Corinthians: Preto no Branco


Os sanguessugas do futebol brasileiro
fevereiro 20, 2009, 6:11 pm
Filed under: Uncategorized

Tempos atrás, postei aqui no blog um texto intitulado Lulinhas: Lei Pelé e o Fim do Futebol Brasileiro. O texto passou, mas o conteúdo segue firme e cada vez mais forte a minar a nossa paixão nacional.

Recentemente, o repórter do Lancenet, Bruno Andrade, fez um post em seu blog – Cláusulas e mais cláusulas, na matéria ele confirma como são realizados os contratos dos atletas empresariados por Wagner Ribeiro. Diz: ” Em breve vamos negociar novamente. ELE AINDA NÃO JOGOU O NÚMERO DE JOGOS QUE TEM EM SEU CONTRATO. Ainda não sabemos se vamos emprestá-lo para outro clube. Tudo depende do posicionamento do Vagner Mancini – disse. Eu já tinha visto diversas cláusulas em contratos de jogadores. Multa rescisória, tempo de acordo com direito a empréstimo futuro, etc. Agora, número mínimo de jogos em contrato é o cúmulo. É revoltante. E a culpa da insistência em escalar Lulinha (também empresariado pelo dito cujo) em 2009 era de Mano Menezes? Será?”

Certa vez, a blogueira conversou informalmente com um jogador de futebol que acabou confessando essas cláusulas. Não havia nenhuma prova, nem contrato em mãos, mas a suspeita fazia total sentido. O jogador em questão também afirmou que os problemas do técnico Emerson Leão, no Corinthians, tiveram início graças a sua recusa em realizar determinadas escalações. Desde então, quando a blogueira e corinthiana incurável vê o técnico Mano Menezes, a beira do gramado, descontente com as atuações de Lulinha, porém, mantendo o meia durante 90 minutos de jogo, é essa conversa de anos atrás que vem a mente e irrita ainda mais que as péssimas atuações da eterna promessa da base.

Alguns leitores do blog já questionaram o fato de a blogueira não suportar o técnico Mano Menezes, esta cita sempre as razões técnicas, por poder comprova-las, e guarda para si essas desconfianças de que um treinador até então inexpressivo no cenário nacional, que havia ganho alguma Série B e algum Gauchão – o torneio de dois times – deixava que ordens superiores interferissem no bom andamento de seu trabalho.

Por isso, há tempos tem-se aqui a mesma perspectiva que o Lou Mello, meses atrás, postou em seu bom blog:

“Técnicos ganhando altos salários são coniventes com as intenções escusas dos dirigentes. Eles fazem boas campanhas em outras equipes, quando ganhavam bem menos, mas tinham mais autoridade e liberdade para montar e dirigir suas equipes.”

Anúncios

17 Comentários so far
Deixe um comentário

Não a culpo integralmente, mas acho que a Lei Pelé contribuiu fortemente para abrir esse precedente.

Ocorre que a quase falência de todos os clubes faz com que eles fiquem reféns dos empresários e sejam obrigados a assinar contratos com essas cláusulas esdrúxulas. Alguns contratos podem ser assinados dessa forma porque corre algum por fora, mas acho que a maioria é imposto dessa forma pelos empresários mesmo. E não é um demérito só do Corinthians não.

Certa vez ouvi o Sr. Delcir Sonda dizer que impõe uma cláusula contratual que diz que se houver uma oferta por qualquer de seus jogadores que ultrapasse um determinado montante o clube é OBRIGADO a efetuar imediatamente a venda, não importando se não há peça de reposição no clube ou se o campeonato ainda esteja em andamento.

Quanto ao Lulinha, eu mesmo dei uma pesquisada na net para acompanhar uma pequena parte de sua trajetória após ele fazer três gols logo no jogo de estreia do Brasil no Panamericano de 2007. Eu esperava realmente muito dele, mas concordo que houve uma forçação de barra em sua escalação o ano passado, o que vem ocorrendo atualmente com o Souza também.

Já acho que o Leão entrou no Corinthians só para arrumar treta com determinados jogadores com o intuito de arrumar uma desculpa para a MSI fazer caixa antes de o Ministério Público determinar algum tipo de sequestro de bens. Que técnico diria publicamente que não gosta de argentinos quando se tinha o Tevez e o Mascherano no elenco?

A conivência dos técnicos com essas escalações contratuais realmente é uma coisa triste de se ver, mas talvez não haja lugar para eles trabalharem se não for dessa forma.

Comentário por Luís Carlos

De acordo, completamente.

Comentário por Lou Mello

Tema complicado dessa vez em, Larissa… Quanto ao Lulinha, é óbvio que o desempenho dele é muito abaixo do esperado, afinal fazer 300 gols com 17 anos é um grande feito, que gera demasiadas expectativas.

Eu nunca ouvi falar em número mínimo de jogos em contrato, mas não é algo que me surpreende, ainda mais se tratando de Wagner Ribeiro, que sempre força a barra contra os clubes. Até aí, tudo bem, pois quem paga seu sálario é o jogador. Mas o que impressiona é sua força e poder nos bastidores, sempre conseguindo lesar os cofres dos clubes, que investem milhões em diversos jogadores que trazem prejuízo, para recuperar essa grana muitas vezes em um craque apenas. Aliás, o Wagner Ribeiro já questionou publicamente até a forma que o Mano escala o Lulinha, para ele absurda!

Quanto a diretoria, é complicado… Por um lado é mais do que patético aceitar algo desse gênero e se submeter as vontades dos empresários. Por outro, é muito fácil para a gente ficar criticando aqui fora, mas sem saber como o negócio anda lá dentro mesmo. Será que o Corinthians tinha outra opção? Convenhamos que dispensar um jogador que parecia ter um potencial enorme, seria algo inaceitável por todos nós. Se o caso Fagner já foi uma novela, imagina o que seria com o Lulinha… Mas acho que aceitar número mínimo de jogos extrapola qualquer limite de bom senso. Se um empresário propõe isso, cabe ao presidente ir na mídia e revelar o teor da conversa. Acredito que é o único recurso de defesa contra esses empresários.

Cabe ressaltar que não é apenas o Corinthians que sofre com esses problemas. Por exemplo, o Man Utd tem três jogadores brasileiros que nunca jogaram em times profissionais aqui, os irmãos gemeos Fabio e Rafael, e o volante revelado no Inter Rodrigo Possebon. Os casos Neymar, Robinho, entre muitos outros, são exemplos também…

Por frequentar este espaço a pouco tempo, não tinha conhecimento desta tua “implicância” (não entenda mal, apenas não encontrei a palavra adequada) com o Mano. A minha opinião é de que é um bom técnico, que vem realizando um trabalho muito sólido. É um cara sério e competente, no qual eu deposito muita confiança. Eu,de certa forma, até me solidarizo com as críticas feitas por você a ele, mas se estivesse no teu lugar teria ponderado elas um pouco mais. Que o sálario dele é incompátivel com sua experiência, não tenho dúvidas. Porém discordo das razões técnicas. Não acredito que ele seja um técnico retranqueiro, nem fraco, muito menos incompetente. Talvez seus times não primem pela beleza do futebol, mas até aí os do Muricy também não. Aliás, o que este último tinha ganho quando veio para o SPFC? Lógico, a grande diferença é o sálario. Mas não podemos culpar o Mano por isso. Um já provou ser top, o outro para mim está no caminho certo. Seus times apresentam padrão tático bem definido, possuem uma forte bola parada e sabem se utilizar do fator casa muito bem. Mas também está evidente que falta a ele muito amadurecimento, pois ele erra bastante em jogos capitais. Foi assim contra o Sport, na Ilha do Retiro, e também contra o SPFC, onde o time não jogou nada no primeiro tempo.

No blog do Bruno, me parece que essa situação do Lulinha serve para defender o trabalho do Mano, colocando-o como vítima de um péssimo negócio da diretoria. Aqui, o tom é o oposto. Culpa-o por se submeter a tal situação. Para mim, a insistência do Mano nele, levando em conta que é verdade o que está nesse post, passa a ser uma questão administrativa, não de responsabilidade do técnico. Como você já disse em outro post, manda quem pode…

Saudações Alvinegras

PS: Hoje começou essa especulação do Tevez. A manchete do Lance: Real Madri, Inter de Milão e Timão na briga. A diretoria poderia trabalhar em silêncio, assim como fez muito bem no caso Ronaldo.

Comentário por Caio Junqueira

O que entendi foi que no contrato do jogador do peixe esta estipulado o numero de jogos.
Portanto, sem ver se no contrato de Lulinha eh o mesmo caso, trata-se de pura ilaçao do Bruno Andrade, quando diz, “serah?”.
Se diz serah? eh porque nao sabe, portanto, como acredito mais no Mano, espero que exibam o contrato, para ver se eh igual ao do jogador do peixe.
No entanto, o gancho para quem nao gosta do Mano, foi um prato cheio, porem como sempre, apenas suposiçoes.
Preto no branco, nao eh.

Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Larissa, infelizmente isso é mais um dos muitos motivos pelo qual o futebol é sempre questionado. Muitos torcedores não acreditam mais em árbitros, tribunais, federações, confederações e agora nos próprios clubes que se transformaram em barriga de aluguel dos “filhos” dos empresários. Quem não se lembra da descoberta da última máfia do apito que resultou em 11 jogos anulados? Pois bem, isso vai de encontro a matéria sobre a conduta da imprensa que poderia destacar a coragem do STJD na época de mandar jogar novamente os jogos onde o árbitro e a própria Polícia Federal comprovaram as maracutaias, infelizmente a imprensa fez exatamente ao contrário e até alguns jornalistas de araque ainda acham que os jogos não deveriam ser anulados prevalecendo o resultado dentro de campo, vejam bem! Mesmo sabendo da roubalheira comprovadas pala Policia Federal eles defendem o indefensável em nome não sei de que. Nem mesmo prestaram atenção nas denúncias comprovadas de que o campeonato paulista também foi manipulado em pelo ao menos 19 partidas e ganho pelo queridinho são paulo jf, A FPF na época simplesmente alegou não ter datas disponíveis para remarcar os jogos proclamando assim o são paulo jf como campeão Paulista em 2005. Ignorando até o das denúncias ítem que envolvia o tal de Bastos diretor do são paulo jf e diretor também da FPF, aliás BASTOS é o mesmo envolvido no caso do Madonão ou Envelopão que lembro a seguir. No final de 2008 tivemos os fatos envolvendo o caso Madonnão ou Envelopão que as autoridades sequer tiveram o cuidado de investigar usando o básico que é quebrar o sigilo telefonico de ninguém, mas já inocentaram o árbitro e o são paulo jf, daqui a alguns dias o Del Nero também será inocentado, tudo está sendo feito a conta gotas e o que o torcedor pode esperar se o próprio Ministro dos Esportes Orlando Silva entrou em cena para colocar panos quentes, tudo em nome da Copa do Mundo no Brasil viu. Abraços a maninha, bom carnaval!!!

Comentário por Ribamar Bianchini

A máfia corre solta. Vendo a coisa pelo lado do meu time, a esperança é ainda menor, posto que lá todo mundo tem o rabo preso.

Comentário por jeff

Razoavelmente chato usar tantos “a blogueira isso…”, “a blogueira aquilo”…

Falar tanto em terceira pessoa do singular é tão feio quanto os jogadores que só falam na primeira do plural.

De qualquer modo, é só um feedback.

Comentário por Ronaldo

Bom, 3 x 1 , pro Timao. Chances de gols do Guara de tecnico novo que ganhou 10 dos ultimos 12 pontos disputados, UMA, UMA. Qual?
No gol de FALTA, INEXISTENTE.

Chances de gols criadas pelo Timão, claras, 18.

Sem comentarios. Bom carnaval. Ah! E o Elias hein? Que folego e que raça.

Comentário por ToFicandoRouco

ATENCAO,ATENCAO PESSOAL DE TODAS AS TORCIDAS O TAL DE MARCO AURELIO DISSE QUE NAO PRECISA DE TORCIDAS ADVERSARIAS NO MORUMBI,QUE O SHOW DA MADONA RENDEU O MESMO QUE DOIS ANOS DE ALUGUEL DO TIMAO…..SUGIRO ENTAO QUE NENHUM TORCEDOR COMPRE PRODUTOS DA LG,QUE NINGUEM VA MAIS NO MORUMBI PRA NADA,DIGO SHOW,EVENTO,BINGO OU JOGOS DO NOSSO TIME.VAMOS VER SE ESTES CARAS VAO PEDIR PINICO.PASSE ESTA IDEIA PRA TODOS OS BLOGS E TORCIDAS CHEGA DE ARROGANCIA

Comentário por marcelo

Concordo, mas há alguns pontos que não estou de acordo, acho o Mano Menezes um bom profissional, tem feito bem seu trabalho. O ano passado todos esperavamos muito do Lulinha, e fomos decepsionados, esse ano ele ja vem jogando melhor, mais solto, pois não há toda aquela espectativa sobre ele, agora todos estão fervorosos esperando o show do Ronaldo Fenomeno. Quanto a Lei Pelé concordo em grau, numero e genero

Comentário por Gustavo Madalhano

Nao sabemos(apenas supomos) se o contrato de Lulinha contem essas clausulas, e se tiver, eh sabido que o mesmo foi firmado anos antes da chegada do Mano. Portanto lamentavel.
Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

2×0 Mais 3 pontinhos. Chuuuuuuupem secadores de plantao, Bambis e correlatos.

Comentário por ToFicandoRouco

Larissa, tem fortes rumores de que o patrocínio do Corinthians vai ser fechado em breve e que no pacote existem muitas coisas boas como o estádio, você está sabendo de alguma coisa nesse sentido? Abraços maninha!!!

Comentário por Ribamar Bianchini

larissa kd vc

voltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa rssss

Comentário por marco

Uma correção no comentário do Lou Mello: o correto é “intenÇões”.

Comentário por Heloisa

É triste isso. Os clubes de forma geral, e o Coringão particularmente – e de forma medonha – é refém desses falsos financiadores, acobertados justamente por cláusulas da Lei Pelé.
Sendo assim não é mera conivência de jogadores e empresários, mas é fato que se não dançarem conforme essa péssima música, estarão excluídos do futebol.

Nós Corinthianos devemos lembrar do exemplo máximo de Amor manifestado pelo senhor Manuel Nunes, que recusou emprego do cartola do frufru, mais uma penca de dinheiro, e não deixou a sua vocação, sua razão de vida, seu Amor, que viu nascer e ajudou a construir (aliás, foi uma das Almas brilhantes que mais ajudou a erguer essa gigantesca Nação). Poucos clubes tem um ídolo desse.
E agora pergunto, que valor a imprensa leviana dá ao NECO? Ele que tirou o estigma de brasileiro perdedor pra uruguaio e argentino em 1919? E isso veio da boca do próprio Friedenreich, tido como o “rei” do futebol na época. Bobagem: o rei de verdade foi NECO!
Mas como ele é a Alma Corinthiana, pouco valor se dá, e pouco se comenta sobre ele.

É nosso dever, portanto, como Corinthianos, elevar essa referência ao patamar que lhe cabe de fato.
E fazer com que os mais jovens observem essa referência.
Para perceber que esse tipo de futebol de hoje é simplesmente execrável, e que de fato só vale a pena porque está ali o MANTO SAGRADO DO CORINTHIANS PAULISTA.

Beijos

Comentário por Filipe

Adorei esse site vou indicar para meus amigos, Para quem gosta de discussões sobre futebol pode acessar o http://www.futebolforum.co.cc

Comentário por Samuel




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: