Corinthians: Preto no Branco


Linha 2014, sentido Corinthians-Itaquera
agosto 28, 2010, 7:53 am
Filed under: Uncategorized

.

Antes de qualquer coisa é bom que se leia e, se necessário, releia.

.

No país, não se fala em outra coisa: a diretoria da Corinthians, a CBF e a prefeitura de São Paulo negociam projeto de construção de estádio para abertura da copa de 2014.

.

É fato que, embora o terreno seja o mesmo cedido ao Corinthians no final da década de 70, nunca houve uma chance como essa para se construir a arena do Timão. O bonde da copa está passando e traz consigo: um projeto de sustentabilidade no qual, segundo a Ernst & Young e a FGV, o setor mais beneficiado será o da construção civil (com geração adicional de R$ 8,14 bilhões), empresas brasileiras capitalizadas e o principal: a oportunidade de fazer muito dinheiro com ações da copa, dentro e fora das arenas.

.

Trata-se do melhor cenário possível para o Corinthians, mas ainda assim é preciso mais cautela e menos ufanismo, porque no terreno especulado, que já tem até histórico de pedra fundamental, a demanda vai além, bem além da própria construção do estádio.

.

É primordial estudar a acessibilidade para definir o local  da arena. Também é necessário pensar em um projeto que possibilite um retorno maior do que o Corinthians já tem no Pacaembu, senão de que adianta ter estádio próprio? E aí vale ressaltar o infeliz exemplo do elefante branco situado no Jardim Leonor. Esse retorno terá de valer a pena – não só durante copa – já que o clube de qualquer forma herdará a fatura depois.

.

O lugar pré-definido para a construção do estádio é Itaquera, zona leste da cidade, há 15,7 km do centro. Um tanto longe, especialmente se considerado o trânsito naquele sentido. Tem metrô na porta, mas se trata da linha mais saturada da cidade e isso sem o “agravante” de eventos que atraiam público de outras regiões para lá, pois a área carece mesmo de polos atrativos. Em contrapartida, Itaquera é um dos distritos mais corinthianos da cidade, com um contingente de 41% de torcedores alvinegros, segundo pesquisa Datafolha/2009. Vale ressaltar que o Corinthians também lidera o ranking nos bairros arredores, em toda a Zona Leste e na cidade de São Paulo quase que completamente.

.

A grande questão é que para se distinguir das outras centenas de maquetes e sair do papel, o projeto de estádio em Itaquera requer, para se pagar, manter-se e futuramente gerar lucro, toda uma modificação das atuais condições de acessibilidade ao local, que não comporta esse contingente extra, pelo menos não em condições minimamente dignas. Implica, portanto, em expansão e melhoria do metrô, criação de novas linhas de ônibus e desenvolvimento das vias de acesso, a virada do Rodoanel, Jacu-Pêssego etc. São obras que a região requer há algum tempo, mas que nunca foram feitas. Se concretizadas, deixarão um legado incrível não só ao povo corinthiano, como também aos milhões de moradores da Zona Leste e inclusive aos paulistanos em geral, pois facilitarão o crescimento econômico, com geração de empregos fora do eixo Centro-Jardins, e principalmente a descentralização, tendência das grandes metrópoles atulhadas de gente. Incrível, mas não é tão simples quanto anunciar um estádio.

.

Por essas e outras, embora não negue ter me emocionado com o vídeo abaixo e estar na torcida de dedos cruzados, acreditarei em estádio, outra vez, somente quando o corinthiano mais próximo me beliscar ao apito final do jogo inaugural no “Fielzão”. Uma coisa, no entanto, não se pode negar: a hora é agora!

.


23 Comentários so far
Deixe um comentário

Estão nas gavetas da prefeitura e do governo várias propostas e estudos para obras na região, muitas delas previstas dentro do PAC, inclusive.

Está prevista também a construção do Polo Institucional de Itaquera, ao lado do nosso terreno. Mesmo sem a construção do estádio, já seria obrigatória o melhoria das condições de acessibilidade na região por conta desse empreendimento. E em vez de gastar dinheiro com a construção de edifícios para atender as exigências da FIFA que ficariam sem utilização depois da copa, a prefeitura e o governo poderiam aproveitá-los para essas obras do Polo Institucional.

Creio que com vontade política dá para se resolver todas essas questões de acessibilidade. Se essas obras saírem do papel, a Zona Leste poderia dar um salto importantíssimo. E o pessoal de lá precisa.

Do lado específico do Corinthians, é claro que isso não deve ser levado na base do oba-oba. Deve-se colocar tudo no lápis e tomar uma decisão racional. Será a decisão mais importante desses cem anos. Uma decisão cujo desfecho ultrapassará a gestão de vários presidentes e de milhões de pessoas.

Comentário por Luís Carlos

Pois é, mas justamente por isso que eu temo: vontade política, hehe. Antes das eleições todo mundo tem, né? Eu tb acho possível com o governo trabalhando, agora se vai trabalhar já não posso afirmar.

O projeto Expansão São Paulo, por exemplo, de tão atrasado já alteraram todo o cronograma.

Torço muito pelo estádio se a coisa for bem feita e o clube não acabar herdando uma dívida e ficar com um elefante branco a exemplo dos bambis. Acredito que falta o palco e o canal para a Fiel canalizar sua fúria, como faz a torcida do Boca, por exemplo. Aí, sim, o fator-casa vai nos dar muitos títulos.

Agora, quanto a gestão Andrés Sanchez, nesse papel, eu sou mais criteriosa. A primeira coisa é saber se isso não é mais um furo n´água, como tantos (até pedra fundamental já colocaram em Itaquera), porém, como estamos falando da hipótese de realmente o estádio começar a ser levantado, vamos lá:

A princípio o Sanchez fica com a parte do anúncio, porque a obra praticamente toda mesmo fica para a próxima gestão, né? Ele inclusive alterou o estatuto há poucos dias para terminar a gestão mais cedo.

O Andrés fica com a parte de assumir o ônus financeiro para o clube, mas fica isento da responsablidade de pagar depois.

Se for pra levantar um estádio e não contratar um atacante pelos próximos 30 anos, como já fizeram nesse centenário por causa de um CT, aí qualquer irresponsável já poderia ter mandado subir um estádio em Itaquera antes.

Resumindo, primeiro a coisa tem de existir, depois tem de valer a pena, não basta fazer por fazer, só pra dar resposta pra bambi que temos estádio e acabarmos com um elefante branco de acesso ruim igual ao deles.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

É prá temer mesmo. Muitas são as forças contra o Timão. Tem gente que colocou em sua constituição o extermínio do corinthians. Quanto a pagar a conta, garante, (quem está por dentro) que a grande surpresa, não será o estádio, mas sim como será pago.
Tenho medo também, mas confio que nossos detratores, receberão um “finish him”

http://vertebrais.blogspot.com/2010/08/estadio-ainda-nao-sabemos-de-tudo.html

Comentário por Thiago Ferreira

Itaquera é um lugar ótimo. É preciso, apenas, investir na infra, e em transportes. Coisa que qualquer governador que assumir o comando fará; obras trazem visibilidade e empregos. Quanto a “atrações” locais, o tempo se encarregará de trazê-las; confirmando-se o dito estádio, o local se transformará num pólo comercial.
E outra: apenas contando o contigente de corinthianos, das mais variadas classes sociais, existente só do Pq. Dom Pedro até Itaquera já dá pra encher o estádio todo jogo, vá por mim😉.

Comentário por jeffdamn

Eu também acho que o estádio do Corinthians se encarregaria de iniciar o processo de atração local, mas não é essa a questão.

Eu sei bem da quantidade de corinthianos na Zona Leste, não se preocupe quanto a isso. Mas convenhamos que a política de ingressos do Rosenberg teria de mudar um pouco, né? Será que muda? Porque a ideia maluca, apresentada dias atrás, de pagar o estádio com cativas (coisa para R$20 mil) e diminuir os locais populares no estádio não encaixa muito bem com a ideia de Itaquera, a meu ver. À propósito, é um sistema que caiu em desuso no futebol em geral mesmo.

Por isso, acho que tudo tem de ser meticulosamente pensado, calculado. Não é hora de ufanismo e oba oba. É hora de prestar atenção para não perder o bonde da copa, mas não adianta fazer algo para que depois da copa o Corinthians herde apenas problemas também.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Claro, problemas bastam os nossos, naturais ao clube.
A política de ingressos teria de mudar, sim. Mas acredito que não mude radicalmente; baixa um pouco, mas não tudo. Isso poderá ser compensado com um setor popular amplo, que, bem administrado, lotará todo jogo.
E se o Sanchez quiser pagar o estádio com ingresso, desistamos de títulos por uns 100 anos. O mais correto, e penso que isso está sendo considerado, é ceder os direitos de publicidade; coisa que o Arsenal fez, se não me engano. Dessa forma, nos sobram apenas os custos de manutenção.
Tomara Deus…

Comentário por jeffdamn

Irretocável post Lara…. To contigo… só acredito vendo mas estou torcendo muito….
abraços
Vai Corinthians!!!!!!!!

Comentário por Wagner

Oremos!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Eu só acredito vendo, também!
Mas acredito com todas as forças…

VIVA O CORINTHIANS!!!

Comentário por Filipe

Quero acreditar também, mas por enquanto fico na torcida apenas. Foram tantas decepções que depois de tanto tempo se não for para fazer a coisa direito eu prefiro esperar e continuar lucrando no Pacaembu muito mais do que os times que tem seus elefantes brancos. Se é pra fazer, depois de décadas, é pra fazer direito e encher de orgulho o povo corinthiano, com as condições que esse povo merece!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Melhor ter um presidente analfabeto com a cara de areia mijada (não é isso que os Bambis falam?), do que ter um gravatinha arrogante movido a whisky importado, hoje, com cara do que mesmo? Isso, exatamente daquilo que você pensou corinthiano.
E não acabou ainda. Falta o “finish him” dia 1/09.
Chuuuuuupem bambizada! Enfiem….

Comentário por Thiago Ferreira

Eu gosto do local. Vou evitar maiores empolgações, mas realmente, é a hora. Meu irmão tá me falando isso há quase um ano. Se não fizer um estádio agora, com a Copa como motivação, não faz mais.

E não faz mesmo.

Em compensação, se fizer, mesmo com todas as objeções que tenho em relação ao Andrés, estádio e CT é um legado e tanto.

Comentário por Ândi

Lara,

Excelente post,
Vejo em muitos um pensamento tacanho em relação a Itaquera, aproveito para dizer que não é o caso deste post.

Afinal Itaquera não é nehum deserto inabitado, logo essa história de quem mora na ZOna Sul não poderá ir, ou deverá ir menos, não deve ser fator preponderante para formarmos opinião, afinal de contas, se ficar longe de uns, ficará pertos de outros.

Agora, falando de acesso, infraestrutura, e outras cositas mais, sejamos práticos, CBF, prefeitura e Estado, caso decidam realmente optar por Itaquera para a COPA terão que investir pesado em todo o tipo de infraestrutura neste bairro, imaginemos só como pegaria mal para a imagem da cidade se a foto de Itaquera a ser exibida para o mundo numa abertura de COPA fosse a atual, com certeza seria um vergonha para a cidade e para o país. Logo, tá na cara que serão gastos muitos milhões de reais em infraestrutura.
As pessoas que são contra Itaquera, na sua grande maioria fala como se a Itaquera de 2014 fosse essa de hoje!

Outra coisa, que não deve ser muito difícil de imaginar. Qual construtora, não vai se interessar em investir um hoteis, edificios, e outras obras num bairro que será a sede da abertura de uma copa do mundo?
Agora digo por uma coisa, a Itaquera de hoje que é considerada periferia, em 2014 terá a sua própria periferia, pois com o desenvolvimento, aumento da especulação imobiliária fruto dos investimentos e das obras, fará com que muitos que hoje habitam este local, passem a formar novas comunidades ao redor de Itaquera.
Abraçso

Comentário por william caridade

Isso mesmo Larissa !!!

To contigo e não abro mão,mas agora vaiiiiiiii !!!kkkkkkkk

VAI CORINTHIANSSSSSSSSSSSS.

Comentário por Leandro galera

Lara, ouvi na rádio Coringão que vc estava na homenagem na câmara, e aí? gostou? o Andrés disse que anuncia no dia da VIRADA ou eu entendi errado? Concordo com vc que o Rosemberg vai ter que estudar pacotes de ingressos para todos os bolsos, pois Itaquera é povão, e povão é Corinthians, ele poderá criar um grande problema com isso depois. Vamos aguardar o anuncio e o inicio das obrar primeiro né? que é o mais importante no momento, o resto se encaixa com o tempo, vontade Politica vai haver porque existem prazos a serem cumpridos, e ninguem vai querer se queimar depois do anuncio oficial. Abs e saudações mosqueteiras.

Comentário por Caverão do Timão *100 anos de glórias*

Meu bem, eu até queria ter ido, viu? Mas acho estranho ir a determinados lugares sem convite, hehe. Não estava lá, não. Deve ser outra Larissa (só não me pergunte qual, pq nesse universo eu não conheço nenhuma).

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Era outra então, pensei ser vc.

Comentário por Caverão do Timão *100 anos de glórias*

…E, na passagem do ano XCIX para o ano C, o povo ficou sabendo que, enfim, teria uma nova morada.

E o povo, tantas vezes discriminado, perseguido, humilhado, mas sempre Fiel à sua devoção, se pôs a festejar, aliviadamente feliz.

Um turbilhão de alegria e paixão, que afogou o despeito a arrogância dos filisteus.

(Corinthians, 2010)

Comentário por João

Chegou a nossa vez. Itaquera é quase tão distante quanto do centro quanto o Morumbi, a diferença é que já existe trem, metrô, vias rápidas. Numa cidade cada vez mais vertical, não existem melhores lugares para a construção de um estádio desse porte. Como você deve saber, a maioria dos corinthianos que vão ao Pacaembu, é da Z/L, então essa história de distância é bobagem.
Nosso grande diferencial foi sempre crescer no preconceito dos outros, que estupidez é essa de dar uma de bambi? Se for Itaquera, ótimo. Pra quem conhece a história do Timão, sabe bem que Itaquera de hoje é o Parque São Jorge de ontem. Nós, vamos fazer Itaquera crescer, como fizemos com o Tatuapé.

Comentário por Alex

Eu acho que você não entendeu o post, Alex. No mais, quem conhece a história do Timão jamais ousaria chamar outro corinthiano de bambi só por opiniões distintas, que na realidade nem é tão distinta pra quem entendeu o post. O Corinthians é o que é pq é o time do povo, o que aceitava todos os povos. Esse tipo de ofensa, por divergências de pensamento, está bem longe do ideal de corinthianismo. Cuidado!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

4ei111 obtuooeddeax, [url=http://ibxrhbgfglai.com/]ibxrhbgfglai[/url], [link=http://ennpfbmsaxlj.com/]ennpfbmsaxlj[/link], http://xoxpokozrqqt.com/

Comentário por ipfvsprc

[…] mais lidos Linha 2014, sentido Corinthians-ItaqueraNúmeros Gerais do Duelo Corinthians x PalmeirasArbitragem atrapalha busca pela […]

Pingback por Para quem não viu « Corinthians: Preto no Branco

[…] municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Marcos Cintra. Fora tudo o mais, já debatido aqui no blog, que a Zona Leste deverá conseguir com o advento do estádio na […]

Pingback por Falam muito, falam muito « Corinthians: Preto no Branco




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: