Corinthians: Preto no Branco


Pão e Samba
novembro 25, 2009, 3:34 am
Filed under: Uncategorized

“O bobo da corte cansou de todos os excessos: das roupas, dos gestos, das maquiagens. Enfim mirou o espelho... E o sobre o que viu apenas disse: 'eu já sabia'.”

.

Durante todo o segundo semestre de 2009, quem acompanhou o Corinthians viu algo inédito acontecer com sua torcida. A diretoria promoveu o desmanche do time, desfez-se, de maneira amadora, de jogadores fundamentais e a torcida não protestou. O time, conhecido pela raça, abdicou publicamente do mais importante campeonato nacional. Não satisfeito, sofreu várias goleadas de equipes inferiores dentro de sua própria casa, nem lutou. E a Fiel continuou a fazer samba no estádio. Sequer um “Raça Timão” ecoava nas arquibancadas do Pacaembu durante apresentações vexatórias do alvinegro.

.

A principal torcida organizada do clube, a maior do país, que é conhecida como órgão fiscalizador, pois nasceu com o intuito de combater a corrupção que assolava (?) o Corinthians, hoje já não fiscaliza nada, pelo contrário, apoia tudo. De desmanche à descaracterização do time do povo. Apoio incondicional e irrestrito. Mas por quê?

.

O Sport Club Corinthians Paulista divulgou, em nota oficial, o que aparenta ser a razão para esta mudança de comportamento da Gaviões da Fiel Torcida. Não é, portanto, mera mudança de comportamento. É perda de rumo, prumo, dignidade e ideal.

.

A diretoria resolveu que financiará o carnaval “das agremiações que tem como principal tema de enredo o centenário do Clube”, mas todos sabem qual será a agremiação beneficiada. Esta ajuda é normal em muitos lugares e escolas de samba? É. Mas que me perdoem aqueles que ainda tem uma visão romântica e alimentam a falsa ilusão de um ideal que não existe mais: a Gaviões deixou de ser um órgão fiscalizador para se tornar uma torcida/escola de samba patrocinada pelo clube e, por isso, sem moral para realizar quaisquer cobranças. O negócio agora é sambar e, é bom que se saiba, no compasso dos cartolas.

.

Não há discurso que altere os fatos. Torcida existe para ajudar o seu time e não para ser ajudada pelos clubes, mas como o costume é inverter a ordem natural das coisas acontece, muitas vezes, de torcidas serem bancadas por dirigentes, como se o fato de não pagarem royalties pelo uso da marca já não fosse suficiente, porém, nesses casos, elas não podem se proclamar como sendo força independente ou órgão fiscalizador.

.

Em que pese à desmoralização pública da organizada em questão, a atitude dos dirigentes corinthianos é mais lamentável. Reverter a renda do jogo Corinthians x Flamengo, a ser adquirida via torcedores, sócios-torcedores inclusive, que pagam para ajudar o clube e não para financiar carnaval chegar a ser obsceno. A propósito, a justificativa para a majoração absurda no preço dos ingressos era justamente a de fazer o torcedor contribuir com a formação do esquadrão do centenário e não foram poucas as alegações de falta de recursos e dinheiro em caixa, aliás, por falta de dinheiro em caixa se justificou o desmanche que custou o pentacampeonato nacional ao Corinthians.

.

Quer dizer que agora o clube pode abrir mão da renda dos seus jogos? Ótimo. Já que é possível, a primeira atitude a ser tomada é diminuir os preços inflacionados dos ingressos e do plano Fiel-Torcedor. Não tem cabimento extorquir os corinthianos se o clube não necessita mais nem da renda de suas partidas, certo? Depois, o ideal seria resolver os problemas do Corinthians, sanar a sua dívida, por exemplo.

.

Não há necessidade ou justificativa plausível para que se retire verba direta de um jogo do Corinthians para bancar o carnaval de uma escola de samba que, além do mais, tem seus próprios recursos, adquiridos através do uso gratuito da marca do clube. O dinheiro do futebol deve ser aplicado no futebol, mas os cartolas devem achar que enganam alguém com esse discurso de que o Corinthians será promovido na avenida. Pura inversão de papéis. O Corinthians é que promove a escola de samba ao emprestar sua valiosa marca gratuitamente.

.

Quanto à Gaviões da Fiel, que não se ofenda, mas se o intuito é louvar o Corinthians no desfile carnavalesco, tal homenagem deveria ser um presente para o clube e não uma festa financiada pelo clube.

.

Apesar dos pesares, aqueles que vivem o Corinthians não foram surpreendidos com os fatos apresentados no comunicado, mas com a existência de um comunicado para oficializar aquilo que já era informalmente conhecido e, diga-se de passagem, severamente criticado. Talvez por isso o foco dos debates sobre o tema, nas redes sociais, concentrou-se na razão de se emitir um comunicado oficial que desabona diretoria e torcida.

.

As razões podem ter variáveis, mas seguindo o raciocínio inicial deste post é possível que os dirigentes tenham imaginado que torcedores permissivos e facilmente manipuláveis acreditariam em um texto cheio de floreios que, salvo engano, eles se viram obrigados a publicar, afinal, o fim do ano se aproxima e as contas a prestar também e, ao que tudo indica, os balancetes mostrarão que o clube precisa muito de dinheiro, tanto quanto os dirigentes precisarão de uma justificativa para a renda do jogo em Campinas não estar nos cofres do clube. A melhor maneira de explicar isso pode ser por meio de uma nota oficial repleta de floreios, que sugira que uma relação promíscua inaceitável seja vista como algo natural e bom para o clube.

.

Sensacional esse tal de “biziness”!

.


40 Comentários so far
Deixe um comentário

Lamentável….Eu estava muito afim de ir a campinas assistir o jogo, mas não vou mais porque por mais que eu goste de samba, não vou financiar essa palhaçada!!!!

Abraços
Denis

Comentário por Denis

Ninguém deveria mesmo, exceto os que serão pagos para tal.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Excelente texto, Larissa. Da muita vergonha ver o rumo que o Corinthians está tomando..

Comentário por Fernando

Obrigada, Fernando. Esta situação é inaceitável. Fico admirada ao constatar que acharam mesmo que era só escrever um texto bonitinho e todos aceitariam que se revertesse verba direta do Corinthians para financiar carnaval. A impressão que eles tem da torcida deve ser a pior possível.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Brilhante Larissa, queria eu, ter escrito tão maravilhoso texto!!
Vc expressou em todos os detalhes tudo aquilo que n;os, corinthianos de bem, pensamos e ruminamos sobre este sórdido tema.
Parabéns!! Graças a Deus existem blogs de pessoas como vc!! Obrigado por me representar!! Beijos

Comentário por Leonardo Rossetti

Obrigada, Leonardo. Gentileza tua. E quisera eu que o motivo do texto fosse outro, que me deixasse feliz por representar o sentimento de outros corinthianos. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

LAMENTÁVEL !!!!!

Não quero acusar ninguem, mas se tem neguinho da organizada recebendo por fora pra ficar calado, este(ou estes) são tão hipocrita, ou piores, que aqueles aos quais nem gostamos de lembrar, figuras que lutaram durante anos para afundar o Corinthians.

Pra quem achou que chegou no fundo do poço e subiu, ao que parece era um fundo falso e o buraco é mais embaixo.

Durante anos assisti jogos no meio dos Gaviões, apesar das evidências, era difícil acreditar que um dia a torcida poderia se vender e agir como Judas, hoje a realidade parece ser outra, infelizmente, conheço muita gente lá e sempre que conversei com alguns mais ”chegados” o pensamento em torno da Libertadores parece ter tomado o sentimento de ver o time representar a velha raça Corinthiana dentro de campo, se ganhar tudo será esquecido mas os outros 50% poderão trazer a tona isso que por enquanto ventila am alguns veiculos da imprensa.

Vai Corinthians e Saudações a toda massa alvinegra.

Comentário por Toel

Minhas impressões são mais ou menos as mesmas que as tuas. E também já assisti muito jogo lá, conheço algum torcedor organizado e, por isso, sinto-me bem à vontade para falar com propriedade.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Parabens Larissa, a muito tempo a Gavioes deixou de ser torcida para virar “empresa” e torcer para quem paga mais. Uma verdadeira vergonha. Foi criada para outros fins, agora metida em politicagem e interesses financeiros. Nós como torcedores “comuns” temos que lutar por um Corinthians melhor. Chega desses aproveitadores que estão dirigindo o Timão.

Comentário por RATONES

Foi o que faltou dizer no texto: agora os torcedores comuns, acostumados a deixar os protestos a cargo da organizada, é que terão de se mobilizar e protestar. Nós também precisamos mudar de postura.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

É inegável que houve passividade da torcida, mas não acho que isso esteja limitado ao valor que será recebido da renda do próximo jogo. Acho que há muito mais coisa aí do que o oficialmente anunciado. Desconfio muito da divisão de ingressos para a Copa Santander, por exemplo.

Acho que isso possa vir a ser até benéfico, pois já há quem queira separar o carnaval da torcida organizada e o episódio pode vir a consolidar essa ideia.

Houve manifestos pela majoração no preço dos ingressos. Tímidos, mas houve. Principalmente por parte do MRSJ. Houve manifestos também contra o roxo, com o qual discordo em parte, mas o vejo como salutar. Estes foram encabeçados pela Estopim.

Os Gaviões ficaram à margem disso, é sabido, mas, como disse, acho que foi por motivos adicionais. Bem adicionais por sinal.

Embora nos doa nos bolsos, o valor é irrisório quando comparado ao custo total de um desfile. Se os Gaviões foram amestrados com isso seria se vender muito barato.

Uma empresa que patrocina uma escola de samba paga valor maior em troca de merchandising. A prefeitura paga valor maior, e com dinheiro de todos os contribuintes.

É mais de uma hora de exposição na mídia. Transmissão para vários países do mundo. É um investimento que traz bom retorno publicitário a qualquer instituição.

Do ponto de vista comercial, a atitude deve ser vista como um patrocínio com retorno mediante exposição da marca. Não como um gasto.

A Estácio de Sá homenageou o centenário do Flamengo. A Unidos da Tijuca homenageou o centenário do Vasco.

Não lembro de esses dois clubes terem injetado dinheiro nessas escolas, mas no carnaval, normalmente, não se homenageia ninguém de graça.

O Palmeiras fará a mesma coisa em seu centenário. As gazelas também. Podem não anunciar em seus sites que injetarão dinheiro, mas injetarão sim.

Em suma, concordo com a decisão de patrocinar (não gastar) escolas de samba que homenagearão nosso centenário porque centenário só existe um e porque traz retorno.

Ontem li uma notícia de que o Rio Preto contratou junto ao Corinthians, por empréstimo, um jogador chamado André Lamas. A notícia dava conta que o Corinthians arcará integralmente com seu salário.

Como não sabia quem era esse tal André Lamas dei uma pesquisada rápida no Google e vi que o jogador foi contratado em 2008 junto ao América (SP).

Antes do Rio Preto, o jogador passou pela União Barbarense e pelo São José. Também por empréstimo. Também com salários arcados pelo Corinthians.

Ou seja, o Corinthians contratou um jogador por dois anos. Pagará dois anos de salários a ele. E esse jogador jamais jogará no Corinthians.

Não foi um jogador que saiu da base; tinha potencial; mas não tinha espaço no elenco por enquanto.

Acho que isso não traz retorno.

Patrocínio ao carnaval sim.

Agora, sou contra os Gaviões se venderem por causa disso, se é que estão se vendendo só por causa disso mesmo.

De qualquer forma, se vender por causa disso ou se vender por mais que isso, não altera muita coisa não…

Comentário por Luís Carlos

Quem se vende, se vende. Se é só por isso, se tem mais – e agora se abriu um belo precedente para qualquer um supor o que quiser – não interessa. A desmoralização é uma só.

Agora, discordo quanto a retirar verba do futebol do Corinthians para financiar carnaval trazer retorno, aí eu discordo absolutamente de ti, Luís. Primeiro, pq receita do futebol do Corinthians é para ser investida no futebol do Corinthians. O nosso futebol precisa disso e não precisa pouco. Os torcedores, aliás, estão pagando caríssimo por este motivo.

Depois, porque são as organizadas que dependem do clube para sobreviver e não o contrário. Um desfile não agrega nada além do que a marca Corinthians já possui. Agrega apenas às agremiações e para estas já está de bom tamanho utilizar gratuitamente uma das marcas mais valiosas do país, provavelmente a mais.

Não vejo onde os cofres do clube saem ganhando com isso, aliás, vejo o contrário disso. Vejo uma receita a menos no balanço. E nem sei se será apenas esta receita. Esta, até onde se sabe, foi a divulgada, não significa que seja a única.

Estava observando os sites de relacionamento e tinha muito gavião, que não é chegado nas lideranças, reclamando, porém outros apoiando e tentando fazer parecer algo natural e correto, pior do que isso, um deles deixou escapar que o acordo não era apenas de alguns “trocados” de renda de jogo, mas de milhão e ainda cobrou o Andrés no fórum em questão. Fiquei pasma e até pretendo investigar melhor isso aí.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Então Larissa, desse seu ponto de vista nenhuma empresa investiria no carnaval.

Se não traz retorno não existiriam transmissões televisivas madrugada adentro. Não se pagariam fortunas a pelas-sacos da Globo para ocuparem os camarotes. Não existiria carnaval do jeito que se vê hoje.

Mas veja bem, claro que não concordo com troca de favores. Cada um pro seu lado…

Mas você verá que outros times farão a mesma coisa em seus centenários. E não se copiam ações desastrosas. Igualmente não se divulgam ações desastrosas e/ou desonestas oficialmente. Essas estão escondidas lá em baixo, atrás da gravata e do colarinho…

Larissa: Luís, a televisão tem retorno com a audiência, claro. Mas eu gostaria de saber o que é que um desfile trará de retorno financeiro ao Corinthians, aliás, o que trouxe nos outros anos, quando a Gaviões desfilou com a marca Corinthians? Todo o lucro vai para a Gaviões, que não repassa nada ao clube, nem mesmo royalties. Se vender camisa, produtos, serão da Gaviões, que tem total liberdade de comercializar a marca do Corinthians junto a sua.

Quanto à nota oficial, em tese não há nada ilegal nesta ação, o problema é moral e este eles acharam que resolveriam facilmente enrolando a torcida, como vem sendo feito há tempos. Quando o Rosenberg diz que aumentará os preços pois não gosta de ver corinthiano se acotovelando na bilheteria, por exemplo. E, como eu disse no final do texto, os balanços estão aí, uma hora teriam de explicar a ausência da renda desse jogo. Deram um jeito de escrever uma nota com palavras bonitas que fazem parecer que tudo isso é muito legal.

Obs: Se quiser dar exemplos de como o Corinthians teria retorno nesse “investimento”, por favor, traga-os para este blog, aí debateremos em cima disso, pois até então eu desconheço essa possibilidade.

Abraços alvinegros.

Comentário por Luís Carlos

Não temos um estadio decente !!
Não temos um CT decente !!
O clube deve por volta de 100 milhões !!

E a diretoria dando dinheiro para torcida organizada.

Tá explicado porque ninguém das uniformizadas tem protestado com as pifias apresentações do time.
Nem pegam mais no pé de jogadores que não tem a mínima condição de vestir a camisa do Timão.

Até a humilhação de possivelmente voltar a jogar no panetone não abala as organizadas.

Lamentável

Comentário por João Roberto

Ao que tudo indica, torcida organizada virou instituição e trabalha em prol de si mesma, como se ela própria fosse a instituição e não o Corinthians. É lamentável, mas pior do que isso é querer se diferenciar das demais torcidas que são só isso aí mesmo, colocando-se no patamar de órgão fiscalizador em prol do Corinthians. Se o interesse fosse o bem do Corinthians estariam repassando o que é do clube de direito e não retirando receitas do mesmo.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Uau!
Maracação implacável!
Parabéns.

Comentário por Victor

Obrigada, Victor!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Cara Larissa,
É vero que és cunhada de Boquita e que recebes brindes de Andre Negrão dentro de Parque São Jorge?
Se for verdade sua indignação com a Fiel não tem base moral, pois se assim o for suas palavras caem na esfera pessoal e não na ideoligica pró-Corinthians concorda?
Estamos a beira de nosso centenario devemos ter parcimonia em nossas criticas para não fomentar uma crise que não existe.
Saudações Corinthianas!

Comentário por Paulinho

Você sabe muito bem que não é verdade, aliás, o Boquita tem Orkut e fotos com a namorada dele no Orkut, que obviamente não é minha irmã. Está lá para quem quiser comprovar.

Não recebo brindes, recebi de presente uma camisa do clube quando fui visitar o Parque e até contei neste blog, pq não existe o menor problema nisso, afinal, sou fiel-torcedora e consumidora assíduos dos produtos do clube e nunca deixei de apontar os erros por ganhar uma camisa, diferente da situação citada no texto. A propósito, levei a camisa ganha para os jogadores autografarem e ela será sorteada entre os que estão contribuindo para a reforma do túmulo do Idário. Legal, né?

Avisa lá que não adianta tentar me comprar e que alhos nada tem a ver com bugalhos.

Passar bem.

Comentário por Larissa Beppler

Cada comentário LAMENTÁVEL que precisamos ler.

Parabéns pelo texto e continue sendo sempre essa pedra preciosa no caminho deles.

Bjs.

Larissa: Pois é, Fabinho. Lembra do que comentei contigo no dia da homenagem ao Idário? Pois é. É dessa forma que eles pretendem colocar em descrédito aqueles que não concordam com política suja. Argumentos mesmo, que contestem os fatos apresentados, inexistem. E isso, pra mim, é suficiente.

Obrigada pelas palavras e pelas atitudes em prol do Timão e dos seus ídolos. Espero seguir em frente contando com a sua ajuda sempre.

Abraços alvinegros.

Comentário por Fabio Sleiman

Larissa,
Se eu fosse você eu nem me daria o trabalho de responder a comentarios como esses. De qualquer forma vc sabe que a grande maioria da torcida(talvez até poderia dizer “os verdadeiros corinthianos”) estão com você 100% nessa questão (e em outras tantas levantadas por você nesse blog). Obrigada pelo texto e pela luta para que nós possamos continuar com a luta contra o desvirtuamento do nosso time, o time do povo. Parabéns pelo blog!!

Larissa: Obrigada, querido. Graças a Deus eu sei que estão e tenho provas disso todos os dias. Nós sabemos quem são essas pessoas, inclusive nomes, mas não é por elas que respondo. É pq a tática utilizada é repetir mentiras até que se tornem verdades, sabe? Respondo por respeito aos demais, que talvez não conheçam os fatos e possam acreditar em algo desse baixo nível ou mesmo ficarem na dúvida. Ninguém é obrigado a me conhecer e saber qual o meu proceder, né?

Abraços alvinegros.

Comentário por R.

Cara Larissa,
Em momento algum fiz uma afirmação e sim uma indagação, e em cima desta indagação uma ponderação.
Moro no interior de São Paulo e por motivos alheios a minha vontade nunca tive a oportunidade de conhecer o Parque São Jorge ou a felicidade de acompanhar meu time em um estádio da Capital, mas nem por isso me considero menos Corinthiano que vocês da Capital.
Sigo meu time de outras maneiras e algumas desta maneiras são os Blogs de Corinthianos onde incluo o seu, não tenho o costume de me manifestar, mas confesso que ando um pouco sem paciência, pois em todos estes blogs onde procuro informações a respeito do Corinthians sempre tem alguma noticia negativa ou pejorativa.
No dia de ontem dei uma olhada no Blog de meu chara o Paulinho e li um texto seu e em seus comentários dizia-se que você era cunhada do Boquita e que era presenteada pelo André, em vez de ficar com esta informação de terceiros em minha cabeça resolvi perguntar diretamente a você.
Em nenhum momento quis ofender, cercear ou criar alguma duvida a respeito de seu caráter se o fiz mesmo que sem assim o quer peço desculpas e prometo que nunca mais me dirigirei a sua pessoa seja neste espaço ou em outro qualquer.
Agradeço a oportunidade de me explicar e deixo a todos minhas sinceras Saudações Corinthianas.
Salve o Centenário!
João Paulo de Castro.
Santa Clara D’Oeste/SP

Larissa: Não. Você leu fakes anônimos inventando histórias sobre a minha vida no outro blog e propagou isso, mesmo em forma de indagação, o que é um desrespeito, pois nunca houve qualquer evidência das mentiras que eles escrevem. Eu sempre falei do que era necessário falar, inclusive do futebol do Boquita e se esses fakes sabem da minha visita ao PSJ, onde conheci o André Negão, foi porque eu contei aqui neste espaço, coloquei até fotos, pois não tenho nada a esconder de ninguém. Acho que sem conhecimento de causa a gente não pode sair falando de ninguém. Tudo que escrevo aqui eu posso assinar embaixo, pois é com total embasamento e conhecimento empírico. Aceito suas desculpas e acho realmente legal que não faça menção à minha pessoa, pois este não é um blog sobre minha vida pessoal, é sobre o Corinthians. Qualquer coisa além disso é invenção de alguns contratados para difamar quem ousar criticar a realidade que se apresenta.

Ah! Eu também fico triste de ver certas coisas sobre o cotidiano do PSJ descrita em blogs, mas ficaria ainda mais se a censura ou esses que mentem e intimidam impedissem a verdade de vir à tona. Melhor que se possa criticar, conscientizar do que deixar como estar. Críticas são para fazer crescer e melhorar e, nesses casos, precisam ser feitas.

Abraços alvinegros.

Comentário por Paulinho

O que esperar de uma diretoria cujo representante maior se recusa a sentar à mesma mesa que um ídolo do Corinthians? De uma diretoria misturada com o PT?

Comentário por Heloisa

Bem que eu gostaria que estas fossem as únicas razões existentes para não esperar nada da atual gestão. Ah! Se fosse só isso, Heloisa!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Gaviões da Fiel?

Só querem saber de pandeiro, cuíca e dinheiro!

Se o Corinthians derepente fizer um péssimo ano de 2010 eles não vão ter moral nenhuma pra cobrar porra nenhuma Larissa!

Comentário por Fabio Queiroz

Pois é. Esta pode ser uma das variáveis que citei no texto e que daria sentido à divulgação de uma nota oficial como a que soltaram.

Só que a torcida do Corinthians se acostumou a deixar as cobranças nas mãos destas pessoas que hoje não tem moral para cobrar, que ninguém mais espera lisura. Ou o torcedor comum se “organiza”, mas – por favor – não no sentido patrocinado da palavra, ou eu ninguém cumprirá o papel de torcedor e todos largaremos o clube nas mãos de cartolas… E aí já conhecemos o final da história, né? 2007, Dualib…

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler


Ah! Grande novidade, né? Ninguém sabia que o Inter era um timinho chorão e entregão, que conseguiu a proeza de levar faixas contra o próprio time no estádio ao passo que torceu para o maior rival conquistar a vaga na Libertadores, pois se o rival ganhasse o jogo, o time que eles tanto invejam seria rebaixado, como foi, mas evidentemente que não por conta de atitudes pequenas como as do Inter. E sim por problemas grandes e próprios.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

é isso mesmo larissa vc disse tudo,
pq vc ñ coloca esse comentária lá no forum do site do timao

Comentário por marcelo

Larissa , admiro seu trabalho e acho que vc tem muita coerencia no que diz ao contrario de um babaca de outro Blog ( Paul…) que nem gosto de falar o nome . Acho que é isso mesmo que vc escreveu …..O presidente fica dando dinheiro para os caras e ele assistem aos jogos sem reclamar e protestar . Se fosse outras epocas o que seria se aumentassem os ingressos do jeito que fizeram ????Já iamginou ???? Abraço Parabéns .

Comentário por MAURICIO GOMES

Já imaginei e já torci muito para isso voltar a acontecer, mas sem muito resultado. Agora já sabemos o por quê, né? Obrigada pelas palavras.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Você continua com seu fascismo deslavado ou já deu uma evoluída, Larissa? O tempo é o senhor da razão, dizem. Talvez algumas cabeçadas tenham servido para você aprender, não é? Essa é minha última tentativa pra ver se o que você quer é ser levada a sério, usar a inteligência que possui ou ficar colocando fotinho de mula-sem-cabeça (o menino lá no Flickr, ridículo) e dando uma de gostosinha. Porque caso você resolva usar o cérebro, se mostrará relevante. Caso resolva usar a aparência, será só mais uma entre milhões apenas. Publica aí meu comentário que eu quero ver. Ou vai dar uma de Paulinho, de novo?

Comentário por Matheus Antunes

Eu sempre aceitei todas as opiniões neste blog e não é um comentário seu me chamando de facista que fará os leitores mudarem de opinião, pq eles acompanham e sabem que todas as vezes que discordaram de mim ou não gostaram de algo que escrevi puderam se manifestar. Aliás, até diretor do clube com opiniões totalmente distintas da minha já postaram aqui. O que eu não aceito é mentira, calúnia e difamação. Se o Paulinho aceita no blog dele, isso é lá. Aqui eu procuro manter o nível e teus comentários anteriores foram sumariamente deletados por não manterem o nível exigido nesse blog, que é o de argumentar em cima dos fatos e não apelar para difamações pessoais. Se você se sentiu ofendido pelas minhas fotos, desculpa, mas são os próprios leitores que solicitam que eu poste as fotos do jogo, PSJ, etc e tal e isso nunca atrapalhou o meu trabalho aqui, afinal, eu nunca deixei de argumentar, apresentar fatos, etc… E quem tem cabeça não precisa de beleza para nada. Te garanto!😉

Obs: Você precisa entender um pouco melhor o mecanismo dos blogs e fotologs. Eu não sou responsável pelas fotos que os outros colocam e eu nunca coloquei fotos do dorso de ninguém.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Ofendido, Larissa? Você realmente acha que eu me ofendo aqui? Claro que não acha. Minha única frustração com seu blog é perceber (sendo homem, coisa que por mais inteligente que você seja, jamais será) é que você é bem melhor do que mostra aqui, com fotinhos de mocinha gostosinha e tal, respondendo comentários de gente que você nem sabe se existe. Vários desses caras só querem se aparecer pra você, e não dão a mínima pra se você pensa ou não, mas ficam aqui dando uma de amiguinho pra ver no que dá. Quando eu questiono o que você diz, estimulo seus neurônios, você me censura? Sacanagem, né? Eu não tenho esse problema de querer ser bonzinho, porque sou casado e meu único interesse aqui é meu amor pelo Corinthians, coisa que eu sei que você sente, do seu jeito. E que respeito, do meu jeito. Dá um tempo, Larissa…Podemos ser amigos, afinal. Você até sentiu minha falta, fala a verdade…Estou sinceramente “obrando” pra fotolog, mecanismos disso e aquilo e o escambau. Não sei como funciona, nem quero saber. Fica brava não, eu sou do bem, e no meu coração só existe amor. Apenas eu não digo o que as pessoas querem ouvir, às vezes. Acontece. Vamos fumar o cachimbo da paz, alright? Rastaman vibration!
P.S. – Se você me censurar, dessa vez eu desisto de você de vez. Paz!

Comentário por Matheus Antunes

Lara são fatos que acontecem a muito tempo e nunca deixarão de nos surpreender,a tal FORÇA INDEPENDENTE e o tal ORGÃO FISCALIZADOR DO CLUBE foram esquecidos e só nos restam esperar o pior.

Abraços Alvinegros.

Comentário por Carlos Alberto

Pois é, Cacá. Gostei da Nota Oficial divulgada pela Rua São Jorge e fiquei pasma com a resposta da diretoria aos membros na reunião sobre o assunto, mas enfim…

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Falar do excelente do texto é chover no molhado, mas também te admiro pela coragem em tocar num ponto delicado do sentir corinthiano.

A Gaviões tem uma história bonita de reivindicações por um Corinthians melhor, e nem faz muito tempo que eles, por exemplo, encamparam o Fora Dualib. Essa mudança tão radical da organizada em tão pouco tempo resultou nesse silêncio ensurdecedor de hoje – é a primeira vez que eu vejo o Corinthians jogando pessimamente e sem nenhum tipo de reação das organizadas do clube, caladas e conformadas.

Existe também uma mitificação em torno das torcidas organizadas – por isso falei na tua coragem, pois criticar os Gaviões gera represálias até de gente que não é da Gaviões mas que acha que “Gaviões é Corinthians, não pode criticar, bate na mãe mas não fala mal dos Gaviões”.

Não sou contra as organizadas, acho que elas tem todo o direito de existirem, mas sinto que de repente essa realidade poderia ajudar um pouco mais à criação de um movimento unificado em prol do torcedor comum corinthiano. Uma hora esses torcedores vão ter que reagir e reivindicar um clube que é do povo, e que foi tomado sequestrado por gente que literalmente se sente dona da instituição Corinthians.

Comentário por Victor Farinelli

Concordo plenamente. E obrigada pela parte que me toca hehe, mas era necessário falar.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

[…] Nota: “Não foi só a diretoria do Corinthians que decidiu ajudar financeiramente a Gaviões da Fiel para o carnaval do próximo ano. Jogadores como Ronaldo também fizeram generosas doações para a escola“. A notícia é do Globo Esporte e a discussão sobre o assunto, no blog, encontra-se no post Pão e Samba. […]

Pingback por Uma nota, uma consideração e uma dica « Corinthians: Preto no Branco

Lari , amei o texto, é um resumo de tudo que dissemos hoje, meus parabéns, se a gente pudesse mudar tudo , e o Corinthians ser dirigido por pessoas que sabem o Significado de ‘corinthians minha vida , minha história , meu amor’, talvez o Brasil chamasse Corinthians, enquanto isso Vamos continuar com nossas crenças e tentando fazer a nossa parte, por que esperar justiça é muito frustrante ! BEIJOS LARI, ‘unidas por um só ideal, por que nada nos limita , mas o CORINTHIANS NOS DEFINE*-* ‘

Comentário por Mary Chott




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: