Corinthians: Preto no Branco


Comemorar…
abril 23, 2009, 6:38 am
Filed under: Uncategorized
"Triste é ser humano para quem não é corinthiano."

❝Triste é ser humano para quem não é corinthiano.❞

Quem torce para o Corinthians sofre, mas também sempre tem motivos para celebrar. O simples fato de ser corinthiano é comemorado todos os dias, isto porque a afirmação anterior não é de todo verdadeira. Comemora-se, sim, o fato de ser alvinegro, no entanto, não há nada de “simples” nisto. Simples é ser palmeirense, são-paulino ou santista. Estas são escolhas, respeita-se, mas para ser corinthiano, como diz Durval Arantes, é preciso ser eleito por Deus.

E por São Jorge, nosso santo que, mais uma vez, atendeu às súplicas do seu povo… E veio a volta por cima, a redenção corinthiana, a renovação dos votos de amor e fidelidade de uma torcida que é uma nação e o Coringão voltou porque esse time é guerreiro demais, tal qual o nosso padroeiro.

É por isso que no dia 23 de abril São Jorge passou a dividir sua data especial com a sua Fiel nação e de acordo com a Lei nº 12.404/97, Art. 1° ficou instituído

no âmbito municipal, o Dia do Torcedor Corinthiano, a ser comemorado, anualmente, no dia 23 de abril.” (Câmara Municipal de São Paulo, 22 de maio de 2007).

É uma justa homenagem ao corinthiano que, com sua fidelidade, alegria e persistência, contagia toda a nação brasileira. Ainda mais justo é partilhar desta data com São Jorge, o padroeiro de várias cidades em todo planeta e a inspiração e proteção espiritual do Todo Poderoso Timão. Convenhamos, nunca se rezou tanto para esse cavaleiro, símbolo da coragem e da vitória do Bem sobre o Mal. E digo que nada poderia ser mais justo que as homenagens ao santo e à torcida se encontrarem na mesma data porque todo corinthiano é guerreiro e mata um dragão por dia com a paixão pelo Timão.

Que o santo nos acompanhe, proteja e ilumine em mais uma encruzilhada e que o elenco do Corinthians seja tocado por sua lança para que saibam, sempre, o que significa vestir o manto sagrado.

Salve São Jorge guerreiro, “que o poder da sua espada nos proteja, nos ampare contra os nossos inimigos, livrai-nos do mal, afastai-nos do perigo. Dai-nos a proteção de vossas falanges para que não sejamos vencidos pelos que nos perseguem, para que sejam afastadas todas as maldades projetadas contra nós pelos que desejam nos destruir porque estão dominados pela inveja (…) Sob a vossa proteção, glorioso São Jorge, que os olhos da inveja não nos vejam, que as mãos da maldade não nos atirem pedras”.

 Saravá Ogum, Axé meu Pai.

Salve Corinthianos do mundo, com vocês eu deixo Paulinho Nogueira, que tão bem cantou o que é ser Corinthians,

 

Anúncios

16 Comentários so far
Deixe um comentário

Parabéns Fiel!

Todo dia é o nosso dia.

Parabéns pelo post, mocinha.

Beijo

Larissa: Obrigada, Pedro. Parabéns a todos nós! Saudações corinthianas.

Comentário por Pedro

MEUS 20 ANOS (AI, CORINTHIANS)
(Paulinho Nogueira)

São 20 anos de espera,
Devoção e muito amor.
Cada vitória é uma festa
E a derrota um dissabor.
Até um simples empate,
Que podia consolar,
Quase sempre é conquistado
Quando é preciso ganhar.
Mas nessas poucas vitórias,
Algumas sensacionais,
A gente esquece de tudo
Não desanima jamais.

Ai, CORINTHIANS,
Cachaça do torcedor,
Colorido em preto e branco,
Sem preconceito de cor.
Ai, CORINTHIANS,
Quando és o vencedor,
Pobre fica milionário
Rindo da própria dor.

E lá se vão 20 anos,
Alimentando ilusão
Renovando a esperança,
Agüentando gozação.
Quantos domingos sombrios,
Eu, eterno sonhador,
Chegava em casa arrasado,
Maltratava o meu grande amor.
Meu São Jorge, me dê forças,
Pra poder um dia, enfim,
Descontar meu sofrimento
Em cima de quem riu de mim

Larissa: Escolhi essa por ser a minha música favorita e é pelo motivo de ser, das canções corinthianas, a mais fiel em traduzir o sentimento desta Nação e o que significa ser Corinthians. Parabéns a todos nós! Saudações corinthianas.

Comentário por Thiago Ferreira

Não conhecia seu blog, PARABENS!

SALVE PADROEIRO!!!! SALVE SÃO JORGE!!!!

Larissa: Seja bem-vindo então, Cadu. Obrigada, saudações corinthianas.

Comentário por Cadu

Larissa.
Que São Jorge Guerreiro abençoe a todos nós.
Parabéns a toda Nação Corinthiana, pelo dia de seu Santo Padroeiro. Se São Jorge é o Padroeiro Deus é da Fiel!!!

SALVE JORGE!!! SALVE CORINTHIAS!!! SALVE FIEL!!!

Abraços Corinthianos a todos!!!

LINCOLN.

Larissa: Com certeza Deus é Fiel, Lincoln. Parabéns a todos nós! Saudações corinthianas.

Comentário por LINCOLN

Parabéns!
VIVA O CORINGÃO!!!
ASÈ

Larissa: A todos nós! Salve o Corinthians. Abraços alvinegros.

Comentário por Filipe

Tem fé que Jorge é de ajudar
a todo Corinthiano Guerreiro
São Jorge, cavaleiro da dor
São jorge é protetor dessa imensa
nação Alvi-negra.

Vai Corinthians!!!!
Abraço a todos os Corinthianos do blog!!!

Só quem é pra saber o gosto de ser.

Larissa: É Toel, só quem é, sabe o que é e triste de quem não é! Abraços alvinegros.

Comentário por Toel

Parabéns pra gente, pra nossa nação corinthiana, essa religião, esse amor q. atravessa barreiras.É nós hoje e sempre!!!

ps. Lara tu conhece a história do dia q. o corinthians salvou São Jorge, graças ao arcebispo Dom Paulo “Corinthiano” Evaristo Arns?

sds.

Larissa: Oi Edu! Conheço sim… Foi uma das primeiras coisas que postei aqui no blog, quando ainda nem tinha visitas e funcionava mais como um diário, mas dá uma olhada: https://larissabeppler.wordpress.com/2008/03/22/por-que-somos-fieis-o-santo-que-nos-inspirou/

Parabéns a todos nós! Abraços alvinegros.

Comentário por Eduardo-Itajai

São Jorge morreu por ser fiel ao cristianismo. E é nessa data que nos aproveitamos para renovar nossos votos de eterna fidelidade ao Corinthianismo, sempre vestidos com as roupas e as armas Jorge.

Salve Jorge da Capadócia, salve Oxossi, salve Ogum, salve São Jorge, salve toda Nação Corinthiana! Neste ano é só nóis!

Larissa: Perfeito, Luís! *Ótimo vídeo. Abraços alvinegros.

Comentário por Luís Carlos

Eita… sinceramente eu não me lembrava desse dia
hahahah

Mas obrigado, e PARABÉNS pelo nosso dia.
Dia de olhar pro céu e pedir a benção de São Jorge pra Fiel.

E VAI CORINTHIANS!

Beijos e Abraços a todos os fiéis do blog 😀

Larissa: Anote na agenda! hehe… Parabéns a todos nós mesmo e a homenagem é mais do que merecida. Abraços alvinegros.

Comentário por Reinaldo

É gol alegria do povão
Meu São Jorge Guerreiro
Vai matar mai um Dragão

(Carlinhos Vergueiro)

Parabéns Nação, parabéns 30 milhões de corações!!!

Larissa: “É nóis”, David!!! Abraços alvinegros.

Comentário por David Emmanuel

Larissa, eu gosto muito dessa do toquinho, provavelmente você conhece:

Corinthians do Meu Coração
Toquinho

És grande no esporte bretão,
O passado ilumina tua história.
Ciente de tua missão:
Vitória, vitória, vitória.

Corinthians do meu coração,
Tu és religião de janeiro a janeiro.
Ser corinthiano é ir além
De ser ou não ser o primeiro.
Ser corinthiano é ser também
Um pouco mais brasileiro.

Tens a tradição
De um clube tantas vezes campeão.
Pelos teus rivais, temido;
Pela tua FIEL, querido.

Ser corinthiano é ir além
De ser ou não ser o primeiro.
Ser corinthiano é ser também
Um pouco mais brasileiro.

Larissa: Conheço todas, Clê, pois tenho o meu acervo corinthiano aqui, e amo todas, mas o meu carinho todo especial, pela identificação é com a do vídeo, no entanto, essa do Toquinho é a que eu sonho em ver sendo entoada nos estádios, mas sempre me dizem que não é possível por ser muito extensa. Bem que poderíamos cantar só até a segunda estrofe, então… Não? Abraços alvinegros.

Comentário por Clemilson

Olha, eu não faço idéia de quantas corinthianas bonitas e inteligentes existem, mas tenho a convicção que a mais bela e perspicaz está aqui. Parabéns pelo Blog! Você é uma das inspirações para que eu entrasse nesse mundo virtual. Saudações Corinthianas, sempre!

Larissa: Oxalá! Quem sou eu? Mas obrigada, de coração… Melhor presente do que servir de inspiração pelas vias do corinthianismo, só a vitória dos próximos domingos mesmo! Abraços alvinegros.

Comentário por Isaac Monteiro

Saravá, Saravá,
Salve o Santo Guerreiro,
E uma vela pra saudar,
Meu São Jorge Padroeiro!

Vai Corinbthians!

Abraços,

Freeman(Zé Favela)

Larissa: Saravá meu pai Ogum, sai zica e vai Corinthians! Abraços alvinegros.

Comentário por José Freeman Junior

DOM ARNS, O PAPA PAULO VI, SÃO JORGE E O CORINTHIANS.

Um antigo secretário do papa Paulo VI (secretário esse que veio a tornar-se cardeal) contou-me que o Santo Padre sempre passeava pelos jardins do Vaticano meditando e, de quando em quando, parava para chamá-lo. Às vezes, o secretário corria, porque o papa parecia ter pressa. Era esse o momento em que Paulo VI puxava do bolso um papel ou um caderninho e, assim, passava lembretes de assuntos importantes, dos quais o secretário deveria preparar a pauta ou tomar providências.

Fui recebido muitas vezes pelo papa Paulo VI. Sempre que minhas funções me obrigaram a ir a Roma, não deixei de solicitar audiência com ele. Num dos encontros, levei um item mais na agenda. Motivo: a imprensa acabara de divulgar a famosa lista que os jornalistas logo iriam apelidar de “cassações de santos”. (Na verdade, tratava-se apenas de um reordenamento no calendário oficial da liturgia, que excluiu do rol então existente nomes de santos celebrados só em algumas determinadas regiões, e não no mundo todo.) Tal publicação, ao menos em São Paulo, suscitou uma onda de reclamações por parte dos que não se conformavam com o fato de seus santos favoritos terem sido excluídos do catálogo.

Foi o caso de São Jorge, patrono da Inglaterra e do Corinthians. Nosso povo entendeu que a Igreja não mais o considerava santo. E começou a protestar. Pois bem: decidi levar esse clamor popular ao próprio papa.

“Santo Padre, nosso povo não está entendendo direito a questão. São Jorge é muito popular no Brasil, sobretudo entre a imensa torcida do Corinthians, o clube de futebol mais popular de São Paulo.”

Logo percebi, pela expressão de seu rosto, que Paulo VI entendera o problema. Respondeu-me sem pestanejar: “Não podemos prejudicar a Inglaterra nem o Corinthians”. Puxou então um papelzinho (tal como ele costumava fazer nas caminhadas pelos jardins do Vaticano com seu secretário) e anotou, de próprio punho, o nome do arcebispo americano, encarregado das comunicações na Cúria Romana, a quem eu deveria procurar de imediato, levando-lhe o recado pontifício de que Sua Santidade era a favor da justificação da lista. “Caso contrário”, acrescentara o papa, “seremos culpados de um equívoco.”

Assim fiz, mostrando o bilhete papal ao arcebispo e explicando-lhe que, de acordo com o papa, São Jorge, embora passasse a não figurar mais no calendário universal, deveria constar ao menos do calendário da Inglaterra e do Brasil. Nesses dois países, o santo não só poderia continuar sendo venerado, como deveria sê-lo o que de fato aconteceu.

Meu simpático interlocutor tentou ficar com o bilhetinho, por conter seu nome grafado pela caneta e pelo punho do papa. Mas não deixei, porque também eu, afinal, queria guardar a pequena lembrança de minha audiência com o pontífice.

Esse meu encontro com o papa não me sai da memória, embora tenha ocorrido há mais de trinta anos. Para mim, estão muito vivas suas palavras finais naquele dia: “Temos de respeitar a devoção do povo, porque a Igreja, como nos ensinou o Concílio, é formada de uma boa porção de gente”.

Meu contato com o encarregado das comunicações desfez de imediato o equívoco de que São Jorge caíra do cavalo e ficara por terra para sempre. O arcebispo americano me garantiu:

“Ele está no Céu, protegendo os ingleses, que ensinaram o Corinthians a jogar, e certamente vai cuidar para que as derrotas, causadoras de tanta tristeza nos torcedores, não se multipliquem. Esteja certo, caro Cardeal Arns, de que minhas providências serão imediatas. É só o senhor conferir.”

Ao despedir-se, acrescentou ainda:

“Paulo VI é amigo da juventude. Deseja sempre transmitir esperança e alegria ao povo, assim como o senhor fará com o povo de São Paulo, tão logo para lá regresse. O Corinthians não pode perder a esperança por nossa causa! Pode confiar seus fiéis à proteção de São Jorge!”

A esperança o Corinthians não perderá nunca, mesmo porque Paulo VI também é santo!

(Dom Paulo Evaristo Arns, da obra “Corinthiano, Graças a Deus!”)

Larissa: Mas, mas, mas vocês hein? Além de comentar, agora querem me fazer chorar aqui nos comentários?! Amo de paixão esse livro, bem escrito, bem amado, bem ilustrado e bem corinthiano. Este é nosso Dom Paulo Evaristo Arns… Abraços alvinegros.

Comentário por Paulo

SALVE JORGE, SALVE O CORINTHIANS.
SALVE ESSA NAÇÃO ESCOLHIDA POR DEUS PARA SER CORINTHIANS.
MUITOS SÃO CHAMADOS, POUCOS SÃO OS ESCOLHIDOS.

Larissa: Salve, salve Willian! Abraços alvinegros.

Comentário por Willian

Pesquisa DataFig*®

CORINTHIANS CONTINUA SENDO O CLUBE DE MAIOR TORCIDA NO MUNDO !
(da Agência Newter)

Com a popularidade do Flamengo caindo, vertiginosamente, nos dois últimos anos, o clube preferido do Brasil passou a ser, merecidamente, o CORINTHIANS, carinhosamente chamado de TIMÃO, conforme levantamento feito pelo DATAFig*®, a maior empresa de pesquisa de opinião pública do planeta.

Nas sondagens preliminares, do DATAFig*®, apontam que nos últimos anos o clube carioca vinha caindo um ponto percentual por mês, mas nos dois últimos chegou a 3 mensal, e, tem, hoje, o apoio de apenas 14% da população brasileira, bem abaixo da do CORINTHIANS, que está com 21%. Em terceiro vem o São Paulo, com 8%, que suplantou da do Palmeiras, com 5%. A seguir vem Vasco, com 4%, Grêmio, Botafogo(rj) e Cruzeiro, com 3%, Santos, Internacional e Fluminense, com 2%, e Atlético, Bahia, e Sport, com 1%, e Ceará e Santa Cruz, com menos de 1%.

A diminuição drástica do número de torcedores flamenguistas, segundo os analistas do DATAFig*®, se deve, principalmente, ao vexame nos últimos anos do time da Gávea, não só no Campeonato Carioca, como Brasileiro, Copa Brasil, Copa Rio-São Paulo, Taça Libertadores, como até em torneios “meia-boca”, como diz um dos mais importantes cronistas esportivos do Brasil, Milton Neves.

Já o CORINTHIANS, com o suporte da mais perfeita torcida organizada já idealizada, GAVIÕES DA FIEL, que conquistou, recentemente, a Copa Brasil e a Copa Rio-São Paulo, os analistas do DATAFig*® alegam que teve um aumento considerável nestes últimos anos mormente por ser o o primeiro clube CAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES (Fifa Club World Championship). Soma-se a isso a subida vertiginosa das segunda para a primeira divisão do Campeoanto Brasileiro. A conquista da Copa Brasil de 2009 coroou a performance Corinthiana. Se conseguir vencer o Brasileirão de 2009 obterá a TRÍPLICE COROA !

A maior parte, dos que ainda preferem o Flamengo, está dentre os jovens que não acompanha de perto o futebol e se dizem como tal apenas pela fama de outrora ou porque os pais, antigos flamenguistas, acham que seus filhos devem ser. Esses estão concentrados nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Sul de Minas. Há algumas concentrações de flamenguistas em regiões pobres do Norte, Nordeste e extremo Oeste, e os esporádicos espalhados em todas as cidades, inclusive São Paulo, conforme se poderá verificar nas planilhas do DATAFig*®, contudo sem importância relevante. Além do mais, há de se destacar que a pesquisa, realizada pelo DATAFig*® , utilizou de um critério inédito e inovador, nesse tipo de sondagem de opinião pública, cujo item levou o nome de “dupla militância”, que alguns preferem chamar de “torcida terceirizada”. Trata-se do torcedor que, ao ser perguntado para que clube torce, ele responde, por exemplo, “Ceará e Flamengo !” Nesse caso a resposta foi considerada voto para o Ceará, o clube do coração mesmo, não a segunda opção. Assim, para os que disseram que eram torcedores de dois clubes (exemplos: Remo e Corinthians, Sporting e Palmeiras, Vitória e Fluminense, Náutico e Santos), os votos foram para Remo, Sporting, Vitória e Náutico.

Nesse levantamento revelou-se uma curiosidade: O Corinthians é o clube, em cujo local de origem, que tem menos torcedores com “dupla militância”. Quer dizer, o corintiano, normalmente, torce somente para o clube dele, o quê vem reforçar a tese da sua imensa torcida que é, hoje, a maior do planeta.

É, pois, enganosa a informação quando aponta o Flamengo como detentora da maior torcida, porque grande parte dos seus “torcedores”, o cita como segunda opção. Na realidade, esses torcedores são do Ceará, Remo, Sporting, Vitória, Náutico, Coritiba, Figueirense, etc. E, com o Campeonato Brasileiro, Taça Brasil e outros torneios de amplitude nacional, a tendência do torcedor é optar apenas para o seu clube local, o quê fará com que fique patente a supremacia do SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA.

No levantamento do DATAFig*® , realizado entre os dias 12 de Fevereiro a 30 de Junho de 2009, foram ouvidas 9.657 pessoas em 578 municípios de todos os Estados do Brasil. A margem de erro máxima conseqüente desse processo de amostragem é de menos de 2 pontos percentuais para menos ou para mais, considerando um nível de confiança de 96%.

Todos os formulários, planilhas e tabulações estão à disposição dos interessados na sede do DATAFig*®.
Repórter Gabardino Júnior

Matéria na Internet

Comentário por Marcelo de Faria




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: