Corinthians: Preto no Branco


Timão perde a invencibilidade, mas segue líder
março 4, 2012, 7:51 pm
Filed under: Uncategorized

.

Foi pelo placar mínimo, apesar dos sete desfalques, que o Corinthians perdeu sua invencibilidade no Paulistão, já na 13ª rodada do campeonato.

.

Na reabertura da Vila Belmiro, o clássico de alvinegros foi equilibrado, com menos chances de gol do que o esperado, e permaneceu 0 a 0 até o início da etapa complementar. Aos 12 minutos, porém, Ganso fez boa jogada e tocou para Ibson, livre, fazer 1 a 0 para o time da casa. O Timão ainda teve chances de empatar, mas parou na marcação adversária e viu cair a invencibilidade que já durava 17 partidas (12 oficiais no ano e mais outras cinco desde a temporada 2011).

.

O resultado era mesmo de se esperar, afinal, disputar um clássico sem sete dos principais jogadores e diante de um adversário completo não é lá muito animador. A bronca fica somente por conta da razão dos desfalques, que não foram um acidente de percurso, mas uma escolha do treinador, posto que Tite preferiu poupar atletas para o jogo da Libertadores. Há quem concorde com o comandante, mas eu, que considero os jogos da primeira fase da Libertadores até inferiores aos do Paulistão, além de um absurdo jogador com salário exorbitante alegar cansaço disputando dois míseros jogos por semana, não considero esta a melhor decisão. Questão de opinião.

.

Apesar da derrota, o Corinthians continua líder do Paulistão, com 29 pontos, e recebe o Guarani, no sábado, às 18h30. Antes disso, porém, o Timão tem mais um desafio pela Copa Santander Libertadores, desta vez contra o Nacional do Paraguai, às 22h da próxima quarta-feira, no Pacaembu.


10 Comentários so far
Deixe um comentário

Não entendo descansar contra a Catanduvense e descansar contra o Santos, jogo de uma grande rivalidade. Será tão poderoso o Nacional do Paraguai, com o devido respeito????
Descansar é ficar em casa, vendo pela TV, não ficar no banco, passar por concentração e sentir todo o estresse da partida. Já que concentrou então jogue.
Treinador medroso que se dá ao luxo de deixar um articulador como Douglas no banco e, mesmo precisando empatar o jogo, coloca um volante na vaga do lateral direito.
Assim fica difícil.
Já o Santos, que tem um jogo muito mais difícil contra o Internacional, jogou completíssimo.

Comentário por Popola

Quanta IDIOTite ele comete!!!!

Comentário por Luiz Carlos

Esse negócio de ficar poupando nunca da certo, desde 2010 com o Mano que eu alerto sobre isso…existe um exagero enorme nessa questão, misturada com uma vagabundagem absurda…

duro é o torcedor que trabalha a semana toda ter que ficar vendo milionarios que possuem toda estrutura para o maximo de rendimento fisico ter essa preguiça

tudo pela neurose…um exagero poupar ontem

e o Alex 90 minutos se arrastando

Comentário por paulomonteiro

Lara, destesto o Tite mas concordo com ele em poupar jogadores não por cansaço mas por uma possível contusão…
Mais um motivo para jogar com os reservas é q essa fase do paulista não vale nada já q é evidente q o time ficará ao menos entre os 8 e na fase de grupos da Libertadores o Corinthians tem q ganhar esse jogo de quarta (é fundamental) pois o Cruz Azul tem um bom time e se vacilar em casa não avança…
só discordo do Tite quanto ao Douglas q ao meu ver deveria ter entrado pois é um jogador q pode resolver…
abraços

Comentário por Alemão

Eu já entendo Tite. Não se trata de “descansar” como estão dizendo, mas sim evitar perdas de jogadores importantes.

Eu por exemplo quero o Liedson inteiro, e o Danilo também, e não contundidos.

São jogadores com idade, porem a meu ver, importantes.

Claro que poderiam ter jogado e não se contundido, porém haveria o risco, e essa partida valia o que?

Tiradinha de sarro dos sardinhas?

E o Corinthians no primeiro tempo, teve 60% da posse de bola contra o “esplendoroso” “maravilhoso” time do Neymala.

E se não fossem as 987 bolas perdidas e passes errados do William e do Alex, acho que até o parado imperador teria feito pelo meno 1 golzinho.

Sem stresss.!!!!

Comentário por Thiago Ferreira

Poupar jogadores não é uma questão de estar cansado ou não, aposto que todos gostariam de jogar um clássico, mesmo sendo por um insuportável, entediante, modorrento, monótono e sem graça campeonato estadual. Acontece que nesse país que não se tem o mínimo de organização esportiva, a pré temporada praticamente inexiste e isso faz com que aumente o risco de lesões quando se joga um grande numero de partidas em alto nível, ou no mínimo se perde em rendimento no decorrer do ano.

Apesar de achar que alguns descansos agora são necessários para o decorrer da temporada, não aprovo a maneira com que esse rodízio de jogadores é feito. Para mim, deveríamos poupar jogadores na partida de quarta passada por exemplo, e ter entrado contra o timeco da baixada com o time que vai jogar a liberta na quarta. De certa forma o time “titular” já ia se entrosando e entrando no clima da pegada. Outra coisa que não entendo é pq o Douglas não joga uma partida toda para ganhar ritmo, afinal de contas, pior que o nosso meio campo está é impossível ficar. Ao menos teríamos uma esperança de lampejos criativos na meia, coisa que com Alex e JH é impossível de acontecer.

Comentário por Luís Fontes

Eu não achei errado poupar, o Corinthians continuou líder mesmo perdendo, vão se classificar 8 times no paulistão apesar do jogo ser um clássico eu prefiro um time inteiro jogando a libertadores, o campenato Paulista só vai pegar no mata-mata.
Agora sobre as substituições foram ridículas sem nenhuma ousadia, o Alex tá merecendo esquentar o banco faz tempo, o Douglas não ter entrado foi outro erro grave, Willian produziu pouco e o Adriano perdeu gol feito, Jorge Henrique foi o único do ataque que foi melhorzinho. Dava pra ter saído pelo menos com um empate contra os sardinhas.
Quarta feira voltam vários titulares, estão até antecipando a concentração vamos ver se tudo isso vai fazer o time render em campo.
Abraços !!!

Comentário por Vagner Marcondes

Larissa,

Importuna Razão, não me persigas;
Cesse a ríspida voz que em vão murmura;
Se a lei de Amor, se a força da ternura
Nem domas, nem contrastas, nem mitigas:

Se acusas os mortais, e os não abrigas,
Se ( conhecendo o mal ) não dás a cura,
Deixa-me apreciar minha loucura,
Importuna Razão, não me persigas.

É teu fim, teu projecto encher de pejo
Esta alma, frágil vítima daquela
Que, injusta e vária, noutros laços vejo:

Queres que fuja de Marília bela,
Que a maldiga, a desdenhe; e o meu desejo
É carpir, delirar, morrer por ela.

Manuel Bocage ( Poeta Portugues)

*Esqueci minha senha do gmail, pode isso?

Comentário por JOE MAGNO

Larissa soube por fontes confiaveis e que não são as arvores do PSJ que o nosso HERO foi abusado sexualmente pelo probo quando o mesmo era criança,vc sabe algo sobre o assunto?

Comentário por Marcelo Firmiano

… [Trackback]…

[…] Find More Informations here: larissabeppler.wordpress.com/2012/03/04/timao-perde-a-invencibilidade-mas-segue-lider/ […]…

Trackback por URL




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: