Corinthians: Preto no Branco


And the oscar goes to…
dezembro 8, 2011, 7:56 pm
Filed under: Uncategorized

Foto: Celso Paiva /Terra

.

O troféu troll do ano não vai para Jorge Henrique e seu chute no vácuo, tampouco para o vizinho flamenguista, mas, por insistência, para a imprensa esportiva nacional. O motivo? Todo santo final de ano, época de campeonatos mundiais, a mídia faz questão de jogar no ar alguma matéria sobre o Mundial conquistado pelo Corinthians em 2000 e sua representatividade na FIFA, como se fosse surpresa ou novidade o fato de a entidade reconhecer o título do Timão junto aos demais.

.

É claro que a “trollada” é sempre sutil, como na matéria do Portal Terra (veja aqui), mas visa reacender polêmicas e até deturpa informações. No texto assinado por Celso Paiva, por exemplo, o autor deixa no ar que o Corinthians foi convidado a participar da edição, o que nem verdade é. A sacanagem é semelhante a que tentaram emplacar com a morte de Sócrates e a sugestão de dar o nome do Doutor ao estádio corinthiano. Vale lembrar que Magrão, que era contra a construção do estádio de Itaquera (direito democrático e inalienável dele de pensar e opinar sobre o assunto), provavelmente não aprovaria a “homenagem” sugerida e que o Timão precisa vender os naming rights do futuro estádio para quitar as dívidas. A propósito, sobre a prática dos direitos de nomes, essa mesma imprensa esportiva não cansa de perturbar o clube chamando a arena do Corinthians de Itaquerão, apesar dos constantes pedidos e proibições dos cartolas do Timão, que já vieram a público centenas de vezes informar que a alcunha pode atrapalhar as negociações.

.

O corinthiano, por vezes subestimado, é louco, mas não é burro a ponto de não perceber o que se diz nas entrelinhas dessas matérias que fingem homenagear o clube, suas conquistas e seus ídolos. Não faz muito tempo, o Uol e a Folha de São Paulo foram alvos de protestos da República Popular do Corinthians contra a tendenciosidade. Outros meios de comunicação seguem o mesmo caminho errado. Acredito que a obrigação do corinthiano, especialmente daqueles que possuem sites, blogues ou mesmo utilizam redes sociais para se comunicar, é rebater essas (des)informações e fazer justiça ao clube há tanto e por tantos difamado. Daí este post.

.

No Japão, como enfatizou o Terra, o título mundial do Corinthians é lembrado em memorial. Aqui, convém lembrar que a entidade máxima do futebol, a FIFA, organizou e legitimou o título corinthiano. Ainda, o Corinthians nunca foi convidado a participar do Mundial. O Timão tinha vaga assegurada na competição por ser o campeão (bicampeão, aliás) do país sede. Até hoje o critério é válido nas edições do torneio. Vale ressaltar também que vencer a Libertadores não é e nunca foi pré-requisito para estar representado no Mundial da FIFA, vide critério da vaga do campeão do país sede e o caso particular dos times mexicanos.

.

Na ocasião, a FIFA organizou o Mundial com inegavelmente os melhores clubes de cada continente da época. O único erro daquela edição, admitido pelo presidente da entidade Joseph Blatter, foi ter permitido uma final com duas equipes do mesmo país, que poderiam ter se cruzado antes, mas toda primeira edição tem dessas coisas. A Copa São Paulo de Futebol Junior, por exemplo, teve apenas equipes paulistas em suas duas primeiras edições. O primeiro Campeonato Brasileiro não se formou de acordo com um critério técnico, posto que não existiram eliminatórias para a disputa ou grupos de acesso. Na primeira Copa do Mundo de Seleções, a FIFA convidou todos seus filiados até então e 13 países participaram. A Libertadores inaugural contou com 7 times e o Olimpia do Paraguai, por alguma razão desconhecida, teve o privilégio de entrar já nas semi-finais da disputa, etc. Em contrapartida, o Mundial de 2000 durou mais de uma semana e o Corinthians sagrou-se campeão depois de enfrentar as melhores equipes (Raja Casablanca, Real Madrid e Al-Nasser) ao longo da campanha, façanha impossível de se realizar nas edições atuais do torneio. “Para aqueles que acham que é pouco”, o Timão venceu bravamente nos pênaltis o melhor Vasco de todos os tempos, aquele de Romário, Edmundo e Juninho Pernambucano, em pleno Maracanã invadido por fiéis corinthianos numa sexta-feira.

.

Se confrontados com as verdades acima expostas, porém, os anticorinthianos provavelmente alegarão outros motivos ou mesmo motivo nenhum para continuar a desmerecer o Mundial conquistado pelo Corinthians, isso porque não adianta tentar, ainda que munido de provas, convencer aquele que não quer ser convencido. E a maioria das pessoas tem o desagradável costume de falar sobre o que não entende, achar bonito, e ainda querer ter razão. É o caso dos brasileiros que ganharam torneios intercontinentais, pensam que ganharam mundiais e têm a audácia de desmerecer o primeiro e legítimo. Trata-se de um erro bastante comum no Brasil, mas não ao redor do globo (e o que não falta são sites e jornais internacionais que reconhecem o título (ver CNNSI, FIFA). Mesmo os argentinos do Boca Juniors sabem diferenciar as competições e se colocam, em seu site oficial, como campeões do Intercontinental de 2000, que de fato são, uma vez que o Mundial é do Corinthians. Só no Brasil ainda permanece como critério a falta de critério. E apenas os anticorinthianos ainda são adeptos do “vale o que eu quiser”. No resto do mundo, vale o que é oficial, ainda bem. E oficial é a volta olímpica que o Corinthians deu com a taça do Mundial de Clubes da FIFA, entregue pelo presidente da entidade.

..

.

Os participantes do Mundial de 2000 por ordem alfabética:

Al Nassr, vencedor da Supercopa da Ásia (Recopa da Ásia vs Copa dos Campeões da Ásia) de 1999;

Corinthians, vencedor do Campeonato Brasileiro de 1998/1999 (campeão nacional do país sede);

Manchester United, vencedor da Liga dos Campeões da UEFA de 1998/1999;

Necaxa, vencedor da Copa dos Campeões da CONCACAF de 1999;

Raja Casablanca, vencedor da Liga dos Campeões da África de 1999;

Real Madrid, vencedor do Copa Intercontinental de 1998;

South Melbourne, vencedor da Copa dos Campeões da Oceania de 1999;

Vasco da Gama , vencedor da Taça Libertadores da América de 1998.

.

Outros argumentos inválidos sobre o título Mundial do Corinthians:

– “O primeiro mundial saiu errado e a FIFA demorou 5 anos para fazer outro.”

O atraso na realização de novos mundiais nada tem a ver com o Corinthians ou o formato do primeiro torneio, mas com a falência da ISL, que obrigou a FIFA a esperar o vencimento de todos os contratos já negociados com patrocinadores e televisões para poder negociar novos contratos a fim de financiar as edições posteriores.

.

– “Não concordo com o regulamento daquela edição.”

E eu não concordo com o sistema de pontos-corridos, então, todos os campeonatos brasileiros desde 2003 são inválidos.

.

– “O correto era o Palmeiras (campeão da Libertadores de 1999) ter disputado o Mundial, não o Vasco (campeão da Libertadores de 1998).”

E o Corinthians com isso? Não é culpa do Timão nem da organização do Mundial se Eurico Miranda e Mustafá Contursi resolveram solicitar junto à CONMEBOL a indicação com um ano de atraso, o que ocorria e, salvo engano, ainda ocorre com os argentinos, por exemplo, nas vagas da Copa Libertadores. Assim, por decisão dos próprios clubes, o Vasco ficou com aquela vaga e o Palmeiras já estaria no Mundial da Espanha em 2001. No ano seguinte, a competição tinha 12 clubes, com grupos formados inclusive, mas a ISL quebrou, a FIFA não pode realizar a competição e o Palmeiras, tal qual as outras 11 equipes, levou para casa uma indenização financeira, mas perdeu a chance de tentar levar também um Mundial.

.

– “O Mundialito de 2000 foi realizado no Brasil e não no Japão.”

Quer dizer, campeonato realizado no país pentacampeão do mundo não vale, o que vale é torneio realizado no Japão, essa grande potência mundial do futebol. Além disso, a tendência é que as sedes do Mundial sejam rotativas (Dubai, etc).

Ainda, o Kashiwa Reysol é o representante japonês deste ano pela vaga do país sede. Os anticorinthianos devem correr para avisar a Fifa que, pelos seus próprios “critérios”, também desconsiderarão este Mundial. Certamente, a entidade dará total atenção aos apelos dos ressentidos.

..

– “Era um torneio de verão, de teste, piloto … Eu não reconheço o Corinthians como campeão mundial e ponto.”

Chora na cama, que é lugar quente. Também vale procurar no site da FIFA se está escrito que foi um “torneio teste”. A entidade ainda está “testando” seus campeonatos então, posto que até a 8ª edição já foram mais de três regulamentos distintos. Ademais, se fosse a simples opinião dos anticorinthianos que validasse título, a Portuguesa teria mais taças do que o Timão.

.

– “Se a Globo não transmitiu, não vale.”

O Mundial de 2000 foi transmitido para 140 países. A Globo também quis transmitir, mas a Band, que adquiriu os direitos antes, só liberou para que o SporTV (canal fechado) cobrisse. Isso foi noticiado na época. E a Bandeirantes, na grande final do primeiro Mundial da FIFA, bateu recordes de audiência que até hoje não foram superados. Havia muita gente preocupada com o “torneio de verão” em frente à TV naquele dia.

.

O Corinthians é o primeiro campeão Mundial de fato, de direito e reconhecido por quem deve reconhecer, não por montadoras nem por torcedores desinformados, mas pela FIFA.

.

É “nóis”!


35 Comentários so far
Deixe um comentário

O tópico está excelente, irretocável. Não vai servir prá acabar com as mentiras e com o ódio fundamentalista que esse pessoal sente pelo Corinthians e pela paixão inigualável que nós corinthianos temos – eles são muito mais ávidos por ter uma torcida como a nossa do que nós somos pela tal Libertadores, e nunca vão chegar nem pero – , mas pelo menos ajuda enumerando boas e irrebatíveis respostas, com uma foto que vale por um milhão de palavras. Xeque mate!!

Comentário por Victor Farinelli

Valeu, Vi. Muito agradecida. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Semana dificil pra anti-corinthianada doentia e histérica, depois do penta aparece isso no memorial do mundial, o Blatter dar a taça pro Rincon não serve.

excelente texto

Comentário por paulomonteiro

Verdade, Paulo. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Se a questão é o representante do país sede, vale lembrar que na Copa do Mundo só Brasil e Espanha são campeões sem levar o título em casa, o que faz dos títulos de Inglaterra e França inválidos, e Argentina, Uruguai, Alemanha e Itália terem um título a menos?

Se a questão é regulamento, como foi dito o Brasileirão mesmo sempre muda e nem por isso os títulos dos anos em que a forma de disputa era outra são desconsiderados. Sem falar da Libertadores, que antigamente tinha menos peso que um Paulista, tanto quem 1967 o próprio San7os não disputou para disputar o Paulista, e hoje contam vantagem pelo tal bi-campeonato.

O mundial do Corinthians é legítimo, campeonato organizado pela FIFA, representantes de todos os continentes, decidido em campo, e não por FAX.

Comentário por Simão

Povo não raciocina antes de falar. Abraços alvinegros,

Comentário por Larissa Beppler

Esse argumento dos antis que se a Globo não transmitir então não vale, podem então cancelar os jogos Pan-Americanos e as Olimpíadas

Comentário por 725187

Ridículo, mas eu juro que já ouvi alguma vezes, rs. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Simplesmente obrigado Larissa!!!

Comentário por luizCarlos

Obrigada eu, hahaha. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Belo texto, não há comentários adcionais a fazer, tudo que temos vontade de dizer aos antis foi dito aqui.

Penso que reconhecer um campeonato é complicado para alguns apenas quando convem, como é o caso por exemplo dos campões brasileiros pela canetada da CBF…

Comentário por Mauro Oliveira (Ben Yossef)

O povo só enxerga o que convém. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Show de bola Larissa!A Band deu 54 pontos de audiência na final do mundial,maior audiência da história da emissora e que nenhum outro clube será capaz de igualar!

Comentário por Gustavo

Demora… Só na próxima final do Coringão, rs. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Sempre a mesma ladainha dos Antis….
tem mais uma frase deles: “tem q ser campeão continental pra poder ser mundial”
então a Inglaterra nunca foi campeã mundial pq ela nunca ganhou a Eurocopa?
faltou no final do post só um CHUPA AOS ANTIS!!!!
abraços pentacampeões….

Comentário por Alemão

É. Confundem as regras e critérios. Essa da anterioridade é tão absurda que, se verdadeira, um time não poderia vencer a Libertadores antes de vencer um Brasileiro, mesmo assim até quarto e, às vezes, quinto colocados do Brasileirão vão pra disputa. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa, tudo que envolve o Timão dá audiência e polêmica. Como disse alguém na Transamérica, se fosse outro time, todos estariam dando parabéns, mas o Corinthians só recebe críticas… Deixe os invejosos morrerem de dor de cotovelo…
Porque, contra tudo e contra todos, aqui é Corinthians, p@#rra!!!

Comentário por Heloisa

❝O Corinthians desperta em sua torcida uma devoção e uma fidelidade ímpares, indiscutíveis. O inverso disso é a antipatia das outras torcidas, mistura de hostilidade e inveja. Grandes paixões não são fáceis de assistir para quem está de fora.❞

.Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

ganhou espaço nos meus favoritos!! valeu LARISSA!

Comentário por ALEXANDRE

Obrigada. Seja bem-vindo. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa, desculpe a economia de palavras (normalmente sou copioso quando comento) mas eu estou apaixonado pelo seu texto. Não consigo parar de reler. Você sintetizou tudo que era necessário. Foi clara, lúcida, inteligente, percuciente… Nossa! Parabéns!
Virei seu fã.

Comentário por Rodrigo

Você acha? Eu queria ter dito tudo com menos palavras, mas também não queria deixar a mínima brecha para contra-argumentos e localizei todas as desculpas que já tinha visto, lido e ouvido por parte dos antis. Ficou grande, mas abrangente, creio eu. E obrigada. Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Larissa,

Eu coloco este fato com o mesmo peso que os “viceínos” estão querendo se agarrar no tal site “placar real” para dizer que o time deles é “campeão moral”…

O tal site é aquele que transforma todo “pênalti em gol” e outras aberrações para justificar a INCOMPETÊNCIA do outro time em “virar” resultado numa partida em que foi prejudicado…

Oras: se isto vale, eu quero 6 pontos para nós nas partidas em que fomos prejudicados com a não marcação de pênaltis claros a nosso favor, gols impedidos e pênaltis mal marcados para os adversários, etc, mas mesmo assim fomos COMPETENTES o suficiente para reverter resultados …

E não vou me agarrar no pênalti não marcado contra o Vasco, e outros jogos recentes… Como não somos dados a “chororô”, vou ficar somente nos 3 primeiros jogos do campeonato…

22/5/2011 – 16h00 – Grêmio 1 x 2 Corinthians – Olímpico… Pênalti inexistente para o Grêmio, mas não ficamos lamentando e fomos buscar a virada.

29/5/2011 – 16h00 – Corinthians 2 x 1 Coritiba Arena da Fonte/Araraquara… Um dos pênaltis mais absurdos que vi neste campeonato não marcado sobre o Paulinho, gol do Coxa impedido e, mais uma vez vencemos e não ficamos nos agarrando em “placareal”.

5/6/2011 – 16h00 – Flamengo 1 x 1 Corinthians – Engenhão… Gol do Flamengo em falta inexistente…

Se fosse ficar aqui querendo me lamentar e copiar os que se amarram em possíveis erros de arbitragem para justificar INCOMPETÊNCIA e tentar tirar o MÉRITO dos adversários, teria muito mais a falar… mas não sou e nem somos chegados a isto…

ENTÃO VAMOS COMEMORAR, pois, com todos os MÉRITOS, para a SORTE DO BRASILEIRO, venceu o VERDADEIRO CAMPEÃO…

É PENTA***** e VAI CORINTHIANSSSSSSSS

Comentário por Ednei Gonçalves Marcos, Jaraguá do Sul (SC) - 56a

Issumemo! Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

Excelente esse post. Irretocável aliás.
Ele reforça ao Corinthiano que, todos aqueles que usam o termo “Itaquerão”, na verdade são “inimigos” (nem rivais devem ser considerados).
E mais, exercem uma pressão desmedida sobre a necessidade do Corinthians vencer uma Libertadores, e poupam (aliás exaltam) o Inter de Porto Alegre por exemplo, que não vence um brasileiro, o maior e mais dificil campeonato do planeta há 32 anos.
Isso simplesmente significa, que um Corinthiano que nasceu em 1980, portanto com 31 anos, já viu o Timão ser campeão 5 vezes.
Calculem aí, quais Gauchos nem sabem o gosto disso?
No entanto, alguem lê alguma matéria, ou pressão sobre os gayuchos?
Portanto, esses caras da midia que agem desta forma, deveriam ler esse post, para ficarem cientes que está cada dia mais dificil gozar o Corinthiano.
Já deixamos de ser marginal sem número, e essa merda de Libertadores, vai cair no nosso colo antes do que essa “gang” midiatica espera.
De qualquer forma, quando o Corinthians vence, é um enorme prazer ver a carinha deles na telinha, ou a voz tremula no rádio.
Corinthians é muito, mas muito grande mesmo.
E sofredores na verdade são eles.
Sofrem só porque existimos.
Um abraço Alvinegro cheio de felicidade.

Comentário por Thiago Ferreira

“E sofredores na verdade são eles.
Sofrem só porque existimos.”

Vale enquadrar, com uma moldura bem bonita, e pendurar na sala da casa de cada corinthiano, hein?

Abraços alvinegros.

Comentário por Larissa Beppler

“E sofredores na verdade são eles.
Sofrem só porque existimos.”

perfeito!

Comentário por Thays

Apesar de ser impossivel de acontecer, vou torcer pelo time do Japão.
Segundo os critérios dos aintis, se o time japonês ganhar o título também não terá validade.

Comentário por Delfim

Sempre o mesmo bla, bla, bla… o legal é ver como a porcariada se retorce de ódio por tentar que aquele torneio quadrangular de 51 seja reconhecido como mundial, assim como conseguiu que os 4 tabajaras deles fossem considerados brasileiros…. quem não ganha no campo tem que ganhar no tapetão né, fazer oque?

Já a mídia, é mídia né, o que esperar deles, afinal de contas, eles vivem de polemica, só assim conseguem vender publicidade e ganhar dinheiro e devido a isso eu nem ligo mais, apenas classifico os otários que gostam de criar polemica evolvendo o Coringão para ter audiência, não mais como jornalistas, mas como vendedores descredenciados, daqueles da pior espécie, que seriam capazes de vender até a mãe para ganhar uns trocadinhos na vida, afinal de contas o que eles fazem nem em sonho pode ser considerado jornalismo e sim apelação, falta de ética, falta de respeito, fofoca, picuinha e por ai vai.

dai da pra ver a qualidade do jornalismo do uol, terra, folha de são paulo etc…

Comentário por Luís Fontes

… [Trackback]…

[…] Read More Infos here: larissabeppler.wordpress.com/2011/12/08/and-the-oscar-goes-to/ […]…

Trackback por URL

mto linda e inteligente essa moça…

Comentário por Vinícius

Adorei seu post. Será meu link preferido, aquele que enviarei aos Antis que conheço.

Comentário por Maritza

Eu não costumo a ler blogs, mas este aqui realmente tem me chamado a atenção pela consistência dos argumentos, pela organização do pensamento e pela pertinência das postagens. Parabéns!!!

Comentário por Rogério

Parabéns, texto perfeito! Nem tem o que comentar.

Comentário por Thays

EM QUAL CONFIAR
NO DA TOYOTA OU DA FIFA???

KKKKKKKKKKKK AINDA QUEREM DISCUTIR COM
A FIFA MEU DEUS NAO TEM CABIMENTO
NOS SOMOS O QUE NINGUEM JAMAIS SERA

1º CAMPEAO DE MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA

Comentário por JAUM LHP




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: