Corinthians: Preto no Branco


Um líder sob nova direção
setembro 21, 2010, 8:14 pm
Filed under: Uncategorized

.

No último sábado (18), o Corinthians, com sete desfalques, bateu o lanterna Grêmio Prudente, também desfalcado, por 3 a 0, no Pacaembu, e reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro. Iarley, Jorge Henrique e Elias marcaram para o Timão. A equipe do técnico Adilson Batista, agora com 44 pontos, ultrapassou o Fluminense também no saldo de gols: 18 contra 16 do vice-líder.

.

Sempre valorizando a posse de bola, com envolvente troca de passes, o Corinthians de Adílson joga para frente e para vencer, diferente do que apresentava na época de Mano Menezes. Mesmo com a herança do antecessor e com a falta de elenco, Adílson Batista mostra um bom trabalho e, dentro das possibilidades, faz a equipe jogar o melhor futebol. Alguns jogadores do elenco, como Jorge Henrique, Jucilei e Bruno César, já comemoraram publicamente o fato de agora, sob nova direção, terem mais liberdade para atuar. Os números comparativos já apontam a mudança de postura no  Timão.

.

No Brasileirão 2010, após 22 jogos, 11 de cada treinador:

.

• Mano Menezes fez 24 pontos nos 11 primeiros jogos com o elenco que montou. Sem considerar que o adversários estavam envolvidos com Libertadores e Copa do Brasil, casos claros de Grêmio, Santos e Internacional, o Corinthians teve um começo avassalador e depois naturalmente caiu de rendimento. Foram 7 vitórias, 3 empates e 1 derrota; 20 gols pró e 12 gols contra. Os números mostram que as campanhas do Mano são marcadas por boas arrancadas, exceção feita ao Brasileiro de 2009, e seguidas por acentuadas quedas.

..

A 11ª rodada, que marca 72,72%, foi a última partida sob o comando de Mano Menezes:

.

• Adílson Batista fez 20 pontos em seus 11 primeiros jogos ao assumir um elenco que não montou e com a competição em andamento, sem ter aproveitado a pausa para a Copa e sem encontrar adversários com foco em outras competições ou na reta final de torneios importantes. Aqui foram 6 vitórias, 2 empates e 3 derrotas; 20 gols pró e 10 contra. O ponto positivo é a tendência à ascensão. Para frente, como o futebol do time.

.

As linhas laranjas indicam a tendência de queda ou ascensão da equipe sob o comando de cada um dos treinadores a partir de seus próprios resultados:

.

.

Números e tendências à parte, é importante destacar que a qualidade do futebol apresentado sob o comando de Adílson Batista é superior. Isso durante um período da tabela considerado por muitos o de jogos mais complicados. E, em que pese o longo caminho a ser percorrido, o desenvolvimento de jogo evoluiu consideravelmente. Pode-se dizer que o Corinthians já não está estagnado assistindo a uma queda de rendimento como em outras oportunidades, iludido por um início de campanha irreal, que muitas vezes custou caro depois.

.

Que a ascensão continue e pra cima do San7os, Timão!


7 Comentários so far
Deixe um comentário

O campeonato chegou numa fase decisiva. Temos, talvez, a sequência mais dificil do campeonato nesses próximos 3 jogos. Ficarei satisfeito se ganharmos 6 desses 9 pontos em disputa, pq assim, o máximo que o Flu pode fazer é abrir 1 ponto. Até se o Corinthians fizer 5 não é de todo mal, pois o Flu abriria só 2 e ainda temos um jogo a menos.

Mas vamos com tudo, amanhã um peixinho frito cairá bem demais. Vai CORINTHIANS!

Comentário por Júnior SCCP

A tabela melhora consideravelmente após a sequência citada. Pode ser a chance de arrancar rumo ao título. Vamo que vamo!

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Adorei seu blog, principalmente este texto. Parabéns! Visita o meu please. Dá uma olhada e opina, me manda um e-mail.

PS: Você é linda!

Comentário por Gabriel Torres

Verei mais tarde, com mais tempo. E disponibilizo o link aqui no blog. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Lara, parabéns pela análise… inteligente, detalhada e precisa….
Vamos atropelar o time do mulequinho mimado…
abraços
Vai Corinthians!!!!!!!!

Comentário por Wagner

Ahá, se dobrou ao Pança, né? O cara é bão, meu. O time com ele joga muito mais como Corinthians do que com o Mano. Eu quero ser campeão assim: mordendo, pegando, lutando até o fim. É nóis.

Comentário por Chicó

O que eu gosto neste técnico é que, diferentemente do Mano, ele fica o tempo todo na beira do campo. O Mano me dava nervoso: quando estava ganhando, ele ficava gritando que nem louco; quando estava perdendo, ele ficava sentado no banco…
Abraço alvinegro!
Vai, Timão!

Comentário por Heloisa




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: