Corinthians: Preto no Branco


O torcedor, o direito e o ingresso
maio 8, 2009, 10:39 pm
Filed under: Uncategorized
“O Corinthians é o time do Povo e é o Povo quem vai fazer o time.” (Miguel Bataglia, o primeiro presidente do SCCP)

“O Corinthians é o time do Povo e é o Povo quem vai fazer o time.” (Miguel Bataglia, o primeiro presidente do SCCP)

O post de hoje é uma carta, quase um manifesto, de torcedores que estão absolutamente indignados com a majoração abusiva dos ingressos para os jogos do Timão. Como corinthianos e conhecedores da história e tradição de nosso clube, somos radicalmente contra essa tentativa de elitização do esporte mais popular deste país, que é o futebol. O absurdo e extorsivo aumento dos ingressos para os jogos do Corinthians só contribui para que essa elitização ocorra. E não há sequer meios para que isto se concretize em solo Tupiniquim.

É espantoso que o nosso vice de marketing seja um economista e não saiba disso, embora nem tanto se uma análise pregressa for resgatada, afinal, Rosenberg foi um dos autores do texto do Plano Collor, fato que já sinaliza que “economia” não é bem a dele.

 Por tudo isto, discutindo em fóruns corinthianos,  a seguinte carta foi elaborada e divulgada:

O torcedor, o direito e o ingresso

Srs. Andrés Sanchez e Luís Paulo Rosenberg,

É com perplexidade que a Fiel recebe a notícia de que, mais uma vez, ocorreu abusiva majoração no preço dos ingressos para jogos do SCCP.

Em várias ocasiões, temos elogiado vossas iniciativas, mas agora cabe também a justa crítica. Como os senhores bem sabem, tratamos do Corinthians, instituição muito maior que qualquer organização com fins lucrativos. Por isso, não se aplica aqui a tal lei da “oferta e da procura”. A regra que deveria imperar nesse caso seria aquela do respeito ao corinthiano, seja ele do estrato A, B, C, D ou E.

O que se vê de vossa parte é uma radical política de elitização do público do futebol. Garantem-se alguns ingressos “baratos”, parte deles para os organizados, e afasta-se larga parcela da classe média, a que normalmente ocupava as numeradas e o setor laranja.

Atentem: NADA neste país teve, neste ano, aumentos tão abusivos quantos as entradas para os jogos do SCCP. Em Novembro, o setor especial laranja, por exemplo, custava R$ 40. Passou a R$ 70. Agora, chega a R$ 100. Aumento de 150%.

O que no Brasil teve esse acréscimo? Nada!

Sem contar que entre março de 2.008 e março deste ano, o rendimento médio real da população (IBGE) não superou 5%. Vossa atitude não deixa de ser uma rasteira também em quem aderiu ao Fiel Torcedor, pois o “desconto” tem sido comido pelos aumentos abusivos.

No setor laranja, por exemplo, para ver dois jogos por mês, um pai e dois filhos gastariam R$ 360, mais R$ 52,5 da parcela mensal da anuidade. Total de R$ 412,50. Some-se a isso transporte, estacionamento e alimentação e o valor ultrapassa R$ 500.

Os “negociantes” vão dizer que sempre haverá quem pague esses valores. Pode ser verdade. Mas será que vossa estratificação segregacionista manterá a diversidade da Fiel no estádio?

A resposta é não!

Sim, fortaleçam nosso caixa. É preciso.

Mas tenham um pingo de consideração com a diversidade e o direito sagrado do torcedor corinthiano.

Saudações alvinegras,

Um bando de loucos pelo Corinthians.

.

Nota do Blog: Vale ressaltar que a promessa feita quando os ingressos foram majorados era de que fossem minorados até a final do Campeonato Paulista, hoje, aproveitam-se da boa fase do time para aumentar os setores que ainda não tinham sofrido com os preços abusivos e mantiveram e até aumentaram o valor dos setores que já estavam inflacionados. Quem adere ao Fiel-Torcedor, como esta que assina o blog, assim mesmo não pode realizar o seu principal motivo de ter assinado o plano, que era acompanhar a todos os jogos, devido à inflação dos ingressos que nem os descontos oferecidos pelo plano compensam. É L A M E N T Á V E L.


30 Comentários so far
Deixe um comentário

Ondeu eu assino ???

Comentário por Tassio moura

Pode assinar num email ao clube. Quanto mais pessoas enviarem, melhor. Mais pessoas descobrirão quem são eles através das aberrações que eles chamam de resposta. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa

Alguém tinha que pagar a conta pela má administração, a corda estourou do lado mais fraco.
Ele quer sim elitizar o publico, ele não faz questão da nossa (torcedores comuns) presença no estádio, pois quem precisa ser agradado e faz pressão quando algo da errado em seus interesses pode estar certa que terá facilidades de ganhar seus ingressos com preços populares.

Beijo

Comentário por alvaro

Acho que até estes já estão sendo prejudicados, como previ que seriam, bastasse sentirem que o trono é deles de fato e seria inevitável chutar até os… bom… você sabe quem. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

É realmente um fato lamentável. E o pior é que os outros clubes quando mandam jogos contra o Corinthians também se aproveitam para tirar uma casquinha. Espero que a Diretoria nos dê ouvidos agora, já que não o fizeram no início do ano.

Mas não vejo o absurdo como tentativa de elitização do futebol não. Outros clubes estão agindo no sentido oposto.

Oficialmente, a desculpa para os aumentos do início do ano era de que o valor adicional arrecadado seria utilizado para pagar parte do salário do Ronaldo. Fizeram isso mesmo antes da sua estreia.

A situação financeira do clube é uma coisa realmente preocupante, embora, para um bom gestor financeiro, seja perfeitamente administrável. Ocorre que não se pode colocar o fardo provocado por gestões incompetentes e/ou fraudulentas exclusivamente nas costas dos torcedores, parte dos quais já provocam brigas familiares por conta desses gastos.

Contratem menos Acostas, menos Souzas e menos Túlios que vocês conseguirão mais do que conseguirão com o aumento abusivo dos ingressos.

Comentário por Luís Carlos

Eu não entendo esta controvérsia. A situação financeira é preocupante? Suponho que seja, mas os nossos diretores financeiros publicaram balanços com superávit, bradaram o melhor patrocínio do país, dentre outras coisas, então, não vejo razão para explorarem o torcedor, a menos que tenham mentido. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

O time tá quebrado, esta é a verdade, e eles querem passar a conta da incompetência deles para nós. Simples assim. Cadê a administração criativa que iria trazer novos meios de arrecadação? Não quero saber de Wolverine no treino se isso não trouxer caixa! Como o Paulinho fala, é a Esquadrlha da Fumaça mesmo…

Comentário por jeff

Pois é… Balões de ensaio, só pra variar… Vamos ver até quando. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Graças a Deus vocês compreenderam o intuito do post. Achei que seria xingada por defender os direitos da torcida. É que de repente parece que um título cegou a todos (quase todos), como já foi com o Dualib também (Ah! E ele era vice)… Acho bom que nos mantenhamos assim: de olhos bem abertos.

Comentário por Larissa Beppler

Parabens. Nao pelo post, mas pela atitude correta de cobrar a Diretoria de maneira franca e justa.

Acho essa forma de cobrança legitima e principalmente honesta, para com os Corinthianos e o proprio Corinthians, muito, mas muito mais preferivel, do que alguns faladores e achistas que campeiam por ai.

Lançar aleivosias ao vento, alem de nao produzir nenhum resultado pratico (o que acredito, esta carta produzira), revela muito mais vontade de aparecer do que preocupaçao com o resultado final, que sempre deveria ser o bem do Timao.

Escrever e assinar uma reclamaçao, ou pedido de justificativas, eh sinonimo de coragem e cara limpa.

Oxala, tenham a coragem de dizer que Wolverine veio por livre e expontanea vontade dele, um fato para mim auspicioso de prestigio de Ronaldo e do Corinthians, que transformam em merda, com apenas duas palavras, subliminares de que veio para encobrir alguma coisa com fumaça.

Comentário por Thiago Ferreira

100 reais para ver na cadeira laranja?

Isso é absurdo!!!

Realmente a classe média ficou sem opção.

Abraços,

Freeman(Zé Favela)

Comentário por José Freeman Junior

É… Ficou! Não existem preços médios no estádio, aliás, existe os ingressos de R$30, na arquibancada que muito pai de família não frequenta, por razões óbvias. Que eu não posso frequentar por ameaças da gentinha deles, etc e tal. Bonito, né? Uma bofetada na cara da FIEL que lotou os estádios na Série B, que nunca abandonou… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Mais um gol contra da diretoria.

Comentário por Toel

Pois é… Me lembrou até o Coelho naquela Libertadores… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Já sai mais barato pegar o avião e ir para o Maraca do que ir ao Pacaembú.

Comentário por Álvaro de Campos

Por incrível que pareça, pro meu setor e Fiel torcedor sai mesmo. Ridículo. Justo agora que mudei para SP para poder acompanhar, sai mais barato viajar p outros lugares. Lamentável. Fico imaginando a situação dos milhões que podem ainda menos do que eu. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Quem eh Jonathan Mendes? Esse documento no blog do Citadini esta como se fosse desse outro cidadao. Eu nao escrevo no blog mas li nele, que foi clonado como se nao fosse seu Larissa.

Larissa: Ué, eu expliquei acima que num forum corinthiano elaboramos uma carta, o Jonathan não é o autor, mas participa do fórum e resolveu enviar ao Rosenberg, que respondeu, já os meus emails ele não responde mais e eu sei bem o porquê. Não vi a publicação do Citadini, mas gostaria de saber se ele publicou também a nova resposta que o diretor de marketing mandou para o Jonathan, sobre uma questão que levantei no fórum e o garoto enviou a ele. Foi tão repugnante que somada a palhaçada de ontem no Pacaembu, onde me senti lesada de ter pago R$100 para assistir “aquilo” ao lado só de conselheiros e bicheiros, pq torcida não tinha, me deixou sem a menor vontade de escrever nesse blog. Abraços alvinegros.

Comentário por Thiago Ferreira

eles querem jogar apenas com o tobogã e setor amarelo, acho que é isso que vão conseguir.

palhaçada

Comentário por marco

Tá difícil até para estes, que já protestara, aliás. As laterais do campo, parte que mídia cobre, aliás, já estão vazias e a pressão, a ajuda da torcida não parece fazer diferença para os senhores, talvez nem os resultados façam, desde que continue entrando dinheiro nos caixas e nos bolsos. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Lamentável essa postura da diretoria.
A corda realmente arrebentou para o lado mais fraco!

Comentário por Fábio Queiroz

Onde mais poderia arrebentar? Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Isso explica a notícia que vi hoje sobre a baixa procura de ingressos na abertura das bilheterias para o jogo contra o fluminense.
Corremos o risco de mandar um jogo de quartas-de-final de campeonato com a parte central do estádio “vazia”.
Não existe nada que justifique os preços das cadeiras, porém, concordo com os R$ 30,00 das arquibancadas para os jogos decisivos da Copa do Brasil.
Ficou claro que o título do Campeonato Paulista subiu à cabeça dos dirigentes.
Foi bom, valeu demais, vencer os nossos aspirantes a rivais, sp e santos, mas está se dando um valor maior do que o estadual merece.
Temos que lembrar que o objetivo da temporada ainda não foi alcançado: chegar a libertadores, de preferência com um título (Copa do Brasil ou Brasileirão).
A contratação de Ronaldo e o desempenho no estadual (responsáveis pela política indecente de preços dos ingressos) serão ESQUECIDOS se o Corinthians não chegar à libertadores 2010.

Comentário por maximo

É.. Mas n acho que a contratação do Ronaldo justifique os fatos, afinal, estragaram a camisa para quê? Os outros clubes que mantem excelente plantel não avacalharam com suas respectivas torcidas e correm na direção oposta, aliás. Fatos que levam a crer que se precisam tirar recursos dessa fonte é pq há incompetência ou roubou em outras, infelizmente. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Lamentável ter que pagar uma fortuna para assistir um jogo de futebol, em um estádio que nem banheiro descente existe, e mais, para assistir um time com jogadores reservas.
E mais uma vez a diretoria joga a bomba nas costas da torcida, ao em vez de colocar o ingresso mais barato, para empurrar o time reserva a vitória, eles preferem faturar em cima de nós apaixonados.
Pelo jeito o Andres e sua diretoria se esqueceu que a maior parte da torcida corinthiana é formada de pessoas humildes, que na maioria das vezes gasta seu unico dinheiro só para assistir a sua maior paixão em campo.
Obs.: 15 mil pessoas na estréia de um campeonato brasileiro, pela tamanha fidelidade de nossa torcida é lamentavel, depois de um ano sofrivel na série B.
E não se esqueçam que culpa é dessa diretoria dinheirista.

Comentário por Eduardo Manchon

Realmente, não há nada que justique no estádio ou no campo este abuso. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

TEM Q AUMENTAR O PREÇO SIM.. TEM Q ELITIZAR SIM …
Vc sabe a imagem q o Corinthians passa ?? akele CT no fim do mundo onde os jornalistas tem medo de ser assaltados ??
ou o Corinthians é time grande ou não é. e pra ser grande precisa de $$$. Td mundo quer ter o Ronaldo no clube mas ngm qr pagar por isso. Pra ser corintiano n pode ter tds os dentes na boca ?? tem q fumar maconnha ?? tem q ir de chinelão e regata ??? ACORDEM isso aki é pais de copa do mundo .. o q é errado são as condições do estadio
MAS QUEM É CORINTIANO DE VERDADE AJUDA O TIME COMPRANDO CAMISA ORIGINAL.. DVD FIEL E PAGANDO INGRESSO !!! TEM Q PENSA GRANDE !!! POR ISSO Q ATE HJ N TEMOS UMA LIBERTADORES … UM TIME N SE SUSTENTA SÓ DE PAIXÃO

Comentário por Karol

E você? Conhece a história do clube? Pois ele foi fundado por pessoas que não poderiam pagar esses preços, como a maioria dos corinthians e, pasme, dos brasileiros, que infelizmente não habitam, conforme dito, um país de Copa do Mundo, ainda não! É o time do povo sim e com muito, mas muito orgulho. “Gosto do meu Corinthians principalmente por isto: é o clube identificado com os pobres, é o clube em que se representa a malta dos deserdados, o sanatório geral, a gente sem-berço, a gente sem classe, a gente do meu país.

Estou no lugar certo, no lugar em que me sinto bem, em que eu também me represento, como alguém que teve o privilégio de estudar, que teve boas condições na infância, mas que não esquece a pilhagem secular que as elites desta terra praticaram contra os desdentados desta terra injusta, contra os pobres sempre acusados de ignorantes e ladrões por aqueles que sempre fizeram de tudo para privá-los de educação e de condições materiais para viverem com dignidade.

Estes mesmo trabalhadores e pobres de todas as cores e de todas as origens foram capazes de criar um clube de futebol que deu certo, que cresceu e que continua representando a imagem dos muitos milhões que sonharam, sorriram, gozaram e sofreram com ele nestes noventa e cinco anos.

Gosto muito do meu país mestiço, desdentado, cafuzo e confuso, preto e branco.

Gosto muito do meu alvinegro, do meu Corinthians!”

E nem de longe arrancar do estádio os corinthianos humildes, mas que a vida inteira gastaram o seu dinheirinho suado ali, vendo o Corinthians jogar, muitas vezes a única opção de lazer desses alvinegros é a solução. Longe, muito longe disso.

O encarecimento dos ingressos tem uma justificativa falsa: o “preço do futebol”. Pois este deveria ter recursos de outras
fontes. Se é preciso elevar preços de ingressos é porque existe incompetência e roubo em outras áreas de captação.

Esta foi apenas uma “brilhante” forma de afastar o torcedor dos estádios, especialmente aqueles da classe média.

Se precisamos de torcida nestes jogos decisivos, pouco importa aos cartolas sedentos de lucros.

Abuso sem precedentes da boa vontade da Fiel. Atentado contra a economia popular.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa,

Você tem a informação de quantos lugares são disponibilizados para cada setor do Pacaembú ?

Comentário por maximo

[…] blog o assunto foi discutido no post O torcedor, o direito e o ingresso e esta blogueira, pelos motivos já citados anteriormente, considera a atitude da diretoria […]

Pingback por A voz do povo « Corinthians: Preto no Branco

[…] a torcida reclamou que eles [dirigentes do clube] estavam pedindo muito alto no ingresso disseram que era o preço de […]

Pingback por Das contratações que não chegam « Corinthians: Preto no Branco




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: