Corinthians: Preto no Branco


Tempo de Cornetar
maio 12, 2009, 5:52 am
Filed under: Uncategorized

post-corneta

Antes de soltar o verbo, faz-se um aviso aos “manos de tudo”: não leiam este post!

Recado dado, pode-se, então, rumar aos recentes e principais acontecimentos do âmbito corinthiano,

 

Estreia: Foi sem glória e sem brilho a volta do Timão à elite do futebol nacional, mas tinha tudo para ser um jogo embalado por coros de “Ô o Coringão voltou!”. Não foi, pois graças aos preços extorsivos nem a torcida estava presente em peso no estádio (apenas 15.424), nem o time entrou em campo, ambos, priorizando a Copa do Brasil. A Fiel porque precisou optar pelo confronto decisivo, uma vez que pagar altos preços no ingresso, duas vezes por semana, está fora da realidade nacional. Já o elenco foi por conta daquela frescura de se poupar jogadores que esta blogueira já citou os vários motivos para ser contra, exceto em casos clínicos.

Vale ressaltar que o Timão venceu duas Copas do Brasil, sem frescura, jogando o normal, isto é, duas vezes por semana, e venceu também os campeonatos paralelos que disputava.

Não se pode, no entanto, dizer que foi um domingo perdido, apesar da derrota por 1 a 0, posto que ficaram algumas lições: o Corinthians precisa de um banco de reservas, não se vence campeonato de pontos corridos, com mais de 30 partidas, apenas com 11 jogadores; o time do Internacional não é tudo o que pinta a mídia esportiva, até seria no papel, mas tem no banco um típico gaúcho, que viu Nilmar fazer o gol e imediatamente, como também faz Mano Menezes, especialmente em jogos fora de casa, mandou o time para trás cedendo espaço ao adversário independente de ser um misto dos times B e C do Corinthians; o estreante Jucilei iniciou com o pé direito sua carreira no alvinegro e mesmo sem entrosamento, no meio de um catadão escalado pelo treinador corinthiano, saiu-se muito bem demonstrando personalidade e potencial; Já Mano Menezes deu mostras de retrocesso e de que não se aprende mesmo do dia para a noite a treinar um time grande, desnecessário e arriscado inventar tanto assim. Todos os times, inclusive o adversário do domingo, jogarão na quarta-feira e ninguém fez o que Mano  fez. Se continuar nessa toada, ao final da Copa do Brasil o Corinthians já estará cerca de 10 pontos atrás do restante no Brasileiro. Por outro lado, o comandante assumiu a obrigação de vencer a competição que conduz à Libertadores pelo caminho mais curto e que assim se cumpra!

.

Gripe: Não é a Influenza A/H1N1, graças a Deus, mas a gripe comum afetou o elenco corinthiano. Ronaldo, Souza e Dentinho estão doentes, também Morais e Fabinho, embora a gripe dos dois últimos tenda a ser mais contratual que viral, posto que os atletas devem deixar o Parque São Jorge em breve e não podem exceder o limite de seis jogos para possíveis transferências.

Mano Menezes, que poupou o time no domingo para realizar treinamentos e se preparar para a Copa do Brasil, não pode treinar da forma planejada e deverá ter alguns problemas para administrar, já que alguns atletas também estão contundidos. É o caso de Elias, que se machucou sem jogar, um fato que deveria ser suficiente para provar o quão equivocada está a atitude de poupar jogadores com medo de contusões, que podem acontecer a qualquer momento, independente de jogo, mas enfim…

.

Dívida: Volta a ser tema de discussões a tão falada outrora dívida do Sport Club Corinthians Paulista. No último balanço que o clube divulgou, que não se trata dos balancetes mensais, pois estes não foram expostos até o momento, consta o valor de R$97 milhões para a posição do endividamento, no entanto, dias atrás o jornal Lance! noticiou, despertando a ira dos situacionistas, que na realidade seriam R$255 milhões. Já a SporTV News e a revista Isto É Dinheiro apontaram que o Corinthians se encontra em 7 lugar no ranking dos clubes devedores, com R$170 milhões em dívidas.

O valor real esta blogueira, nem com balancete em mãos, ousa afirmar, afinal, balanços, Enron/WorldCom, etc e tal, sabe como é! O fato é que as promessas não cumpridas da chapa Renovação e Transparência mais a ponderação de que calote não entra em balancete – e só aí já se tem alguns milhões do Escudero e do Cristian – abrem precedentes para especulações deste tipo, o que é lamentável, posto que, em tese, os balancetes estão no site oficial do clube e deveríamos poder confiar nas ditas informações oficiais.

.

Novamente ingressos: A torcida reclama dos preços extorsivos e o clube rebate alegando que está muito barato e que este é preço do futebol, pois não é. O futebol deve ter recursos de outras fontes. Se o clube caminha na direção oposta aos demais e necessita aumentar o preço e prejudicar sua Fiel, que nunca abandonou o time, é porque existe incompetência ou roubo em outras áreas de captação.

E que não tentem justificar com o Fiel-Torcedor, pois quem assinou sabe que nem o pequeno desconto oferecido abate os valores inflacionados e já percebeu também que não passa de um plano de compras pela internet que, aliás, não lhe garante o bilhete, apenas prioridade na hora da compra, mas a partir do momento que atingir maior número de adeptos, e quando estes adeptos forem acima da capacidade do estádio, a prioridade será de quem comprar primero e puder pagar mais – e, acredite, foram as palavras do diretor de marketing do clube – tal qual nas bilheterias e bem diferente do que ocorre com o fiel-torcedor de outros clubes que, além do direito ao voto, também assegura o ingresso do associado e quando o número de adeptos ultrapassou a capacidade do respectivo estádio, estipulou-se, de maneira correta e digna, uma nova categoria de sócios torcedores cientes de que terão prioridade apenas depois que os assinantes do primeiro plano tiverem adquirido os seus. E assim, de maneira idônea e sem extorquir o torcedor utilizando a boa fase do time, atingiram a marca de 70.000 associados.

Anúncios

50 Comentários so far
Deixe um comentário

1 – Dispensa comentários. Vc ainda conseguiu encontrar lições?

2 – Espero que Ronaldo jogue, só isso.

3 – Dispensa comentários, de novo. Era mais do que esperado mesmo.

4 – A diretoria não está nem aí pro torcedor agora, porque o time ta numa fase boa e vai encher estádio, mesmo com ingresso caro.

O problema é que as pessoas que podem pagar por esse ingresso caro são mais “modinhas” ou moram longe e fica bem caro ir pra SP ver o jogo. E a maioria tem o PPV na casa e aproveita a fase boa e vai ver o jogo no estádio.

Na primeira fase mais ou menos o público desaparece. O povão que vai sempre não tem grana pra aguentar os preços.

Infelizmente é isso,
Abraços alvi-negros.

Comentário por João

É, infelizmente. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Falando em estréia, quero comentar a do nosso arqui-rival. Alguém disse na tv que o segundo gol estava impedido? Imagina se fosse a favor do Corinthians… A globo, em sua página, não cita o impedimento nem nos melhores momentos do jogo. Já durante a coletiva do mano, enquanto ele fazia a análise da defesa, fizeram questão de passar o gol do Nilmar…

Comentário por Fábio

Então, Fábio, eu saí do Pacaembu me sentindo tão lesada no domingo, que juro, não assisti mais programa nenhum. Cheguei em casa e só dormi para esquecer a vergonha que me fizeram passar diante de um timinho sem vergonha que foi um dos maiores algozes do rebaixamento e merecia a resposta de superioridade do Corinthians, os gritos de “Ô o Coringão voltou”, mas não, avacalharam, nos preços e no time, ficamos sem torcida e sem resultado e no final eu tive de ir lá na torcidinha que estava se achando dona do Pacaembu, gritando ão ão ão, para fazer justiça com as próprias mãos, dizer que o Tevez mandou lembranças e gritar TETRA! Não vi programa algum, nem lance algum e não faço ideia do gol impedido a que te referes, todavia, era óbvio que passariam os lances do jogo que envolveu o Corinthians e como não tivemos gol de Ronaldo, nem nenhum, foi o do Nilmar mesmo, que em outras circunstâncias seria uma pintura, mas para quem conhece a zaga que estava em campo, como eu conheço, digo que se bobear até eu faria. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Perfeita a sua analise

Essa diretoria ainda não aprendeu que as vezes um jogo pode estar difícil e o estádio estando lotado e apoiando o seu time, isso, geralmente vira mais uma arma contra as retrancas que podemos encontrar.
Agora se o jogo esta difícil e não tem a força das arquibancadas é um prato cheio para o adversário.
Hoje, véspera de jogo, passei em frente ao Pacaembu e não tinha fila, é bom nosso time descansado jogar muita bola e fazer o resultado, pois no maracanã após as infelizes declarações do Alessandro sobre a torcida do Fluminense pode estar certa que vão ser 70.000 pessoas, porque a prioridade da diretoria do Fluminense é ter o estádio lotado, pois compensa muito mais ter 70.000 pagando R$ 20,00, do que 10.000 pagando R$ 70,00

vai curintia

Comentário por Álvaro

Pois então, além de tudo, a invasão corinthiana não serviu para ensinar nada aos dirigentes. Torcida nem ajuda no jogo mesmo, né? Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa,

Só pra tentar esclarecer, quando se fala em dívida pode-se tomar o termo sob vários conceitos e a mídia manipula os números de acordo com sua conveniência sem explicar tecnicamente a que se referem.

Os 97 milhões referem-se à dívida LÍQUIDA somente do futebol (a parte social está fora).

Em termos grosseiros, esse número refere-se ao que a parte do futebol tem a receber, menos o que ainda tem a pagar. É um índice importante porque reflete a capacidade que o futebol tem em saldar suas próprias dívidas e trata-se de um valor acumulado, ou seja, provêm de vários carnavais.

No fim do ano passado “o futebol” tinha R$.23.425,00 a receber e R$.120.663,00 a pagar. Esses R$.120.663,00 estão negociados com os respectivos credores para liquidação até 2011.

Os R$.255 milhões referem-se à dívida total propriamente dita do CLUBE (futebol + social). No balanço está representado pela soma do passivo circulante (vencimento em 2009) com o passivo não-circulante (vencimento após 2009). O jornal Lance! não expos nenhum furo.

Se considerarmos que a dívida do CLUBE é de R$.255 milhões e a dívida do FUTEBOL é de R$.120 milhões, a diferença de R$.135 milhões refere-se somente à parte SOCIAL.

Quanto aos 170 milhões apontados pela revista “Isto É” não posso manifestar opinião porque não faço a menor ideia de onde tiraram. Talvez usaram critérios diferentes.

Quem tiver curiosidade e interesse,há uma coluna no Globo Esporte em que a situação financeira dos clubes é tratada com isenção. O colunista sabe o que está fazendo e não fica cutucando ninguém em específico. Coloca os números explicando a que se referem e compara a situação dos principais clubes do país. Não é só Corinthians e Flamengo não.

http://colunas.globoesporte.com/olharcronicoesportivo/

Comentário por Luís Carlos

Essa questão da dívida eu entendo bem, já li tudo que poderia sobre o assunto justamente por essas informações desencontradas de um lado ou de outro, no entanto, a mídia “manipula” as informações que recebe, mas nada disso seria necessário se o clube não “manipulasse” informações de balancetes para fingir que a dívida diminuiu, utilizando-se dos truques de balanços, como contas a receber e empréstimos realizados, mas ainda não computados que alteram o valor real. Isso sem falar na dívida líquida, etc e tal. Querendo ou não, trata-se da questão que eu frisei no post, o fato de se abrir precedentes para este tipo de especulação por falta de transparência. 😉 De toda forma, muito boa a sua análise e ótima menção ao Olhar Crônico Esportivo, do meu amigo. Quanto à revista “Isto É Dinheiro” e ao “SporTV News” eis os respectivos links:

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM982018-7824-SERIE+DO+SPORTVNEWS+MOSTRA+SITUACAO+FINANCEIRA+CRITICA+DOS+CLUBES+BRASILEIROS,00.html

.

http://www.terra.com.br/istoedinheiro/edicoes/592/artigo125171-1.htm

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa, percebi que os dados da matéria da revista Isto É referem-se ao total da dívida, mas da dívida de 2007. É só somar o Passivo Circulante com o Passivo Não Circulante da coluna relativa ao ano de 2007 que você chega aos 170 milhões.

Então, resumo da ópera, a dívida total do clube aumentou 85 milhões e a dívida da conta “futebol” aumentou 2 milhões. O ativo total aumentou 96 milhões e o ativo da conta “futebol” aumentou 6 milhões, o que contribuiu para a redução da tal dívida líquida do futebol em 4 milhões.

Não é meu intuito defender ninguém, mas apesar do aumento da dívida, o ano de 2008 ainda foi favorável em termos financeiros. Houve um “lucro” de quase 11 milhões contra um “prejuizo” de 23 milhões em 2007.

Venho acompanhando os números desde o início do ano passado e posso dizer que apareceu dívida do Dualib de tudo que é lado. Sabe-se do dinheiro que o Corinthians gastou com o Nilmar, o prejuízo com o Roger. E ainda tem o Boca Juniors pedindo parte do “lucro” que o Corinthians teve com o Tevez e a Carla Dualib pedindo o ressarcimento do “prejuízo” que ela teve com o Corinthians.

Com essas coisas acontecendo, fora as que vão acontecer, fica difícil regularizar a situação, mas pra mim se não piorar já melhora bastante.

Bjs.

Comentário por Luís Carlos

Luís, também acompanho tudo de olhos bem atentos desde o começo. O grande problema disso é que é impossível analisar completa e corretamente apenas pelo balanço 2008 divulgado, afinal, nele não entraram os empréstimos realizados e foram muitos, patrocínios, novas cobranças e negociações, enfim, você deve saber… Estou estranhando muito a demora dos balancetes menais 2009, mas fico no aguardo. Quanto à sua análise da dívida dos clubes, pelo menos ao que me consta, é mais ou menos por aí. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

1 – Fiquei com um ódio imenso quando vi aquele catadão entrando em campo no domingo. Lutamos tto para subir, e, logo no primeiro jogo, entramos para perder, pô! Nunca fui amigo desta história de poupar; no caso da final contra o Santos, pensei em poupar para não perder ninguém na grande final. O campeonato brasileiro é difícil e (bate na madeira) todos os times que “pouparam” jogadores e, depois, perderam as competições que disputaram amargaram depressão, com várias rodadas na zona de rebaixamento.
3 – O meu maior medo são as dívidas. Nossa diretoria burra paga demais para muita gente, e, agora, tá tentando resolver a treta comprando jogador rebaixado e sem expressão (Marcinho e Henryque rs)… Medo.

Comentário por jeff

Concordo, Jeff… Só não acho que seja burrice pagar e tenha certeza que só pagam por obrigação, veja o caso do Escudero. O presidente do Argentino Jrs. teve de recorrer a um blog para apressar o pagamento, já estava há dias no Brasil e pelo visto nem recebido era. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Discordo apenas quando você fala que o adversário também vai jogar na quarta-feira, comparando-o ao Corinthians. Internacional, Fluminense, Palmeiras, etc, desde a data da segunda semifinal do Paulista estão jogando apenas às quartas-feiras. Uns por ter sido campeão antecipado, outros por estarem eliminados dos seus estaduais. O Corinthians, ao contrário jogou seguidamente 4 partidas decisivas. O Fluminense, aliás, está assim a uma semana a mais que os outros, pois foi eliminado na semifinal do segundo turno do Carioca.

Comentário por Vovô Kaô

Não é uma questão de comparar, é um fato: Todos jogam na quarta-feira. Poupar serve para casos clínicos, não para quando o jogador está bem e não apresenta sintoma algum, afinal, o Elias se machucou sem jogar e perdemos três pontos que podem fazer falta depois. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Só quis dizer que o time vinha de duas semanas desgastantes com 4 decisões. E hoje tem outra decisão. Apenas isso

Comentário por Kao Valadares

Mandou muito bem Larissa, comcordo em gênero, número e grau. A dívida tenho certeza está exacerbada, o clube não consegue de jeito nenhum terminar a reforma do PSJ, calote no FLA e ARG. JUNIORS. E por último esse absurdo dos ingressos, ao meu ver, a torcida deveria deixar de ir ao estádio enquanto os preços estiverem nesse patamar. Olhando a bilheteria dos últimos jogos já se percebe uma diminuição nos valores arrecadados, acho que a diretoria não percebe isso. Hoje com certeza não vai passar de 20.000 no pacaembu. E assim o clube vai se atolando mais e mais… deprimente! Mas como sempre estaremos aqui, torcendo pelo bem do time e do clube! Parabéns pelo post!

Comentário por Mauro Bergonzoni

Deixar de ir ao estádio eu sou contra, afinal, é prejudicial ao Corinthians e já basta o quanto os dirigentes o prejudicam, mas deveria ocorrer algum tipo de protesto inteligente, sim! Obrigada. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

“Hoje” lê-se quarta-feira. rsrs

Comentário por Mauro Bergonzoni

Ok! 😉

Comentário por Larissa Beppler

Disse tudo o que todos os torcedores pensam sem tirar nem por uma virgula, porém, faço uma ressalva quanto ao time que jogou contra o inter, apesar do fraco futebol visto, o Corinthians ainda conseguiu agredir o inter e bobeou no gol do Nilmar, Golaço por sinal, temos que admitir, mas um bom banco de reservas tbm não garante um bom futebol em campo se a equipe não tiver uma boa sequencia de jogos e treinamentos jogando juntos, ao meu ver perder só de 1×0 foi pouco, eu achava, qdo ví a escalação, que seria uma goleada para o Inter e não foi o que vimos, não justifica e nem serve como desculpa, mas na realidade jogar contra um time entrosado como o inter somente com reservas que nunca jogaram juntos só poderia dar no que deu, de resto parabens pela luta contra os preços abusivos dos ingressos e quem sabe uma hora essa diretoria acorda e faça as coisas funcionarem. Utópico! mas como dizem: ”a esperança é a última que morre”, só espero não morrer primeiro que ela.

Comentário por Toel

Eu também achei que seria uma goleada, Toel. Não quero reduzir o valor dos reservas e terceiros reservas do Timão, mas há que se admitir que eles não estão no nível dos times titulares da Série A, como foi o caso do adversário do domingo, no entanto, vejo que conseguiram jogar, mas por culpa da burrice do Tite. Ele simplesmente viu seu time marcar o gol e mandou para trás, percebi isso nitidamente no estádio. E quem faz isso chama o adversário para cima e toma pressão. Sempre. Independente de ser um time B e C. Era exatamente disso que eu sempre reclamava no Mano, por exemplo. Coisa de gaúcho. Os meninos tiveram méritos no que tange ao quesito raça, demonstraram vontade, mas pararam na limitação técnica óbvia e ululante. Fazer o quê? Para mim, o Mano não tinha a menor necessidade de arriscar tanto. Se começasse o jogo com o time que terminou seria o suficiente para empatar a partida e se tivesse tirado o Lulinha ao invés do Saci ou do Jucilei, teríamos ganho. Várias jogadas morreram nos pés do Lulinha dentro da pequena área que, embora Otacílio não tenha feito muitos gols, aposto como se sairia melhor, pq pior é impossível, só o Lulinha consegue e isso há três anos já… Impossível não terem percebido. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Depois de tanta incompetencia do meu idolo Mano Menezes, levantamos o Paulistinha, nas maos do tecnico que nao ganha classicos, retranqueiro, e vamos faturar a copa do Brasil, com o pior tecnico do mundo. Para alguns….claro. eheheheh
Depois da Copa do Brasil, vao falar que era obrigaçao, coisa e tal, e quanto faturarmos o Brasileirao, vao falar, tambem com um time desses, se nao ganhar eh incompetencia.
E depois que ganharmos a Libertadores, vao falar, que Ufa! ainda bem, se nao ganhasse essa porcaria ia ter porrada.
Eh a nossa vidinha que continua, sempre igual.
Pronto, vc.mandou nao ler, mas eu li.
eheheheheheh

Comentário por Thiago Ferreira

Hahahaha… Eu avisei para não ler. O problema de manos de tudo é não conseguir interpretar nem encontrar um meio termo. Se merece uma crítica significa que quem o faz, com razão de ser, o considero o pior do mundo e nunca funcionou assim. Existem muitos técnicos piores, embora não sirva de consolo. Agora, não se aprende mesmo do dia para a noite a treinar um time grande. O Mano já demonstrou avanços de quando chegou até o momento, muito pela continuidade do trabalho, que sempre favorece. Veja o exemplo do Muricy. Agora, sobre ganhar a Copa do Brasil, realmente se tornou obrigação a partir do momento que ele abdicou do Brasileiro assumindo este compromisso e ele deixou isso bem claro na coletiva, logo, não tem nem o direito de errar na Copa do Brasil. E com certeza com o time superior que tem em mãos, ficar atrás de times piores é sinal de incompetência, então, esperemos que não fique. Ao Mano falta um banco de reservas e uma boa dose de pensamento grande e vitorioso. Parece que sempre falta aquela gana de vencer. Abre mão aqui, prioriza ali e isso é coisa de times do tamanho do CRB, não do Corinthians. Mas como ele abriu mão do esquema fracassado dos 3 zagueiros (exceto no último jogo), vamos ver se demonstra evolução nesse quesito também. Vale o voto de confiança. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

…abdicou do Brasileiro..Essa foi uma perola de opiniao. Mas eu acho sinceramente que o Mano deve estar aprendendo muito contigo, pois esta melhorando. E isso eh muito bom, pra ele, pro Timao, pra mim e pra voce ne?
Agora ja essa obrigaçao de ganhar a Copa do Brasil, eu ja sabia que voce iria lançar, assim como lançou o paulista, e certamente vai lançar do Brasileiro, e se Deus quiser, da Libertadores, e depois do Mundial.
ahahahaha

Comentário por Thiago Ferreira

Ola Larissa, descobri o seu blog por acaso e amei logo de cara. Sou corinthiano e tenho um blog dedicado ao automobilismo que é uma outra paixão, adicionei o seu blog aos meus favoritos, se possível faça o mesmo… Um grde beijo e parabens pelo ÓTIMO conteúdo do seu blog… Hoje é dificl ler alguma coisa interessante e inteligente quando o assunto é futebol, mas aqui a coisa é diferente, parabens de coração
Luis Fernando

Comentário por Luis Fernando

Olá Luis Fernando! Seja bem-vindo ao blog e comente sempre que concordar, discordar, enfim… Obrigada pelas palavras, vou conferir o seu blog daqui a pouco, ok? Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Ah! faltou mais um comentario.Vamos ser campeoes da Copa do Brasil.

Comentário por Thiago Ferreira

Se a prioridade é esta, por consequência a obrigação também é esta. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa, se o Corinthians entrar em campo amanhã e massacrar o Fluminense, poupar terá valido a pena.
O Mano argumentou com relação a possíveis contusões por estresse que ele tentou evitar, a meu ver uma desculpa convincente.

Porém acredito que seria mais válido jogar com o Marcelinho em vez de dar a enésima chance ao Souza, promover a estréia do lateral Bruno Bertucci, por o Otacílio no ataque , e armar o time bem fechadinho com 3 zagueiros, 2 volantes, um meia e 2 laterais subindo e sentir o jogo no primeiro tempo,com o Marcelinho solto na frente junto com o Otacílio e alguns titulares no banco para possíveis mudanças no 2º tempo.

Eu acho o 3-5-2 viável em jogos específicos, ou em alguns momentos dentro do jogo,principalmente quando você tem alguns caras versáteis no elenco, como o André Santos, Christian e Elias, por exemplo.
Realmante estrear perdendo após a volta da 2ª divisão foi ruim de engolir, mas ainda acho que a comissão técnica está priorizando a Copa do Brasil, e se der certo vai ser válido esse sacrifício.

Enfim, espero que o Timão faça um bom resultado amanhã e que passe às semis.

Abraços,

Freeman (Zé Favela).

Comentário por José Freeman Junior

Freeman. Concordo com seu comentario bem ponderado. Acho que o Mano nao colocou os dois garotos, Bruno e Marcelinho, porque a midia pintou os gayuchos como a oitava maravilha do mundo, e uma goleada era ate esperada.
O que vimos, foi o time reserva dando um show de bola, e so nao ganhando porque Souza e Lulinha sao inofensivos.
Alessandro perdeu gol feito, e o Jucilei, valeu o ingresso.
O cara me lembrou o Cesar Sampaio, vai dar muitas alegrias, e joga na meia, de volante, e de ala.
Eu sempre enxergo o copo meio cheio. ehehehe

Comentário por Thiago Ferreira

Bom, como eu parto do princípio que time grande tem de entrar para vencer sempre e não priorizar aqui e ali, já discordo essencialmente do seu pensamento, embora tenha também a sua razão de ser. Mas não acho que se ganhar do Fluminense terá valido à pena perder 3 pontos no Brasileiro. 1 – Pq nunca vale a pena perder; 2 – Pq não vejo correlação entre ambos, uma vez que jogar ajuda mais do que atrapalha, dá ritmo, entrosa, etc e tal. Poupasse quem estava com sintomas clínicos, como eu já coloquei, tipo cansaço físico, dores, gripe, etc e tal, mas não era necessário poupar os que ele colocou no banco de reservas, por exemplo, e entraram no segundo tempo. Se entrasse com a formação que encerrou o jogo e sem o Lulinha já era meio caminho andado para vencer ou empatar. Não vi necessidade alguma de alterar todo o esquema, voltar ao 3-5-2 que ele já viu que não dava certo nem com William e Chicão, imagina com Diego, Jean e Renato que quase nunca jogou. Fora que mudar do dia para noite, sem poder realizar treinos práticos é totalmente sem sentido, afinal, prancheta não ganha jogo mesmo. Quem olhou a escalação, de cara, decepcionou-se, no estádio foi uma balbúrdia generalizada, e já sabíamos que o único resultado possível com aquele time era derrota, de forma que me pareceu mais desculpa pronta mesmo, afinal, ninguém iria cobrar que o time C vencesse, né? Ficou cômodo. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Futebol nao eh ciencia exata minha cara blogueira. Contra o Furacao, nao perdemos Ronaldo no primeiro jogo por sorte, porque entraram para quebra-lo para o segundo jogo. E foi decisivo. Tem dia que de dia eh noite. Nada eh como voce quer, e sim o que eh possivel. E perder, eh do jogo, mas parece que voce tem dificuldade em aceitar essa logica, e exige as vitorias como obrigaçao.
Se vc. fosse tecnica de futebol com esse pensamento nao duraria uma semana no cargo.
De resto, voce eh perfeita. ehehe

Comentário por Thiago Ferreira

Futebol não é ciência exata, mas o treinador pensa que é, por isso ele poupa aqui calculando que perderá ali. Nunca trato vitória como obrigação e se vc considerasse o contexto do que escrevo saberia que só se torna obrigação quando alguém poupa um time inteiro alegando que a prioridade é a Libertadores 2010, logo, ganhar virou obrigação para Mano Menezes. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Como a gente nao entende muita coisa de balanços, gostei de saber do Luiz Carlos das 3:18, que situaçao melhorou em 2008. E essas dividas antigas que nao param de aparecer, como a dessa b…. da Carla Dualib. De um coisa tenho certeza. Voltar pra traz nunca mais. Sai Satanás.

Comentário por Thiago Ferreira

Nós quem? Eu entendo, por sinal. E a situação melhorou de 2007 para 2008, ou seja, do pior período do clube, ano do rebaixamento para outro ano. A tendência é sempre que se melhore de um ano para outro, afinal, deve-se trabalhar para isto, ainda mais presidente em começo de gestão. O grande problema além das dívidas antigas – e NUNCA esqueça quem era vice e comparsa de Dualib – são as novas dívidas que não entraram na conta de 2008, pq serão cobradas agora. Empréstimos, situações como Cristian, Escudero, etc… etc… Não esqueça que pagaram o Nilmar não com receitas do clube, mas com mais dívidas a juros bancários, etc e tal. Estou no aguardo dos balancetes 2009 para ter uma noção mais detalhada, embora, sinceramente, eu não confie muito em balancetes, ainda mais de pessoas que já não confio, pior ainda tendo o exemplo de Enron/WorldCom, onde ficou claro que nem auditoria nos dá muita garantia quando as pessoas envolvidas não são confiáveis. Como não posso ter números verdadeiros em mãos, eu me baseio muito na lógica, por exemplo: dizem que teve superávit e que a situação está controlada, mas o clube não para de recorrer a empréstimos e vender atletas com a desculpa de fazer caixa, tudo isso sem contar no tal do maior patrocíonio do Brasil, que dizem chegar a R$30 milhões, embora seja difícil imaginar como, já que muitos valores são subjetivos, de ações de marketing e cotas sobre as quais o clube nunca teve direito, como por exemplo, algumas do contrato com a Nike… Mto mal feito, por sinal. Enfim… Acredita quem quer e quem não conhece. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Nos.Quis dizer eu e a maioria do blog. Entendi que o Luiz Carlos parece ter conhecimento do assunto. Nada alem disso. Quanto a acusar de inidoneo, ou desonesto alguem, sem conhecimento particular, nao me atreveria jamais, para nao ser acusado de leviano.
Entendo apenas como torcedor, que dividas devem ser pagas. Como? Não sei.
Sei que quero um time forte, e com os jogadores que tem la hoje, estou satisfeitissimo. E que paguem a Dona Carla se ela tiver direito, com o dinheiro que tiverem. So esta faltando sairem com bandeiras da Carla. Sai satanás.
Mais um assunto. Esta uma delicia comprar ingresso sem fila e sem cambista. So falta abaixar os preços pra ficar joinha.

Comentário por Thiago Ferreira

Sem conhecimento? Como assim? Refere-se à diretoria do Corinthians? A mesma da turma do Nei Cury, que combinou depoimento com Dualib? Pra mim é conhecimento mais do que suficiente, todavia, mostre-me as acusações formais. Onde foram feitas? Quanto às filas, sim, sim, está uma delícia… Para quem pode comprar né? São poucos. Até os organizados estão revoltados. Acredite! Quem vive em SP e não pode ir aos jogos sabe como doi, experimenta! Sofra o que eu sofro na pele! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa. por falar em elenco, olha quem voltou depois daquele rolo do contrato.
http://www.lancenet.com.br/noticias/09-05-13/543982.stm?moradei-aquele-rolo-do-contrato-prejudicou

Comentário por Thiago Ferreira

Já fiz um post sobre isso e não adianta chorar, hein? Nada além da verdade aqui no blog. E você sabe que não passo e JAMAIS passarei a mão na cabeça de ninguém. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Eu sou um pouquinho diferente de voce. Eu sempre começo confiando nas pessoas.

Comentário por Thiago Ferreira

Se você é diferente, então, começa desconfiando. Para mim todo mundo é 100% até que me prove o contrário, a questão é que a diretoria do Corinthians cansou de provar. Andrés Sanchez está no Corinthians há 14 anos, entrou via Nesi Curi, foi vice de Dualib, combinou depoimento com ele, fez muita coisa errada, logo, não tenho motivos para confiar e não ter motivos para confiar pode ser indício de que se deve desconfiar, sabia? Mario Gobbi foi afastado do cargo público, acho que não preciso te informar porquê, né? Alguns outros diretores são bicheiros, bingueiros, profissões ilegais neste país e todos convivendo em harmonia com o tal delegado. Que coisa, não?! Rosenberg já mostrou quem é nas respostas de emails, mas antes disso no Plano Collor, quando redigiu o texto. Desculpa, mas tudo o que tenho são razões para não confiar, infelizmente. E fico de olho bem aberto e cobro mesmo, pelo Corinthians, que é a minha vida. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Bom, vamos ver se voce eh valente mesmo, respondendo essa questao antes do jogo de hoje.
Como voce considera possivelmente o Mano um lixo, e portanto bem pior que o campeao mundial Parreira, no jogo de hoje, entao da fluminense?
E, segundo a sua logica, de que nosso tecnico eh incompetente, depois de ter derrotado Mancini, Murici, se nao derrotar o Parreira, nenhuma surpresa nao eh?
Nao vale dizer que vai dar Timao, apesar do Mano.
Ai seria covardia. ehehehehehe

Comentário por Thiago Ferreira

Bem… Eu não ganho salário com blog, portanto, não passo o dia inteiro aqui, mas vamos lá… Já que o jogo já acabou, dispensa responder quem eu acho que ganharia, né? Embora eu nunca tenha apostado contra o Corinthians, fique claro, nem em 2007 quando eu fui à Porto Alegre não sem antes apostar com todos os conhecidos que o Corinthians era Incaível. E eu não gosto mesmo que coloquem palavras na minha boca, portanto, por gentileza não faça mais isto. Eu nunca escrevi aqui que o Mano é um lixo, disse, sim, que é treinador de time pequeno, como também disse que tem evoluído, largou mão da postura de derrotado, 3 zagueiros, entrar como zica, e já soube se postar como Corinthians. Quando voltou a errar, domingo, disse que retrocedeu e não retiro uma vírgula pois penso e pondero antes de escrever. Às vezes demoro a postar esperando acalmar os ânimos para não escrever besteiras. Mas eu acho que deu Timão apesar do Mano sim. De novo. O time foi poupado, coisa que não consigo aceitar, e justamente os poupados jogaram menos e pior, também pudera! Jogar dá ritmo, entrosamento, mais ajuda que atrapalha, como já disse. O Fluminense visivelmente veio para empatar o jogo. Não tentou vencer em nenhum momento e o Corinthians foi melhor no primeiro tempo pq o Fluminense ficou se defendendo e time que fica atrás, sabe como é, né? Sempre disse isso sobre o Mano: toma pressão. Tomou e levou o gol. O Corinthians pecou nas finalizações e no segundo tempo parou de jogar, contente com o mero 1×0, começou a se preocupar em se defender e sofreu mto mais pressão do que quando atacou, é lógico! Quando vc ataca, outro se defende. Qdo vc se defende, outro ataca. Ronaldo não estava bem (ainda gripado) e precisava de alguém para ajuda-lo no ataque, Dentinho saiu e a situação piorou, só aos 39, depois do resultadinho garantido, resolveu mandar o Otacílio Neto e aí nem adiantava mais mesmo. Por sorte seguramos o 1 x 0, embora pelos 3 pontos sacrificados domingo, a vitória devesse ser mais larga hoje. Só espero que agora com vantagem pequena, Mano não resolva poupar novamente o time domingo, né? Já pensou? Quando acabar a Copa do Brasil estaremos uns 15 pontos atrás do restante no Brasileirão. Isso sem falar que jogo fora de casa, com Mano, me preocupa, vide Botafogo, Sport, Atlético… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Concordo. Esse foi o retrato do jogo. E nao ganhamos de mais, porque Ronaldo e Dentinho estiveram sofriveis nas finalizações. O primeiro finalizado mal, e o segundo como sempre, cruzando errado, e não jogando verticalmente.
Mas, a postura do time, para não tomar gol em casa, e jogando na frente, foi perfeita. No Maracanã, vamos marcar gols.
Acho que deve poupar sim, contra o Bota, tem muito jogador jogando baleado, no sacrificio. E no Brasileirao da pra recuperar, porque o Timao certamente vai contratar mais gente para o elenco.

Comentário por Thiago Ferreira

VIU QUE AS ORGANIZADAS PROTESTARAM CONTRA O AUMENTO DOS INGRESSOS?

http://blogdotrio.wordpress.com/2009/05/14/vitoria-com-gosto-amargo/

É O COMEÇO DO FIM DESSES CANALHAS!

Comentário por Jorge da Capadócia

Ainda sobre os ingressos…
Infelizemente o objetivo da diretoria me parece que foi alcançado.

Publico e renda de Corinthians x Atletico-PR: 32.252 pagantes, R$ 1.049.854,00.

Publico e renda de Corinthians x Fluminense: 29.752 pagantes, R$ 1.196.410,00.

Comentário por maximo

Pra efeito de comparação:
.

Corinthians 1 X 0 Fluminense – Quartas da Copa do Brasil – Pacaembu – jogo de ida.

Público: 29.752 pagantes
Renda: R$ 1.196.410,00

Ingressos a 30, 100, 150 e 200 Reais

——————————

Corinthians 2 X 1 São Paulo – Semifinal do Paulista – Pacaembu – jogo de ida.

Público: 30.838 pagantes
Renda: R$ 1.109.811,50

Ingressos a 20, 70, 100 e 150 Reais

Pra esse primeiro jogo das quartas da Copa do Brasil, se os preços tivessem sido o da semi do paulista, certamente teríamos mais de 35 mil pagantes no estádio e a renda teria sido superior a dos dois jogos postados acima.

———————————–

Tem ainda a comparação a ser feita com a final do Paulistão, onde a arquibancada estava a 40 Reais, mas os outros setores estavam mais em conta do que o dessa partida da Copa do Brasil.

A laranja estava 20 reais mais barata custando 80 Reais.

A numerada estava 30 Reais mais barata custando 120 Reais.

O setpor VIP estava 50 Reais mais barato custando 200 Reais.

Corinthians 1 x 1 Santos – Decisão do Paulista – Pacaembu

Público: 35.175 pagantes
Renda: R$ 1.894.376,00

——————————

RESUMINDO:

Só as duas primeiras comparações já mostram que o aumento não valeu a pena.

Com os preços bem mais em conta da primeira partida da semifinal do paulistão, teriamos colocado uns 5 mil pagantes a mais hoje, era mais gente no estádio e uma renda bem maior da que tivemos.

Hoje, mesmo com esses preços absurdos e mil pagantes a menos que na semi do Paulista que estava bem mais em conta, tivemos praticamente a mesma renda, apenas uns 80 e poucos mil a mais.

Mandei para o clube:

1) Todo mundo sabe que o Pacaembu tem capacidade para
40 mil espectadores. Por que não se trabalha com esse
patamar?

2) O que é melhor: jogar com estádio cheio, caldeirão, ou
obter a mesma renda com as laterais vazias?

Agora, uma sugestão:

10 mil ingressos a R$ 30 = R$ 300 mil
15 mil ingressos a R$ 50 = R$ 750 mil
05 mil ingressos a R$ 70 = R$ 350 mil
07 mil ingressos a R$ 10 = R$ 070 mil (imaginemos que todos
esses pagaram meia entrada).

Casa quase cheia: com 37 mil pagantes.

Valor arrecadado: R$ 1.450.000,00.

Não basta?

Comentário por Larissa Beppler

Infelizmente o clube já demonstrou que não tem essa coerência na política de preços.

Larissa, tem duas informações que eu gostaria de saber e talvez você saiba.

1 – Quantos lugares são colocados a venda para cada setor do estádio.
2 – Qual a porcentagem média de pagantes de meia entrada.

Comentário por maximo

Reuni alguns dados extra oficiais (me corrijam se estiver errado) sobre as capacidades de cada setor:

Setor amarelo: 5393
Setor verde: 5393
Cadeiras laranjas: 6167
Numeradas descobertas: 6167
Numeradas cobertas: 1500
Tobogã: 9880
Setor família: 2000
Setor visitante: 2000

Total 37.000

Comentário por maximo

Ao que me consta é isso mesmo. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: