Corinthians: Preto no Branco


Uma camisa, uma homenagem
maio 25, 2011, 6:41 pm
Filed under: Uncategorized

Novo manto corinthiano, com São Jorge tatuado no peito.

A data, na parte posterior do manto, é uma menção ao desastre de Superga.

.

Nesta quarta-feira, a Nike, fornecedora de material esportivo do Corinthians, divulgou o novo terceiro uniforme do Timão. Na cor grená e com a imagem de São Jorge, o novo manto entrará em campo pela primeira vez no próximo domingo (29), na partida contra o Coritiba, válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro.

.

A cor é uma homenagem ao Torino, clube heptacampeão italiano, que já serviu de inspiração ao Corinthians na década de 40, quando o Timão usou a cor grená pela primeira vez. O time de Turim era uma das grandes potências do futebol europeu na época, além de base da seleção italiana.

.

Em 1948, o Torino veio ao Brasil para um amistoso contra o Timão, no Pacaembu. Baltazar e Colombo foram os autores dos gols que renderam a vitória, por 2×1, ao Corinthians. Em 1949, somente um ano depois, o avião que transportava a delegação do Torino se chocou contra a Basílica de Superga, nos arredores de Turim, e não deixou sobreviventes. Na ocasião, em respeito ao grande time e ante a comoção nacional, o clube foi declarado campeão da Liga. Para disputar as quatro partidas pendentes daquele campeonato, os juvenis foram a campo substituindo todo o time profissional, os adversários fizeram o mesmo. E o Toro venceu os quatro jogos, inclusive a emocionante final contra a Fiorentina.

.

A história de Corinthians e Torino, no entanto, começou muito antes da década de 40. A ligação entre os dois clubes teve início em 1914, durante uma excursão dos italianos pela América do Sul, que marcou o primeiro amistoso internacional do Timão. O jogo aconteceu no dia 15 de agosto e o Torino venceu por 3 a 0.

.

O novo terceiro uniforme do Corinthians é uma bela maneira de homenagear não só o Torino e sua história, mas também parte da história corinthiana, de tantas lutas e superações. Daí o São Jorge gravado no peito.


29 Comentários so far
Deixe um comentário

A versão “vinho” (era o que parecia) que vi nas primeiras fotos tinha um quê estranho…

MAs com as fotos bem tiradas e divulgadas hj eu já me animei hein.

Eu quero! Me dá? Aniversário tá perto.😛

Comentário por Ândi

Hahaha, engraçadinho! Eu reservei a minha, mas é bom preparar o bolso: R$189. E um conselho: evite as lojas Poderoso Timão se não quiser sofrer ainda mais. Na do PSJ, chegou toda a linha da comemorativa grená, inclusive as polos Grand Slam. De morrer, de morrer…

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Não entendi porque não me levou a sério..😛

Larissa: porque o senhor é muito engraçadinho. Tá mais fácil você me dar um presente, hein? É quem pode mais, hahaha. À propósito, Ândi, somos os únicos do meio a apreciar o novo manto? Observe o rumo da discussão no meu FB, fiquei horrorizada e fui “demonizada”, hehehe: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=202025753176232&id=778643127

Abraços alvinegros.

Comentário por Ândi

Oi Lara!!
Gostei muitíssimo dessa postagem em seu blog. Claro que comprarei essa camisa para minha coleção. Me lembro nos tempos de criança, meu avô falava do Torino e chorava, e eu não sabia o porque. Somente mais tarde tomei conhecimento do ocorrido e passei a compreendê-lo. Só nosso Corinthians pode proporcionar esse misto de tristeza e alegria ao mesmo tempo sem nos machucar.
Bacio

Comentário por Luiz Carlos

É vero, Luiz. Acho a história emocionante mesmo. Lembro da primeira vez que li, num livro do Celso Unzelte, e chorei como o seu avô. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Muito bonita a acamisa. E, diga-se de passagem, bem melhor do que a camisa “ovo de páscoa” anterior. rs

Comentário por Codename X

Tem nem comparação. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

a camisa é bonita mesmo, você não acha que deveriam colocar a imagem de São Jorge também na camisa branca? acho que iria ficar bem legal tambem (claro se não tivesse tanto patrocínio).

Comentário por Fred Rosas

Pode ser, né Fred? Os patrocínios realmente são um problema, mas aí independe da camisa. Mesmo a mais simples fica horrível e já cansei de criticar isso aqui. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Tira uma foto e põe no flickr vc com a nova camisa! Muito linda a camisa mesmo, finalmente a nike acertou!

Comentário por João Gabriel

É bem provável que farei isso, hehehe. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Achei linda!!! A melhor 3ª camisa até agora. Acho que não vai ter jeito… Esta eu vou ter que comprar. E em suaves 12 prestações…
Salve Jorge! Salve Nação Corintiana!

Comentário por Heloisa

É, colega, não tá fácil e com esses preços, né? Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Ufa, será que este dep de mkt ridículo que o Coringão tem finalmente caiu na real???

Agora sim parece que eles escutaram a parte da torcida que é crítica, e não fica só aplaudindo as bobagens e a roubalheira da diretoria a troco de migalhas e oba oba com jogadores mediocres, e fizeram um terceiro uniforme que tem tudo haver com a nossa Gloriosa e Linda História!

Ainda não vi a camisa “ao vivo”, mas mesmo que eventualmente ache que ela não é bonita, ao menos eles teriam pecado por uma bela intenção, uma homenagem justa que resgata uma época importantíssima para o nosso clube e que deveria ter sido feita já no ano passado no nosso centenário no lugar daquela patética camisa com aquela cruz medonha sugada do centenario do inter de milão.

Aliás o correto seria lancar uma série de terceiros uniformes homenageando cada um a um período diferente da noss história, inclusive com um folder contando as passagens do clube na referida década, assim a parte alienada da nossa torcida entenderia o porque somos o Corinthians, e não apenas mais um grande clube.

Comentário por Luís Fontes

Vai ver a ideia foi mais da Nike que do marjeting do Corinthians, né? É linda, sim. Nem de longe lembra aquela coisa grotesca dos outros terceiros uniformes. E tem significado. O único problema realmente são os patrocínios, mas isso ocorre também nos primeiro e segundo uniformes. E adorei a sua sugestão final. Se tiver oportunidade, vou lançar essa pra alguém no PSJ. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Lara, acho que vai permanecer basicamente nas mesmas opiniões de sempre. Tem quem não aceite camisas diferentes, cores diferentes, nada. E eu não discuto com essas pessoas. Entendo o ponto de vista. Às vezes até concordo, porque vira e mexe o marketing se empolga e faz umas besteiras.. rs.

Mas é o que meu cunhado (que nem corinthiano é) sempre diz. Terceira camisa é pra isso mesmo. E é no mundo todo, e não há absolutamente nada de errado. Assusta quando querem fixar uma cor ao clube, como acontecia recentemente com o roxo.

Se bem que, cá entre nós, roxo e grená tão ali né… rs…

Comentário por Ândi

É o que eu digo. Basta não “grenalizar” o resto e deixar restrito a terceira camisa. Pronto. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Ficou muito legal a camisa… agora eles se superaram… muito bom… pena que é muito cara… vou ter que juntar uma grana pra poder comprar…

Comentário por Emboava

Boa sorte, hehehe. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Sei lá. Parece mais camisa de goleiro.

Comentário por souranzinza

Talvez porque você se habitou a ver os nossos goleiros usarem camisas vermelhas. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

ELES SÃO PARTE DE NOSSA HISTÓRIA.

NÓS SOMOS PARTE DA HISTÓRIA DELES:

Il Grande Torino era considerata la squadra più forte di allora e i granata i futuri campioni del mondo, quando avrebbero partecipato ai Campionati mondiali del 1950. I Brasiliani decisero di ospitarli per alcuni incontri amichevoli, per testare la squadra italiana migliore.
Nel luglio del 1948 i campioni partirono per il Brasile.
Dalle quattro partite disputate, il Grande Torino ottenne i seguenti risultati: pareggio con il Palmeiras 1-1; sconfitta col Corinthians 2-1; vittoria col Portuguesa 4-0.
CURIOSITÀ
Il Torino era una delle poche squadre a spostarsi in aereo per le trasferte più lunghe, anche se la maggioranza dei giocatori e soprattutto l’allenatore Ferrero non erano contenti, perché avevano paura (chissà un presentimento). Viaggiare in aereo voleva dire arrivare meno affaticati, ma dava anche un’ immagine di società scattante e moderna.
http://www.ilgrandetorino.net/successi.htm

Nel 1912 entra a far parte dello staff tecnico Vittorio Pozzo: con lui nel 1914, in piena epoca di calcio eroico, partecipa addirittura ad una tournée transoceanica, in Sud America, conclusasi con sei vittorie in altrettante partite, contro squadre del calibro della Nazionale Argentina e dei brasiliani del Corinthians.
http://it.wikipedia.org/wiki/Torino_Football_Club

Comentário por JOÃO

Concordo.

Comentário por Larissa Beppler

SEU PASSADO É UMA BANDEIRA,

SEU PRESENTE, UMA LIÇÃO:

Torino e Corinthians

La storia tra il Corinthians e il Torino ebbe inizio nel 1914. In quell’anno, il Torino diventò il primo club italiano ad approdare in Sud America per effettuare una tournèe. Le destinazioni furono Brasile e Argentina. Una volta sbarcati nel porto di Santos e dopo aver viaggiato in treno fino a San Paolo, i Granata disputarono sei match amichevoli, tutti giocati allo Stadio Parque Antarctica della città paulista. La squadra granata vinse tutte le partite, due delle quali, giocate proprio contro il Corinthians. La prima partita tra le due squadre fu anche il primo incontro internazionale della storia del Corinthians, il 15 agosto 1914, ed il Toro dominò per 3 a 0, con reti di Debernardi II ed Arioni II (2).

La seconda amichevole si giocò il 22 agosto 1914 e a detta del tecnico Vittorio Pozzo ai giornali di San Paolo, si rivelò la partita più difficile dell’intera tournèe. Il match rimase inchiodato sull’ 1 a 1, reti di Mosso III e Americo, fino a quando nei minuti finali Debernardi II riprese una palla respinta nella area dei bianconeri segnando così la rete della vittoria. Questa partita ebbe tra l’altro come arbitro il Sig. Charles Miller, semplicemente l’uomo che introdusse il calcio nella città di San Paolo nel 1894. Nonostante i risultati sul campo, le due società – entrambe di origine popolare – coltivarono e mantennero nel tempo i rapporti di amicizia instaurati.

Così nel 1948, quando il Grande Torino tornò a giocare in Brasile, disputò nuovamente un’amichevole contro il Corinthians. Questa volta il club brasiliano colse un’incredibile quanto sorprendente vittoria per 2 a 1, e questa risultò come l’unica sconfitta del Grande Torino nell’arco di tutta la sua tournèe brasiliana. Quando il 4 maggio 1949 il Grande Torino perì nel disastro aereo di Superga, il Corinthians si sentì in dovere di rendere il più semplice omaggio agli amici italiani tragicamente e prematuramente scomparsi, per cui, in una partita amichevole contro la Portuguesa, gli 11 giocatori scesi in campo indossarono una maglia granata, proprio in onore della leggendaria e invincibile squadra.

http://it.wikipedia.org/wiki/Torino_Football_Club

Comentário por JOÃO

Como eu disse, hehehe. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

[…] ainda mais absurda do que o próprio prejuízo que esses torcedores poderiam ter causado ao time: a camisa grená. No momento da invasão, eles protestaram contra o novo uniforme do Timão e bradaram aos jogadores […]

Pingback por Invasão: motivo e consequência « Corinthians: Preto no Branco

Eu vi hoje a Polo Nike Corinthians Grand Slam da cor grená! de morrer mesmo! Agora eu não sei se compro ela ou camisa oficial de jogo. Sugestão? kkkkkkk abraços alvinegros

Comentário por Cristian Paz

Pois é, eis a questão. Eu vi tantas lá que me deixaram numa baita dúvida, que olha… Difícil. Eu optei inicialmente pela de jogo, pois é a oficial, a que ficará na história e tal, porém pretendo adquirir outras posteriormente. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

[…] A manifestação em forma de vandalismo seria de parte da torcida por conta do novo terceiro uniforme do Timão, grená, em homenagem ao Torino. Nenhum jornal confirmou a informação, que já circula […]

Pingback por Fiéis publicitários « Corinthians: Preto no Branco




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: