Corinthians: Preto no Branco


E a bola não entrou
setembro 12, 2010, 4:12 pm
Filed under: Uncategorized

.

No último sábado (12), o Corinthians recebeu o Grêmio, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, e sofreu a primeira não-vitória do ano no Pacaembu. Com direito a pênalti desperdiçado por Iarley, o desfalcado Timão não conseguiu fazer o resultado que o deixaria na liderança do Brasileirão, mas sorriu com a derrota do Fluminense para o Atlético-GO, que deixou tudo igual na tabela de classificação. O Corinthians ainda tem um jogo a menos, que será disputado no dia 13 de outubro, em São Januário.

.

O Alvinegro jogou desfalcado de seus dois laterais, Roberto Carlos e Alessandro, e também na zaga, ainda sem Chicão. Na ausência de opções no elenco, restou a Adílson Batista improvisar com Leandro Castán, Paulo André e Moacir. A exemplo de outras partidas, o Corinthians, não bastasse os desfalques, ainda foi prejudicado pela arbitragem, que logo no início da partida ignorou a entrada desleal de Douglas em Ralf. Para piorar, o volante deixou o campo com uma lesão no tornozelo, tamanha a pancada recebida e que sequer resultou na devida expulsão do gremista. No banco, sem opções, Adílson escolheu Boquita para substitui-lo e o Timão perdeu muito em qualidade no meio-campo.

.

O Grêmio marcou o único tento do jogo, aos 34 minutos, com o ex-maestro corinthiano Douglas, que  passou fácil por Paulo André, chegou livre à frente do gol e bateu forte, sem chance para o goleiro Júlio César. O meia não comemorou por respeito à Fiel torcida. Em desvantagem no placar, o Timão acordou para o jogo, mas até o final só conseguiu desperdiçar inúmeras oportunidades, inclusive um pênalti, bem assinalado, que Iarley chutou fraco nas mãos do goleiro Victor. Na sequência, o mesmo Iarley perdeu um inacreditável gol sem goleiro.

.

Adílson Batista tentou mudar o panorama da partida sacando o inoperante Moacir para a entrada de Danilo, que impôs mais agressividade pelo lado esquerdo, mas nem assim o Timão conseguiu chegar ao empate. O zagueiro William também deixou o campo para a entrada do meia Defederico. Nada adiantou. Era um daqueles dias em que a bola resolve não entrar.

.

E o Corinthians mostrou que o seu problema vai além dos jogos fora de casa. Mais determinante do que a postura do time em campo foi a ausência de peças no elenco. Evidente que uma hora ou outra o time iria sofrer pelo desleixo dos dirigentes que não trouxeram os tão necessários reforços. Também nada mais justo que um time que não sabe jogar fora de casa perdesse a invencibilidade justamente para outro que não vencia fora de seus domínios há 17 jogos. Curiosamente, o Grêmio foi o único adversário que o Timão derrotou fora, há quatro meses.

.

Na próxima rodada, o vice-líder Timão, ainda com 38 pontos, tem um confronto direto com o líder Fluminense, no Engenhão. Mas agora o Alvinegro preocupa-se, além do Tricolor, também com os  outros adversários que se aproximam na tabela de classificação. Trata-se de um momento decisivo do campeonato para quem quiser se manter na briga pelo título. Abre o olho, Timão! E vamos jogar com raça e com coração…

.

Retrospecto Corinthiano

Contra o Grêmio: 71 jogos, 25 vitórias, 17 empates, 29 derrotas; 79 gols pró, 97 gols contra.

No Brasileirão 2010: 20 jogos, 11 vitórias, 5 empates, 4 derrotas; 35 gols pró, 21 gols contra.


18 Comentários so far
Deixe um comentário

Comentar o que depois de um belo texto desse?? Parabéns!

Comentário por @marciaum

Obrigada, Marciaum.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Concordo com você. Foi impressionante a quantidade de chances claras de gol não convertidas. Só que desta vez não teve nada a ver com falta de sorte. Teve a ver que, coincidentemente as chances foram desperdiçadas por um único jogador, o Iarley. Sem noção, fominha e fraco tecnicamente para jogar no ataque do Corinthians. Mesmo no melhor jogo dele, contra o moribundo Goiás com um jogador a menos, ele já havia perdido uma chance clara quando o jogo ainda estava 1 a 1. O Ronaldo, mesmo com 20 quilos acima do peso e carregando um saco de cimento nas costas é muito mais útil para o time que o Iarley. E o Adilson Batista teve a desfaçatez de fazer treino secreto e colocar o Moacyr pra jogar. Uma surpresa muito desagradável para todos nós, corinthianos. Se contra o fluminense, o Ralf não puder jogar e ele começar o jogo com o Boquita, terei a certeza que nossa trajetória rumo ao título será muito mais sofrida que o necessário.

Comentário por Mario Santiago

Mario, sabe que o Iarley ficou marcado pelas duas chances consecutivas, que foram um desastre. Mas eu acho que teve um pouco de falta de sorte também. O Bruno César mesmo perdeu pelo menos duas oportunidades incríveis. E ele sabe fazer gol.

O Adílson eu acho que se desespera junto com o time. Ele não quis reclamar que não vieram os reforços que pediu, mas agora, creio eu, está vislumbrando o problema que tem para administrar. Em um campeonato de pontos corridos elenco é essencial. Algumas improvisações dele deram certo, outras foram um completo desastre, até cornetei, mas aí você olha para o banco e não resta muito o que fazer mesmo. Eu só acho que time que não consegue ganhar uma fora de casa tem a obrigação de vencer todas em casa, se quiser ser campeão. E mesmo assim é difícil vencendo apenas no Pacaembu. A partir de agora, por exemplo, temos 9 jogos fora e só 7 em casa. E aí? O momento é decisivo.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Nunca concordei com essa coisa de poupar jogadores para um próximo jogo. Sempre achei que o jogo mais importante é o do momento, e dessa vez ficou claro: se o Corinthians tivesse vencido estaria empatado em número de pontos com o Fluminense, e consequentemente mais tranquilo para o jogo de quarta. No caso, um empate quarta seria um ótimo resultado, agora, nem tanto…

Comentário por Glauco Maciel

Também nunca concordei. E acho uma baita frescura. Assim como acho priorizar campeonatos. Sempre vi o Corinthians disputando, com chances reais e muitas vezes títulos, vários campeonatos consecutivos. É díficil engolir certas coisas…

Sabendo da dificuldade que o Corinthians apresenta há um bom tempo de jogar fora de casa, mais valia ter investido nesses 3 pontos ontem. Campeonato de pontos corridos é disputado rodada por rodada.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Penso que esse jogo contra o Flu será decisivo demais. Não só pelos 3 pontos em jogo. Uma vitória, além dos 3 pontos e da possível liderança (que depende do saldo de gols como segundo critério???) nos daria motivação e mostraria para o time que é possível sim vencer fora de casa.
Confesso que ontem minha paciência foi no limite, mas hoje já me recuperei e voltei a acreditar. Vamo Timão!

Comentário por SCCP Júnior

Extremamente decisivo. Interessante que se tivesse feito o papel contra o Grêmio, um empate no Rio seria um bom resultado. Agora só a vitória interessa. O peso é muito maior. Em contrapartida, o resultado, se positivo, também trará recompensas maiores, muitas delas citadas no seu comentário.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Olá Larissa, tudo bem?
Infelizmente ontem não era o dia.
O Cruzeiro e o Botafogo encostaram mas ainda temos um jogo a menos.. De qualquer forma não podemos vacilar mais..
Deve ter sido a pior apresentação do Iarley em toda a sua carreira. Pior que o penalti acho que foi este lance que o zagueiro tirou encima da linha.

Concordo com o comentário anterior.. Parabéns pelo texto..
Abçs
João

Comentário por João Alberto

Também achei pior que o pênalti, viu? Comentei isso lá no estádio ainda.
Eu só espero que o time não se apegue nessa deixa de “jogo a menos”, porque o tal do jogo a menos é fora de casa. Acho que esse momento do campeonato será um divisor de águas, só espero que seja positivo para nós.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Prezada Larissa,
compartilho a idéia de que vivemos um momento decisivo. Que quiser chegar terá de fazer a diferença agora. “Queimamos gorduras” demais! O empate na baixada (minha terra natal!) a derrota no paca, aliados a resultados desagradáveis fora de casa tem de ser um sinal de basta!

Surpreendeu-me o primeiro tempo, por deixar-se dominar, mas muito me alegrou das arquibancadas o segundo tempo pela postura endiabrada em campo. Depois do pênalti, era visível que o Iarley se abateu, tanto que no mesmo lance ele ficou segundos preciosos de costas pra jogada se lamentando e o “coro comendo” na área, quando poderíamos ter empatado. Deixe estar…

No blog das Canções Corinthianas há “Sexo, Rock e Coringão”, da banda da Pompéia Made in Brazil, e o “Hino do Centenário”, com o genial Tom Zé.

http://espiritocorinthiano.blogspot.com

Abraços Alvinegros.
Espírito Corinthiano.

Comentário por Espírito Corinthiano

Olá Larissa!!
Olha só, tem dia que as coisas não funcionam mesmo, é verdade. O que não gosto (nem na época do Mano), é improvisação. Para mim zagueiro é zagueiro, volante é volante, etc… Aí começa, Leandro Castan na lateral (cade o Dodo?), Danilo na lateral, Jucilei na lateral, Elias na lateral, zoa tudo… Tá certo que o Moacir foi muito mal mesmo, mas o camarada é lateral, pelo menos isso ele acertou (na minha opinião). Mas depois bagunçou tudo…
MAs quarta, com a benção de S. Jorge vai dar certo…

Bjão…

Comentário por Rodrigo Salgado

Só atualizando, o Dôdo estava na seleção!

Comentário por Rodrigo Salgado

Acredito que o Dodô estava na seleção sub 19:

Agência Corinthians
09/08/10 11h10

O técnico Luiz Verdini convocou no final da tarde desta sexta-feira (06), os jogadores da Seleção Brasileira Sub-19 para a disputa da Copa Sendai, a ser disputada em Sendai, no Japão, de 08 a 12 de setembro.

Entre os convocados, destaque para o lateral corinthiano, Dodô.

ABçs

João

Comentário por Joao Alberto

É. Fazendo o que lá eu não sei, mas enfim…

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Boa tarde A todos!

Larissa, não sei como o Corinthians ainda mantém Iarley e Boquita no elenco.
Boquita esse apelido é de São Paulino.
Iarley É esforçado e tem muitas limitações e não pode jogar nesse time, sem desmerecê-lo ele tem que jogar em times de menor expressão.
Boquita, ainda não sei como ele virou jogador, e ainda por cima joga em um clube como o nosso Corinthians.
Ele deve ter um empresário ou padrinho forte.
Enfim…
O pênalti batido pelo Iarley não merece comentários, pois quem viu sabe o que estou dizendo. O time esta em busca do titulo e todo ponto é bem vindo ai o cara pega é me bate aquele pênalti.
O Ronaldo poderia estar em campo mesmo sem fazer nada, pois é nessa hora que um centroavante de nome e respeito faz falta e se ele tivesse batido seria caixa.
Portanto o fenômeno não pode ficar de fora, pois todo jogo ele pode ajudar.
Uma coisa esta clara o nosso time esta tendo sorte, pois todas as equipes na zona de classificação g4 perderam ou empataram exceto o Botafogo do Joel figura.
Quando começa assim é difícil de segurar, nesse campeonato não basta ser apenas eficiente, tem que ter um pouco de sorte também, é isso no time esta tendo.
Continua linda
Abraços e belo comentário Larissa

Comentário por Wellington

Pois é, pois é, Wellington. Obrigada.

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Na minha opinião o pênalti e o gol que o Iarley perdeu foram falta de sorte sim, ou até mesmo culpa do jogador que não foi determinado o bastante na hora de concluir estas duas oportunidades de empatar a partida, porem isso acontece com qualquer atacante o tempo todo, foi uma tremenda infelizidade mas não podemos condenar o jogador por uma so partida ruim.

Para mim, quem deveria ter batido o pênali era o B.Cezar que é titular, ou então o J Henrique, o Iarley deveria ser a terceira opção.

Ja no que diz respeito ao time, gostaria de saber o porque poupar o gordo e o R Carlos para o jogo contra o fluminense se o jogo contra o gremio valia os mesmos 3 pontos, com a diferença que jogamos em casa contra um time teoricamente mais fraco.

É justamente este tipo de erro infantil no planejamento da equipe que acaba fazendo toda a diferença em um final de campeonato de pontos corridos. Poderiamos estar empatado em numero de pontos com o fluminense e brigar apenas por um empate no rio que ja seria um enorme resultado. agora teremos que vencer a qq custo para o time do rio não abrir 6 pontos na nossa frente.

LAMENTAVEL TER UMA DIRETORIA E COMISSÃO TÉCNICA QUE NÃO CONSEGUE VER O CAMINHO MAIS SIMPLES E SE DEIXA INFLUENCIAR PELA RIVALIDADE E PELA IMPRENSA QUE COLOCOU O JOGO DE AMANHÃ COMO O MAIS IMPORTANTE DO CAMPEONATO, QUANDO NA VERDADE VALE A MESMO NUMERO DE PONTOS QUE QQ OUTRA PARTIDA. CAIMOS NA ARAPUCA E AGORA TEMOS A OBRIGAÇÃO DE VENCER!

Comentário por Luís Fontes




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: