Corinthians: Preto no Branco


Decepcionante Timão
setembro 21, 2009, 9:57 pm
Filed under: Uncategorized

professor-pardal

O que dizer da goleada que o Timão sofreu neste domingo, em pleno Pacaembu lotado, na partida contra o Goiás? Fica até difícil não repetir boa parte do que já foi escrito no post do jogo Coritiba x Corinthians, afinal, os erros foram basicamente os mesmos, os culpados, idem.

 

Começo, pois, tratando do único momento bonito que presenciei no estádio: a faixa de agradecimento ao Idário, nosso eterno Deus da Raça, embora a torcida não tenha respeitado o minuto de silêncio ou gritado o nome dele, como imaginei que faríamos, foi emocionante finalmente poder testemunhar algum reconhecimento do clube a um ídolo tão importante na história do Sport Club Corinthians Paulista. Os jogadores adentraram o campo homenageando-o e eu não pude deixar de lamentar o fato de ninguém no atual time ter algo de Idário. E, especialmente ontem, não tiveram mesmo.

 

O jogo, todos sabem, terminou 4 a 1 para o Goiás, fora o baile. O Timão estava tão desfigurado, confuso e perdido que o placar só não foi mais elástico porque o adversário era um timinho mesmo, do tipo tão pequeno que mesmo goleando necessita fazer cera, enrolar a partida e todas essas particularidades dos medíocres.

 

Muitos torcedores, durante e após o jogo, culparam Diego, Marcelo Oliveira e demais atletas pelo vexame. Tudo bem, como diria Paulinho da Viola, tá legal, eu aceito o argumento, mas não me altere o samba tanto assim! Diego e Marcelo Oliveira são o que são: jogadores abaixo da média. E fora de posição é até insanidade esperar que joguem bola. Seria mais inteligente questionar a razão pela qual um time como o Corinthians, com a camisa poluída de patrocínios, conta com tão medíocre elenco. Ou quem sabe interrogar a diretoria sobre o motivo de não terem contratado peças de reposição para os craques vendidos no primeiro dia da janela de transferências. Qualquer opção seria mais efetiva do que vaiar jogador que nunca foi craque e que, infeliz e provavelmente, jamais será.

 

Agora, se é para procurar responsáveis, além de diretoria, departamento médico e preparadores físicos, novamente será preciso falar em Mano Menezes, que teve um acesso de professor Pardal e resolveu comprometer seriamente as chances de título do Corinthians.

 

Após duas semanas inteiras de treino e somente treino, ao invés de se observar um esquema mais consistente, o que se vê é um treinador perdido, que num dia inventa uma escalação de última hora com duas bizarras linhas retas compostas por 4 zagueiros e 4 volantes, noutro recai na tentativa de 3-5-2 ferrolho que, embora o treinador não perceba, nunca funcionou sob o seu comando.

 

Sinceramente, não entendi que motivos levaram Mano Menezes a passar o Balbuena para a lateral direita e comprometer o Alessandro, que toda vez que precisa se expor é pífio. Era assim quando chegou ao Corinthians, Mano corrigiu e fiz até questão de tratar o assunto aqui. Agora, o técnico tornou a insistir no erro, quando poderia simplesmente deixar o Alessandro na função de sempre e  manter o Balbuena na lateral esquerda, onde fez boa partida contra o Santos, o que já evitaria que o setor ficasse a cargo da dupla nada dinâmica Diego e Marcelo Oliveira.

 

Além do mais, o meio-campo improvisado ficou sem ligação com o ataque, uma vez que o time tomou um gol no início do jogo e o Jucilei, pela primeira vez na meia de fato, precisou jogar de costas para a zaga. Por consequência, a bola pouco chegou aos atacantes e quando chegou não queria entrar. O gol de Dentinho, com participação de Ronaldo e Jucilei, quase lembrou o de Basílio em 1977, tamanho o bate-rebate na área. Pelo Goiás, marcaram  Fernandão, Yarlei e João Paulo.

 

Enfim, a despeito da grosseria de alguns jogadores e da falta de vontade de outros, o maior culpado pela vergonha do domingo ainda é o treinador, seguido pela diretoria e sua contumaz incompetência.

 

O Corinthians perdeu – e feio – a oportunidade de continuar na luta pelo penta e a tríplice coroa. Talvez ainda seja possível, mas é um tanto improvável. Quanto mais se considerarmos a falta de elenco, os problemas físicos e os surtos do treinador que, juro, até me levou a pensar que fez aquilo de propósito, para evidenciar alguns problemas do time, posto que a diretoria não trouxe os reforços necessários. Sim, porque Mano Menezes é superestimado, mas não pode ser tão estúpido assim.

 

Contudo, como sempre e para sempre, vai Corinthians! 

Raça Timão, você é tradição!

Anúncios

19 Comentários so far
Deixe um comentário

A diretoria já está em férias, “planejando” o ano que vem, e alguns jogadores, os picaretas, perceberam: também já estão em férias.
O sucesso subiu à cabeça do Mano, e ele começa a fazer merda atrás de merda.
Fórmula do pânico esta…

Comentário por jeff

É, pode ser por aí mesmo, Jeff. O que talvez explique tantas contusões e tanta demora para retornar delas, com o time nessa draga, está cheio de mercenário que não quer nem saber de jogar, se não for isso, então demitam imediatamente o preparador físico, pq esse tipo de coisa só acontece no Corinthians. Enfim… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

O problema é o cara falar que está com dor, que está com isso, ou com aquilo. Não deveria, mas o DM fica de mãos atadas.
Agora era preciso um dirigente sangue ruim, que chegasse e falasse: “Vai jogar só 50%, então vai receber só 50% tb…”.

Abs

Comentário por jeff

Belissimo texto… Como sempre.
Mas como é futebol… Semana que vem tem mais e apesar de concordar com tudo q você disse eu não consigo parar de acreditar no corinthians (é fogo ser torcedor… Enquanto temos chance, por menor que seja, por mais obvio que não se realizara continuo na torcida) De qualquer forma… VAI Corinthians!! E continue com suas belas contribuições Lara.

Comentário por R.

Na torcida eu continuo, R., mas que o Corinthians me jogou um belo balde de água fria, jogou!

Fui super feliz ao Pacaembu, vi o estádio lotado, clima propício, rodada propícia e o time entra em campo parecendo o XV de Campo Bom?! Olha, é sofrível mesmo. Detalhe: inclusive no bolso, uma vez que paguei míseros R$100 p/ assistir ao show (de horrores)… Eu nunca me arrependi de pagar, ainda que preços abusivos, para ver o Timão jogar, mas aquele não era o meu time. Me senti lesada. Mas enfim… Ser torcedor, no Brasil, é isso mesmo. Agora é torcer por um milagre. Ah, obrigada! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Te entendo completamente… Me senti do mesmo jeito… Era só para te dar uma animada… Mas é assim mesmo ser torcedor é ter sindrome bipolar (antigo maniaco depressivo). Não tem cura. Só espero estar na euforia no próximo domingo e não na depressão…
Agora que o torcedor é maltratado… Nesse jogo eu ainda consegui entrar antes, mas no jogo contra o Santos só entrei depois do jogo ter começado (um desrespeito total aos meus direitos) E isso com empurra, empurra; preços abusivos; lugar desconfortavel.. o de sempre (pelo menos naquela o timão gaanhou, né?). Mas é isso aí! bjo!

Comentário por R.

Ah Larissa… VocÊ viu quantos problemas físicos! Não é possivel que o fisiologista, fisioterapeuta, médico, preparação física…etc do cotinthians seja bem feita… “Os atacantes Jorge Henrique (panturrilha esquerda) e Dentinho (dores musculares), os zagueiros Chicão (coxa direita) e William (joelho direito), os volantes Marcelo Mattos (dores no pé esquerdo) e Edu (coxa direita)(…)”
E olha que faz um tempo que o corinthians é campeão de lesões

Comentário por R.

Realmente Larissa, esses últimos 2 jogos evidenciou que o time quando tenta atuar num novo esquema as coisas não dão certo. Mas o pior foi ver que tivemos 15 dias para treinar e entrosar a equipe e fizemos apenas 1 coletivo.

Comentário por Lekão

Pois é. Já está mais do que claro que mudar esquema na prancheta, sem treino, não dá certo. Pelo visto perdemos 15 dias, ao invés de fazermos bom uso deles rumo ao título. Enfim… Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Oi Larissa,

Também estou com o mesmo sentimento que você…rsrs, nunca me arrependi tanto de pagar R$100,00(poderiam me devolver pelo menos 50% né..rs) para ver “meu Corinthians(aquele time era o Corinthians?)” ser atropelado do jeito que foi.

Será que você ou alguém aqui conseguiu pelo menos anotar a placa do caminhão que nos atropelou?

Apesar da semana ter sido muito ruim para nós corinthianos que perdemos um dos nossos maiores ídolos da nossa história, e vermos nosso time tomar um chocolate em casa(diga-se de passagem, estava linda com nossa torcida lotando o Paca), a única coisa que me deixou muito feliz foi ver que você voltou a postar seus comentários, que tenho certesa que fazia falta para mim e para o pessoal que costuma visitar frequentemente seu blog (vê se não vai parar de novo né..rsrs).

E vamos todos apoiar o timão enquanto houver chances de buscarmos a triplice coroa, afinal a desistência é para os fracos e não para os Corinthianos.

Abraços e parabéns pela volta

Comentário por Denis

Obrigada pelo carinho, Denis. É mais ou menos por aí… Ao torcedor cabe torcer. Mas desistência, ao que tudo indica, não partiu da torcida, afinal nós lotamos o estádio no domingo. Falta o time fazer a sua parte com um mínimo de vontade. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090922/not_imp438807,0.php

MORUMBI VETADO PARA A ABERTURA

Secretário-geral da Fifa critica novo projeto e diz que estádio só tem condição de receber jogos menores

Jamil Chade, ZURIQUE

A Fifa endurece o discurso contra o Morumbi e veta, agora, o novo projeto apresentado pelo São Paulo. A abertura do Mundial de 2014 e os jogos importantes, como as semifinais, não poderão ser realizados no estádio do São Paulo, segundo a entidade. No próximo fim de semana, o comitê executivo da Fifa desembarca no Rio. O Estado apurou que alguns de seus integrantes vão visitar São Paulo para verificar a situação.

Agora, o problema do Morumbi não é mais apenas sua parte externa, mas também a capacidade interna para organizar os jogos da Copa. A Fifa afirmou que o plano de reforma apresentado pelo clube é insuficiente. “Não vamos assinar embaixo de um projeto como esse”, afirmou o secretário-geral Jerome Valcke. Hans Klaus, diretor de comunicações, vai mais longe e insinua que a solução pode ser mesmo construir outro estádio. “A grande questão é se um estádio de algumas décadas está adaptado para hoje”, disse Klaus ao Estado.

A Fifa e o São Paulo vêm travando batalha nos últimos meses. Valcke confirmou que o primeiro projeto apresentado pelo clube não permitiria o uso do Morumbi para a Copa. No dia 8, Valcke havia afirmado que o estádio tem problemas de estrutura, principalmente nas imediações. E chegou a cogitar a possibilidade de ser construído outro estádio na capital paulista. “Na recente visita que fizemos ao Brasil constatamos, por exemplo, que há um problema grave de espaço em São Paulo, sobretudo na área externa”, declarou o secretário na ocasião.

No mesmo dia, o São Paulo respondeu às críticas. “O São Paulo está absolutamente seguro de que o projeto apresentado em 4 de setembro atende sobremaneira a todas as exigências oficialmente formuladas pela Fifa”, destacou o clube em nota oficial. Os dirigentes prepararam nova proposta e a enviaram à Fifa. As modificações em relação ao projeto original se referem especialmente ao acesso ao estádio, à falta de estacionamento e à tribuna de imprensa.

Valcke deixou claro que essas questões não foram resolvidas e disse que ainda há problemas de falta de capacidade interna. “Algumas coisas estão melhores, mas faltam muitas a resolver”, afirmou. “Não podemos assinar um papel dizendo que está tudo bem.” Valcke observou que o “problema central” é a falta de espaço interno. “Se a cidade quer jogo da semifinal, precisa ter 65 mil lugares. E não tem”, disse.

Técnicos da Fifa explicaram que o novo projeto do Morumbi fala em 62 mil lugares, mas sem as condições de segurança adequadas. A exigência da Fifa é de que o estádio tenha pelo menos 60 mil assentos para a abertura e 65 mil para a semifinal.

Valcke optou por não entrar em detalhes. Mas sua equipe indicou que, se as regras de segurança forem aplicadas, o estádio teria capacidade inferior a 60 mil espectadores. “Não estamos pedindo, por enquanto, um novo estádio. O que dizemos é que o Morumbi não é um estádio perfeito para a Copa, se quiser receber um jogo do nível de semifinal ou a abertura”, disse Valcke. Além disso, a Fifa continua apontando probemas no acesso ao estádio e na área de imprensa.

Comentário por Carlos

Registrado, Carlos. Em tempo, o Morumbi não passa de um elefante branco, construído por meios ilícitos, que hoje está obsoleto e se eu fosse paulistana sentiria vergonha por minha cidade, centro econômico nacional, não ter um estádio decente para receber a Copa do Mundo no dito país do futebol, aliás, sinto vergonha como cidadã brasileira.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Concordo com tudo o que você escreveu,sou torcedor do Timão desde a época do ídolo Sócrates e acho que o futebol de hoje,os jogadores são muito acomodados.
Sorte sempre.

Comentário por Julio Cesar

Acomodados, dentre outras cositas más… É a era do “biziness”, como diria Mario Gobbi. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa discordo um pouco de vc em resposta ao comentário do ”R”. o XV de campo bom mostraria ao menos vontade e iria manter o Bill no banco.

Com relação ao jogo em sí o título do post disse tudo, foi uma decepção, um time que almeja ganhar essa competição não pode se dar ao luxo de perder em casa, não importa o adversário, ainda mais de goleada como foi, só lamentos!!!!

Mesmo assim VAI CORINTHIANS!!!!

Obs. Se perder domingo enrolo minha bandeira e desisto, ai vai ficar praticamente impossível.

Comentário por Toel

Concordo contigo Toel, mas não enrole a bandeira não… Nunca…rs
Vai corinthians!!!

Comentário por R.

Tá certo ”R” é que as vezes o Corinthians me passa aquela impressão de que não quer ganhar o título e o discurso de poucos jogadores e do prorpio Mano, parece ilusão, acreditar agente acredita sempre, mas dentro de campo não vejo, ainda, um time com vontade de ser campeão, assim como foi no Paulista e na Copa do Brasil, escolhí esse jogo contra os bambis como uma prova de fogo para o time,com todos os ingredientes de um bom jogo (rivalidade, confronto direto etc) se ganhar mostrará que tem competencia pra chegar na frente mas se perder fica muito difícil.

Mesmo assim VAI CORINTHIANS !!!! ATÉ O FIM!!!

Comentário por Toel

Ah, Toel. Quanto ao Bill eu não sei, posto que no nível do XV não dá pra dispensar ninguém hehehe, mas quanto à vontade, pode ser. Time que pretende ser campeão de campeonato por pontos corridos precisa de muito mais do que apenas não perder em casa, precisa conseguir emplacar uma série de 3 vitórias, pelo menos. O vacilo feio mesmo começou lá no jogo contra o Coritiba, um dos últimos colocados. Ponto fácil é ponto garantido para quem almeja o título. Está difícil, mas quem sabe se o time/treinador mudar de postura, né? Vamos torcer. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: