Corinthians: Preto no Branco


O adeus ao ídolo
setembro 19, 2009, 9:03 pm
Filed under: Uncategorized

Idário PSJ

São Paulo, Belém, 17h46m

Nesse horário, já no lusco fusco da tarde envelhecida e nublada, ouviu-se o baque da placa de mármore que cerrou a última morada de Idário Sanchez Peinado.

Cerca de 20 pessoas acompanharam o adeus a um deus, aquela da raça, agora acomodado em sua última morada.

No corredor estreito, ao lado do sepulcro de ladrilhos verdes, talvez como um gramado, a viúva ergueu os braços e estendeu trêmula uma alva bandeira do Sport Club Corinthians Paulista, o time do povo. Em seguida, com a voz embargada, mas carinhosa, saudou nosso médio-direito, o mais raçudo dos homens que já envergaram nosso manto sagrado: – Vivaaaa, Idário! E os amigos e admiradores cederam um longo e pungente aplauso.

Dona Natividade ainda bradou: – Salve Idário, o maior de todos! E ela não mentia e nem exagerava. Idário não era a divindade da técnica nem da firula. Nunca deu “rolinho”. Nunca fez charme. Mas como símbolo da raça e da dedicação, foi o maior de todos, foi a cara da Fiel nos gramados. Tantas vezes jogou no sacrifício, como os pés em carne viva e as cartilagens moídas. Lutava porque era preciso, porque era corinthiano.

Idário assinava contratos em branco para poder defender nossas cores. Se fosse driblado dez vezes por Canhoteiro, punha-se à frente do adversário onze vezes.

Já escurecia quando, ofegante, somou-se ao grupo um ex-adversário de Idário, um ponta-esquerda anônimo do Taubaté e da Ferroviária. Foi dizer em voz alta, diante do túmulo, o quanto admirava o justo e resoluto adversário. Lição de vida para todos nós, alguns bem jovens, que nunca vimos Idário jogar, mas que levaremos para sempre a saudade de seu magnífico exemplo de vida.

*Texto do corinthiano Tchê.

 

Nota do Blog: Foi um funeral modesto, mas repleto de carinho e emoção, tal qual o Corinthians de Idário e o Idário do Corinthians.

Além da saudade, fica o nosso eterno agradecimento por ter ajudado a fazer do Timão o gigante que é hoje.

Obrigada, Deus da Raça.

E amanhã é dia de homenagea-lo no Pacaembu, gritar Idário é gritar Corinthians!


4 Comentários so far
Deixe um comentário

Simples, mas MUITO emocionante! Fica a tristeza pela partida, mas o alívio por saber que ele finalmente descansou! Que Deus esteja com a dona Nati!

Comentário por Janaina

É, Jana. Amém! E valeu por tudo que vc fez por ele em vida! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Vamos apoiar o Timão e homenagear essa grande pessoa.. esse Deus que tanto se dedicou ao Corinthians!!!

Vaicorinthians.net no Paca!

Comentário por Higor Oliveira

Com certeza, Higor! Viva Idário. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: