Corinthians: Preto no Branco


É JUCILEI!
setembro 16, 2010, 4:47 pm
Filed under: Uncategorized

.

Por Giulio

.

Foi com prazer que assisti a um fiapo do Globo Esporte, justamente aquele que tratava da ótima vitória de ontem, no Engenhão.

.

E lá estava, simpático, dentes alvos à mostra o mito negro Jucilei, o Blackembauer, como estão dizendo por aí.

.

Jucilei tem algumas das características basilares do corinthianismo e dos grandes craques do passado.

.

– É um outsider. O pai não o registrou. Foi pedreiro de obra. Virava-se com R$ 15. Curtido no fogo!

– Tem uma fibra fora do comum e espírito de resistência.

– É um Silva, como tantos outros, tão anônimo quanto forte na soma da raça e das raças.

– Jucilei tem o pé de tijolo pesado. Lembra o velho Ditão dos anos 60.

– Tem uma garra corredeira que lembra Ezequiel.

–  Tem a percepção de espaço do velho Tião.

–  Tem a fleuma condicionada de um Jaú.

–  Tem o senso de responsabilidade de um Cristian.

–  Tem o drible seco, quase mecânico, de um Flavio.

–  Jucilei tem uma sintonia discreta, mas poderosa com a torcida, algo evidenciado ontem.

.

Pega pesado, mas não deixa o sorriso adolescente de lado, pois aqui hay que endurecerse pero sin jamas perder la ternura.

.

É bom vê-lo jogar: as duas recuperadas de bola na defesa, no jogo contra o Grêmio, são para ficar na história e na memória (não é à toa que foi aplaudido de pé, mesmo com a triste derrota).

.


12 Comentários so far
Deixe um comentário

O Jucilei Desailly é o melhor volante do futebol brasileiro, quiçá mundial.

Muitos estavam preocupados com o estado do gramado do Engenhão, pois como o Timão tem como característica o toque de bola, isso seria um problema. Eu sabia que isso não seria empecilho, pois o Corinthians é o Galo da Várzea.

Foi uma aula de futebol.

Vai Corinthians !!!

Comentário por Mario Santiago

O gramadinho era ruinzinho mesmo, mas não jogar e botar a culpa no gramado é coisa de guri que joga bola em cancha de condomínio, né Mario? AQUI É CORINTHIANS!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Como sempre, se Jucilei tivesse sido “descoberto” por aquele mágico olheiro Bambi, hoje já estariam falando em 80 milhões de Euros.
Só por esse jogador, já teremos retorno fabuloso, pela parceria, na época tão criticada, com o Malucelli do Paraná.
É isso aí. Craque, aparece um a cada década.
Jucilei é craque! Chupem.
E curtam o show.

Comentário por Thiago Ferreira

Mas chupem who? Aqui todo mundo é fã dele, tipo, desde o primeiro jogo e eu estava lá. Passei a pedir o cara em todos os seguintes, mas o Mano não ouvia =/

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Chupem aqueles que “insinuaram” maldosamente que fora convocado pelo Mano, por interesse. Só pra esses.

Comentário por Thiago Ferreira

Jucilão tá mitando mesmo. Gosto da simplicidade dele, até nas entrevistas ele fala “bão”(como eu tb falo aqui nas MG).

Grande vitória do Timão contra os pó-de-arroz. Agora é torcer pros nossos outrora amigos maloqueiros do RJ passar por cima do Flu e ganhar do Prudente, ou então, como disse o capitão William calça jeans, essa vitória não valerá muito.

Comentário por SCCP Júnior

MITO!

E é, pois é. Pra cima deles, infelizmente sem Jucilei, mas vamo que vamo!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Jucilei, JuciREI, JuCELEÇÃO! O maior craque do Timão.
O melhor volante do Brasil!
Forjado na luta. Joga com raça e com o coração. É craque da bola e do sentimento. Humilde, humano, habilidoso, corajoso, carinhoso, respeitoso e sentimental.
Corre, marca, desarma, dribla, passa, mata no peito e
chuta… GOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLL……
É DO COOOOOOOOOORIIIIIIIIINTHIIIAAAAAAAAANS……..
JUUUCIIILEI… O MELHOR VOLANTE DO BRASIL!

Comentário por Maria Angélica de Oliveira Nascimento

Desde o primeiro jogo do Juça no Timão já percebi que se tratava de uma jóia rara, diamante bruto, sendo lapidado para ser um dos melhores volantes do futebol atual. A Fiel, sempre atenta, percebeu logo. Nosso mais novo xodó, é ele: JuciRei!

Comentário por Alex Miranda

Eu estava no Pacaembu quando ele estreou, aliás, foi um show para poucos, pois o estádio estava bem vazio. O time jogou com os terceiros reservas, contra o Inter, e lá despontava o Jucilei, no meio daquele catadão, sem ter para quem passar a bola, e ainda brilhando. Era nítido que teria futuro. Eu não via a hora de ve-lo reconhecido e finalmente essa hora chegou. Agora é torcer para o clube segurar, né?

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

É isso mesmo Larissa, desde que ele chegou no Coringão e fez suas primeiras partidas eu sou fã dele.

Falava com meus amigos de pelada que se ele treinar mais finalizações principalmente de fora da área teriamos um reforço e tanto para a libertadores, isso pq ele pode jogar em varias posições. E olhe que ainda por cima o cara é “multiuso”, é mole ou quer mais!!!! Mas infelizmente a bola da ze era o Danilo, Tcheco e Defederico.

A cada rodada que passa admiro mais o Juça, pois alem de tudo o que vc citou acima ele é de uma humildade como poucas vezes eu vi no mundo do futebol.

É a cara do Coringão!!!

Comentário por Luís Fontes

Ele realmente é diferenciado.

Contra o Goiás, quando já goleávamos, ele, dentro da área, deu uma caneta no zagueiro, espremido entre a marcação e a linha de fundo, e só não marcou um gol antológico porque Harley saiu bem e fechou o ângulo.

Ví essa bela cena bem de frente,de um ângulo privilegiado, pois eu estava nas numeradas VIP do Paca, graças a uma promoção que ganhei de uma rádio de SP.

O Corinthians acabou circunstancialmente montando um belo meio-de-campo, com dois volantes talentosos, que marcam sem dar pancada e também constroem jogadas de ataque e contra ataque, além de chegarem á frente e marcarem seus gols.

Acredito que essa seja uma tendência do futebol contemporâneo. Quem tem jogadores versáteis monta sua estrutura de jogo ao redor deles,pois houve uma transição de funções desde a época em que sem passou a não mais se utilizar pontas.

Era necessário ter laterais super-atletas que corriam o campo todo e deixavam espaços para contra ataques, além de se desgastarem muito e não terem pique no final das partidas.

Ora, é mais fácil ter volantes que cheguem á frente e os laterais fazerem a cobertura quando esses vão á frente, e variar as jogadas dessa forma, aproveitando a nova função dos laterais de maneira alternativa, às vezes descendo e também compondo o meio e em alguns casos dando-se ao luxo de ter um ou até dois meias de ofício que fiquem só fazendo sombra na marcação, e poupando-se para os ataques.

No Corinthians, além disso, temos o Jorge Henrique, que também auxilia o meio campo e até marca lateral!!!

O meio campo sempre foi onde geralmente se ganha jogo, pois só os meio-campistas conseguem suprir fragilidades da defesa e do ataque, e Jucilei e Elias são mestres nessa arte.

Abraços,

Zé Favela.

Comentário por José Freeman Junior




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: