Corinthians: Preto no Branco


Com o Corinthians não há quem possa!
outubro 20, 2011, 1:33 pm
Filed under: Uncategorized

.

Joaquim Ambrósio, Antônio Pereira, Raphael Perrone, Anselmo Correa e Carlos Silva, muito obrigada. A realização desse sonho não seria possível se esses trabalhadores não tivessem, há mais de cem anos, a iluminada ideia de criar um time, contra tudo e contra todos. O povo venceu! Parabéns, Corinthians – Time do Povo!

.


11 Comentários so far
Deixe um comentário

não tenho nada para comemora na minha vida pessoal.
mas só uma coisa me da alegria é o meu corinthians .
Obrigado timão por fazer parte dela, não precisa ganhar titulos para me da alegria basta vc existir.
AMMMMO VC TIMMMMÃO

Comentário por amo timão e ammmmo mesmo

“Ai, CORINTHIANS,
Cachaça do torcedor,
Colorido em preto e branco,
Sem preconceito de cor.

Ai, CORINTHIANS,
Quando és o vencedor,
Pobre fica milionário
Rindo da própria dor.”

Aproveita que chegou a hora de descontar o sofrimento em cima dos que um dia riram do povo.

Comentário por Larissa Beppler

nossa história vai muito além do esporte, nossa história é marcada por movimento contra a ditadura com a democracia corintiana.
pela invasão ao maraca, diz a onu que a maior deslocamento de gente depois do pós guerra.
e agora salvamos a cidade de sp de ficar fora da copa
e iremos desenvolver o bairro de itaquera deixado de lado por muito tempo .
TENHO ORGULHO DE SER CORINTIANO, mesmo morano em sorocaba que fica um pouco longe da capital mas sempre ti levarei corinthians no coração!!!!

Comentário por amo timão e ammmmo mesmo

São Paulo é a cidade mais importante do Brasil. A capital paulista é responsável por 1/7 do PIB do Brasil (país que ocupa hoje a 7ª posição no ranking das maiores economias do mundo). É a cidade mais populosa do Brasil, das Américas e de todo o Hemisfério Sul (6ª maior do planeta). O principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina. São Paulo é também a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta.

São Paulo de Piratininga surgiu como vila pioneira e isolada do interior do Brasil. Da vila saíram os bandeirantes desbravadores que empurraram para milhares de quilômetros além as fronteiras brasileiras. São Paulo se tornou o centro dinâmico da economia brasileira, graças ao café, já na segunda metade do século XIX, e teve participação decisiva na formatação da República. Em São Paulo foi realizada a principal greve geral da República Velha, em 1917, com participação marcante dos trabalhadores de ideologia anarquista. A maior revolta anti-oligarquia foi a Revolução Tenentista de 1924, que chegou a tomar o poder na cidade de São Paulo e que deu origem à memorável Coluna Prestes. Em 1932, um novo movimento revolucionário em São Paulo, a Revolução Constitucionalista, conseguiu enfim uma constituição do “governo provisório” de GV (a qual teria, no entanto, vida curta, sendo logo substituída pela constituição ditatorial do Estado Novo). Com a industrialização brasileira, São Paulo acentuou a sua importância na economia do país. Mesmo com as transformações ocorridas nos anos mais recentes, com o incremento dos serviços e dos negócios, o protagonismo paulistano continua evidenciado: São Paulo é a sede de 63% das sedes das multinacionais estabelecidas no Brasil, e a BMF&Bovespa é a maior bolsa de valores do continente americano e a segunda maior do mundo.

São Paulo é o berço do futebol brasileiro. O esporte bretão foi introduzido em nossas terras pelo paulistano Charles Miller, que estudou na Inglaterra, jogou em várias equipes locais (dentre elas, o Corinthian FC), e que voltou à sua cidade natal trazendo duas bolas de futebol. Charles Miller organizou a primeira partida de futebol no Brasil, disputada na Várzea do Carmo, em 1895. Charles Miller também é o principal responsável pela realização do primeiro campeonato de futebol disputado no Brasil: o campeonato paulista de 1902. Em 1913, uma revolução no futebol paulista: o Corinthians, de origem popular, ganha uma disputa eliminatória e adentra os gramados do campeonato paulista, até então só pisado por chuteiras elitistas. Em 1919, a Seleção Brasileira conquista o seu primeiro título, do Campeonato Sul-Americano, tendo como destaques os jogadores paulistas Friedenreich e Neco. 1922, ano do Centenário da Independência: a cidade de São Paulo promove a Semana de Arte Moderna, que escandaliza a sociedade e revoluciona a arte nacional; o Corinthians se sagra campeão paulista e inicia o primeiro de seus dois tricampeonatos na década, títulos que consagraram definitivamente o alvinegro como a principal agremiação paulista. Em 1922, na campanha da conquista do seu segundo Sul-Americano, a Seleção Brasileira pela primeira vez é defendida por um jogador negro: o meia-esquerda Tatu, do Corinthians. A primeira das cinco Copas do Mundo conquistadas pelo Brasil, em 1958 (superando o trauma do Maracanazo de 1950), teve comando paulista, tanto técnico quando administrativo. O título de 1958 significou a coroação precoce do Rei do Futebol, maior jogador do Brasil e do mundo em todos os tempos, Atleta do Século XX, o mineiro e jogador paulista Pelé.

São Paulo é a capital do estado que é o centro hegemônico do futebol brasileiro. Os clubes paulistas possuem 17 títulos do Torneio Rio-São Paulo (contra 10 dos clubes cariocas), 34 títulos nacionais (os clubes cariocas, que vêm a seguir, possuem 18 títulos), 7 títulos da Copa Libertadores ( a seguir vêm os clubes gaúchos, com 4 títulos) e 2 títulos do Mundial de Clubes (1 título possui o futebol gaúcho).

Da cidade de São Paulo não se espera algo que não papel protagonista na realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Superadas questiúnculas momentâneas, frutos de ressentimentos e ciúmes, a capital paulista cumprirá condignamente a missão que lhe cabe, e realizará uma grandiosa e inesquecível abertura de Copa, naquele que passará a ser o principal templo do futebol brasileiro, o Fielzão.

Comentário por Miguel

Clap, clap, clap!

Comentário por Larissa Beppler

É um sonho realizado. E quando algum anti-corintiano falar de Libertadores, porque agora eles só tem isso pra falar, respondam que esperaremos para ganhá-la no no nosso próprio estádio pra festa ser ainda maior.

Comentário por Alex Miranda

Show! Nooooosssa! salve 20/10/2011, dia em que se materializou a nossa alforria, com papel assinado, e carimbado.
Um belo de um chupa para todos os nossos caros antis, que hoje vão dormir de cabeça quente.
E segundo dizem, só com essa aprovação o naming rights, deu um salto estratosférico.
É o todo poderoso Timão, mesmo.

Comentário por Thiago Ferreira

VAI CORINTHIANS!! ISSO SIM VAI FICAR NA HISTÓRIA DO TIMÃO! O QUE ADIANTA ALGUNS CLUBES QUE FICAM SE ACHANDO PORQUE TEM LIBERTADORES , MUNDIAL ( NÓS TAMBÉM TEMOS) , E NA HORA MESMO É O TIMÃO QUE ESTA SEMPRE NA MÍDIA! O QUE ADIANTA GANHAR TÍTULOS SE NINGUÉM TA NEM AI PARA ELES? O CORINTHIANS NA SÉRIE B FEZ MAIS SUCESSO QUE OS BAMBIS NA SÉRIE A! ISSO SIM É PODER!

Comentário por MARCO

Sim, feliz por um lado, por outro…

… ninguém viu o contrato do timão com a construtora, apenas uma minuta de duas folhas…
… ninguém sabe o quanto o Corinthians (que já tem uma dívida na casa de mais de 150 mi) vai ter que desembolsar pelo estádio…
… o custo era de 350 milhões, nosso presidente já admitiu na revista que vai passar de 1 bi.
… estamos construindo um estádio às custas de dinheiro público (o que era uma acusação contra um outro time aí, agora é feita ao nosso também)…
… precisamos ter intervenções diretas de um presidente da república para viabilizar nosso estádio. Isso é vexatório para nossa nação. Só demonstra a clara incompetência de todas as nossas diretorias…

… o que será do Timão depois desse estádio? A que preço?

Não sei se é motivo para se comemorar, infelizmente. Não quero parecer do contra, mas a tão aludida “transparência” tá passando longe, muito longe da nossa direção. E isso dá muito medo do legado que vai deixar para nosso querido e amado Timão.

Quem tem medo de fiscalização não ama o timão!
Anderson

Comentário por Anderson Leite

A clase operária vai ao paraíso!!!!

Vaaaiiiiiiiiiiiiiiii Corinthiannnnnnssssss!!!!!!!

Comentário por Carlos Alberto Medeiros

Desculpe o erro “A classe…”

Comentário por Carlos Alberto Medeiros




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: