sim, de destinar 10% dos ingressos para todos os torcedores adversários, como já fazem outros clubes. A diretoria corinthiana fez disso uma tempestade.
A segunda carta divulgada pela imprensa corinthiana chama os torcedores de mártires. Os mesmos, que horas atrás haviam destruido o patrimônio alheio. Que partiram para cima de 5 policiais. Com relação a isso, nada tenho a comentar.
O que acontece é que os corinthianos estão loucos para interditar o Morumbi. Se conseguirem, favor interditar o Maracanã também, onde houve confronto entre torcidas e tiros. Que interditem também o Mineirão, pela briga que ocorreu fora do etádio DURANTE o jogo, entre duas torcidas organizadas. Vamos interditar, também o Olímpico e o Beira-Rio. O Parque Antárctica, o Pacaembu e a Vila. Vamos interditar os estádios que já existem e gastar os bilhões de reais (dinheiro público) em mega-construções superfaturadas.
Essa é a solução para esse futebol de merda. Desse país sem educação. A culpa sempre é do outro.
Ao contrário do que diz uma das cartas dos corinthianos, quem trata o adversário como inimigo não é o SPFC. O SPFC tratou o corinthians da mesma forma que trata todos os outros times do Brasil. Quem está tratando o SPFC como inimigo é o Corinthians, que faz de tudo para desestabilizar o rival e publica essas cartas ridículas, sem nenhuma argumentação, apenas ofendendo o adversário e inflamando os torcedores. Agora a batalha corinthiana é interditar o Morumbi. Amanha será outra.
É sabido que os diretores corinthianos não tem escrúpulos e estão envolvidos com todos os tipos de crimes. Se os torcedores corinthianos acreditam que esses falam mais verdades do que jornalistas, que comprem essa batalha inventada e virem “martires” de porcaria nenhuma.

Larissa: A culpa, eu já disse, é da diretoria corinthiana, da são-paulina e da PM, no entanto, é lamentável a forma como a mídia se refere aos torcedores corinthianos, generalizando de maneira burra. Sobre o hábito de esconder a verdade, não é mérito só da diretoria corinthiana, é da tricolor também e principalmente da mídia.

Comentário por

Larissa, se você realmente concordasse com esse texto, não teria concordado comigo, quando, em uma postagem anterior, comentei que as DUAS diretorias tem participação no acirramento dos animos e que o SPFC tinha sim o direito de ceder 10% dos ingressos aos corinthianos (prática mais que corriqueira no Brasil)

Larissa: As duas tem culpa no clima de guerra criado, mas o responsável pelo estádio é o mandante, que permitiu que bombas partissem do estacionamento do seu estádio em direção ao visitante. Quando concordei com o direito de ceder 10%, concordei dizendo que era covarde, mas achava que era um direito amparado por lei, coisa que não é, portanto… Abraços alvinegros.

Comentário por

Da Folha de São Paulo:

Aquecimento. Corintianos e policiais militares começaram a se estranhar na manhã do domingo, antes do confronto no Morumbi. No Bom Retiro, um grupo que cantava músicas agressivas e andava no canto da rua quase foi atropelado por um carro da PM. E teve de desviar de um golpe de cassetete.

Álbum. A prioridade da PM em relação ao confronto no Morumbi é achar o corintiano que, segundo os policiais, disse que mataria um tenente. Tenta achá-lo em fotos de membros de organizadas. Diz que ele fez com que outros 500 cercassem os policiais.

Esse é o comportamento EXEMPLAR da torcida corinthiana?

Larissa: Esse grupo não é “a torcida corinthiana”. A torcida alvinegra é uma nação de 30 milhões!!! Como já se sabe que a confusão começou por conta da bomba que partiu do estacionamentos dos sócios de cadeira cativa, não resta mais nada a dizer. Jogam uma bomba em sua direção, o que vc faz? Corre… Aí começou o empurra-empurra, a PM dentro do estádio disse uma coisa, a de fora outra. Sinceramente, coitados dos que lá estavam presos. Posso imaginar, porque já fui em clássico, já vi PM começar a briga e torcida levar a culpa. EU JÁ VI NA MINHA FRENTE.

Comentário por pedro

A solução é uma só.
Fim das organizadas já. gaviões, independente, mancha verde e todo o resto. O que são esses vagabundos? Por que eles ganham ingresso e eu não! Eu quero ir ao estadio ver o jogo e me divertir. Não vou lá para briar com ninguém! E independente se meu time ganhar ou perder, vou ter que levantar cedo para trabalhar!
Que as torcidas voltem a ser desorganizadas.
Abaixo os bandidos organizados! Cadeia neles

Larissa: Na atual legislação, sua sugestão é praticamente impossível, pois fere um dos maiores avanços da humanidade – o direito de livre associação. Não adianta tapar o sol com a peneira, jogar a culpa no lado mais fraco, precisa-se de organização, polícia treinada e preparada para esse tipo de situação, além da criação de uma legislação específica, que puna gravemente todos os envolvidos nessa bagunça generalizada e crônica. É preciso acabar não com organizadas, mas com essa relação entre futebol-violência, aliás, relação apoiada por diretores dos dois clubes e suas declarações vergonhosas.

Comentário por Luiz

Apesar de não concordar com vc sobre sua analize das de futebol e a sua preferencia sobre o tecnico que seja melhor para o Corinthians,gosto do su blog por isso,vc cobra a diretoria como se deva cobrar,mas nunca esquece que por traz da diretoria está o Corinthians o time que amamos e que sempre devemos defender,ao contrario do dedo de aluguel e sao paulino travestido de Corinthiano Paulinho,aquele mesmo que se acha melhor que o MN mas faz a mesma coisa sem a propaganda é claro.
Vc mais uma vez mandou muito bem e ainda acrescento,agora é a hora de todos os Corinthinos se unir,pois somos maiores que os bambis,porcos e sardinhas,juntando os 3 não representam 50% da força da marca e a paixão que é representa o Corinthians.
E ainda peço aqueles que participem do teu blog que não percam mais tempo frequentando blogs daqueles que se dizemm Corinthianos só para ganhar alguma fama.

Larissa: Bem, ao menos você percebeu essa diferença. Tem corinthiano que é mandado aqui no blog pra dizer que nós, os que cobramos os nossos direitos tanto da nossa diretoria quanto de outros órgãos, não somos corinthianos. Pode uma coisa dessas?
Está na hora do povo aprender a separar as coisas. Não adianta só passar a mão na cabeça de pessoas que estão afundando o nosso time. Aqui se cobra quem deve ser cobrado e sempre será assim. Concordo contigo. Abraços alvinegros.

Comentário por Marcelo Firmiano

Há cheiro de armação no ar. Primeiro a limitação dos ingressos, depois esse fato e agora o promotor decidindo limitar os ingressos em 5%. Quem será que vai ganhar ou perder com isso? Enquanto isso, nosso nobre presidente dispara asneiras ditatoriais aos quatro ventos.

Larissa: É… E assim caminha a mediocridade.Abraços alvinegros.

Comentário por Lou Mello

A imprensa bambina está tentando inverter maldosa a situação, não se espante se esse promotorzinho indiciar os 42 agredidos como responsável por suas próprias fraturas expostas, narizes quebrados, esfolões, etc.

Larissa: Eu certamente não me espantaria. Abraços alvinegros.

Comentário por Getúlio

1- QUEM MUDOU AS REGRAS DO JOGO NA ULTIMA SEMANA PASSANDO POR CIMA DE TODOS, CRIANDO SUAS PRÓPRIAS REGRAS? O QUE CRIOU UM CLIMA DE RIVALIDADE ACIMA DO NORMAL EM UM ATO DE MENOSPREZO A TORCIDA FIEL. SENDO QUE O IDEAL SERIA COMUNICAR A DIREÇÃO DO CORINTHIANS HÁ MUITO TEMPO, OU MELHOR ESTIPULAR NO REGULAMENTO DA FPF, MAS COMO ESTAVAM DE MAL COM A ENTIDADE, QUISERAM FAZER BIRRA DE CRIANÇA IRRESPONSÁVEL. ALÉM DO QUE QUEBRARAM UM ACORDO DE CAVALHEIROS, QUE MANTINHA UM BOM RELACIONAMENTO ENTRE AS DUAS DIRETORIAS.

2- IMAGENS DO LOCAL FORAM MOSTRADAS DEIXANDO CLARO E AVALIADAS PELO CONTRU QUE O CORREDOR QUE ERA DE 8 METROS PASSOU A SER DE 4, SEM SAÍDAS DE EMERGÊNCIA E COM A POLICIA CERCANDO A SAIDA.

3- UM MURO FOI LEVANTADO O QUE AFUNILOU AINDA MAIS O ACESSO (FOMOS IMPEDIDOS DE ENTRAR E SAIR, OU SEJA A TORCIDA FOI ENCURRALADA E HUMILHADA).

4- TODA TORCIDA QUER SE PROPÕE A IR EM UM JOGO NESSE NIVEL É SÓ “ORGANIZADA” NO PACAEMBU A DO SP É SÓ “ORGANIZADA” QUE VAI, IDEM NO PA. TORCEDOR COMUM SÓ VAI EM JOGOS SEM RISCO, GRAÇAS AO COMPORTAMENTO DE DIRIGENTES QUE DEVERIAM SER OS PRIMEIROS A DAR O EXEMPLO, MAS ACIRRARAM OS ÂNIMOS (VIDE MAC A JENNE É UM GÊNIO).
ALÉM DO QUE FORAM DEVOLVIDOS INGRESSOS DE NUMERADAS AO VALOR DE R$ 90,00, QUAL TORCEDOR COMUM SE AVENTURARIA A ISSO?

5- ENTEGARAM OS INGRESSOS EM FORMA DE ROLO DE PAPEL HIGIÊNICO, O QUE FOI ESPECULADO PELA IMPRENSA SENSACIONALISTA QUE É A QUE MAIS INSTIGA A VIOLÊNCIA NOS ESTÁDIOS, VIDE COMENTÁRIOS DE FLÁVIO PRADO.

6- COM PAIXÃO NÃO SE BRINCA, ESSE NOVO REPRESENTANTE DA CÂMARA DE SP SÓ FAZ ISSO EM SUAS PIROTÉCNICAS ENTREVISTAS.

7- E PARA CONCLUIR ATRAVÉS DE ESTUDOS MATEMÁTICOS E DE ENGENHARIA E FISICA DE TEMPO E ESPAÇO, FOI COMPROVADO QUE UM CORINTHIANO JOGOU A BOMBA PARA O ALTO E GRITOU: SALVE-SE QUEM PUDER !!!.

8- DESVIAR A RESPONSABILIDADE POR PAIXÃO BURRA E ROBOTIZADA É PIOR QUE VOTAR NO COLLOR POR DUAS VEZES SEGUIDA.

BRASIL SIL SIL SIL SIL !!!

Larissa: Lamentável mesmo. Abraços alvinegros.

Comentário por Caverão do Timão

Isso aí! Vamos divulgar!
Lá na comu estamos mandando para os seguintes emails:

mprensa@fpf.org.br, jota.junior@tvglobo.com.br, batebola@espn.com.br, paulo.vinicius@espn.com.br, mbeting@band.com.br, daniel@lancenet.com.br, blogdotorero@uol.com.br, vladirlemos@tvcultura.com.br, vanessaruiz@gmail.com, vitorbirner@globo.com, Wanderley Nogueira – jppique@terra.com.br, bbenja97@hotmail.com, kajuru30@gmail.com, blogdojuca@uol.com.br, Ricardo Capriotti – capriotti@uol.com.br, politica@correioweb.com.br; Correio Braziliense – Denúncia – ultimasweb@correioweb.com.br; Editores Chefes – Jornal da Globo – mariano.boni@tvglobo.com.brerick@tvglobo.com.brluis.cosme@tvglobo.com.br; Revista Época – epoca@edglobo.com.br; Revista Época (RJ) –
ttraumann@edglobo.com.br; Revista Caros Amigos – redacao@carosamigos.com.br; Revista Istoé – leitor@istoe.com.br; IG (Portal Internet) – falecomoultimosegundo@ig.com; Blog do Noblat –
noblat@uol.com.br; Radio Bandeirantes – rbnoar@band.com.br; CBN Rádio (Heródoto) – herodoto.barbeiro@cbn.com.br; Jornal Brasil de Fato – redacao@brasildefato.com.br; Jornal Agora (Grupo Folha) – desabafo@agora.com.br; BBC Brasil – brasil@bbc.co.uk; Eliane Cantanhede –
elianec@uol.com.br; Dora Kramer – dkramer@estadao.com.br; Teresa Cruvinel – cruvinel@bsb.oglobo.com.br; Associação Brasileira de Imprensa – presidencia@abi.org.br; Sindicato dos Jornalistas de S. Paulo – jornalista@sjsp.org.br; Sindicato dos Jornalistas de Brasília – sjpdf@sjpdf.org.br; Associação Nacional de Jornais (ANJ) – anj@anj.org.br; Federação Nacional dos Jornalistas – fenaj@fenaj.org.br; Centro de Mídia Independente – contato@midiaindependente.org; Ministério das Comunicações – Imprensamc@mc.gov.br; Secretaria de Comunicação do Governo – governo@brasil.gov.brprotocolo@planalto.gov.br, eitor@uol.com.br; Ombudsman da Folha de S. Paulo – ombudsman@uol.com.br; Lillian V. Fibe (UOL News) – uolnews@uol.com.br; Redação do Jornal da Tarde – pergunta@jt.com.br; Redação do Estadão – falecom@estado.com.br; Coluna Boechat – JB – colunaboechat@jb.com.br; Augusto Nunes (Jornal do Brasil) – augusto@jb.com.br; Emir Sader – emirsader@uol.com.br; Villas Boas (JB) – villasbc@unisys.com.br; Informe JB – informejb@jb.com.br; Globo On Line – Editora Chefe (Joyce Jane) – joyce@oglobo.com.br; Globo On Line – Editor Executivo (Aloy Jupiara) – aloy@corp.globo.com; Globo On Line – Editora de Conteúdo (Raquel Almeida) – ralmeida@corp.globo.com; O Globo (SP) – Diário de S. Paulo – cleide.carvalho@diariosp.com.br; O Globo (Brasília) – Luiz Claudio de Castro – luiz@bsb.oglobo.com.br; Opinião – Diário de S. Paulo – opiniao@diariosp.com.br; O Estado de Minas – falecomuai@uai.com.br; O Estado de Minas – Política – jluiz.almeida@uai.com.br; O Estado de Minas – On Line – geraldo.neto@uai.com.br; Diario da Tarde BH (Editoria de Política) – politica.dt@uai.com.br, Veja – veja@abril.com.br; Exame – redacao.exame@abril.com.br; Redação Folha de S. Paulo – folha@uol.com.br; Política da Folha – politica@uol.com.br; Gilberto Dimenstein – palavradoleitor@uol.com.br; Canal do Leitor (Folha) – leitor@uol.com.br; Ombudsman Folha de S. Paulo – ombudsman@uol.com.br; Lillian V. Fibe (UOL News) – uolnews@uol.com.br; Redação do Jornal da Tarde – pergunta@jt.com.br; Jornal O Estado S. Paulo – falecom@estado.com.br; Augusto Nunes (Jornal do Brasil) – augusto@jb.com.br; Informe JB – informejb@jb.com.br; Globo On Line – Editora Chefe (Joyce Jane) – joyce@oglobo.com.br; Globo On Line – Conteúdo – ralmeida@corp.globo.com; Opinião – Diário de S. Paulo – opiniao@diariosp.com.br; Diário de S. Paulo – cleide.carvalho@diariosp.com.br; O Globo (Brasília) – Luiz de Castro – luiz@bsb.oglobo.com.br; O Estado de Minas – falecomuai@uai.com.br; O Estado de Minas – Política – jluiz.almeida@uai.com.br; Diario da Tarde BH – politica.dt@uai.com.br; – politica@correioweb.com.br; Jornal da Globo (TV) – mariano.boni@tvglobo.com.brerick@tvglobo.com.br; Época – epoca@edglobo.com.br; Época (RJ) – ttraumann@edglobo.com.br; Caros Amigos – redacao@carosamigos.com.br; Istoé – leitor@istoe.com.br; IG – falecomoultimosegundo@ig.com; R Bandeirantes – rbnoar@band.com.br; CBN Rádio (Heródoto) – herodoto.barbeiro@cbn.com.br; Jornal Brasil de Fato – redacao@brasildefato.com.br; Jornal Agora (Grupo Folha) – desabafo@agora.com.br; BBC Brasil – brasil@bbc.co.uk; Eliane Cantanhede – elianec@uol.com.br; Dora Kramer – dkramer@estadao.com.br; Teresa Cruvinel – cruvinel@bsb.oglobo.com.br; Associação Brasileira de Imprensa – presidencia@abi.org.br; Sindicato Jornalistas de SP – jornalista@sjsp.org.br; Associação Nacional de Jornais (ANJ) – anj@anj.org.br; Fenaj – fenaj@fenaj.org.br; Centro de Mídia Independente – contato@midiaindependente.org; Secretaria Comunicação do Governo – governo@brasil.gov.brprotocolo@planalto.gov.br

ENVIEM TAMBÉM!
RESPEITO À NAÇÃO CORINTHIANA.

Larissa: Falou e disse! Está aí a lista de emails para quem tiver interesse em reenviar o manifesto que já está sendo amplamente divulgado. Abraços alvinegros.

Comentário por CORINTHIANO

Evidente que alguns comentarios sao de Sao Paulinos praticando sua especialidade, ou seja o TRANSFORMISMO. Travestir-se de corinthiano entao eh o tchan!!!.

No caso dos ingressos, a atitude correta de nosso presidente deveria ser:
“Agradecemos a amabilidade do S.Paulo, nosso co-irmao, em ceder-nos 10% do seu magnifico estadio, bem como agradecer a palavra do seu Presidente, que prometeu-nos UM BOM LUGAR.”

“Aproveitamos tambem para agradecer ao excelentissimo sr Doutor M.A.C, que alem de oferecer sua ajuda de 50,00 aos nossos cofres, foi muito cavalheiro no jogo de domingo, e a nossa torcida foi muito maldosa, por entender muito mal, o gesto do doutor, com o dedo medio a ela endereçada.”
“Tambem repudiamos nossa torcida baderneira, que praticou a auto mutilação, e bem verdade que isso foi praticado por apenas 42 torcedores baderneiros, que se pisaram mutuamente, mesmo porque o espaço para sairem era confortavel e bastante vasto.”

“A vista do fato, pedimos desculpas, e informamos que todos os nossos classicos mesmo com nosso mando, prestigiaremos nosso co irmao pagando com a maior boa vontade o aluguel, mesmo porque nosso time nao tem estadio, e nossos passaportes sao do metro Itaquera.”

Ufa!!! Como tem Corinthiano carneiro, que gosta de tomar f…. e nao berrar!

Estao no minimo bambiando.

Larissa: Não acho justo e me sinto ofendida junto aos membros quando você se refere dessa forma aos corinthianos mais críticos. Ninguém, veja bem, ninguém é obrigado a aceitar tudo que a diretoria corinthiana faz, principalmente quando ela erra e ela erra! Não tenho dúvidas e acho que esses corinthianos que foram ofendidos também não tem de que a responsabilidade é do time mandante. Agora, todo corinthiano tem direito de cobrar uma atitude da diretoria corinthiana. Não adianta só falar, emitir notas oficais e depois voltar atrás de tudo o que dizem, como costumam fazer. Aliás, as notícias já dizem por aí: “Corinthians desiste de pedir afastamento do coronel Marinho”. Este sim, é o tipo de coisa que denigre a imagem do Timão. Se não tem a intenção de levar adiante as suas bravatas, que nem digam nada, porque dizer e retirar é pior que não dizer. Respeite os alvinegros que pensam diferente de você também, eles existem e não é por isso que são menos corinthianos. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Sabe o que eh gozado? Tem Bambi, muito melhor que alguns travestidos de: olha essa:

Larissa: Não existe corinthiano travestido. Corinthiano é corinthiano. Abraços alvinegros.
Obs: Muito bom o print.

Comentário por ToFicandoRouco

***
Há três fatos relevantes que passaram batidos pela imprensa paulistana:

– O São Paulo tem procurado, de todos os modos, afrontar os acordos de cavalheiros mediados pela FPF. O motivo é óbvio, e repousa nos porões da entidade máxima do futebol paulista, na briga intestina pelo poder. O episódio da tentativa de corromper o árbitro Wagner Tardelli foi a gota d’água.

– O São Paulo tem uma estratégia dupla de marketing. Valorizar seu produto e, sempre que possível, desqualificar a imagem do principal oponente. É uma briga por market-share. Para crescer, o clube do Morumbi precisa enxovalhar a imagem do clube mais popular do Estado.

– É antiga a sistemática de bajulação e cooptação de jornalistas. O São Paulo distribui mimos de todos os tipos aos profissionais da área, recurso utilizado na obtenção de cumplicidades. Escândalos no clube são abafados, atos de selvageria da Independente são ignorados e os erros clamorosos de arbitragem (como os do Brasileirão de 2.008) são considerados “normais”. Utilizássemos o mesmo termo que a imprensa cunhou para os Congressistas, esses indivíduos de pena alugada seriam considerados “IMPRENSALEIROS”.

Vale, por fim, verificar que em várias matérias, os tais bi-empregados utilizaram o Estatuto do Torcedor para justificar a pirraça dos 10%. Nada há ali que restrinja a compra de ingressos pelo torcedor do visitante. Nem no regulamento da FPF. O que existe é o artigo (60 na versão mais antiga; 73 na mais recente)do regulamento das competições organizadas pela CBF, que determina tal porcentagem para distribuição direta da “associação visitante”.

Nem no tal dispositivo, que não é “lei”, existe restrição de torcida. ISSO NÃO EXISTE. Se um torcedor visitante quiser, pode perfeitamente adquirir ingressos na bilheteria do mandante. Não há lei que o proíba, assim como reza a doutrina do capitalismo, em que ninguém é proibido de comprar o que quiser, desde que o produto seja e esteja legalizado.

Nessa armadilha do Morumbi, caíram os corinthianos. O dublê de vereador Marco Aurélio Cunha, com o promotor oportunista de plantão, querem reduzir a carga visitante a 5%.

Cunha, assim, aparece como estrategista. Afasta a Fiel dos jogos contra seu time no Morumbi. Enfraquece o adversário.

O promotor segue o caminho oportunista do famigerado Capez, cujas pirotecnias draconianas em nada serviram para trazer a paz aos estádios. Capez agora é deputado pelo PSDB, onde repete seus ritos persecutórios e regulamentaristas. É o caminho que seu colega de cabelo mal penteado pretende seguir.

Aliás, como diz Juca Kfouri, se querem paz total, que façam jogos no cemitério. De preferência, sem torcida alguma. E para arrematar, que tal abolir os atletas também. Não haveria mais uma simples canelada.

E o cidadão com, enquanto isso, continua a ver navios.

Larissa: Perfeito, Tchê! Obrigada pela visita. Abraços alvinegros.

Comentário por Giulio Calábria

Larissa. num post la atras vc me pediu para informar sobre o contrato ManoxNike, entao ta ai
o EliasxNike tambem.
Veja os videos no blog da Yule:

http://colunas.globoesporte.com/yulebisetto/2009/02/17/e-assim-que-eu-quero-ver/

Larissa: Infelizmente, não poderei ver. Não frequento blogs manipulados. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Excelente e lucido o comentario do Giulio Calabria.
“- O São Paulo tem uma estratégia dupla de marketing. Valorizar seu produto e, sempre que possível, desqualificar a imagem do principal oponente. É uma briga por market-share. Para crescer, o clube do Morumbi precisa enxovalhar a imagem do clube mais popular do Estado.”

Enxovalhar, e a palavra, infelizmente com a ajuda de falsos Corinthianos IMPRESSALEIROS tambem.

Larissa: Perfeito mesmo. Obs: Não existem falsos corinthianos. Corinthiano ou é ou não é. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Respeito as opiniões contrárias, mas não é mais o caso dos 10% nem das declarações da diretoria dos dois clubes. O caso é que PESSOAS sofreram ferimentos e a imprensa só está se lixando para as cadeiras quebradas.

O Departamento Jurídico do spfw disse que vai cobrar pelos prejuízos que os “marginais” causaram. E a indenização aos “marginais” que foram pisoteados e receberam atendimento médico tardio por irresponsabilidade da diretoria do São Paulo?

Chegamos a um ponto em que cadeiras são mais importantes que pessoas ou o spfw, junto da imprensa amestrada estão tentando desviar o foco do problema e os reais culpados por causa da Copa do Mundo de 2014?

Só uma coisa, a igualmente amestrada CBF vai engolir essa, mas a FIFA acho que não engole não. Muito menos eu.

Larissa: Realmente, Luís. Sobre a Fifa, assim esperamos! Abraços alvinegros.

Comentário por Luís Carlos

Parece haver em vários órgãos de imprensa a tentativa de se diluir a culpa pelo desastre prenunciado e ocorrido no Morumbi nesse domingo, através da enumeração de todos os responsáveis pelo ocorrido, sem a devida ponderação; quando não, pela completa inversão das parcelas de responsabilidade.

Apesar da cortina de fumaça fabricada, pode-se considerar a existência de unanimidade quanto a:

– a imperícia demonstrada na ação policial, após o término da partida;

– a omissão da FPF.

Resta delimitar o papel desempenhado pelos dois protagonistas, de fato, do episódio, que foram o São Paulo e o Corinthians. Vamos listar, destarte, as ações praticadas pelos clubes (bem como por suas torcidas):

SÃO PAULO (o mandante da partida – dado que não está sendo suficientemente considerado):

– anunciou, a poucos dias da realização do clássico, que, pela primeira vez na história, concederia apenas 10% dos ingressos para a venda da torcida corinthiana;

– o anúncio foi feito em tom debochado pelo presidente Juvenal Juvêncio, com o apoio dos sorrisos e gargalhadas de membros da diretoria;

– enviou os ingressos para venda no Parque São Jorge impressos em um rolo de bobina, sem o devido corte, e sem a devida numeração (o que obrigou que se realizasse uma troca, com o conseqüente atraso na efetiva disponibilização para venda, acarretando desrespeito ao limite mínimo de 72 horas, estabelecido pela legislação, em relação ao início da partida);

– divulgou nota de resposta à nota de repúdio corinthiana, utilizando a mesma retórica inflamada daquela;

– realizou obras no intento de equacionar o problema da entrada dos torcidas dos dois clubes pela única entrada disponível (a solução arquitetada, como se viu no desastroso desfecho, foi claramente equivocada);

– segundo a PM, uma bomba caseira – que teria sido o estopim do tumulto verificado – foi lançada do estacionamento interno do estádio (local de acesso exclusivo dos associados);

– não disponibilizou assistência médica aos torcedores feridos quando tentavam sair do estádio;

– o dirigente Marco Aurélio Cunha afirmou, ainda no estádio do Morumbi, quando havia dezenas de feridos no estádio, que o tumulto ocorrido comprovava o acerto da decisão sãopaulina de limitar os ingressos para os visitantes, e que lutaria para que a menos ingressos ainda (5%) fossem disponibilizados nos futuros clássicos;

– divulgou fotos, em seu site, das depredações praticadas pelos corinthianos no Morumbi.

CORINTHIANS:

– divulgou, em seu site, nota oficial de protesto pela decisão intempestiva do São Paulo de conceder apenas 10%, à torcida corinthiana, dos ingressos à venda; sublinhou que rompia-se, desse modo, um acordo tácito de décadas; atribuiu a decisão sãopaulina à suposta inveja, devida à grandeza da torcida corinthiana;

– anuncia que o clube adotará o mesmo critério de conceder apenas 10% dos ingressos ao clube visitante, bem como a intenção de passar a mandar os seus clássicos no Pacaembu;

– da carga de ingressos recebida, endereça aqueles de preço mais baixo (R$40,00), em sua totalidade, para as torcidas organizadas; os restantes (cerca de 35% da carga recebida, e ao preço de R$90,00) é que são, efetivamente, colocados à venda – em prazo inferior ao mínimo estabelecido pela legislação, devido às dificuldades advindas da troca que se fez necessária (cf. já exposto);

– após a vitória em eleição realizada no sábado, o presidente eleito Andrés Sanchez anuncia que, até o final de seu mandato (de 3 anos) o Corinthians não mais mandará partidas no Morumbi;

– no Morumbi, a torcida corinthiana quebrou cadeiras, uma separação de vidro blindado, e, durante o tumulto final, arremessou uma grade metal (não fixa) no estacionamento do estádio;

– o Corinthians divulga nota na qual se solidariza com os torcedores feridos, e critica o comportamento do São Paulo e a falta de segurança do Morumbi.

CONCLUSÃO:

O São Paulo, mandante da partida, anunciou, de modo intempestivo e inábil, o rompimento de uma prática de décadas, concedendo uma carga diminuta de ingressos para o Corinthians, dono da maior torcida da cidade de São Paulo. O Corinthians, pego de surpresa, como toda a sociedade, e vivendo uma semana pré-eleitoral, manifestou forte repúdio à decisão sãopaulina. Desencadeou-de, desse modo, uma espiral de acirramento de ânimos, que culminou no desastre após o término do clássico, para o qual foram determinantes a imperícia da PM e a insegurança do Morumbi.

O São Paulo foi o grande culpado pelo desastre ocorrido no último domingo, pois,

– era o mandante da partida;

– foi autor do ato que motivou a controvérsia;

– não exerceu de modo adequado a organização do evento, pecando ao criar clima de animosidade, ao não disponibilizar ingressos em condições de venda com a antecedência devida, ao não oferecer condições de segurança aos torcedores que acorreram ao seu estádio, e ao não prestar a devida assistência médica aos feridos no Morumbi.

Larissa: Concordo! A única ressalva que faço é que me parece que a diretoria são-paulina já havia noticiado a diretoria do Corinthians quanto à carga de ingressos antecipadamente. Pela aceitação, achei que fosse uma atitude amparada por lei, mas não é, então, sem comentários. Você está correto. Abraços alvinegros.

Comentário por Ricardo

E o óbvio ululante aconteceu, como diria Nelson Rodrigues.

Pergunto a você Larissa , e a todos os que escrevem e lêem esse blog.

Algum de vocês acreditava realmente que essa história toda não ia dar em M…???

É claro que agora depois de tudo consumado, nós os Corinthianos vamos defender nosso lado e os tricolores vão defender o deles.
E todos apontaremos os culpados, cada qual segundo a sua ótica.

Porém é necessário fazer uma reflexão.

Futebol é antes de tudo , um esporte, um jogo.
Poucas pessoas participam de algum jogo para perder.
O torcedor é um jogador que não joga, é um apaixonado que ama o seu time, as suas cores, o seu distintivo.
Não sei se acontece com todos, mas quando eu vejo o distintivo do Corinthians eu sinto uma coisa boa imediatamente, é uma imagem que mexe comigo e que me faz pensar em coisas boas, em alegrias, em sentimentos de vitória e de realização pessoal.

Realização pessoal SIM ,porque para mim cada vitória do Corinthians é uma realização pessoal, é uma coisa que EU conquistei, pois eu sou um daqueles que grita e canta nas arquibancadas, nas numeradas, no alambrado e até no morrinho do Pacaembú quqndo não tem mais ingresso.

Eu sou um daqueles que sofre com rádio colado no ouvido e chora vendo o meu Timão pela TV ganhar títulos em Porto Alegre, em Brasília, em Campinas , ou no Rio de Janeiro, ou em qualquer parte do Brasil e do Mundo.

Eu faço parte disso tudo, e tenho certeza que cada Corinthiano pensa e sente exatamente como eu.

Mas, com a maturidade, lá pelos meus vinte e poucos anos, me pus a refletir que existem pessoas que sentem algo parecido pelos outros times, ou por equipes de outros esportes, ou por artistas.

E acho que essas pessoas tem o direito de pensar e sentir o que querem, e eu respeito isso.

Mas quando alguém, que sente alguma coisa por algum time, nem que seja uma leve simpatia, vem falar mal do Meu Corinthians, vem tentar denegrir a história de um time, que por trás de sí carrega um povo, uma nação, e a única torcida que tem um nome (Fiel Torcida), perde o amigo que eu poderia ser, pois eu respeito, mas exijo que me respeitem, e que respeitem o meu Corinthians.

Então, aquí deixo um recado para aqueles que pensam que podem vir aquí, e escondidos atrás de um nick, ou um nome falso defenderem aquilo que não se justifica de forma nenhuma, aquilo que foi tramado e planejado para tentarhumilhar a Fiel e fazer a torcida deles parecer maioria e que resultou em pessoas feridas gravemente.

Vão para o inferno, enfiem o Morumbí no C…(Larissa, me desculpe)

E sejam homens de pelo menos assinarem os seus nomes.

O meu é José Freeman Junior, e o meu apelido é Zé Favela, e eu sou Corinthiano, Maloqueiro e sofredor, Graças a DEUS!!!

Larissa: Concordo contigo Zé. Aceitei alguns comentários, os que não continham xingamentos, em nome da democracia que tanto desejo ver no Corinthians e pensei que poderia ter início aqui, mas como o intuito é apenas distorcer fatos, acusar e enfim, tudo que você já descreveu no seu comentário, a partir de agora, a menos que haja respeito e abordagem real dos fatos, eles serão censurados. Abraços alvinegros.

Comentário por José Freeman Junior

Vamos aos fatos:

1 – a torcida em menor numero deveria ser evacuada primeiro, além de ser mais rápido a segurança dos que foram deveria ser preservada.

2 – bomba lançada do estacionamento do spfw contra os torcedores (ou polícia como dizem), com qual intenção…. causar tumulto e culpar a torcida corinthiana, nenhum ser humano por mais imbecil que possa ser, jogaria uma bomba na polícia estando ele trancado no interior de um estádio sem ter para onde correr.

3 – do nada cai do poste um promotor querendo reduzir pra 5% a carga de ingressos para torcida visitante, minha pergunta é porque não proibir então torcida visitante (esse da pra relevar pois só quer aparecer).

4 – duas diretorias hipocritas discutindo ingressos, de um lado um no palanque e do outro um imbecil querendo peitar a instituição que organiza (ou desorganiza) o evento e utilizando o cidadão como escudo.

5 – agora que o problema foi na casa deles o jogo acabou no domingo e não se fala mais nisso.

6 – disseram que encontraram duas bombas na torcida corinthiana iguais aquela que explodiu, como puderam saber que era igual se da outra não sobrou nada, e como entrou a bomba no estádio se a torcida organizada, no caso todos os torcedores que lá estiveram, foram resvistados com todo rigor de um soldado da Rota.

Obs. depois da candidatura da Copa no Brasil o futebol vem perdendo seu brilho.

Larissa: Bem pertinente, Toel. Infelizmente é isso mesmo. Abraços alvinegros.

Comentário por Toel

Embora não esteja no manifesto, cabe ressaltar que a diretoria do Corinthians não colaborou também. As vezes me pareceu que o Andrés queria fazer um “showzinho” para as torcidas organizadas. Mas é um manifesto muito interessante, com certeza. Abraços Alvinegros

Larissa: Caio, erros existem de todas as partes: diretorias, federação, PM. O que estamos defendendo aqui é o direito do corinthiano que não tem culpa da incompetência alheia e tem de ouvir que se trata de um bando de marginais. Me engana que eu gosto, né senhores da imprensa?! Abraços alvinegros.

Comentário por Caio Junqueira

Larissa, assino embaixo e adiciono nos comentários algumas considerações. Primeiro que não houve briga de torcidas, como quer mostrar a imprensa. Houve o despreparo da PM, que conseguiu transformar em baderna um ambiente supreendentemente calmo que predominava na saída do jogo. Por incrível que pareça, os espíritos estavam desarmados – apesar de algumas cadeiras e vidros quebrados que, particularmente, acho justo por conta dos R$90.

Vejam, portanto, que é o novo gás, só que agora a imprensa não quer de jeito nenhum culpar o responsável pela partida, ao contrário do que fez no Paulistão do ano passado. Particularmente, de novo, eu jogaria ainda mais gás nos nojentos leonores.

Por fim, e ao contrário de muitos, acho certa a postura de embate da diretoria corinthiana. Não podemos deixar que se repita o erro de 1938, quando demos vida a uma corja já moribunda.

Abraços!

Larissa: Boa Claudio! Quanto à postura da diretoria corinthiana, a crítica não se refere exatamente à uma postura, mas a falta de ação por trás das palavras pronunciadas. Mais efetivo seria agir, ao invés de emitir notas oficais que só geraram ainda mais discórdia, tudo para depois começarem, lentamente, a retirar as próprias palavras, como já fizeram no caso do afastamento do Coronel Marinho. Abraços alvinegros.

Comentário por Claudio

O mando de campo era do São Paulo.

O São Paulo foi quem jogou a bola de neve da discódia montanha abaixo, com o anúncio intempestivo sobre os 10%.

O São Paulo loteou o seu estádio para “parceiros comerciais”, e não teve como acomodar, de modo seguro, a torcida visitante. Improvisou uma obra na entrada do estádio, com resultados, como se viu, lamentáveis.

O São Paulo praticamente desmontou todo o aparato que cerca uma partida, com cerca de 6.000 torcedores ainda dentro do Morumbi. Apagou as luzes. Onde estava a assistência médica?

E O DR. PROMOTOR ESTÁ PREOCUPADO EM CONFIRMAR AS TESES DO VEREADOR PITBITOKA?

Larissa: Pois é. Preocupa-se com tudo, menos com o primordial: a torcida, ou seja, os consumidores dos campeonatos. Abraços alvinegros.

Comentário por SAMUCA

Larissa: 1- Não generalize, conheço muitas pessoas que lá estavam e não se encaixam nos termos, aliás, quem se encaixa bem pode ser um sócio de cadeira cativa, pois foi do estacionamento destes que a bomba em direção à torcida corinthiana partiu; 2- A responsabilidade pela segurança do estádio é do mandante. Se nem o SPFW, nem a PM conseguem agir de maneira correta, a culpa certamente não é dos corinthianos.

==================================================

Essa é boa, um sócio da cadeira cativa, vai jogar bomba no proprio estacionamento, quebrar o vidro do proprio carro para incriminar um ´´bando de loucos“… Loko é loko. Vc está querendo tapar o sol com a peneira… Nem o SPFC nem a PM conseguiram segurar esse bando de loucos, pq vc´s foram pra uma guerra… Vc´s foram no Morumbi pra arrebentar… Veja o blog do Quartarollo ele mesmo detona a torcida de vc´s e olha que ele é corinthians… Corinthianos foram pegos com bolas de bilhar com polvora… Não tente explicar o inexplicavel.

Saudações tricolores.
Tri-Hexa

Larissa: É óbvio que não depredariam seus próprios carros, por isso a bomba foi lançada em direção à torcida corinthiana. O seu patrimônio, possivelmente, não lesariam, mas outras vidas… Nada grave, não?!

Comentário por SPFC

Vc quer que todos sejam coniventes com esse bando de loucos… foram pra destruir tudo que encontraram pela frente, combinaram pelo Orkut…
Agora vem pagar de santinhos… para né!
De santo vc´s não tem nada, até São Jorge caiu e quebrou ano passado…

Larissa: O que uma imagem tem a ver com a situação? Isso é o que eu chamo de não ter argumentos.

Comentário por SPFC

Larissa, esse manifesto eu copiei ontem aqui viu. Abraços a maninha!!!

Larissa: Certo maninho! Vamos divulgar! Abraços alvinegros.

Comentário por Ribamar Bianchini

como sempre vc mata a pau, valeu, continue defendendo o timão. principalmente contra os bambis que frequentam aqui e querem debater.
como tambem o citadini fez com o victor birner em seu blog.

Larissa: Obrigada… Abraços alvinegros.

Comentário por marco

Depoimentos de Corinthianos, que estiveram la, eh o que vale para mim. Fomos massacrados.

http://colunas.globoesporte.com/yulebisetto/2009/02/18/nos-nao-esquecemos-relatos-de-quem-estava-no-morumbi/

Larissa: Ok. Mas é a última vez que aceito link desse blog aqui, ok?! Somente pelo conteúdo dos depoimentos que são de outras pessoas. Os próximos que você insistir em colar deste blog, pode fazer diretamente lá, aqui não mais serão aceitos. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Esse entao, foi de arrepiar

DESANCANDO MADAME

http://anarcorinthians.blogspot.com/2009/02/desancando-madame.html

Larissa: O blog dele é muito bom, por isso o listei aqui também… E não me admira você ter gostado do post rs… 🙂
Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

ESTÁ MAIS DO QUE NA HORA DE A TORCIDA DO CORINTHIANS COMEÇAR A BOICOTAR OS ALIMENTADORES DA 3ª GUERRA MUNDIAL.

EU JÁ TENHO ESSA ATITUDE, E ESPERO QUE A FIEL, COMO JÁ ESTÁ ACONTECENDO, COMEÇE A FAZER SUA PARTE PRA VALER.

JÁ MUDAMOS PRESIDENTE, JÁ REEINVINDICAMOS DIRETAS JÁ NO PAÍS, JÁ PEDIMOS ANISTIA AOS EXILADOS POLITICOS E LUTAMOS CONTRA A DITADURA, ESTÁ NA HORA DE LUTARMOS CONTRA AQUELES QUE IRÃO ACABAR COM O MAIOR PATROMÔNIO DO BRASIL, O FUTEBOL, TUDO PORQUE A MADAME QUER ELITIZAR O ESPORTE E OS INSANOS DA CANALHICE ESTÃO FAZENDO SUA PARTE..

CHEGOU A HORA !!

Larissa: Por isso essa conscientização é importante. As pessoas precisam saber do que se trata para combater. Abraços alvinegros.

Comentário por Caverão do Timão

Larissa, mais uma grandiosa piada do Contru: Não irá multar e nem interditar (ainda que em parte) o Morumbi do São Paulo Futebol Clube, apesar de ter um muro com construção irregular e ter mostrado ser altamente perigoso, tendo inclusive causado grande número de vitimas. O Corinthians reforma meio lance de arquibancada na Fazendinha para poder acomodar deficientes e enche de fiscal e engenheiros da prefeitura vetando a obra.

Mais uma vez o tratamento dado ao bambis é diferenciado, mais uma vez a vista grossa do poder público. Sangue e fraturas exposta foram pouco, parecem que eles morte e mesmo assim que seja em grande número.

Larissa: Não me surpreende em absoluto. Mais do mesmo… E assim continuará enquanto aceitarmos que essa situação permaneça inalterada. Abraços alvinegros.

Comentário por David Emmanuel

[…] ganha da municipalidade para agir no interesse privado de seu clube. … Veja o post completo clicando aqui. Post indexado de: […]

Pingback por municipalidade.net - Manifesto em Defesa da Nação Corinthiana « Corinthians: Preto no …

Nossa Larissa? Nao sabia que voce tinha inimizade com a Yule. Neste assunto deste post entao voces duas estao na mesma direçao defendendo o Timao.

Mas tudo bem, nao mencionarei mais nada do blog dela aqui, atendendo seu pedido.

Pra vc ver como a gente que esta por fora do meio, nao sabe de nada. Jamais imaginaria que a Yule fosse manipulada, sempre achei uma corinthiana apaixonada, tanto quanto voce.

Mas se voce esta dizendo eh porque tem conhecimento nao eh?

Eu jamais suspeitaria que blogs fossem manipulados por interesses de terceiros, sempre achei que as pessoas que se expoem nos blogs, sao muito bacanas e corajosas.

Mesmo o Paulinho, que sempre eh mencionado aqui, que eu nao gosto diga-se de passagem, falam que eh manipulado mas eu nunca acreditei, sempre achei que eh um jeito meio louco dele mesmo.

Que mundinho cao esse nao?

Entao completando a informaçao que vc me pediu sobre o Mano X Nike, achei o video no youtube, pra vc. conferir

E o contrato do Elias tambem esta no youtube:

Larissa: ToFicandoRouco, eu detesto ter de passar opiniões pessoais sobre outros blogueiros. Tanto que sempre evito isto e procurar responder sobre um fato ou outro, não sobre a pessoa. Mas você já tinha passado o link uma vez e deixei passar, agora, novamente… Veja bem, que ela é corinthiana apaixonada, eu até não duvido, embora acreditasse muito mais nisso antes dos últimos acontecimentos, mas que confia e tem respaldo de pessoas que não merecem confiança é fato e ela diz por a mão no fogo por eles… Mas enfim… Quem viver, perceberá… E sim, graças a Deus, as diferenças são muitas. Obrigada pelos links, vou assistir e depois respondo. Obs: Você sempre escrevia insinuando que as pessoas escreviam coisas em blogs com más intenções. Mudou de ideia? Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Larissa. Tem mais um, com o Keirrison e o Mano, assim ninguem cria alguma teoria da conspiraçao contra o Timao. rsrsrsrsrsrs

Larissa: Os vídeos eu já tinha visto, exceto o do Keirrison por falta de curiosidade mesmo… Mas não entendi a relação com o teu comentário anterior, sobre contrato, afinal, o Corinthians é patrocinado pela Nike, me parece natural que os funcionários do clube façam esse tipo de propaganda. Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

O que aconteceu no domingo foi muito sério, não pode ser esquecido nem deixado de lado.

O momento não é para se falar em contemporização, nem em paz.

O MOMENTO É DE SE FALAR EM JUSTIÇA.

Quem liberou aquele trambolho de estádio tem que ser punido, junto com OS BAMBIS, MANDANTES DA PARTIDA.

O trambolho do Jardim Leonor (ou Panetone, ou Morumbicha) sempre foi um lixo. Mas, depois da “modernização” e daquele muro improvisado, ele virou uma armadilha.

QUEM LIBEROU UMA PASSAGEM DE 3 METROS PARA 6000 PESSOAS TEM QUE SER PUNIDO.

QUEM DEIXOU AQUELAS CERCAS SOLTAS, EM MEIO A TORCEDORES DESRESPEITADOS E ENRAIVECIDOS, TEM QUE SER PUNIDO.

O TRAMBOLHO DO JARDIM LEONOR TEM QUE SER INTERDITADO.

Já se interditaram estádios por muito, mas muito menos, do que aconteceu no domingo.

Aqueles que chamaram o Andres de “idiota” são os mesmos que batem palmas para as nada sóbrias atitudes da diretoria dos bambis, e que se calaram com a declaração estúpida daquele imbecil ofendendo os corinthianos, divulgada nessa terça-feira.

Aqueles que chamaram os Gaviões de animais e de bandidos são os mesmos que divulgam as ações da organizada bambi , aquela da Rua 24, mais enaltecendo do que criticando (”mas não falaram que eles eram bambis? pois então…”)

SÃO DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.

SE O CORINTHIANS FOSSE O MANDANTE E DONO DO ESTÁDIO, A INTERDIÇÃO TERIA SIDO IMEDIATA.

E O PREFEITO E O GOVERNADOR CONVOCARIAM UMA ENTREVISTA COLETIVA, PARA ANUNCIAR QUE “TENDO EM VISTA A GRAVIDADE DOS FATOS OCORRIDOS, FICA CLARO QUE O ESTÁDIO NÃO TEM CONDIÇÕES DE RECEBER JOGOS DA COPA DO MUNDO”, E QUE PROCURARIAM POR OUTRO OPÇÃO.

SE OS DEZENAS DE FERIDOS FOSSEM BAMBIS, NÃO SERIA PRECISO A DIRETORIA DO CLUBE CHAMÁ-LOS DE “MÁRTIRES”. A IMPRENSA TODA SE ENCARREGARIA DISSO.

Portanto, os corinthianos não podem deixar a sua indignação ser abafada por falsos pacifistas ou falsos moralistas, que nada mais são do que advogados informais dos bambis.

OS CORINTHIANOS QUEREM JUSTIÇA.

Larissa: Mas parece que só nós estamos lutando por ela… Infelizmente. Tudo bem, somos 30 milhões, mesmo se formos só nós, mobilizados conseguiremos! Abraços alvinegros.

Comentário por João

Esse paulinho é um verdadeiro idiota, o sp nao liberou metade dos ingressos porque sabe que em SP e muitas outras cidade a FIEL é maioria e sabia que se liberasse a metade para nós seriamos maioria porque somos torcida de garra e os bambis só tem torcida de nome conheço um monte de gente que se diz saopaulino que nem sabem nem quem é o treinador, por isso liberaram só 10% e mesmo assim a bambizada nao lotou o estádio, INVEJOSOS É ISSO QUE SAO, SÓ TEM PLAYBOY E PATRICINHA NA TORCIDA DELES. e sem sem contar que nao tem nem grito de apoio pra bambizada, ocupam o tempo em nos homenagiar O CORINGAO VOLTOU E VOLTOU COM TUDO SE PREPAREM BAMBIZADA, PORCADA O QUE VIER A FIEL VENCE. BJOKAS

Comentário por Lenira




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: