Corinthians: Preto no Branco


Timão sub-17 é bi mundial
junho 18, 2011, 6:07 pm
Filed under: Uncategorized

Crédito da imagem: Agência Corinthians

.

O Corinthians acaba de conquistar o seu bicampeonato Mundial de Clubes, categoria Sub-17, após vencer o freguês Barcelona por 2 a 1, na Espanha. Juninho e Giovani anotaram os gols alvinegros. Antes, o Timão do técnico José Augusto venceu o Atlético de Madrid, na estreia, por 4 a 1, o Ajax por 1 a 0 e Olympique de Marselha por 5 a 4 (pênaltis).

.

O que pouca gente sabe é que a desorganização nas categorias de base do Corinthians é tanta, que esses campeões são garotos que mal têm oportunidade de jogar no clube. Antes do início da competição, os diretores e assessores da categoria selecionaram só atletas nascidos em 1993, mas o torneio exigia que fossem meninos de 1994. Faltou ler o regulamento. Para reparar o equívoco, já em cima da hora, convocaram os nascidos em 1994 que já dispunham de passaporte para poder viajar e disputar o Mundial. De algum jeito muito torto deu certo, mas fica a crítica aos responsáveis pelas categorias de base do Timão.

.

Esse título é um dos raros casos, ditos exceções, em que a emenda saiu melhor que o soneto. A equipe escolhida pelo critério do passaporte foi mais efetiva do que talvez tivesse sido o time eleito por critérios da diretoria e comissão técnica. Por isso, não consigo deixar de achar que há um erro crasso na organização da base corinthiana, embora títulos como esse encubram determinados fatos.

.

De qualquer forma, parabéns aos garotos Ravi, Cris, Lucas, Paulo Cesar, Ayrton, Fernando, Abner, PC, Douglas, Giovani, Washington, Matheus, Edson, Kevin, Léo, Rivelino, Leandro, Juninho e Matheus Camara, que realizaram um ótimo trabalho ao representar o Alvinegro na Espanha.


10 Comentários so far
Deixe um comentário

Bem postado, Parabens a mulecada que vestiu o manto do Coringão com dignidade e conquistou mais este caneco!

Sobre a desorganização da base, é capaz que se fossem par ao mundial os jogadores selecionados, passariamos mais uma vergonha, pois devia ter apenas apadrianhados de dirigentes e empresários!

Obs; Agora quero ver se os nossos lixos de jornalistas esportivos vão divulgar mais esta conquista, afinal de contas, se fosse a base da bambizada que tivesse levantado o caneco do Bi Mundial Sub 17, já iam falar que o trabalho do alcolatra do j.j. estava dando resultado e que o clube é uma exemplo de investimento e palnejamento e bla,bla,bla

Comentário por Luís Fontes

Fico tão feliz quanto numa conquista do Futsal. Ou seja, muito legal, afinal, é Corinthians. Mas já nos acostumamos que é um “esporte a parte” do futebol profissional. Infelizmente.

Comentário por Ândi

É exatamente assim que eu vejo a coisa também, infelizmente . Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Eu assisti o jogo e os moleques são bons. Pena que a maioria nem vai chegar aos profissionais… essa equipe tem muito potencial e garra. Ele dominarom o Barça o tempo todo e arrancaram muitos elogios dos comentaristas. Um dos comentariastas era o ex-jogador do Madrid Rubén de la Red que deixou de jogar aos 24 anos acho, por um problema cardíaco. Ele chegou a jogar pela seleção espanhola. Era bom o cara. Hoje ele trabalha no clube ajudando ao Madrid a formar bons jogadores. Real Madrid que chegou a semi-final e só perdou para o Barça.

Parabéns ao Corinthians. Mostramos que temos muito potencial. Ganhamos de uma das melhores bases do mundo. Agora eu imagino que se o Corinthians fosse sério teriamos a melhor base do mundo disparado. E jogadores que jogariam no time profissional sem nenhuma contestação.

Comentário por Emboava

É preciso destacar que o erro vem de tempos Larissa. Era mamão com açucar “roubar” jogadores do “terrão”, (com raras exceções).
Empresários notoriamente preferem Santos ou Cotia, para expor suas mercadorias.
E esses sanguessugas, vão onde $$$$$ sai.
Parece que com o CT, e foram buscar o Narciso que revelou muitos na vila, está melhorando.
O que precisa de fato, é afastar qualquer jogador que venha com empresário “vendido” a outros clubes, mesmo que seja craque.
Se não for para lucrar, que se feche a base, e se o negocio for fazer como outros clubes “diferenciados”, e só roubar jogadores dos outros/.
PS: Tem um Roberto Rivelino nesse sub-17. Quem sabe em 2014, na copa no Brasil, e no nosso Fielzão? Seria a glória, e a lavada final na nossa sofrida alma.
Porém é bom ficar ligado. Os adversários são “sinistros”, e estão em uma jihad contra o Timão.

Comentário por Thiago Ferreira

Larissa. Não tenha medo de publicar ou comentar a nota do diretor do Corinthians sobre a campanha discriminatória contra o estádio do corinthians.
Não é porque você é uma critica da administração, que vai deixar de ficar ao lado do clube, quando ele é agredido, ofendido e humilhado, da forma que vem sendo.
Ninguem, vai chamá-la de vendida, ou coisa que o valha, exceto “aquela coisa”, o que na verdade pouco interessa a opinião, pautada sempre pela mentira e difamação.
Acho que estamos numa guerra, nessa questão do estádio, pois tenho notado, que os mesmos comentários vagabundos contra Itaquera, e o Corinthians, tem saido em pelo menos meia duzia de blogs, quase que simultaneamente, com diferença minima de tempo, ou até de minutos.
Isto é, é muita coincidência, para não se tocar que se trata de uma orquestração bem coordenada, com a estratégia traçada e a ordem expedida para a ação, tipo, decidida, sai a ordem “vamos lá gente”.
Apesar de criticos, não podemos jogar o bebê fora, junto com a água da bacia.
Particularmente acho que essa questão é politica, e das grossas, pois é evidente que a oposição ao governo federal, o que menos deseja é uma copa de sucesso no país.
Enfim a cruz continua pesada.!
Saudações Corinthianas.

Comentário por Thiago Ferreira

Não tenho medo, não; tenho muita coisa para escrever sobre o que aconteceu e ainda não encontrei tempo. Só isso. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

A xaropada anticorinthiana não tem mais limites.

O Corinthians conquistou o Bicampeonato Mundial Sub-17, na Espanha, derrotando o Barcelona na final.

E qual a reação da Imprensa?

“Base corinthiana ganha títulos mas não dá frutos”; “Qual o grande jogador revelado pelo Corinthians depois de Rivelino?”; “Categorias de base do Corinthiana não aproveita jogadores da base”…

Vale lembrar que antes da conquista, a participação do Corinthians no torneio só foi lembrada e urubuzada graças a desacertos na inscrição dos jogadores.

Se o Corinthians, por um acaso, não tivesse conquistado o título, não faltariam reportagens destacando a “fracasso corinthiano” devido à “bagunça”…

Ou seja, o viés que a imprensa adota para tratar das coisas do Corinthians é, majoritariamente, negativo – mesmo quando se trata de sucessos e conquistas…

Imaginem se o clube brasileiro a se consagrar Bicampeão Mundial Sub-17, não fosse o Corinthians?

Se fosse o clube tradicional das empresas jornalísticas paulistas, veríamos manchetes como: “SPFC Bicampeão Mundial!”; “Base são-paulina , um exemplo para o mundo!”; “CT de Cotia: a fórmula do sucesso” (sim, estariam assim justificados os incentivos fiscais que proporcionaram a ampliação do patrimônio do SPFC)…

Se fosse o queridinho da imprensa carioca, o resultado seria: “Mengão conquista o Mundo mais uma vez!!!”; “Garotada do Mengão mostra ao Barcelona como é que se joga!”; sem falar na manchete no JN da Globo…

Essa diferença de tratamento é revoltante para os corinthianos?

É.

Mas a verdade é que o Corinthians sofre esse tratamento da imprensa há 100 anos, e o clube se torna cada vez maior apesar disso.

O anticorinthianismo é, em sua essência, inveja dos não-corinthianos. Uma inveja produzida pela paixão que os corinthianos sentem pelo seu clube, maior e mais intensa do que todas as demais paixões clubísticas. Uma paixão que faz o Corinthians cada vez maior. E, quanto maior o Corinthians, maior o subextrato dessa grandeza: o anticorinthianismo.

Comentário por Jorge

Larissa, parabéns pelo seu blog, foi minha primeira visita, e já deixei na lista dos meus favoritos.
Oswaldo

Comentário por oswaldo

Obrigada, Oswaldo. Seja bem-vindo. Entre e fique à vontade. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: