Corinthians: Preto no Branco


Um empate e uma pequena vantagem
maio 28, 2009, 12:14 pm
Filed under: Uncategorized

deusmelivre

No Maracanã, onde Vasco e Corinthians duelaram pelas semifinais da Copa do Brasil, o Timão começou melhor, criou mais e teve chances de matar o jogo ainda na primeira etapa, mas faltou objetividade e qualidade no último passe.

Após Elias e Dentinho desperdiçarem chances reais de gol, Jorge Henrique, aos 29 minutos, lançou Dentinho, na sua 100ª partida com a camisa alvinegra, ele entrou na área e chutou por baixo do goleiro para estrear o placar, 1 a 0 Corinthians. Jorge Henrique se contundiu no lance e deixou o gramado para a entrada de Morais.

O Vasco da Gama, diante do Maracanã lotado com 72 mil torcedores, sentiu o peso do gol corinthiano e sucumbiu. A partir de então, passou a dar todo o espaço necessário para o Timão ampliar e mal conseguiu passar do meio-campo durante a etapa inicial, mas o Corinthians pecou muito nas finalizações. No final da primeira etapa, a vantagem, que era boa, poderia ter sido ainda melhor, mas Elias, lançado em velocidade, preferiu chutar a gol e mandou em cima do goleiro cruzmaltino, para desespero de Douglas e Souza, ambos livres dentro da área. 

A qualidade que faltava ao último passe poderia ter se resolvido no intervalo, para tal, bastava Mano Menezes sacar o inoperante Souza e mandar a campo Otacílio Neto, Dentinho faria o centroavante e Morais seria deslocado para fazer a meia com Douglas, que errava tantos passes quanto possível. Mas Souza continuou no time… E logo no início da segunda etapa desperdiçou a chance corinthiana de ampliar, depois foi a vez de Morais. No setor defensivo, Felipe impediu, por duas vezes, as investidas do adversário. Mas o arqueiro alvinegro não conseguiu evitar quando o Vasco, já modificado por Dorival Junior, chegou ao ataque com Rodrigo Pimpão, que levou a melhor na dividida com o zagueiro William.

Tudo igual no placar e Souza deixou o campo? Claro que não! Quem saiu para a entrada de Boquita foi Dentinho, responsável pela velocidade do setor ofensivo, que era o dono dos contra-ataques do jogo. Péssima substituição, nem tanto por Boquita, mas pela saída do atacante e pela permanência do camisa 43, que não faz gols, em campo. O intuito, claro, era segurar o empate, como se fosse um grande resultado, quanto mais para o time que perdeu todas as chances de liquidar a fatura no jogo de ida, que até então era tranquilo para os corinthianos.

Depois do gol vascaíno, o Timão apenas segurou o jogo até o apito final e saiu com o empate que lhe confere a vantagem de jogar pelo 0 a 0 na partida de volta, no Pacaembu, onde o Corinthians é mais forte e Ronaldo deve voltar. O treinador Mano Menezes deixou o Maracanã reclamando um pênalti não assinalado em Chicão, que o árbitro Heber Roberto Lopes, como de costume, não viu.

Os melhores em campo foram mesmo os goleiros Felipe e Fernando Prass, que fizeram grandes defesas na partida e contribuiram para o equilibrado empate.


28 Comentários so far
Deixe um comentário

Se colocar o Souza como atacante de área pouco adianta, mas colocá-lo como atacante de movimentação é o fim. O Otacílio é bem melhor nessa função.

No lance do gol, o Souza parou para olhar o bandeira e quase atrapalha o Dentinho.

E quantas oportunidades perdidas? E quantos passes errados? E quantos jogadores pé-na-cova?

Se não fossem o Chicão e o Felipe poderíamos ter que penar na quarta que vem. Aliás, o Willian e o André estiveram bem mal na partida.

O empate não deixa de ser bom resultado, mas o Vasco nos deu condições de sair com um resultado bem melhor. Mas, sem chorar pitangas, bola pra frente.

Comentário por Luís Carlos

Olha Luís, concordo plenamente com as suas observações. Estou vendo na TV, jornalistas e Mano elogiando o Souza no jogo de ontem. Vou reclamar com a Phillips, pq essa minha TV nova aqui passou outro jogo, só pode! Ele realmente quase impediu o gol do Dentinho, aliás.

O Vasco foi inferior, mas o Corinthians tratou de se igualar, como de costume nos jogos fora de casa, que infelizmente ainda são o calcanhar de Aquiles do Mano.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

O time foi com a idéia de só fazer um gol. Conseguiu e parou de jogar. Vivem falando de jogar com respeito ao adversário, acho que ficar segurando a bola, chegando ao ataque e voltando pra defesa muito mais desrespeitoso do que ir e enfiar uma sacolada de 5 gols. Na boa, o time do Vasco é muito ruim e o Corinthians muito superior, mas como sempre o time jogou com um único objetivo, fazer 1 gol fora de casa, conseguiu e ficou segurando a bola. Esse negócio de jogar com o regulamento em baixo do braço atrapalha muito nosso time, principalmente fora de casa. Temos condições de mostrar um futebol muito melhor do que mostrado ontem, o próprio Mano disse isso, que ficou claro a falta de objetividade do time nos lance. Mas aqui será diferente. Nosso time cresce quando precisa do resultado, foi assim nas semi do Paulistão contra os bambis. Aqui a Fiel vai estar presente pra empurrar o time no grito, e vamos rumo a mais uma final esse ano, rumo, se Deus quiser, a mais um título e garantir nossa vaga pra Libertadores no ano do Centenário.

VAI CORINTHIANS!!!

Comentário por Renato Benicio

Concordo com a sua análise, Renato. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa, acho que o time jogou como “pequeno”, Moraes pelo amor de Deus né??? Podia ter dado um passe livre para o Souza que ia ficar de frente para o gol entre outros. Corinthians nitidamente queria o empate podendo ganhar tranqüilamente o jogo. É meio arriscado jogar dessa maneira pois o Vasco pode fazer um gol daqueles inesperados e complicar tudo no segundo jogo.

Só uma coisa que você escreveu e não concordei: O Dentinho foi substituído porque o mesmo estava machucado, tanto que ele nem queria jogar o segundo tempo.

Vaiii Corinthians =D

Comentário por Diego

Também acho que jogamos pelo empate mesmo sendo superiores, por se tratar de jogo fora de casa. Não pagaria pelo Morais, muito menos o valor que pedem nele, mas o clube quer, fazer o quê? Quanto ao Dentinho, é difícil eu acreditar nisso, pq sempre é a mesma história, mas enfim… De toda forma não justifica manter o Souza, que deveria ter saído muito antes disso. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Se continuar com esse pensamento de jogar o primeiro tempo, fazer o gol e depois no segundo segurar resultado, pode ter certeza que veremos na final o mesmo que aconteceu no ano passado contra o Sport, ou joga pra vencer do começo ao fim (como o Inter por exemplo fez ontem) ou é melhor ir se preparando pra passar vergonha de novo…nem vou falar mais do Souza porque na minha opinião o resultado só foi bom porque jogamos desde o começo com um jogador à menos, o pouco tempo do Otacilio Neto em campo foi muito mais produtivo do que o do Souza, mas desconfio que ele deva ser um filho fora do casamento do Mano, porque tratar como ele trata o Souza, só sendo pai mesmo…fala sério!
De qualquer forma temos mais time até mesmo que o Inter e acredito até o fim que é possivel esse titulo, basta jogar os 90 minutos querendo fazer gol, sem essa de querer segurar resultado, ano passado foi um ótimo exemplo.

Como eu sempre digo “O Corinthians só perde pra ele mesmo” se for pra cima ninguém segura.

PS. Tenho que dar o braço a torcer, o Felipe cresceu muito nessa fase decisiva e se todos jogassem com a garra do Chicão, seriamos quase imbativeis.

VAI CORINTHIANS!

Comentário por Clemilson

Vira essa boca (ou esse teclado) para lá, Clemilson! Hehe … Embora faça muito sentido, prefiro acreditar que não retrocederemos a este ponto. Concordo muito contigo no que tange a perdermos para nós mesmos, não alterasse o esquema que dá certo e resultados assim aconteceriam lá de vez em qdo, como acidentes de trabalho e não seriam uma tendência em jogos disputados fora de casa. E o Felipe é o Felipe! A muralha! 🙂 Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

A verdade eh que o Corinthians esta com um timaço. Com defeitos, principalmente na finalizaçao como sempre. Sai jogando, com os laterais, e o meio de campo com uma personalidade admiravel.
Porem, Elias, Morais, J. Henrique, Dentinho, Souza, nao sabem efetivamente dar aquela mordida fatal. Mesmo o Dentinho, dribla, arma aquele chute, e sai um traque.
O Octacilio, parece que quer se vendido. Ontem pela primeira vez desde que chegou, levantou a cabeça para dar um passe para o companheiro.
Ate ontem, abaixava a cabeça e saia como um boi bravo pela linha de fundo.
Porisso que Ronaldo faz a diferença.
O time esta armado espetacularmente, porem, as falhas individuais de passe final e chute a gol, sao pessimas.
Porisso acho que no segundo semestre, vao ocorrer substituiçoes de jogadores mais efetivos no ataque. Com certeza. Acho que Elias, Morais, Octacilio, Souza, Lulinha, Boquita, tem vida curta. Sabem jogar, mas como definidores deixam muito a desejar. Falta aquele passe final ao companheiro melhor colocado.

Comentário por Thiago Ferreira

Eu sempre achei um timaço, eu reclamava do potencial que não era aproveitado pelas opções do treinador, como você bem sabe hehe. Timaço, é claro, desconsiderando Souza e outras ínguas que já se foram ou estão no banco. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Concordo com você larissa, inclusive acho que a tv lá de casa também está com problemas, acho que vou ter que ligar na fabricante…rsrs o duro é ter que ouvir e ler por ai que nosso técnico está satisfeito com o desenpenho daquela coisa horrorenda chamada souza… Graças a deus temos o Ronaldo, já imaginou temos que aguentar o Souza até o final do ano como titular…

Abraços
Denis

Comentário por Denis

E tem comentarista esportivo tentando fazer a torcida embarcar nessa. O Souza não deu uma dentro e estão divulgando que foi o melhor jogo dele, ouvi até o Neto dizer que este sim era o Souza que o Corinthians contratou. Meu Deus! Isso, pra mim, é ser orquestrado e, pior, tentar orquestrar a torcida também. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Olá,

Estou vindo pela primeira vez no blog.

Deu para perceber que você não é mana do Mano. Muito pelo contrário.

O Dentinho saiu por contusão.

Não tenho nenhum predileção pelo estilo de jogo do Souza mas acho que muitos o perseguem. Ele não é um Ronaldo, é obvio, e deve ser o reserva mais reserva do mundo enquanto o Ronaldo jogar, o que por si só é muito dificil. Mas foi artilheiro de um Brasileirão, o de 2006. No Internacional, no Vasco, no Goiás e no Flamengo sempre fez muitos gols. Falta a ele confiança.

E ontem, o Souza jogou muito bem. O problema é que a bola não chega para ele quando ele está na pequena área (no primeiro tempo, em tres vezes tanto Elias quanto Dentinho poderiam ter passado e não o fizeram).

E o Morais não jogou nada quando entrou.

Fallooowwwww

Comentário por Antonio

Não sou e acho uma idiotice sem tamanho esse negócio de mano de Mano. Torcedor tem de torcer para o time e criticar o que estiver errado, que é para melhorar. Para este negócio de passar a mão na cabeça e deixar até afundar, já bastou 2007. Sou obrigada a dizer a verdade se quero ver o time evoluir cada vez mais. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Boa tarde Larissa,

Concordo que no gol do Dentinho o Souza quase atrapalhou, mas ao contrario de você não acho que o Souza foi o pior em campo, deixo esse cargo para o Cristian e para o Elias, ambos não marcaram e apareceram pouco no ataque e quando o Elias apareceu perdeu 2 gols…
Outro ponto que você não deve ter visto é que o Dentinho saiu machucado com um problema no joelho e por isso saiu…
Acho sinceramente que o Boquita não está jogando mais nada… Pelo amor de deus…. mas enfim… Vai Corinthians!!!!

Comentário por Adriano Queiroz

Mas o Elias é segundo volante, a função de fazer gols é do Souza! Acho que já chega disso de volante fazer gols para livrar a cara dos atacantes, né? Eu vi que disseram que o Dentinho saiu machucado, não significa que eu acredite e muito menos que a substituição do Souza não deveria ter ocorrido muito antes do episódio. 🙂 Quanto ao Boquita, não gosto de comentar, mas para mim é uma injustiça sem precedentes colocar a culpa num jogador que não deveria ter sido escalado, pois esta alteração modificou todo o esquema do time, jogou para trás e chamou o adversário para cima. Pra mim, a culpa é de quem escalou sem qualquer necessidade. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Digno de nota, eh a preferencia da TV para transmitir jogo do Timao. A tao falada Libertadores nao desperta o minimo interesse dos telespectadores ou patrocinadores. Os caras ficam p. da vida com as Tvs.
Onde nao tem Timao, nao tem nada. ehehe

Comentário por Thiago Ferreira

FATO! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Opa, no fim das contas, não gostei desse empate. Acho que poderiamos ter ganho o jogo, se não ficassemos “retraidos” no 2º tempo. Sobre a saída do Dentinho, posso estar errado, mas pelo que entendi ele saiu pq sentiu. Não gosto do futebol do Souza, acho que ele mais atrapalha do que auxilia (mesmo quando falam que ele segura bem a bola no ataque). Mas, tb não gosto do Otacilo Neto, muito afobado, e sempre fica reclamando com juiz (sempre). Na realidade, acho que deveriamos arrumar um outro atacante, mais confiável, para ser uma boa opção ao Ronaldo. O JOrge Henrique estava bem. Já o Moraes, ficou devendo, achei que ele entraria com mais gana contra o ex-time. Por fim, no lance do gol, tive a seguinte impressão: o William chegou na hora certa, o problema foi que o Pimpão não chutou a bola. O gol foi do William. Mas, penso eu, que se o Pimpão tivesse chutado, poderia ser que o William o tivesse travado no lance. Enfim, só ua impressão mesmo. Posso estar errado.
Bom, agora é esperar a próxima quarta. Mas, acho que conseguiremos passar.
UM abraço!

Comentário por Alex Rodrigues

Concordo em partes contigo, Alex, mas boa análise. E quanto à quarta-feira, no Pacaembu, somos favoritos. Agora é só jogar com este favoritismo. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Não concordo, acho que o Souza jogou muito bem ontem. Buscou muito mais o jogo que o Douglas por exemplo. No final do primeiro tempo, quando o time estava a mil por hora, era obrigatorio a bola passar nos pés do Souza, e no lance do gol realmente atrapalhou um pouco, mas o gol saiu, não saiu?

Jorge Henrique ficou anulado pelo zagueiro, e nem teve muito tempo de jogar mesmo.

Dentinho fez o gol, porem chutando que nem moça desse jeito ele vai fazer carreira só no Shaktar ou Emirados da vida. Como pode um cara formado como profissional chutar tão fraco ao gol, como ele faz.

Moraes é uma discordia, prefiro até Lulinha doque ele, e ainda querem comprar em definitivo…

Sobre o Douglas, to começando a aceitar a ideia do Jucimar a entrar no lugar dele. O Elias ainda é melhor, porem o Jucimar é mais insinuante e forte. Apesar que hoje existe uma mania de colocar jogadores habilidosos como 2º volante, então ele só pode chegar até meia.

Dai para trás, só uma critica mesmo ao Wiliam. Foi a pior partida que eu vi ele jogar.

Finalizando, só para não discordar tanto de você assim, na melhor partida do Souza com a camisa do Corinthians, na minha opinião, ainda assim ele não valeu o 180 mil mensais pagos pela diretoria. Ele, antes de mais nada, é pago para fazer gols.

Abraços!

Comentário por Gabriel Paulino da Silva

Hehehe Não consigo enxergar, nem de longe, onde é que isso foi a melhor partida dele, que me tirou bastante do sério, mas gosto, como diz o meu pai, não se discute, lamenta-se! Hahahaha 🙂 No mais eu até concordo contigo, menos em preferir o Lulinha no lugar de alguém, mesmo que esteja numa fase tão ruim quanto Morais, Lulinha, pra mim, nem jogador de futebol é. Sério, ele não é do ramo. Hehehe… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

A quem possa interessar:

http://extra.globo.com/blogs/futebol/posts/2009/05/29/a-operacao-morais-190742.asp

Comentário por Thiago Ferreira

Eu li a respeito, mas não acreditei muito no princípio. Explico:

Seria uma tacada de mestre, afinal, em resumo o Corinthians exerce o direito de compra mas é o Flamengo quem paga os R$ 3,5 milhões; o Flamengo fica com 60% dos direitos do jogador e o Corinthians com 40%; A dívida do Corinthians com o Flamengo (US$ 200 mil) pelo Cristian está zerada.

No entanto, achei estranho o Flamengo ter dinheiro para viabilizar alguma coisa, mas me disseram que o clube da Gávea teria recebido um adiantamento da OLK. Neste caso, faz sentido. Receber um adiantamento e queimar com um negócio desse gênero, aí sim tem bem cara de Flamengo mesmo, onde os dirigentes conseguem ser piores que os corinthianos. Mas como eu não tenho certeza de nada e desconfio de tudo, melhor deixar quieto até ter certeza. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

PANETONE FORA DA COPA:

(do Blog do Trio)

O que era considerado um rumor está se concretizando.

Conforme afirmado aqui, Ricardo Teixeira foi comunicado pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que será vetado o projeto de estádio “de uma grande cidade-sede”, “porque o projeto não está à altura de uma Copa do Mundo”. A expectativa é de que o projeto do estádio do São Paulo FC. fosse rejeitado, em razão de seus notórios problemas estruturais.

Bom, os rumores se confirmaram. De acordo com informações de fontes seguras ligadas à Prefeitura, a FIFA tem a intenção de vetar completamente o projeto do Morumbi. Em Janeiro deste ano, os inspetores que visitaram o Estádio Cícero Pompeu de Toledo saíram visivelmente desagradados.

Na visão da FIFA, o Morumbi apresenta diversos problemas que vão além daqueles elencados anteriormente aqui (ausência de estacionamento e acesso difícil). Os inspetores verificaram que o estádio do Jardim Leonor apresenta falhas estruturais graves e de difícil saneamento.

Um dos pontos destacados foi o primeiro andar de cadeiras, conhecido popularmente como geral, de onde não se tem visão perfeita do que ocorre dentro de campo. Para solucionar este fato, só com uma reforma no local, ou ainda, o afundamento do campo.

E este é a maior falha do projeto apresentado por Ruy Ohtake: ele é muito bonito no DVD, mas não resolve os inúmeros problemas encontrados no ultrapassado Morumbi.

Ciente de tal panorama, a diretoria do São Paulo implorou à presidência da CBF para que intercedesse junto à FIFA, impedindo a aplicação de veto ao projeto do Morumbi. Neste contexto, Ricardo Teixeira pediu à entidade máxima do futebol para que transformasse sua decisão em um “veto parcial”, possibilitando ao tricolor paulista apresentar um novo projeto para seu estádio.

O São Paulo pretende apresentar um novo projeto para a reforma completa do Morumbi, cujo valor é estimado de, no mínimo, R$ 350 milhões. Se o clube já tinha dificuldades para conseguir os alardeados valores para concretizar o projeto de Ruy Ohtake, o que dirá agora?

Resta evidente que, necessitando de investimentos vultuosos para tentar tornar o Morumbi apto a receber uma partida de Copa do Mundo, o time do Jardim Leonor terá que recorrer aos cofres públicos .

Como já exposto antes, é inconcebível que o poder público disponibilize altas somas a um clube para que este reforme seu estádio particular, sem gerar benefícios à coletividade. A idéia mais sensata é a construção de uma arena nova e moderna, que represente a pujança do Estado e seja de uso de todos os seus habitantes.

Diante de tal panorama, a Prefeitura, provavelmente em parceria com o Governo Estadual, já se mobiliza para encampar a construção de um novo estádio para a Copa. Vale lembrar que o governador José Serra já se mostrou contrário à utilização de dinheiro público no Morumbi.

Desta forma, com o anúncio do veto parcial ao Morumbi no próximo domingo, a questão do estádio paulista está reaberta. E o bom-senso começa a prevalecer.

Comentário por Alex

Eu li, muito bom o texto, mas confesso que este assunto não me apetece de forma alguma. Eu sinto VERGONHA por São Paulo não ter um estádio decente para a Copa, mas até aí o Corinthians também não tem e não me interessa muito torcer contra os outros, eu torço a favor do Corinthians e só. Acho o Morumbi um elefante branco e tudo mais, mas só me interessa o Corinthians ter estádio. Nem Copa desperta o meu interesse e nem considero que deveria ser realizada neste país, pelo menos não agora. E a CBF, enfim, dispensa comentários. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Aff, o nome é Jucilei…

Jucilei que vei do J. Malucelle, acho que foi nisso que eu me confundi.

Comentário por Gabriel Paulino da Silva

Eu entendi… Hehehe

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: