Corinthians: Preto no Branco


Aguenta coração!
fevereiro 28, 2009, 6:17 am
Filed under: Uncategorized

FIEL, o filme, começou a ser produzido no ano passado por Gustavo Ioschpe, especialista em documentários sobre futebol, e o intuito era fazer uma narrativa através da mais fiel dentre as torcidas, o bando de loucos. Para isso, foi criado um site para que os corinthianos deixassem seus depoimentos e os melhores foram selecionados para estrelar no documentário. O Filme da Fiel estará disponível muito em breve, mas enquanto ele não chega, o trailler já nos mostra o quão difícil será conter as lágrimas e a emoção ao reviver o momento mais difícil da história do povo corinthiano:

A blogueira que esteve em Porto Alegre no dia 02/12/2007, confessa que só esse trecho já emocionou demais…

São lembranças de um tempo de sofrimento que voltam à mente e ao coração, mas somos corinthianos, somos mais fortes, somos guerreiros, nos levantamos, sacodimos a poeira, demos a volta por cima e agora viramos tema de filme! É “nóis” na fita, ou melhor, na telona!

Corinthianos que somos, nós nunca abandonamos o nosso gigante, pelo contrário, trouxemos ele de volta e o próximo passo é bater todos os recordes de bilheteria do Brasil para prestigiar a nós mesmos, a nossa história narrada e exposta para quem ousar duvidar que “o Corinthians não é só um time e uma torcida, é um estado de espírito”

Anúncios

9 Comentários so far
Deixe um comentário

So a gente sabe o que eh isso. Voltamos com muita tranquilidade e sem sofrimento. Acho que o “Eu nunca vou te abandonar”, ja diz tudo, mas tudo mesmo. Nao foi uma frase para a segundona nao, eh pra sempre. Eh uma frase forte e espetacular que da animo ate nas derrotas que com certeza acontecerao daqui pra frente.
Acho que tambem o torcedor aprendeu uma liçao, com o rebaixamento, ficou mais tolerante com o time, e compreendeu que agredir jogador depois de uma ma partida nao tem sentido, e nao tem mesmo.
Pedras no caminho sempre colocarao, o unico problema eh que se forem muito grandes, a volta definitiva em torno delas atrasa o sonho.
Corinthians meu amor, minha historia, minha vida, outra verdade que saiu do fundo do coraçao.

Larissa: Com toda certeza foi um aprendizado e que bom, afinal, para que servem os contratempos se não para nos trazer conhecimento, experiências, lições? Abraços alvinegros.

Comentário por ToFicandoRouco

Larissa, preste atenção nessa matéria da revista Placar, depois você coloca a imaginação para funcionar, por exemplo se o clube em questão fosse o Corinthians! Eu perguntaria o seguinte a você: O que a imprensa de sampa estaria explorando agora?

O risco Washington
A principal reportagem da edição de março da Placar é sobre Washington. A revista chegará nas bancas na próxima semana, mas vou antecipar o assunto. Estamos falando de uma questão séria que envolve a vida do jogador.

Descobrimos que todos os jogadores do São Paulo fizeram um check-up no Hospital do Coração no início da temporada. Todos, menos um: Washington. E por que não fez? Por que a equipe médica do HCor – que há muitos anos faz os exames do São Paulo e é referência em medicina do esporte no Brasil – acredita que casos como o de Washington são perigosos demais para valer o risco.

O São Paulo, contudo, cortou o mal pela raiz. Como sabia que o HCor não aprovaria sua principal contratação para a Libertadores, simplesmente o tirou do grupo que fez o check-up da pré-temporada. Confiou no médico particular do jogador e dispensou os conselhos do HCor.

Ouvimos todos os envolvidos nessa intrincada história. Mostramos, com detalhes, os problemas médicos de Washington. Além de cardiopata, ele é diabético. Algo raríssimo, senão inédito no esporte de alto rendimento. Você julgará se o São Paulo está agindo corretamente ao colocar Washington em campo.

Ribamar:

Levantei essa questão da placar por motivo muito simples, aliás por uma pergunta muito simples: Alguém já pensou se esse atleta estivesse atuando pelo Corinthians, o que os urubus de plantão não estariam falando e criticando nossa diretoria?

Como é no são paulo jf ninguém fala nada;

Será que é só por falta de ibope?

Será que ninguém se interessaria por um fato desses?

Gente, o cara corre risco de vida! Como pode um clube como o são paulo colocar um atleta nessas condições para jogar?

Será que ele é tão importante a ponto do clube aceitar esse risco em troca de alguns gols com a camisa do clube?

Se o são paulo jf entende que o médico do atleta é mais importante do que o HCor (Incor) então porque leva os demais atletas ao instituto para exames de rotina?

Larissa: Maninho, eu não tenho o devido conhecimento sobre o caso dele, não analisei as condições, os exames, etc e tal, portanto, não posso responder se está correto ou não ele estar em atividade, no entanto, posso responder pelo que conheço da mídia se o caso fosse no Corinthians, aliás, nem preciso responder, né?! Abraços alvinegros.

Comentário por Ribamar Bianchini

Fantástico! Apesar da tristeza, o mais importante é a força dessa torcida.

Aqui é Corinthians!

Larissa: Demais, demais! Abraços alvinegros.

Comentário por Claudio

Vai ser lindo, pela torcida e pelos profissionais envolvidos.

PS: o que vc acha do último “Caso Ronaldo”?

Larissa: De fato os profissionais envolvidos também são fantásticos, o filme promete!!! Fiz um post sobre o Ronaldo. 😉 Abraços alvinegros.

Comentário por jeff

há muito tempo e felizmente por isso. é com pessoas como essas, e com milho~es de outras, que o Corinthiansa sempre conta.
Pior é observar, qeu os dirigentes, sejam eles quais forem, nunca deram a mínima para os devaneios, desejos e sacrifícios, dessa abnegada massa.
A se confirmar noitadas, mais do que comprometedores de atletas e “dirigentes”, é de se chorar mais, se emocionar mais. Por essa gente, por outras milhões e pleo objeto dessa paixão o Corinthians.

Larissa: Pedro, querido, você simplesmente resumiu o meu pensamento. Abraços alvinegros.

Comentário por pedro geraldo

Responderei a todos assim que sobrar um tempinho… Prometo!!!

Beijos,

Lara

Comentário por Lara

Explicar o Corinthians é como falar de algo que não existe, algo que teve que ser inventado para fazer alguns homens mais felizes, pois passaram a conhecer a verdade que vem do peito, sem nenhuma máscara.

Larissa: É como dizia nosso saudoso Diaféria: “O Corinthians é uma mista de anseio popular, de fibra, é um fenômeno sociólogico ainda não investigado direito.” Abraços alvinegros.

Comentário por Caverão do Timão

arrepiou… sem palavras…

Larissa: Imagine a íntegra! E quem já assistiu a exibição fechada disse que está realmente emocionante de deixar sem palavras! Abraços alvinegros.

Comentário por Ronaldo Ribeiro

O Washington joga assim desde de 2005! Não é novidade.Todos sabem deste seu problema.
O nadador gary Hall Jr, também é diabético, o que não impediu que ganhasse 8 medalhas olimpicas ( 4 de ouro).

Larissa: Registrado. Abraços alvinegros.

Comentário por Luiz




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: