Corinthians: Preto no Branco


Nenhum reforço por um estádio
agosto 20, 2010, 8:51 am
Filed under: Uncategorized | Tags: , , ,

.

O período de transferências para que atletas atuantes no exterior retornem ao futebol brasileiro se encerrou nesta quinta-feira (19). A diretoria do Corinthians, mesmo ciente das inúmeras deficiências do time, dentre elas a ausência de atacantes e de pelo menos um bom lateral-direito, não efetuou as contratações necessárias para reforçar a equipe e seguir forte na briga pelo Brasileirão, a derradeira chance de título para o Timão no ano do centenário.

.

A única contratação do clube foi o zagueiro Thiago Heleno, que era reserva do Cruzeiro e não pode ser exatamente qualificado como reforço.

.

Questionado sobre o assunto, o presidente do clube informou: “Vamos até o fim com esse time”. Não poderia estar mais correto, de fato vamos até o fim (do centenário, do limite da tolerância, do mundo)…

.

A justificativa, além do CT, foi a mesma de sempre, aquela que todo novo cartola do clube aprende com o antecessor a fim de utilizar em momentos controversos: estádio blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá maquete blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá ad æternum.

.

É impressionante como a malfadada desculpa de que é impossível conciliar investimentos em estrutura e no departamento de futebol ainda surta efeito em parte da torcida, porque justamente a essa conciliação “impossível” dá-se o nome de gestão esportiva.

.

Anúncios

15 Comentários so far
Deixe um comentário

O mais irônico é o presidente argumentar que vai “priorizar” CT e Estádio. Três problemas aí:

1 – O CT sai, parcial, mas sai. Mas o estádio, enquanto estiver como promessa, está no mesmo nível a que chegaram todos os outros presidentes nesses 100 anos.
2 – É muita burrice achar que essa “prioridade” financeira é bom negócio. Um time vencedor lota os estádios. Um time na Libertadores arrecada até duas vezes mais que fora dela. Isso sem contar os prêmios por conquistas.
3 – Futebol não é mais prioridade no Corinthians, desde quando?

Comentário por Ândi

Só falta ter dinheiro para contratar show de bambi (Beyoncé) e não contratar um atacante. Outro Brasileiro no lixo (pra não falar do centenário) e o que tem de nego achando lindo não é brincadeira. É impossível se conformar! Mas vamos lá Fiel: ‘All the single ladies…’

Esplêndido!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

A gente vai ter que aguentar essa tralha até o fim de 2011.

Comentário por jeffdamn

No CT falta pouco a ser gasto. E o que falta será financiado pelos torcedores que vão ao Pacaembu. O hotel, que finalizará as obras, será bancado por um grupo hoteleiro, que explorará o negócio (o CT fica próximo ao aeroporto internacional).

Quanto ao estádio, os projetos ora apresentados não exigirão gastos iniciais do Corinthians. E o Corinthians não terá de fazer como o Palmeiras, que teve que virar inquilino. Só seria necessário um aperto financeiro se o projeto que for adiante for aquele em que o próprio Corinthians encabeçaria, o que eu preferiria por sinal. Esse projeto ainda corre em sigilo e nem se sabe se será levado adiante face a difilcudade da obtenção de crédito.

O Corinthians não fará contratações de “medalhões” simplesmente porque a folha de pagamentos já está inflada demais. Há muitos jogadores com salários centenários. E jogadores que ou nem participam das concentrações ou se participam, mas não fazem jus nem ao rango que comem no hotel.

E essa situação avançará o ano que vem. Porque esses jogadores com salários centenários (vamos deixar de fora o Ronaldo, que paga seu salário; e o Roberto Carlos, que faz jus ao rango do hotel e a seu salário) é claro que fizeram contratos por mais de um ano. Vão se aposentar ganhando muito bem. Uns, inclusive, vão se aposentar ganhando mais que em seu “auge” como jogadores de fitebol.

E é uma incógnita que o Corinthians consiga renovar seus patrocínios no ano que vem em patamares similares aos de hoje.

Mais do que nunca deveremos torcer para que o time faça um brasileirão à altura do que se espera do Corinthians e do elenco, que foi meticulosamente “planejado” pelo Andrés Sanchez, Mário Gobbi e Mano Menezes para a conquista de um torneio que eles consideram mais importante ainda que o brasileirão.

E que o Ronaldo esqueça que haja torcedores que o querem fora do clube por considerar que ganha dinheiro sem fazer nada e que é o único culpado pelo time não ter atacantes eficientes e que renove por mais um ano. Pelo menos para sustentar essa enxurrada de gente que recebe pensão alimentícia no Corinthians.

Comentário por Luís Carlos

Claro, Luís. Concordo com tudo isso (menos a parte do Ronaldo) e é óbvio que não contrataram pq já gastaram os tubos contratando amigos e jogadores de agentes amigos, fora que todas deram errado etc. Mas é melhor prometer o sonho da Fiel do que admitir, né? Daí o post.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Respeito sua opinião, mas por um acaso você nunca parou para pensar que o Ronaldo não ficou no flamengo porque eles tinham um atrito com a Nike? Que a Nike fechou um acordo com o Corinthians antes do término do contrato e que a Nike colocou dinheiro no CT?

Larissa: Respeito a sua opinião também, mas aí já é partir para o campo da especulação, né? O que eu vejo, hoje, é um Ronaldo dando prejuízos ao clube. E um Ronaldo que já falou que encerra a carreira logo, provavelmente no final do ano, aliás, irá se arrastar, como agora, até lá só por motivo de contrato mesmo.
Obs: Quanto ao post que eu fiz sobre ele, nem de longe disse que era o único culpado. Ele tem culpa na parte que lhe cabe: não se cuidar. A diretoria tem em não ter contratado ninguém para o ataque e os outros perebas, bom, a gente cobra do Ronaldo e não deles justamente pq é o Ronaldo e eles… Entende?

Abraços alvinegros.

Comentário por Luís Carlos

Eu prefiro um bom time e títulos a um estádio. Não me importo de jogar no Pacaembu (aliás, pra mim, a localização é ótima) ou até no Morumbi (desde que não sejamos tratados como trouxas pelo time do Jardim Leonor). Ainda mais que, se pra ter um “lar próprio”, for preciso abrir mão de boas contratações. Este presidente é um idiota! Juntamente com suia corja do marketing.

Comentário por Heloisa

Olha, Heloisa, eu acho que tudo é importante desde que não seja um em detrimento de outro. Pq na verdade a admnistração existe justamente para isso: administrar, gerenciar e isso inclui todas as áreas.

Times menores que o Corinthians e com potencial menor ainda conseguem, ou seja, somos mal gerenciados. Um time com a dimensão do Corinthians, no mínimo, tinha que ser a grande potência da América do Sul.

E não existe essa de abrir mão do futebol. O futebol é o mote do Corinthians. Não pode ser esquecido nunca. O Internacional, menor e com torcida regional, nunca caiu para investir em estrutura, né? Pois é.

Um CT vale muito? Em termos de patrimônio, sim, vale muito. Mas títulos valem mais e rendem mais (premiação, bonus do patrocinador etc), inclusive.

Ter um CT não fará o time jogar futebol. Tanto é que o SP tem e é nosso freguês há anos. Estádio também é muito importante como patrimônio, mas a maioria dos clubes aí arrecada menos que o Corinthians apesar de seus estádios. Isso ilustra o tamanho do nosso potencial e do que pode ser feito. E se não é só pode ter uma razão: má administração.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Sobre esse assunto, recomendo a leitura do grande Corinthiano e por dentro de muita coisa, o post desta data: “O FUTEBOL ESTA COM O PIRES NA MÃO”

http://drosmar.com/o-futebol-esta-com-o-pires-na-mao/

Quer dizer, recomendo a quem quiser saber, lógico.

Comentário por Thiago Ferreira

Bom, deixo a dica, mas dificilmente quem o conhece levará a sério, já que o Dr. Osmar mudou 100% de opinião sobre o Andrés (que sempre criticou, ou seja, ele sabe quem é) depois de ser homenageado com o nome no CEPROO. Eu, particularmente, não li o texto, até pq a situação do futebol brasileiro é velha conhecida, pelo menos pra mim. E ainda assim não justifica o que fizeram. Basta olhar para o lado (outros times com menos recursos) e ver. E essa de jogar a culpa na herança de Dualib (que é tão do ex-vice Andrés quanto do velho condenado) já é pra lá de batida, né?

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Eu havia lido pela manhã esse texto no blog do Dr. Osmar, e sinceramente, achei uma porcaria. Ele tentou justificar de toda forma possível (basicamente, querendo achar problemas financeiros nos outros clubes) o fato de o Corinthians não ter trazido UM ATACANTE SEQUER, como se isso tivesse sido uma decisão que tem a ver com a “crise no futebol brasileiro”.

Balela. Dívida, como ele mesmo disse, todo clube tem. O que precisa é ser sustentável, pagável. E os outros clubes apostaram em bons times para pagar suas dívidas. Nós, nem bons jogadores, nem pagamento de dívida.

Larissa: Pois é, Ândi. Por mais respeito que eu tenha pela história corinthiana de ambos (Neto e Dr. Osmar), como comentaristas esportivos eles, sendo parceiros da diretoria (inclusive um é sócio), perderam qualquer credibilidade. A dívida como desculpa é engraçada até. Você que também acompanha a 1910 sabe bem que uma das coisas que o pessoal chapa branca mais enaltece na atual gestão é a melhora na qualidade da dívida, ou seja, por aí ela já perde a função “desculpa” que teve um dia. No mais, é o que você já disse em outras palavras: não existe meio ou marketing melhor para um clube maximizar receitas do que um time competitivo, que rende premiações, bônus dos patrocinadores, o dobro em bilheteria etc…

Abraços alvinegros.

Comentário por Ândi

Que absurdo meu Deus! Palmas para o Mengo que tira dinheiro da cartola, para os Bambis sem patrocinio, e que venderam o Hernanes para o Kia, para os porcos com saques de adiantamentos até 2014, e desmerecer o Dr Osmar porque disse isso? E achar que ele se vendeu por um nome em uma sala?
E desconhecer tudo o que já fez dentro de campo pelo Corinthians?
Se algum desses criticos tivessem dedicado 1 centésimo de suas horas de vida, das horas que dr. Osmar dedicou não falariam uma bobagem dessas.
É um homem íntegro antes de tudo. Merece respeito não ofensas. Perguntem para todos os jogadores quem é o Dr. Osmar antes de soltarem uma besteira dessas. Um absurdo!!

Larissa: Thiago, sinceramente, eu não preciso perguntar nada a ninguém. Eu escrevo o que sei, aliás, por respeito à história muita coisa eu nem escrevo. Mas quem sabe você devesse perguntar sobre ele à família do Idário (verdadeiro ídolo que mereceu a bandeira do Timão colocada em seu caixão).

Ademais, tire o foco do assunto Dr. Osmar, pois eu não tenho a intenção de difama-lo. Aprecio o que ele faz como torcedor, mas como comentarista, jornalista, com a proximidade que tem da atual diretoria, perde a credibilidade. É muito difícil ser imparcial nessa situação. E ele não está correto nessa análise, infelizmente. Nem ele e nem a diretoria do clube. Reforçar era URGENTE E PRECISO. E não fui eu que esqueci que Fiel é o povo. Não fui eu que cobrei preço de ingresso europeu sob promessa de esquadrão do centenário para depois entregar um time sem ataque justo em tão importante ano, ou seja, direcione melhor as suas críticas. Não adianta defender o indefensável. Eu sei que a sua intenção é exaltar o Corinthians, mas não é encobrindo o errado que isso será feito, pelo contrário.

Comentário por Thiago Ferreira

Só mais um acréscimo. Poucas pessoas merecerão ter a bandeira do Timão sobre seu caixão quando desencarnarem. Dr. Osmar com certeza será uma dessas.!

Comentário por Thiago Ferreira

Lara,
Apenas dois comentários:
Não sei quem é Thiago Heleno, mas dizer que ele era reserva no Cruzeiro é uma inverdade.
Ele foi titular até se contundir, estava voltando de contusão quando trocaram o técnico e ele ficou na resarva porque iria se negociado.
Quanto ao estádio estou … e andando para ter estádio. Não tenho, como a maioria de nós corinthianos, obsessão por estádio ou Libertadores, pois acho que nossa história é mairo que tudo isso. Nem gosto da atual, nem das anteriores, diretoria. Porém a história do futebol mostra que os clubes que ergueram estádio investiram menos no time de futebol no periodo de construção. Dois exemplos claros são o time do Jardim Leonor e os Chorolado de Porto Alegre que amargaram anos de fila.

Comentário por kao




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: