Corinthians: Preto no Branco


O prejuízo da superexposição
maio 27, 2009, 3:06 am
Filed under: Uncategorized

Por Ândi

Se sempre houve a noção geral de que a superexposição de mídia, a despeito das vantagens comerciais, poderia ser prejudicial a clubes de futebol, esse prejuízo agora parece ser muito mais direto e de efeito prático mais impactante. E o perigo vem do STJD, e seu procurador que gosta de aparecer.

É discurso comum do tal procurador (que é bom omitir o nome, a fim de não contribuir para essa prática de autopromoção feita por ele) dizer que o uso das imagens para denunciar supostos agressores é feito para flagrar o que escapa aos olhos dos árbitros. Na verdade, sabemos que já está além disso, mas vamos circunscrever nossa crítica ao que é declarado.

Se as denúncias são feitas pelo que as câmeras mostram, e o árbitro não vê, quem levará mais prejuízo? O time grande, que tem todos seus jogos transmitidos, comentados, reprisados e polemizados, ou o time pequeno que, no máximo, é mero coadjuvante?

É claro que hoje temos câmeras em todos os jogos, e nenhum lance escapa às lentes. O problema é que num jogo que mal é visto, ninguém tão mal humorado verá motivo para polemizar um lance fortuito de um puxão de cabela inofensivo, ou se uma entrada foi mais ou menos dura.

Vale ilustrar dois exemplos. O primeiro é do último domingo, no clássico entre Palmeiras e São Paulo. Diego Souza dá um carrinho em André Dias que, ao ser atingido, cai e bate a cabeça no chão. Ainda que o carrinho tenha sido imprudente, quem poderia avaliar que o acidente (que foi mais feio do que grave) aconteceria? Bem, certamente o lance não mereceria dois minutos de menção, fosse num jogo de Série B, ou mesmo num Avaí x Coritiba (jogo realizado no mesmo dia), e não em um clássico da importância do Choque Rei.

Outro exemplo foi o recente “puxão” de cabelo de Ronaldo em Fahel, do Botafogo, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Um lance tão inofensivo que o próprio zagueiro adversário promete depor a favor do Fenômeno, em julgamento a ser realizado hoje. Desses lances que em qualquer escanteio, o mesmo promotor poderia encontrar pelo menos meia dúzia de lances iguais ou mais graves, para fazer seu nome. Mas, certamente, nenhum teria a repercussão de um lance envolvendo o Ronaldo. E mais: nenhum teria tantas lentes em foco, quanto um lance protagonizado pelo Fenômeno.

E aí? É justo que o Ronaldo, o Corinthians, e outros gigantes do futebol paguem o preço da superexposição, sendo mais punidos que os “nanicos”?

.
*Retirado do blog Panela X
 
..
Nota da Larissa: Vale ressaltar que mesmo diante dos fatos bem abordados pelo autor do texto e da prontificação da suposta “vítima” em testemunhar favor do réu, Ronaldo foi punido pelo STJD com um jogo de suspensão.
.
O Fenômeno, que está contundido, já não disputaria a partida em questão, no entanto, isto não diminui a obscenidade do julgamento, afinal, o que ocorreu no tribunal – e foi homologado pelos senhores do mesmo – pode vir a se repetir futuramente e prejudicar uma equipe e um atleta apto a jogar.
.
É óbvio ululante que esta punição ao jogador se trata de uma escandalosa tentativa de passar falsa impressão da moralidade de um tribunal em descrédito e foram as próprias palavras do procurador-que-gosta-de-aparecer, antes do julgamento, que confirmaram o fato, afinal, o tal havia declarado à mídia que Ronaldo não seria “poupado” por se tratar de um dos maiores nomes da história do futebol.
Anúncios

9 Comentários so far
Deixe um comentário

Afinal de contas o Germano qie deu um murro no Chicão nada, nem do Fred que quase quebrou o nosso Capitão. Fora o Domingos que entrou pra arrumar briga e o culpado de tudo foi o Diego Souza e os dedos para o alto do Jesus Cristian. Só acertaram esse ano ao suspender o Juan por quebrar o Maicossuel. O STJD mais atrapalha o futebol do que reprime condutas antidesportivas. Chega a ser ridículo, pessoas que não entendem de futebol atrapalhando. Se não quer contado, vai jogar tênis.

Comentário por Renato Benicio

Deveria ter outra finalidade, mas da forma como está eu sou obrigada a concordar contigo: mais atrapalha do que ajuda! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Veja bem, sou a favor de punição por imagens de tv desde que seja possível também corrigir o resultado de um jogo por erros de arbitragens. E isso não vale somente contra o Corinthians.

Agora, se as punições do STJD fossem isonômicas, isso que eu considero uma aberração poderia até ser engolida a seco, mas não é o que acontece.

Primeiro, porque um puxão de cabelo do Ronaldo é exibido cinquenta vezes só no dia em que o jogo ocorreu e a mídia, parasita do Corinthians, fica discutindo o dia inteiro se o Ronaldo deveria ser punido, se não deveria, etc.

Segundo, porque quando o réu é o Corinthians, qualquer ato comum em jogos de futebol torna-se um crime em potencial. Puxões de cabelo, dedos do meio, etc. Daqui a pouco o STJD vai contratar aqueles pela-sacos do Fantástico que fazem leitura labial pra ver se algum jogador do Corinthians chama algum adversário de bobão e colocá-lo no banco dos reus.

Se o juiz visse o tal puxão de cabelo (talvez viu e não deu a mínima pelota), daria no máximo um cartão amarelo. E o STJD sequer se manifestaria porque a função do STJD é punir jogadores e deixar os árbitros continuarem com seu “livre arbítrio”.

E além do procurador-celebridade, quem preside o STJD é um conselheiro do Corinthians (que ironia!,) que é oposicionista.

Como explicar isto:

Diego Souza
Crime: Dar uma chinela num zagueiro mala fora do jogo
Punição: Oito dias de suspensão a serem cumpridos apenas no Paulistão 2010

Ronaldo
Crime: Puxar o cabelo de um zagueiro mala em um lance de jogo
Punição: Um dia de suspensão a ser cumprido imediatamente

Comentário por Luís Carlos

Muito boas as tuas considerações, Luís Carlos. Particular e teoricamente eu sou favorável à punição por imagens, também, desde que se corrija o resultado, no entanto, isto é teoricamente, pois na prática, dada a atual conjuntura, penso que prejudicariam muitas equipes e substancialmente o Corinthians, pois sempre tomamamos ferro do tribunal.

Não pertenço ao grupo daqueles que acham que o STJD deveria ser extinto. Considero o órgão importante, na medida em que se com ele já existem jogadores como Domingos, Maicon e Fred, imagine se não houvesse esta possibilidade de punição? O que eu penso é que os equívocos são cada vez mais frequentes e já se tornaram ridículos. É hora de rever conceitos, posturas e até cargos, enfim, reformular geral. Da forma como está, não dá para continuar.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Quem joga ou jogou bola na vida sabe como é disputar uma bola com o zagueiro….puxão de cabelo é pouco e é normal de jogo……as emissoras de tv poe uma camera em cada jogador e é claro q nda vai passar desapercebido. não vivi e nem vi o pelé jogar mas dizem os mais velhos q o cara era o maior malandro do mundo!!! e não era punido, pq é coisas de jogo meu Deus!!!! o STJD fica preocupado em buscar lances assim e esquecem de analisar a arbritagem ou os lances violentos. Tenha santa paciencia!!

Comentário por samuel

Com certeza, mesmo sem nunca ter jogado bola, penso e sei que futebol é esporte de contato e quem não gosta que vá jogar peteca, né? O STJD cai em descrédito a cada dia e já é impressionante o número de pessoas que abominam as decisões do tribunal.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

eu não sei se é muito conrinthianismo mas como o dentinho pega 3 jogos de gancho por uma suposta cotovelada, q poderia mto bem ser interpretada como se ele estivesse protegendo a bola, e o diego souza é expulso volta a campo da um chute no domingos e pega só 6 jogos!!! qual o criterio?? o dentinho pego a metade da pena do diego e o lance do diego é agreção…..não tem como caracterizar como mais nada alem de agreção…..me parece perseguição!!

Comentário por samuel

Sobre o STJD, uma patifaria, uma vergonha, uma desordem…

As imagens deveriam auxiliar em casos que o juiz não viu. O Tribunal está aplicando uma regra sem nexo nenhum em casos que o juiz vê e não considera nada – como no caso do Ronaldo – e em outras, refaz até o julgamento do arbitro. Ou seja, com arbitro ou sem arbitro, a partida será revista e se algo despertar interesse (inclusive externos), levaremos ao tribunal!

A nota boa é que o Globo Esporte, que passa ao meio-dia, está em cima dos julgamentos. Apesar dos canais fechados mostrarem o ridiculo serviço do STJD, a Globo aberta, tem muito mais audiencia e consequentimente poder. Eles compararam os casos de Dentinho, Fred, Diego Souza e Domingos e chegaram na conclusão obvia. Não existe criterio.
No recurso, Dentinho conseguiu o efeito suspensivo.

Uma coisa boa também, seria o fato dessas entidades sairem do Rio de Janeiro, para evitar suspeitas como no caso do Fred. Apesar que a fama já está na lama, tanto do STJD quanto da CBF, o caso deles é falta de vergonha na cara mesmo!

Comentário por Gabriel Paulino da Silva

Ja no caso do Dentinho, havia manifestado comentario semelhante ao deste post. Evidente que o clube mais exposto na midia com transmissoes de TV, ficam a merce nao so das imagens, como das ediçoes, dependendo da orientaçao sensacionalista da emissora em reprisar os lances que lhe interessa.
Bastam ver, a quantidade de vezes que foi exibida a imagem do Dentinho, e do Ronaldo, em comparaçao com a quantidade do Germano, e do Fred no William.
Dessa forma, a puniçao sempre sera injusta, significando portanto que:
O puxao de cabelo, eh mais nocivo do que o puxao de camisa ou calçao, ou mesmo uma tesoura voadora para quebrar a perna de um jogador.
E os jogos que nao sao retransmitidos pela TV? Pode-se cometer os crimes que quiser?
Ou se colocam cameras em todos os jogos, e punam-se todos os beliscoes, ou parem com essa palhaçada de um tribunal apenas para atender a pressao de alguns jornalistas e narradores de TV em particular, de acordo com a conveniencia destes.
De qualquer forma, a gente sabe de antemao, que o Timao sempre saira prejudicado.
Tudo que acontece nele, ou com ele, eh ampliado mil vezes.
Exceto quando eh em seu beneficio.
Da vontade de vomitar no teclado. Desculpe Larissa.

Comentário por Thiago Ferreira




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: